Blog

Blog

21 de jan de 2014

O que você ainda não viu!... Fique por dentro!


 URGENTE: Grupos inteiros de pessoas estão misteriosamente sendo "ARREBATADAS"!

Notícia chocante... o que será isso?
Não é brincadeira, ou uma invenção para publicidade religiosa.
Realmente isso tem acontecido.
Será uma encenação de um falso arrebatamento?
Ou algo espiritual realmente está acontecendo?
Alguma tecnologia?

* Aviso: Não estou afirmando que isto possa ser o arrebatamento que os cristãos afirmam que vai acontecer... isso pode ser uma encenação, uma farsa... talvez eles podem jogar a responsabilidade deste "acontecimento" aos "Ovnis"... sem dúvidas é uma farsa...

Aglomerados de pessoas simplesmente estão desaparecendo, às vezes 2 ou 3, mas até 20 e 30 pessoas desaparecem a partir dos mesmos locais em todos os EUA em parques nacionais, às vezes bem debaixo do nariz de pessoas que estão com eles. Jovens, velhos, pessoas de diversos tipos e idades desaparecem e alguns deles são encontrados em lugares denominados como "inacessível", ou em áreas que já haviam sido pesquisados. Mais estranho ainda é a reação das agências federais que pediram registros destas pessoas, onde a resposta delas é apenas "não, o inferno não".

Roupa são encontradas jogadas no momento do desaparecimento, às vezes dobrada, outras vezes não.

Depois de compilar a evidência destes desaparecimentos, isso mostra que existem cerca de 30 diferentes locais onde estes aglomerado de pessoas que desaparecem estão ocorrendo.


O vídeo abaixo na marca de 1:07 mostra uma reportagem que é arrepiante, chocante e inexplicável.


Muitas pessoas que desaparecem no ar fino! O QUE ESTÁ ACONTECENDO?


Ilana Casoy - Caso Realengo 

Programa da Hebe

  



Pânico Jovem Pan Ilana Casoy 



Ilana Casoy, especialista em serial killers 









 Paraíso ou Esquecimento [Legendado]


Como seria uma sociedade onde não houvesse escassez? Uma sociedade onde comida, vestuário, diversão e tecnologia fossem abundantes para todos os seres humanos, o dinheiro e a economia não teriam grande valor. Esse questionamento é a proposta do excelente documentário "Paradise or Oblivion" (Paraíso ou Esquecimento), produzido pelo Projeto Vênus de Jacque Fresco. O filme mostra a necessidade de superar os métodos ultrapassados e ineficientes de nossos sistemas políticos, de justiça, econômico e qualquer outra noção de relação humana estabelecida, e substituí-los por métodos científicos combinados com alta tecnologia para suprir as necessidades humanas, através de um ambiente de abundância para todas as pessoas.

Sinopse: Este documentário detalha as causas fundamentais dos distúrbios sistêmicos de valores e sintomas prejudiciais causados pelo nosso sistema estabelecido atual. Esta apresentação defende um sistema sócio-econômico que é atualizado para os conhecimentos de hoje, apresentando o trabalho ao longo da vida do Engenheiro Social, futurista, Inventor e Engenheiro Industrial Jacque Fresco, daquilo que ele chama de uma economia baseada em recursos.

O filme explica a necessidade de superar os métodos ultrapassados e ineficientes de política, direito, negócios, ou qualquer outra "noção estabelecida" de relações humanas, e usar os métodos da ciência combinados com alta tecnologia para suprir as necessidades de todas as pessoas do mundo. Isso não é baseado nas opiniões da elite política e financeira ou ilusórias democracias, mas na manutenção de um equilíbrio dinâmico com o planeta que poderia, finalmente, fornecer abundância para todas as pessoas.

"Paraíso ou Esquecimento", desenvolvido pelo Projeto Venus, introduz o espectador à um sistema de valor mais apropriado do que seria necessário para ativar essa abordagem holística para beneficiar a civilização humana. Esta alternativa supera a necessidade de um ambiente de base monetária, controlado e orientado para a escassez, que encontramos hoje.


