Blog

Blog

27 de jan de 2013

OVNI é capturado em vídeo timelapse



OVNI - Objeto Voador Não Identificado – é um termo foi criado pelas Forças Armadas dos Estados Unidos que indica (como o nome claramente sugere) qualquer objeto visto no céu ainda não identificado.

Isso significa que aviões clandestinos ou espiões, mísseis inimigos e outros são tratados inicialmente como OVNIs, antes das devidas identificações serem feitas.
Apesar da confusão, um OVNI não é necessariamente um “disco voador alienígena” – já que o termo original e literal inclui qualquer objeto voador ou fenômeno detectados visualmente ou por radares cuja natureza não é conhecida imediatamente.

OVNI no Vale da Morte


Para a surpresa de cineastas da empresa Sunchaser Pictures, um OVNI invadiu o filme que eles estavam fazendo sobre o pico da chuva de meteoros Gemínidas ou Geminídeos, um evento causado pelo objeto 3200 Faetonte, um asteroide da família Palas, com uma órbita de “cometa rochoso”.
Os meteoros desta chuva são lentos e podem ser vistos em dezembro, com pico normalmente em torno do dia 13 ou 14. Acredita-se que a intensidade dos Geminídeos esteja aumentando a cada ano – as últimas chuvas apresentaram 120 a 160 meteoros por hora.
No último mês de dezembro, a empresa viajou para o remoto Vale da Morte, uma árida depressão localizada ao norte do Deserto de Mojave, na Califórnia (EUA), até as Dunas de Eureka para gravar o pico da chuva de meteoros Geminídeos de 2012.
O resultado é um timelapse (técnica que cria um filme feito com fotos individuais tiradas a intervalos maiores que geram uma imagem “acelerada”) incrível de 3 minutos, que condensa cada 50 minutos de gravação a cada 5 segundos de vídeo.

As imagens capturadas mostram uma vista deslumbrante da rotação do céu noturno, na ausência da habitual poluição luminosa das cidades.

E então, no meio dos meteoros, um objeto voador não identificado aparece ziguezagueando. Ops! O que é isso?
“O OVNI aparece em (1:30 – 1:35) e faz três grandes varreduras circulares sobre o deserto. Não havia nenhum som, por isso definitivamente não era um helicóptero”, explica o cineasta Gavin Heffernan.

O que você acha que cruzou o céu bem no momento de um show de beleza natural? Sua crença em avistamentos alienígenas foi renovada, ou há uma explicação plausível para o que foi registrado? Assista o vídeo e tire suas próprias conclusões.[POPSCI]