Blog

Blog

20 de jan de 2013

Instituto divulga a maior imagem já feita do Universo


O instituto internacional SDSS divulgou nesta terça (11/01) a maior e mais detalhada imagem do Universo, montada com milhões de fotografias tiradas ao longo de 10 anos. Veja imagens e vídeo!

Imagem do universo
Fonte da Imagem: SDSSIII

Após uma década de pesquisas e montagens, o SDSS (Sloan Digital Sky Survey) divulgou nesta terça feira a maior e mais detalhada imagem já vista do Universo. A fotografia, que é na realidade a união de milhões de outras fotos (cada uma com 2,8MP), tiradas ao longo dos últimos dez anos, foi divulgada no 217º encontro da American Astronomical Society (Sociedade Americana de Astronomia).

E quando eles dizem que esta é a maior imagem já feita do Universo, os cientistas do SDSS não estão exagerando! A fotografia é tão grande que para ser visualizada em tamanho real seriam necessárias aproximadamente 500 mil televisões Full HD lado a lado! Assista o vídeo a seguir para ter uma ideia da grandeza desta imagem:



SDSS, o que é isso?

O Sloan Digital Sky Survey (SDSS) é um projeto internacional criado com o objetivo de mapear com imagens 3D de altíssima resolução aproximadamente um quarto de todo o céu, cobrindo galáxias e quasares e possibilitando o acesso dessas informações não apenas ao meio científico, para pesquisas, como para toda a população interessada em entender melhor o Universo.
Fonte da imagem: SDSS

Além dos cientistas, o SDSS envolve a participação de milhares de internautas que ajudam a instituição a classificar objetos e galáxias encontrados nas imagens. Eles podem fazer isso através do Galaxy Zoo e do Google Sky, por exemplo, que são projetos abertos ao público e cujas bases de dados são justamente as imagens do SDSS.
O Brasil tem participação no SDSS com o Laboratório Interinstitucional de e-Astronomia (LineA), no qual participam cientistas de algumas instituições do Rio de Janeiro. O LineA já armazena certa de 12TB de informações enviadas pelo SDSS.

O mapa do Universo


Esta nova imagem gigante revelada pelo SDSS é apenas mais uma etapa - a terceira - dentro de um dos objetivos finais do Sloan Digital Sky Survey. Os cientistas pretendem criar um “mapa do Universo” que substitua o atual, feito na década de 50, com imagens do telescópio do Monte Palomar, situado na Califórnia.

Telescópio usado pelo SDSS

Atualmente, as fotografias do universo são captadas por uma câmera instalada em um telescópio no observatório de Apache Point, no Novo México. Desde 1998 este telescópio se destina exclusivamente a esta tarefa.