Blog

Blog

24 de dez de 2013

Feliz Natal - Demais destaques de hoje!



O Nascimento de Jesus 

O Nascimento de Jesus foi anunciado desde a queda do homem no Jardim, até o seu precussor João Batista, por meio de uma sucessão gradual de profecias denominadas profecias messiânicas.
Presentes em toda a Bíblia, essas profecias, que tem uma beleza poética singular, costituem uma série de homens que, durante mais de quatro mil anos, profetizaram uns após outros o mesmos acontecimentos que se completam mutuamente.
As Profecias Sobre O Natal, Nascimento de Jesus:
Profecia Profecia Antigo Testamento Cumprimento Novo Testamento
Jesus nasceria da semente da mulher Gênesis 3.15 Gl 4.4
O Messias seria descendente de Abraão Gênesis 12.3 Mt 1.1
O Messias seria descendente de Isaque Gênesis 17.19 Lc 3.34
O Messias viria da tribo de Judá Gênesis 49.10 Lc 3.33
O Messias herdaria o trono de Davi Isaías 9.7 Lc 1.32,33
O Messias seria ungido e eterno Salmos 45.6,7; 102.25-27 Hb 1.8-12
Ainda no Jardim, com a queda do homem, Deus em sua graça e misericórdia fez uma promessa de redenção, que foi a semente do evangelho, a primeira boa nova. Adão e Eva ouviram as doces palavras de consolo:
"E porei inimizade entre ti e a mulher, e entre a tua semente e a sua semente; esta te ferirá a cabeça, e tu lhe ferirás o calcanhar." Gênesis 3:15
Jesus é aquele que foi prometido desde o tempo da eternidade! O cordeiro que foi morto antes da fundação do mundo. Diversos profetas falaram dele de antemão.
Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu, e o principado está sobre os seus ombros, e se chamará o seu nome: Maravilhoso, Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz." Isaías 9:6
o nascimento de jesus
O Nascimento de Jesus: Feliz Natal!

O Deus Que Não Estava


O natal é uma época maravilhosa, a família se reúne, todos se aproximam e ficam unidos com o espírito natalino. É um período realmente mágico, os presentes, a ceia, as luzes, os enfeites...
Mas tem algo errado nisso tudo.
O que estamos comemorando exatamente?
O nascimento de Jesus?
E quem realmente foi Jesus? 
Para os cristãos Jesus foi o Messias e o salvador dos homens. É o filho de Deus que veio nos salvar e dar a sua vida por nossos pecados. Jesus é alguém que veio a este mundo como ser humano e morreu por nós, derramou seu sangue para nos salvar. Foi alguém com um incrível amor pelo mundo, que deu sua vida por todos.

Desde 10.000 a.C., entidades solares têm sido festejadas em várias culturas. A partir de agora, o Mente Aguçada revelará para você, que não conhece, alguns deuses míticos que lembram uma certa história conhecida por bilhões de pessoas ao redor do mundo.
Hórus
O deus egípcio Hórus, por exemplo: nasceu a 3.000 a.C., é um messias solar que luta contra o messias das trevas, Seth, rei da noite. Hórus nasceu em 25 de dezembro, é filho de Isis-Meri, uma virgem. Quando nasceu, três reis seguiram as pegadas de sua aurora. Começou a pregar aos 12 anos de idade e foi batizado aos 30 anos. Tifão o traiu e Hórus foi crucificado, ressuscitando três dias depois.
Attis
Na Frígia, temos outro caso: o messias Attis nasce em 25 de dezembro, da virgem Nana, e passa por martírio, traição e crucificação, ressucitando no terceiro dia.