Testemunha Militar faz mais Revelações sobre a Operação Prato


Mais um vídeo chegou até nós sobre revelações envolvendo a operação Prato e o alto escalão militar brasileiro em torno de um fenômeno até então, desconhecido. A testemunha comenta tudo o que viu, observou e relatou sobre os Discos Voadores que assombraram o norte do País no final dos anos 70. Confiram: 

Motivado pelo grande número de pedidos sobre arquivos envolvendo óvnis –objetos voadores não identificados – apresentados com base na Lei de Acesso à Informação, o Ministério da Defesa abriu ontem (18) o primeiro canal de comunicação com estudiosos sobre o assunto, chamados ufólogos, em reunião ocorrida na capital federal. “Foi uma reunião super-histórica e inédita, não só no Brasil como em todo o mundo. Nunca um Ministério da Defesa recebeu ufólogos para debater o tema”, disse à Agência Brasil o editor da revista UFO, Ademar José Gevaerd. Segundo o coronel da Aeronáutica Alexandre Emílio Spengler, responsável pelo Serviço de Informações ao Cidadão do Ministério da Defesa, o tema é, disparado, o mais buscado entre os cidadãos que fazem uso da Lei de Acesso à Informação para pedidos dirigidos à área militar, o que acabou dando mais relevância à abertura de diálogo entre governo e estudiosos. “Até o momento foram 107 pedidos. Só para a Força Aérea foram feitas 65 solicitações. Em segundo lugar, com apenas 27 pedidos, estão as informações sobre remuneração de militares”, informou à Agência Brasil o coronel. Os ufólogos ficaram otimistas com a recepção. “As autoridades deixaram claro que o ministro [da Defesa] Celso Amorim respeita a ufologia e o trabalho dos ufólogos, e que vão levar adiante a ideia de estabelecer, com a Comissão Brasileira de Ufólogos, um canal de comunicação para alcançarmos, sem obstáculos ou desvios, as três Forças Armadas, sempre que precisarmos de informações sobre o assunto”, disse Gevaerd. Os entendimentos iniciados com o governo brasileiro serão divulgados mundialmente pelos estudiosos brasileiros. “Isso será informado a ufólogos de todo o mundo na semana que vem, quando participaremos do Congresso Mundial de Ufologia em Washington. Sem dúvidas, todos os holofotes estarão sobre o Brasil”, acrescentou. De acordo com o Ministério da Defesa, dos 107 pedidos de informação relacionados a óvnis, 26 foram deferidos e resultaram na entrega de algum tipo de documento ao solicitante. Os demais foram negados. “Todos os [pedidos] negados, até o momento, foram por não termos a informação ou por ela ainda estar sob sigilo”, explicou Spengler. Segundo ele, há a possibilidade de o sigilo estar justificado pelo fato de envolver “assuntos relacionados à segurança nacional”.Alguns deles, classificados como secretos ou ultrassecretos. O Comando da Aeronáutica já entregou os documentos não classificados relativos a óvnis ao Arquivo Nacional, por determinação de uma portaria. Há, segundo a Defesa, alguns documentos do Exército que não foram entregues porque foram extraviados. “O Exército já admitiu que parte dos documentos pode ter sido destruída, o que de fato era permitido por um decreto de 1977 [Decreto 79.099], que permitia a destruição de documentos sigilosos, bem como de eventuais termos pedindo a destruição”, informou Spengler. Segundo ele, não há estimativas sobre o número de documentos destruídos sob respaldo do decreto. Entre os documentos mais solicitados pelos ufólogos, mas ainda sem resposta, está o da Operação Prato, ocorrida no município de Colares (PA), na década de 70, em que militares da Aeronáutica fizeram uma operação tendo por base relatos de cidadão da região sobre avistamentos de objetos luminosos. Segundo os ufólogos, durante o episódio, médicos atenderam diversas vítimas de queimaduras causadas pelos óvnis. A expectativa é que, a partir do próximo 1º de junho e no máximo até a mesma data do ano que vem, após seguir os trâmites legais, as autoridades comecem a divulgar informações sobre casos como este. Em nota divulgada pelo Ministério da Defesa, o secretário de Coordenação e Organização Institucional do Ministério, Ari Matos, disse que as informações que ainda não se tornaram públicas são exceções, e que a regra geral é “disponibilizar todos os documentos”. Segundo ele, alguns casos ainda têm que obedecer ao prazo legal, “mas isso é uma questão que em breve será solucionada”.


