Blog

Blog

11 de out de 2011

Dia 11 - dia do deficiente físico


Hoje 11 de outubro, é comemorado o Dia do Deficiente Físico. Mas será uma data que representa comemoração ou está mais para o lado da reivindicação?
Mais do que uma data, este dia representa a possibilidade de reflexão de todos os setores da sociedade sobre o tema.
O Censo Demográfico do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas) revelou que em 2000 a população brasileira era composta por 24,5 milhões de pessoas com algum tipo de deficiência o que representa 14,5% população, os deficientes físicos representam cerca de 4,1%.
Apesar desse número expressivo, as pessoas com deficiência ainda enfrentam inúmeras dificuldades desde a locomoção, educação e preconceito pela falta de informação. 
O preconceito infelizmente aparece em diferentes maneiras: em um olhar, uma palavra mal expressada, a falta de tolerância. As barreiras físicas também expressam preconceito no sentido de mostrar que as ruas, os transportes, as lojas em muitos casos não estão preparados para receber uma pessoa com deficiência. Isso pode resultar em uma certa segregação, afastando ainda mais a pessoa do convívio social.
Necessita-se de um olhar diferenciado e não diferente para estas questões que implicam num contexto sócio-histórico-cultural. Nesse sentido vale lembrar que:
"Deficiente não é a pessoa que apresenta diferenças físicas, mentais ou sensoriais, deficiente é qualquer pessoa que não está apta para desempenhar função fora do seu conhecimento e de seu alcance.
Deficiência não é doença; pode ser uma sequela da doença.
A deficiência não modifica o ser em sua essência, apenas o limita em alguns aspectos. Com apoio, determinação e vontade, todos temos condições de transformar a limitação em potencial de adaptação ao meio. Não há necessariamente identidade de interesses entra as pessoas com a mesma deficiência; cada pessoa é única em seu modo de pensar, querer e sentir.

Portanto não se deve igualar as pessoas por suas características, mas respeitar seu direito de ser diferente."

Texto extraído da apostila
Fontes: http://www.saci.org.br/

Apostila 1º Congresso Muito Especial - Como Lidar com as Pessoas com Deficiência.