Mitra
O mesmo aconteceu também com Mitra, na Pérsia, intermediário entre Deus e o homem. Seu nascimento é comemorado em 25 de dezembro, nasceu de forma milagrosa, sem envolvimento sexual. Pastores vieram adorá-lo com presentes como ouro e incenso. Seu dia sagrado era domingo, "dia do Sol". Tinha sua festa no período que se tornou mais tarde a Páscoa cristã. Teve doze companheiros ou discípulos, executava milagres, foi enterrado em um túmulo e após três dias ressucitou, isso em 1.200 a.C. 
Krishna
Na Índia, em 900 a.C., Krishna nasceu da virgem Devaki, também em 25 de dezembro. Uma estrela avisou a sua chegada. Foi perseguido por um tirano que requisitou o massacre dos milhares dos infantes. Fez milagres e após morrer, ressuscitou.
Dionísio
Na Grécia, a 500 a.C., O deus grego do vinho, Dionísio nasce de uma mãe virgem em 25 de dezembro; milagres tais como transformar água em vinho, apareceu rodeado por 12 figuras, morreu, ressuscitou depois de três dias, e subiu ao céu.
Você já ouviu alguma história semelhante?
Jesus Cristo Cristo
No hemisfério norte, em 22 de dezembro, o sol encontra o seu ponto mais baixo, o solstício de inverno. A partir dessa data, por três dias, ele fica parado, morto. Volta a se mexer, isto é, renasce, somente em 25 de dezembro. No dia em que o astro atinge seu ponto mais baixo, você pode ver em cima dele o Cruzeiro do Sul, ou seja: o sol morreu na cruz. Em 25 de dezembro o sol volta a renascer e se alinha nos céus com a estrela mais brilhante na Terra nessa data, Sírius, que por sua vez está alinhada com as Três Marias(Three Kings/Três Reis). Essas coincidências astrológicas porfiaram por construir, em várias culturas, entidades solares, como Cristo, cujos apóstolos, por exemplo, nada mais representam que as 12 constelações pelas quais o sol passa durante 365 dias.

Para muitas pessoas, é de se compreender que tais informações causem certa inquietação e difícil aceitação. Mas geralmente quando tomamos conhecimento de algo novo é assim. Antes, quando todos acreditavam que a Terra era o centro do universo, aceitar que ela girava em torno do sol foi algo muito complicado, que levou muitos anos até ser aceito.
No documentário O Deus Que não Estava Lá, você será levado a um conceito completamente diferente de todos que já ouviu:

Jesus Cristo, o "salvador", não passa de um mito. 
Na verdade, ele nunca sequer existiu

Imagino que só se pode sentir duas coisas: 
Ou uma dor no peito, por acreditar em algo que não existe, ou um ódio mortal, por ler tal blasfêmia.
Seja qual for o sentimento, sugiro que assista e tire suas dúvidas. Sempre vale a pena conferir um ponto de vista diferente. Afinal de contas, como saber se estamos certos sem informação suficiente?
Lembre-se:
Conhecimento nunca é demais!

Um feliz natal a todos

Assista aqui ao vídeo completo:

O deus que não estava lá - The god who wasn't there Legendado 


A Verdadeira História do Natal


A Verdadeira História do Natal (1)
Natal. Fazem-se árvores, ligam-se luzes. Não há melhor lugar do que nossa casa para as festas. Um empolgante período de festas e presentes que só os sovinas não gostam. Mas onde começou essa tradição ? Porque penduramos meias ? Quando começamos a cantar cânticos de natal e a decorar árvores ? Como o Papai Noel acabou usando vermelho, um trenó e oito pequenas renas ? Há histórias ocultas atrás de nossos hábitos modernos. Umas são obscuras e místicas, outras são só para ganhar dinheiro. Então prepare-se para a verdade por trás das festas que adoramos. Essa é a verdadeira história do natal.







A Verdadeira Face de Papai Noel. Em todo mundo essa é a imagem que conhecemos de Papai Noel. Mas o festivo ícone baseia-se em uma figura tão histórica quanto real. É a figura de um homem que veio não do Polo Norte mas do Mediterrâneo, a de um bispo cristão cujo destino fora moldado por um imperador romano. Um santo cuja vida ainda inspira milhões de pessoas e cujas relíquias tornaram-se mais valiosas que ouro. São Nicolau. Hoje seus ossos estão guardados em Bári, na Itália. O mistério cerca sua vida e sua morte. A cada ano milhares de peregrinos vem testemunhar o milagre; um líquido misterioso exsuda de seus ossos. Um patologista forense de Bári descobriu a verdade sobre o santo patrono de sua cidade. Utilizando as técnicas mais modernas ele descobriu o que se escondia nas relíquias e sacudiu o pó do tempo para revelar a verdadeira face de Papai Noel.







