Blog

Blog

5 de jan de 2013

Mega-Sena da virada 2012 pode ter sido fraudada



Mensagem em comunidade da rede social Orkut previa que o acertador seria de Aparecida de Goiás.


No dia 15 de dezembro de 2012, o usuário [L12] J postou a seguinte mensagem (que pode ser vista AQUI):
Eu não deveria estar falando isso aqui. Mas meu tio é um dos diretores responsáveis pela Mega da Virada. Ele me afirmou que, neste ano, o ganhador vai ser da cidade de Aparecida de Goiânia. Podem printar.
Printar, no linguajar dos internautas é apertar a tecla Print Screen  que serve para capturar a tela (como se tirasse uma fotografia para registrar algo importante). Essa imagem pode depois ser colada em algum editor de imagens. A rigor isso não garante muita coisa pois essa imagem pode ser facilmente manipulada e até criada do zero com um mínimo de conhecimento em edição de imagens (usando o Photoshop ou similares).


Pois a turma que lia aquelas mensagens do fórum fizeram o que foi pedido e colaram a imagem da mensagem várias vezes, o que foi realmente útil pois a mensagem original de fato foi deletada depois e a data das mensagens onde ela foi copiada provam que a previsão foi mesmo feita muitos dias antes do sorteio.



Ocorre é que realmente o prêmio saiu para um apostador de Aparecida de Goiás, o que levantou supeitas sobre a lisura do sorteio das Mega-Sena.

Isso porque há mais de 5000 munípios no Brasil e grande parte deles com lotéricas. A probabilidade de alguém acertar esse palpite é de menos de 1 em 5000.

O que poderá ter ocorrido? Algumas hipóteses:
  • Realmente havia um esquema. Alguém de dentro da Caixa pode ter registrado um bilhete com data retroativa e algum laranja ficado de sacar o dinheiro em alguma cidade no interior (no caso, Aparecida de Goiânia). O que pode levar a suspeita de que há muito mais ganhadores em cidades do interior do que seria estatisticamente razoável. O dinheiro do prêmio seria dividido entre os ganhadores legítimos (que não suspeitariam de nada) e a quadrilha. Como os ganhadores legítimos ainda assim ganharam mais de 80 milhões, nada de reclamações, por enquanto.
  • O esquema das bolinhas pesadas, que faria que fossem sorteados números pré-estabelecidos (as bolas mais pesadas), estaria sendo utilizado. Ouço isso desde criança, veja o vídeo e diga se isso é possível.
  • O internauta que postou a mensagem fez isso em vários fóruns várias vezes, cada mensagem com o nome de uma cidade diferente (bastaria que fizesse isso com cidades acima de 400 mil habitantes, o que reduziria drasticamente o número de mensagens para pouco mais de 50, o que incluiria Aparecida de Goiânia. Ainda assim daria para fazer um belo estrago na imagem da Caixa e suas loterias).

De qualquer forma a Polícia Federal deveria investigar e apurar o caso. Apurando, inclusive, se o Orkut não pode ter sido invadido por hackers que conseguiram estampa datas retroativas em mensagens do fórum (acho difícil ser esse o caso).

Os próprios ganhadores legítimos, agora suficientemente ricos para pagar bons investigadores e bons advogados, deveriam provocar a abertura de um inquérito.

Atualização: até o presente momento, o ganhador de Goiânia ainda não havia retirado o prêmio.


Caixa desmente


A assessoria das Loterias Caixa, em face da polêmica em torno do caso, descarta qualquer possibilidade de fraude e garante que o sorteio ocorreu dentro da normalidade. Em nota, a instituição explica como se dá o processo de sorteio dos números:
Todos os processos de sorteio e apuração das Loterias Federais passam por recorrentes verificações de órgãos de controle interno e externo, como o Tribunal de Contas da União (TCU), e a Controladoria Geral da União (CGU), por exemplo. Um conjunto de procedimentos rigorosamente cumpridos na captação e processamento das apostas garante total segurança à integridade das informações e processos envolvidos nessas operações.

Fonte: G1, A Gazeta Online

[Via BBA]