Blog

Blog

28 de jan de 2013

Maria Bethânia - A boa baiana!...

Maria Bethânia

Maria Bethânia - Brincar de Viver

E a escuridão se torna tão maior. 

Estou caindo numa tristeza sem dor. 

Não é mau. 

Faz parte. 

Amanhã provavelmente terei alguma alegria, também sem grandes êxtases, só alegria, e isso também não é mau. 

É, mas não estou gostando muito deste pacto com a mediocridade de viver.

Clarice Lispector



Brincar de Viver

Quem me chamou
Quem vai querer voltar pro ninho
E redescobrir seu lugar

Pra retornar
E enfrentar o dia-a-dia
Reaprender a sonhar

Você verá que é mesmo assim
que a história não tem fim
Continua sempre que você responde sim
à sua imaginação
A arte de sorrir cada vez que o mundo diz não

Você verá que a emoção começa agora
Agora é brincar de viver
Não esquecer, ninguém é o centro do universo

Assim é maior o prazer

Você verá que é mesmo assim
que a história não tem fim
Continua sempre que você responde sim
à sua imaginação
A arte de sorrir cada vez que o mundo diz não

E eu desejo amar todos que eu cruzar pelo meu caminho
Como sou feliz, eu quero ver feliz
Quem andar comigo, vem

Você verá que é mesmo assim
que a história não tem fim
Continua sempre que você responde sim
à sua imaginação
A arte de sorrir cada vez que o mundo diz não

Fotos Google

Maria Bethânia - Sonho Impossível

Quantos momentos lindos você tem pra contar?

De sorrisos, abraços e carinho...

Quantos sonhos você construiu e realizou...

E mesmo que esses momentos não tenham sido eternos, você poderá guardá-los pra sempre, e tirá-los do baú sempre que a tristeza bater...

Os passos na areia, o barulho do mar, as noites em claro, as músicas que lembram você e mais ninguém, alguns dos dias mais lindos que você já viveu, e que, em algum lugar do tempo continuarão vivos.

As palavras que adoçaram sua alma, e que ninguém precisa saber, basta que você lembre.

Não tem como esquecer.

Ninguém vai esquecer.

E mais do que isso, não tem como lembrar sem sentir nostalgia.

Momentos assim, ninguém tira de você, mesmo que tentem, que se incomodem, que se doam com eles, eles são imutáveis, e seus.

E em alguma parte da sua história, eles estarão lá, fazendo barulho nas suas lembranças.

Karla Tabalipa




Maria Bethânia - Sonho Impossível

Sonhar mais um sonho impossível
Lutar quando é fácil ceder
Vencer o inimigo invencível
Negar quando a regra é vender

Sofrer a tortura implacável
Romper a incabível prisão
Voar num limite improvável
Tocar o inacessível chão

É minha lei, é minha questão
Virar esse mundo, cravar esse chão
Não me importa saber
Se é terrível demais

Quantas guerras terei que vencer
Por um pouco de paz
Amanhã se esse chão que eu beijei
For meu leito e perdão

Vou saber que valeu
Delirar e morrer de paixão
Assim, seja lá como for
Vai ter fim a infinita aflição
E o mundo vai ver uma flor
Brotar do impossível chão

Fotos Google

Maria Bethânia - Casinha Branca

"O maior bem que podemos fazer aos outros não é oferecer-lhes nossa riqueza, mas levá-los a descobrir a deles."

Louis Lavelle




Casinha Branca

Eu tenho andado tão sozinho ultimamente
Que nem vejo em minha frente
Nada que me dê prazer

Sinto cada vez mais longe a felicidade
Vendo em minha mocidade
Tanto sonho perecer

Eu queria ter na vida simplesmente
Um lugar de mato verde prá plantar e prá colher
Ter uma casinha branca de varanda
Um quintal e uma janela para ver o sol nascer

Às vezes saio a caminhar pela cidade
A procura de amizades
Vou seguindo a multidão

Mas eu me retraio olhando em cada rosto
Cada um tem seu mistério
Seu sofrer, sua ilusão

Eu queria ter na vida simplesmente
Um lugar de mato verde prá plantar e prá colher
Ter uma casinha branca de varanda
Um quintal e uma janela para ver o sol nascer

Fotos Google