Blog

Blog

14 de jan de 2013

Campo magnético fraco






campo magnetico fraco terra



É também uma teoria com fortes bases de credibilidade, o aumento da temperatura no globo, o desgelo dos icebergs, a subida dos níveis do oceano, alterações climáticas, não são fruto apenas do Aquecimento Global.
A Terra com o campo magnético mais enfraquecido não poderá filtrar tão eficazmente as radiações que nos chegam do SOL.
Na Terra já ocorreram centenas de vezes inversões dos pólos magnéticos, os cientistas sabem disso.
« Sabemos que centenas de inversões ocorreram no passado, não sabemos o que as causa » disse Eder Molina, professor do Instituto Astronómico e Geofísico da U.S.P.
A mais recente inversão ocorreu há 700 mil anos, a próxima talvez esteja perto de ocorrer.
«Sinais sugerem que alguma coisa está acontecendo, a intensidade do campo entre os pólos Norte e Sul está diminuindo »




campo magnético
Leia este artigo da NATIONAL .GEOGRAPHIC acerca de rupturas no campo magnético da Terra.
Veja ainda este link da NASA em que também mencionam as rupturas no campo magnético da Terra.
Terão essas teorias alguma ponta de verdade ?
Porque será que alguns governos estão fabricando Bunkers ? ( Por exemplo E.U.A, Bélgica, Israel , entre outros ).
Porque será que em 2008 criaram o «cofre do fim do mundo » ( na Noruega ) onde guardam sementes de todas as variedades conhecidas de plantas com valor alimentício ?
Link AQUI ( Globo.com) . salvei uma screenshot AQUI.
Será uma iniciativa meramente simbólica, ou eles prevêem que o Globo vai passar por alguma mudança climática abrupta ?
O que pode trazer a Tempestade Solar?
À medida que a actividade solar for aumentado, ondas de partículas intensas chegarão à Terra, que a esta altura não terá campo magnético porque está sendo reduzido devido à própria actividade solar que se vem intensificando desde há tempo.
Quando o sol reverter o seu campo magnético isso provocará labaredas ou manchas solares gigantescas como jamais fotografado ou medido até hoje.
Quando chegar 2012 teremos manchas e actividades solares talvez mil vezes maior do que temos hoje nos solionensius normais que ocorrem a cada período entre 11 e 18 anos, que são os ciclos menores e que já afectam as nossas comunicações.
Quando essa grande, gigantesca, actividade solar ocorrer, uma onda ou incontáveis ondas electromagnéticas de grande carga irão se propagar por toda a região do sistema solar.
Entre a Terra e o Sol orbitam mais de 20 mil satélites de comunicação que estão lá em cima.






Essas ondas electromagnéticas vão cegar, derreter, todos os satélites magneticamente falando; vão gerar campos eléctricos induzidos.
Podemos criar campos eléctricos induzidos colocando uma fonte geradora de electromagnetismo em determinado ambiente. Esse campo induzido pode “chocar” com outros circuitos eléctricos ali existentes.
Se houver esse “choque”, o campo induzido faz circular pelos circuitos existentes uma corrente eléctrica reversa ou invertida.
Quando isso ocorre [como ocorreu em Quebec em 1989], todos os aparelhos eléctricos da área, na melhor das hipóteses, são desligados, e, na pior das hipóteses, têm os seus circuitos internos queimados e inutilizados [não têm mais conserto]. ( telemóveis, computadores, televisões, sistemas gps , etc ).
O que irá ocorrer com o nosso cérebro? Qual o efeito dessas radiações em nossa saúde?
Imaginem agora um fenómeno como esse surgindo em milhares de pontos do planeta.
Raios poderão surgir por todas as direcções do planeta e uma gigantesca aurora boreal vai surgir.
Aurora Boreal em Kansas ( E.U.A) 2009


Nota:

Este não é um site apocalíptico, não acredito no fim decisivo do Mundo, pode ocorrer apenas o fim de uma FASE e a entrada Noutra.
Já existiram anteriormente datas apocalípticas, por exemplo o ano 2000 em que mencionavam inclusivé profecias de Nostradamus e no entanto ainda estamos vivos.