Pedrinho Matador

Programa sobre Ufologia foi cancelado por causa de revelações convincentes ano 2012 



 O Código da Biblia II













     O CÓDIGO DA BÍBLIA-SURPREENDENTE

 A CIÊNCIA CONTIDA NA BÍBLIA - Explicações E COMPROVAÇÕES Científicas

   

A VERDADEIRA CAUSA DA AIDS (A FARSA)   


Mulher que foi ao inferno e voltou para contar o que viu e ouviu.

 Brasil Orgânico 

(Brasil, 2013, 58 min. - Direção: Kátia Klock e Lícia Brancher)  



Sinopse: O filme revela histórias de pessoas que têm na produção orgânica uma forte convicção de vida. O roteiro percorre as regiões brasileiras, a diversidade de ecossistemas, paisagens e culturas. Da fruticultura no interior de São Paulo à pecuária no Pantanal, da agricultura familiar no norte de Minas Gerais e em Santa Catarina ao extrativismo na Floresta Amazônica. O associativismo, as feiras agroecológicas, o consumo consciente. Do campo à cidade, a produção de alimentos e a relação do homem com a terra. 

 A Longa Caminhada de Nelson Mandela



Documentário da PBS que mostra os dois lados de Nelson Mandela, o de combatente e o de pacifista, usados na sua incansável luta contra o Apartheid.

"(...) Por conta da morte de Mandela, estamos sendo soterrados por reportagens que louvam apenas um desses lados e esquece o outro, como se as folhas de uma árvore existissem sem o seu tronco e os galhos. O apartheid não morreu apenas por conta do sorriso bonito e das falas carismáticas do líder sul-africano, mas por décadas de luta firme contra a segregação coordenada por uma resistência que ele ajudou a estruturar."

 Mandela: O Homem Por Trás da Lenda 


Apartheid - Documentário Completo   


O Milagre de Mandela   




Melhor Documentário Sobre a Maconha - Legendado



 A História das Drogas (Completo e Dublado)

Issei Sagawa, O Homem Canibal  

 

 Viciado em Plástico

(Canadá, 2008, 53 min. (versão curta) - Direção: Ian Connacher)


Addicted to Plastic é um documentário sobre soluções para a poluição causada pelo plástico, detalhando o caminho deste durante os últimos 100 anos.
O filme recebeu o Prêmio do Juri para Documentário Internacional e foi considerado o Favorito da Audiência para Documentário Internacional no Amazonas Film Festival, no Brasil.
Também, recebeu o "Golden Sun Award" de Melhor Documentário Internacional no Barcelona International Environmental Film Festival. 
Para responder à questão do descarte, o diretor visitou lugares como o trecho de lixo oceânico que situa-se no Giro do Pacífico Norte onde há atualmente mais plástico do quê plâncton por milha quadrada.
Ele também visitou um depósito de lixo tóxico na Índia, localizado em uma vila onde a expectativa média de vida é de 30 anos.
De acordo com o cineasta, há uma versão curta do filme que usa a perspectiva em terceira pessoa, sem que ele atue como guia. Também, fica excluído o capítulo sobre ingredientes tóxicos do plástico, por esta ser a mais simples de ser cortada, já que afasta-se do tema do problema de descarte do lixo plástico. Problemas de detritos marinhos, reciclagem e bioplásticos permanecem idênticos à versão mais longa.