Jesus Chega ao Poder


o poder de jesus jesus chega ao poder jesus rises to power
Meu nome é Michael Scott. Sou historiador e um estudante ávido do império romano. Um dos seus maiores legados é hoje uma das maiores religiões do mundo, o cristianismo. Para os cristãos o evento essencial da fundação da sua fé é a crucificação mas para os romanos isso nem mesmo é um evento. Não garante nem uma nota de rodapé em suas histórias. Ainda assim, esse conflito de perspectivas tem o mesmíssimo resultado: O império romano torna-se cristão. O que sempre me fascinou é o porque de essa história épica ter a mesma consequência mas duas causas contraditórias. Então agora eu quero saber o que realmente aconteceu. Como é que um criminoso comum se tornou Deus ?

1 – Messias

Dois mil anos atrás, Jerusalém. Um profeta judeu proclama a destruição do grande templo da cidade, o lugar mais sagrado para os judeus. O nome dele ? Jesus. As autoridades não aceitam muito bem as suas previsões apocalípticas. Eles o torturam, concluem que é um homem louco e então, simplesmente o deixam ir. Mas esse profeta, Jesus Ben Ananias não é o único. Entre os muitos homens sagrados do primeiro século depois de Cristo, há outro Jesus, este, de uma vila na Galiléia chamada Nazaré. Um profeta judeu e plebeu, ele também se desentende com as autoridades romanas. Mas a história dele vai terminar de um jeito bem diferente. Registros nos dizem que por volta de 30 depois de Cristo esse Jesus sofreu a pior morte que o estado poderia impor a não romanos, como se ele fosse um criminoso comum. Essa é a imagem icônica do cristianismo, o evento chave do qual todo o resto flui. Mas o mistério para mim é como um homem e alguns seguidores tornaram-se um movimento espiritual enorme, uma religião para mais da metade do mundo.
áudio: português br
título original: Jesus Rises To Power
2 – Mártires


A tradição cristã reúne muitos contos de santos que foram martirizados por Roma. É uma parte extensa da história cristã. Mas quando eu penso nisso… os romamos podiam ser muito violentos mas matar simplesmente pelas suas crenças religiosas, isso não me parece uma coisa muito romana porque os romanos eram, tradicionalmente, muito tolerantes com as outras religiões. Na verdade, se você perguntar a um especialista sobre o nível de perseguição aos cristãos praticado pelos romanos, todos eles parecem dizer uma coisa parecida: Era ilegal ser cristão ? A resposta parece ser não. A verdade é que a maioria dos cristãos vivia sua vida e morria sem qualquer tipo de incômodo por parte das autoridades romanas. Mais cristãos foram mortos nos últimos 50 anos do que nos primeiros três séculos do império romano.
3 – Cristianismo


Pouco mais de 1700 anos atrás, depois de um século dominados por crises, os romanos finalmente tem um líder forte no comando. O imperador pagão Diocleciano participa de um sacrifício aos deuses. Seus oráculos consultam as entranhas em sinal de apoio dos deuses ao império mas não tem mensagem alguma. Os oráculos culpam a presença dos não pagãos, os cristãos. Depois dos maus presságios Diocleciano lança uma séries de decretos. O Cristianismo tem que acabar.



Criaturas das Trevas


Mulheres do Crime 




(Youtube)

Visita o Presídio feminino Auri Moura Costa

 

 A vingança de Giordano Bruno




Michio Kaku  é um físico teórico americano, Professor de Física Teórica na cidade de Nova York, um futurista, um comunicador e divulgador de ciência. Um homem de origem asiática esculpido milimetricamente pela inteligência americana para nos dar as informações conta gotas sobre o que devemos crer para um futuro próximo.


Sua missão é nos preparar para “um contato” nos dando uma visão de uma comunidade “Galáctica inteligente” a qual devemos participar. Ficar fora dessa seria ‘andar pra trás’, segundo suas perspectivas.

Kaku tem escrito vários livros sobre física e assuntos relacionados. Faz aparições frequentes em rádios, televisões e cinema (BBC, o Discovery Channel, o History Channel e o Canal Ciência) e escreve extensos artigos on-line em seus BLOGs. Seus livros de maior destaque são: A Física do Impossível (2008) e Física do Futuro (2011).
Kaku já recebeu vários especiais de TV

Kaku é muito popular na mídia – foi programado para isso.
Seu conhecimento e sua abordagem acessível têm como missão apresentar assuntos complexos e de difícil entendimento sobre ciência para todos os níveis de público. Ele fala de maneira lúdica apresentando muitas metáforas o que facilita esse contato.

