Blog

Blog

9 de jan de 2013

10 sensacionais cenas de louva-a-deus devorando suas presas


Os louva-a-deus são insetos impressionantes. Eles são predadores agressivos, vorazes e plenamente equipados para a caça. Um louva-a-deus captura suas vítimas quase sempre de emboscada, facilitada pela sua camuflagem. As pernas do louva-a-deus são garras que seguram as vítimas enquanto são consumidas. A dieta dos louva-a-deus consiste principalmente de insetos, mas quando a fome aperta, nada escapa da voracidade deles, que o diga o louva-a-deus macho, muitas vezes devorado pela fêmea depois do acasalamento. Eles também podem devorar pequenos anfíbios, repteis, peixes, pássaros e até pequenos roedores. A seguir, veremos 10 cenas que deixam bem claro a eficácia desse incrível inseto predador.

Louva_deus_3
Louva_deus_1
Nas fotos acima, vemos um brilhante exemplo de camuflagem no louva-a-deus orquídea, cujo nome deixa bem claro sua tática de caça. Praticamente idêntico à flor que lhe empresta o nome, ele atrai os insetos para a morte certa.



DEPOIS DO AMOR, A DECAPITAÇÃO


O ritual de acasalamento dos louva-a-deus, que decorre por volta do outono, é uma época de perigo para os machos da espécie, uma vez que a fêmea muitas vezes acaba por  matá-los e come-los durante ou depois do ato. Depois do fato consumado, a fêmea põe entre 10 a 400 ovos numa cápsula endurecida que deposita no chão, superfície plana ou enrolada numa folha. Em algumas espécies, a fêmea permanece perto da cápsula e a protege contra os predadores, em particular algumas espécies de vespa. Após a eclosão, o louva-a-deus nasce como ninfa, que é em tudo igual ao adulto exceto no tamanho menor e na ausência de asas e de órgãos reprodutores maduros.
Os filhotes, se não encontrarem pequenos insetos para comerem, devorarão os irmãos mais fracos, como você poderá ver na postagem:

10 filhotes que começam a vida matando os irmãos


lizardjpg.img_assist_custom-600x451

Na foto acima, fica bem claro a capacidade de adaptação do louva-a-deus como predador. Um pequeno lagarto cruzou o caminho do nosso caçador e virou o almoço do dia.


385893346758b439cb41zjpg.img_assist_custom-600x431Louva_deus_4
Mais uma prova da natureza voraz do louva-a-deus: aranhas mesmo altamente venenosas como esta redback acima - fotografada em Nova Gales do Sul, Austrália - podem ser vítimas! Nós nos perguntamos: são as pernas de aranhas para os louva-a-deus semelhantes ao que as garras de lagosta são para nós? Delícia!
Louva_deus_5
Acima, uma foto incrível de um louva-deus comendo uma joaninha. Joaninhas são conhecidas por exalarem uma toxina alcaloide quando atacadas, toxina que para muitos predadores é desagradável e até mesmo venenosa. No entanto, este louva-deus definitivamente não parece ter sido dissuadido pelas cores brilhantes da joaninha.


MAIS EFICAZ DO QUE MUITOS GATOS


Pequenos roedores, ocasionalmente, podem fazer parte da dieta dos louva-a-deuses.


Louva_deus_2Louva_deus_6


http-inlinethumb17.webshots.com-46736-2950419780105960926S600x600Q85

Beija-flores são rápidos e quase não ficam parados, características que os protegem de muitos predadores. Infelizmente para eles, o louva-a-deus   é um exemplo de paciência. Eles já foram observados esperando 24 horas em um alimentador de pássaros, até que um beija-flor mais descuidado chegasse  perto o suficiente para  o ataque. Um segundo de descuido, e o pássaro está pendurado de cabeça para baixo, à espera de ser devorado pelo louva-a-deus, que vai comê-lo por um bom tempo.


É CHOCANTE? NÃO! É APENAS O COTIDIANO DA NATUREZA