Blog

Blog

7 de jan de 2013

O espelho que não inverte a imagem

 
Ele já esteve por aqui com seu retrovisor que não possui ponto cego. Agora ele inventa mais esse aparato óptico que parece subverter as leis da física.
Um espelho comum sempre mostra a imagem invertida. Por isso as ambulâncias e outros carros usados em emergências costumam trazem mensagens invertidas na parte frontal do veículo (para que os motoristas consigam ler de imediato que se trata de um veículo que precisa que se dê passagem).


Mas se depender da invenção do professor de matemática Andrew Hicks, da Universidade de Drexel, EUA, os espelhos agora só mostrarão imagens normais. Andrew já mostrou seu potencial como inventor ao criar um espelho retrovisor sem ponto cego e sem (grandes) distorções.

Agora, seu espelho que reflete a imagem como ela é vista normalmente deixa as pessoas muito encabuladas.

Embora possamos mostrar a imagem não invertida através de dois espelhos perpendiculares (de forma que um inverta a imagem refletida do outro), o espelho do Dr. Hicks é uma peça única. Formada por um pedaço de vidro curvo.


A primeira aplicação desse espelho que não inverte imagens é no campo das artes. O espelho foi emprestado e agora faz parte de uma exposição em uma galeria de Nova York da artista Robin Cameron, que se inspirau na história de Hicks, depois que ela o descobriu através de pesquisas on-line. Hicks e a Drexel University emprestou-lhe o espelho não reversível para uso em seu grupo de obras de arte intitulado "Processos".

O espelho diz respeito especificamente a este agrupamento particular de trabalho, porque é sobre o processo. Eu queria saber mais sobre o que leva alguém a fazer um espelho não reversível.
Robin Cameron. Artista

Hicks ainda tenta conseguir uma aplicação prática para o invento, fora do campo das artes.

Eu sempre pensei que faria um grande brinquedo. As pessoas muitas vezes pensam que tal coisa deveria ser impossível, e eles querem segurá-lo e observá-lo de diferentes ângulos.
Professor Andrew Hicks


Fonte: Techfragments

[Via BBA]