Nesse vídeo de 2011 ele discursa no Forum Global Competitiveness.
Perceba como ele nos introduz no pensamento futurístico, nos mostrando que para sermos “avançados” precisamos SER como ELES = nos preocupar com a “matéria”. Isso relativamente nos distancia do controle da MENTE, da ALMA - uma física que torna tudo isso “impossível” nesse momento.

Eu acredito que quem domina sua própria MENTE é um SER do TIPO 1000, uma escala tão difícil de imaginar que parecemos formigas querendo ter os mesmos poderes intelectuais de humanos...



Seis Fatos Que Justificariam A Existência Das Sereias [ATUALIZADO]


03-ZN3oQ7l
Você já deve ter se perguntado se alguma criatura mítica ou fantástica existe de fato, ou se essas figuras são fruto da imaginação de algum louco ou artista. As sereias são seres descritos minuciosamente em relatos, livros e filmes, mas será que elas existem ou existiram em um passado remoto?
Uma das teorias é a Hipótese do Macaco Aquático: ancestrais mais ou menos próximos dos humanos teriam adotado, durante um certo período, um estilo de vida semiaquático na costa africana, seja pela necessidade de buscar alimento na água ou de defender-se de predadores.
De qualquer modo, esse fato pode ter influenciado sua evolução, gerando uma subespécie anfíbia, enquanto outros hominídeos mantiveram uma existência puramente terrestre.
Embora tenha sido abandonada ao longo dos anos, ao menos três estudiosos – Max Westenhofer, ideólogo, Sir Alister Hardy, biólogo marinho, e Elaine Morgan, escritora feminista – se dedicaram a desenvolver essa teoria.
sereias-animal-planet[1]
Há múltiplas explicações que justificam a Hipótese do Macaco Aquático, entre elas:

1. O fato de sermos os únicos primatas que não tem o corpo totalmente recoberto por pelos, uma condição só existente em ambientes aquáticos ou subterrâneos.

2. Os humanos são os únicos mamíferos bípedes. Essa transformação não ocorreria facilmente na savana africana, onde evoluíram os primeiros homens. Já na água, o corpo humano tende a manter essa posição.

3. A respiração do ser humano é diferente da de outros mamíferos, já que temos a capacidade de controlá-la voluntariamente. Tal como os mamíferos marinhos, podemos inalar o ar necessário para mergulhar e depois voltar à superfície para respirar.

4. Assim como os mamíferos aquáticos, e ao contrário dos terrestres, os humanos possuem uma reserva de gordura que retêm durante todo o ano.

5. As lágrimas, a sudorese excessiva e a porção de pele que separa o polegar do dedo indicador sugerem antepassados aquáticos segundo os adeptos da teoria.

6. Por último, nossa facilidade de nadar, em comparação à falta de jeito de muitos mamíferos terrestres na água, sugere que evoluímos de seres aquáticos.
sereias-2-animal-planet[1]
Os detratores descartam a teoria enfatizando, por exemplo, que existem muitos mamíferos aquáticos totalmente peludos, como lontras e castores. Por outro lado, nenhum mamífero aquático é bípede, e o mais importante, em nenhum momento foram encontrados vestígios fósseis que comprovem a existência de “macacos aquáticos” ou sereias.
No entanto, nos últimos anos, diversas pesquisas sugerem a possibilidade de existirem criaturas aquáticas com uma linguagem tão complexa como a do ser humano, o que fez ressurgir a hipótese das sereias.
Segundo novos estudos, alguns hominídeos podem ter passado por uma adaptação evolutiva ao ambiente aquático, transformando as duas pernas em uma cauda que lhes permitisse nadar com mais facilidade.
E você, no que acredita? Será que as sereias existem mesmo?
[ATUALIZAÇÃO]
Veja a seguir dois documentários produzidos pelo Animal Planet sobre as sereias:


Sereias novos indícios 


[Youtube]


Lindos hinos e as maravilhas da natureza   


Maravilhas da Natureza - Grande Barreira de Corais  

Discovery channel - Maravilhas da Natureza


(A História do mundo)


   


João Goulart: Jango



"Como, quando e por que se derruba um presidente"