Blog

Blog

11 de jul de 2011

4 dicas para usar seu computador com consciência e economizar energia


Que o computador, nosso amigo de (quase?) todos os dias, consome energia, todo mundo sabe. Até aí, tudo bem. O problema é quando a forma como ele é usado vira desperdício. Algumas atitudes simples ajudam a economizar energia, dinheiro e aumentam a vida útil do seu micro. Afinal, a gente já não vive mais sem ele.

Troca de Máquina
Pense se você realmente precisa de um modelo novo – é uma necessidade ou um “deslumbre” com as novidades do mercado? Fazer essa autoavaliação é parte essencial do chamado consumo consciente. Ao comprar um modelo novo, procure pesquisar versões que consomem menos energia. Alguns selos podem ajudar, como o Energy Star, presente em computadores que atendem aos critérios de eficiência da Agência de Proteção Ambiental dos EUA. E o velho, vira lixo eletrônico? Não necessariamente. Uma boa opção é doar o equipamento para entidades que precisam e farão, com certeza, um bom uso da máquina.

Ele merece descanso
Procure não deixar o computador ligado sempre, para tê-lo à disposição quando quiser sentar e consultar algo. Use-o de uma forma racional. Se a máquina for ficar mais de uma hora sem uso, desligue-a.

On/Off
Quando dispositivos como impressora, scanner e HD externos não estão em uso, não há necessidade de mantê-los ligados, mesmo que o consumo seja baixo.

Tela apagada
Saiu do computador e foi beber uma água, respirar um pouco, descansar uns minutos, atender o telefone? Desligue o monitor. Se não está sendo usado, é desnecessário que fique ligado. Os monitores LCD consomem menos energia que modelos mais antigos, mas ainda assim gastam. Por exemplo: uma tela LCD de 17 polegadas consome cerca de 30 watts quando está ativa. No estado “dormir”, o número cai para 1 watt.

Para saber mais: