Blog

Blog

31 de dez de 2010

Credo de cachaceiro!...



"Creio na cachaça boa
Que é pura, imaculada
Um alimento gostoso
Que engorda o camarada
E a qual foi concebida
No alambique e vendida
Na bodega, engarrafada
Nasceu da puríssima cana
Sofre e foi maltratada
Sob o poder da moenda
E numa cuba derramada
Ali ela padeceu
Ao alambique desceu
Aonde foi sepultada
Na caldeira ela sofreu
E já no terceiro dia
Ressurgio do alambique
veio quente e ficou fria
Subiu ao céu da boca
E com ansiedade louca
Só bebo em grande quantia
Hoje ela vive na pipa
E há de vir alegrar
Os grandes e os pequenos
Na hora que for tomar
Creio que ela é famosa
Porque cachaça gostosa
É um pecado enjeitar
Creio no espírito dela
E na santa safra que vem
Na comunicação dos tragos
E dos pileques também
Na remissão das "bicadas"
Na confusão das "lapadas"
E na ressaca eterna, amém."







Oração à Nossa Senhora Aparecida!...



Senhora Aparecida, o Brasil é vosso!
Rainha do Brasil, abençoai a nossa gente!
Tende compaixão do vosso povo!
Socorrei os pobres!
Consolai os aflitos!
Iluminai os que não têm fé!
Convertei os pecadores!
Curai os nossos enfermos!
Protegei as criancinhas!
Lembrai-vos dos nossos parentes e benfeitores!
Guiai a mocidade!
Guardai nossas famílias!
Visitais os encarcerados!
Norteai os navegantes!
Ajudai os operários!
Orientai o nosso Clero!
Assisti os nossos bispos!
Conservai o Santo Padre!
Defendei a Santa Igreja!
Esclarecei o nosso Governo!
Ouvi os que estão presentes!
Não vos esqueçais dos ausentes!
Paz ao nosso povo!
Tranqüilidade para a nossa terra!
Prosperidade para o Brasil!
Salvação a nossa Pátria!
Senhora Aparecida, o Brasil vos ama, o Brasil em vós confia!
Senhora Aparecida, o Brasil tudo espera de vós!
Senhora Aparecida, o Brasil vos aclama!
Salve, Rainha!
Amém!


Pai nosso do cachaceiro!...


"Pai Nosso que estais no céu
Fazei a cana crescer
Com um inverno sadio
Pra ela amadurecer
Porque ela é saborosa
E dá cachaça gostosa
Pra todo mundo beber.
E santificai a cana
Porque ela é excelente
Venha a nós um copo cheio
Que bebo e fico contente
Na cachaça me confio
Se estou quente fico frio
Se estou frio fico quente.
E seja feita avontade
De quem bebe todo o dia
Na terra como no céu
Da boca, só bebo fria
A cachaça é o pão nosso
Ter prazer nem alegria.
E perdoai os pecados
De quem gosta de aguardente
Fazei que o dono da venda
Perdoe a conta da gente
Quem vive só embriagado
Merece ser perdoado
Para beber novamente.
E não nos deixe cair Embriagados,
porém Livrai-me de pagar tudo
E da ressaca também
Um pedido quero fazer
Durante enquanto eu viver
Não me falte à cachaça. Amém!"


Teste psicológico!...


Frases de cachaceiro!;;;


1. "A bebida é a pior inimiga do homem: mas o homem que foge do seu inimigo é um covarde!"
2. "Posso ser seu grande amigo: não xingo, não bebo, não fumo... Puta que pariu! Esqueci meu cigarro no bar!
3. "Bebida não vicia! Eu bebo a 26 anos e nunca viciei!"
4. "Ontem eu bebi para esquecer, bebi tanto que esqueci. Hoje tou bebendo para lembrar!"
5. "Quem bebe dorme, quem dorme nao peca,
6. "Quem peca não vai para o céu, entao vamos beber para irmos para o céu"
7. "Me pediram para beber pouco Entao um dia fiz um teste Garçom traga-me 5 pingas ai bebi. 10 minutos depois disse Garçom traga-me 4 pingas ai bebi +10 minutos depois disse Graucon traizi 3 pingas bibi ai cheguei a uma concrusão qjuanto menos eu bebo mais bebu eu fico."
8. "Mais vale um bêbado conhecido do que um alcoólatra anônimo."
Segura, Risadinha!
9. "O Ministério da Saúde adverte: o fígado faz mal à bebida!"
10. "Não adianta balancar, porque o último pingo é sempre da cueca!"
11. "Para aguentar papo de bêbado: só estando de fogo."
12. "Os amantes do álcool advertem: o Ministério faz mal a saúde!"

13. "Bebo até cair!!! E depois... continuo bebendo deitado!"
14. "É foda tomar cerva no frio. Mais foda ainda é ficar sem tomar !"
15. "O problema de beber cerveja com bolo, é o bolo."
16. "Não bebo mais. Nem menos."
17. "Do que vale a vida, sem uma boa bebida e um grande amor?!"
18. "Minha vida é um litro aberto."
19. "Bebo para tornar as outras pessoas interessantes..."
20. "Basta um drink para me deixar mal . Nunca sei se é o número 15 ou 16"

Aprendendo a mar!...

Estou aprendendo a aceitar as pessoas,
mesmo quando elas me desapontam...
Quando fogem do ideal que tenho para elas,
Quando me ferem com palavras ásperas ou ações impensadas.
É difícil aceitar as pessoas assim como elas são,
não como eu desejo que elas sejam,
É difícil, muito difícil,
mas estou aprendendo.

Estou aprendendo a amar...
Estou aprendendo a escutar,
escutar com os olhos e ouvidos, escutar com a alma
e com todos os sentidos.
Escutar o que diz o coração,
O que dizem os ombros caídos, os olhos, as mãos irrequietas.

Escutar a mensagem que se esconde por entre as palavras
corriqueiras, superficiais;
Descobrir a angústia disfarçada
a insegurança mascarada, a solidão encoberta.
Penetrar o sorriso fingido
a alegria simulada, a vangloria exagerada.
Descobrir a dor de cada coração!...
Aos poucos, estou aprendendo a amar.

Lança fora as magoas, e apaga as cicatrizes que a incompreensão
e insensibilidade gravaram no coração ferido.
O amor não alimenta mágoas com pensamentos dolorosos
não cultiva ofensas com lástimas e autocomiseração,
o amor perdoa, esquece, extingue todos os traços de dor no coração.

Passo a passo, estou aprendendo
a perdoar... A amar,
Estou aprendendo a descobrir o valor que se encontra
dentro de cada vida, de todas as vidas...
Valor soterrado pela rejeição, pela falta de compreensão,
carinho e aceitação, pelas experiências duras vividas ao longo dos anos...

Estou aprendendo a ver nas pessoas a sua alma...
E as possibilidades que Deus lhes deu.
Estou aprendendo...
Mas como é gratificante a aprendizagem!... Do amor.
Como é bom amar!...

Todavia, tropeçando, errando, estou aprendendo...
Aprendendo a por de lado as minhas próprias dores,
meus interesses, minha ambição, meu orgulho...
Quando estes impedem o bem-estar e a felicidade de alguém!
Como é lindo... Aprender a amar!

Se você me abandonar!...


Se você me abandonar -
Se você não me quiser
tomo licor de pimenta
bebo leite de jumenta
num lhe dou mais cafuné
desembrabeço a maré
pra ver a praia endoidar
eu faço a cobra fumar
se você fugir de mim
eu vou mudar de camim
se você me abandonar.

Se você não me quiser
bebo chumbo derretido
e nunca mais lhe convido
para ser minha mulher
num tem mais lua de mé
nem faço o sino tocar
nos lugares que eu pisar
num pode nascer capim
eu vou mudar de camim
se você me abandonar.

Se você não me quiser
arranco o rabo do peba
a galinha se amanceba
com outro bicho qualquer
não dá um adeus sequer
com vergonha do preá
e na hora de acordar
fica tocando clarim
eu vou mudar de camim
se você me abandonar.

Se você não me quiser
não é bom que se afoite
escovo a boca da noite
arranco a torre da sé
depois digo porque é
qui a muda não quer falar
o sol pára de brilhar
seu eu estiver sozim
eu vou mudar de camim
se você me abandonar.

Se você não me quiser
eu dou um susto na morte
talvez ela não suporte
se eu lhe der um cangapé
e na hora que eu estiver
danado pra namorar
digo a ela pra estourar
o meu amor com estupim
eu vou mudar de camim
se você me abandonar

Se você não me quiser
quebro a tampa do pinico
mas sozim não sei se fico
feito carro sem chofer
me dane se eu não fizer
a minha égua rinchar
e depois que me olhar
eu jogo ela pro vizim
eu vou mudar de camim
se você me abandonar.

Se você não me quiser
eu ensino um burro a ler
e peço a ele pra dizer
que você ainda me quer
mas se ela me disser
que você não quer voltar
eu digo a ele pra falar
nem que seja no latim
eu vou mudar de camim
se você me abandonar.

Se você não me quiser
eu fico brabo outra vez
e monto na gata pedrez
se outra igual não houver
se ela um chute me der
não ligo, tô com azar
mas se ela não concordar
qui eu sô bem bonitim
eu vou mudar de camim
se você me abandonar.

"Sou um caboclo peitudo
desses da rede rasgada
eu nunca temi a nada
todo tempo topo tudo
nasci, cresci, tive estudo
sou filho de camponês
me criei pegando rês
num bom cavalo de cela
eu sou como minha goela,
este amigão de vocês".




Poesias de bêbado!...


"Cachaça, fia da cana
neta da canavieira
Quem se encarca muito nela
Fica veia cachaceira.





Cachaça, fia da cana
neta do canaviá
Quem se empurra muito nela
Nalguma coisa é de dá.


Cachaça, fia da cana
Neta da veia mutamba
Quando bebo essa cachaça
Minhas pernas fica bamba.

Cachaça fia cana
neta da canaviá
Quem se mete muito nela
Oh! Não vá se embriagá.

Cachaça fia da cana
Neta do veio Paixão
Eu meto ela no bucho
Ela me mete no chão.''



Outra do bêbado

''O povinho deste bairro
Risadinha: Eu não bebo!...
Não tem mais educação
Entra tudo na caiana
Fica tudo valentão.''

Oração do pau d'agua!...



Santa Cana que se extrai da roça
Purificado seja o teu caldo
Aguardente sem mistura
Hic...

Venha a nós o vosso liquido a ser bebida a nossa vontade.
Assim no boteco como em qualquer lugar.
Cinco litros por dia nos dai hoje
Hic...

Perdoai o dia em que bebemos de menos
Assim como perdoamos o mal que a "marvada" faz.
Não nos deixeis cair atordoados e livrai-nos da radiopatrulha.
Amém. Hic!

E olha onde está o Risadinha!...


Os dez mandamentos do bêbado!...




Os 10 Mandamentos dos Cachaceiros:

1. Jamais voltar para casa com o placar zerado. A conquista é uma questão de honra.
2. Nunca pecar por omissão. Se a mulher der mole, o Cachaceiros tem a obrigação de cair em cima.
3. Nunca usar de violência (a menos que ela peça...) ou recursos financeiros para conseguir uma mulher.
4. Nunca entrar num campo de batalha olhando para o chão. Os olhos dos Cachaceiros devem estar sempre fuzilando a vítima.
5. Amar a vagabunda acima de tudo. O que conta no curriculum de um Cachaceiros é a quantidade não a qualidade.
6. Ficar atento as oportunidades que surgem durante uma noite. A vítima deve ser atacada ao primeiro copo que cair no chão. Os Cachaceiros é antes de tudo um oportunista.
7. Beber muito. O completo estado de embriaguez de um Cachaceiros o tornará apto a rebocar o maior canhão da festa com a paixão ardente de um adolescente.
8. Como bom e fiel devoto de São Jorge, os Cachaceiros deve honrar a espada, domar o dragão e não se fazer de difícil para nenhuma mulher. Os Cachaceiros não têm ego nem tampouco orgulho.
9. Mentir sempre. Vale prometer casamento, noivado, viagem de férias pra Aruba ou Cancun, fim de semana em Búzios, jurar que é milionário e, sobretudo, que a vagabunda é mais bonita e boazuda que a Sharon Stone.
10. Atacar todas as mulheres sem distinção de cor, raça ou credo. Respeitar somente a avó e a mãe do outro Cachaceiros, se esta última não for morta, é claro! 

Segura, Risadinha!


Dois corações!...



Amizade!...



Ser Feliz!...



Aprendi!...







Mensagem de ano novo da TRILHA DO CASTELO!...

  Já há algum tempo, publicamos no Blog, NA TRILHA DO CASTELO, artigos, pesquisas, mensagens das mais diversas, comentários e acima de tudo a poesia. Faz pouco tempo e já alcançamos chegar até os freqüentadores de blogs com boa receptividade. As visitações NA TRILHA DO CASTELO aumenta a cada dia, o que, para nós já é uma vitória. 
E, neste dia 31 de Dezembro de 2010, último do ano, não poderíamos deixar de render as nossas homenagens ao ano que começa a partir de amanhã, desejando tudo de bom ao povo sousense e brasileiro que, por sinal a partir de amanhã terá na Presidência da República a primeira mulher a governar a Nação, Dilma Rousseff.  
É a política brasileira dando um passo importante no marco de sua história. É. mais uma vez consolidada o não preconceito neste País.   
Governador Ricardo Coutinho
Cacá Gadelha
Teremos também um novo chefe de executivo estadual, Ricardo Coutinho e, pra variar, uma nova mesa diretora da Câmara Municipal de Sousa, sendo Presidida pelo vereador Adilmar de Sá Gadelha, o Cacá.


Tivemos várias conquistas durante o decorre do ano que termina. Eu, por exemplo, sem fanatismo recebi claro, com muita alegria a conquista pelo Fluminense, do Campeonato Brasileiro de 2010!

Por tudo isto, nos sentimos realizados, felizes, pois somente com trabalho, dedicação e zelo é que podemos galgar e alcançar nossos objetivos. A todos os souenses os nossos mais sinceros votos de felicidade agradece!



E Paz, muita paz!...









30 de dez de 2010

Serenata bíblica!...







Esperança!...


Não! A gente não morre quando quer,
Inda quando as tristezas nos consomem.
Há sempre luz no olhar de uma mulher
E sangue oculto na intenção de um homem.
                                              
Mesmo que o tempo seja apenas dor
E da desilusão se fique prisioneiro.
Vai-se um amor? Depois vem outro amor
Talvez maior do que o primeiro.

Sonho que se afogou na baixa-mar,
De novo há de erguer, cheio de fé,
Que mesmo sem ninguém o suspeitar,
Volta a encher a maré.

Não penses que jamais hás de achar fundo
Nem que entre as tuas mãos não terás outra mão.
Pode a vida matar o sonho e o sol e o mundo,
Mas não nos mata o coração.