Blog

Blog

25 de mar de 2013

Direto da redação - Boa noite e fique por dentro





Nossos três freios: Medo, Vergonha e Culpa 

 

Homo Sapiens Parapsychicus

 

Democracia Pura

 

Reportagem do Domingo Espetacular: Cientistas alertam, o sol pode provocar um desastre sem precedentes



A ameaça que vem do céu. Uma grande tempestade solar está a caminho. E o pior: não há como saber com precisão quando e como ela vai atingir a Terra.

Meteoros, supertempestade solar, migração de cem mil golfinhos, renúncia do Papa… O que está acontecendo com o mundo?




O que está acontecendo com o mundo? Serão sinais do fim dos tempos?

O Papa renuncia. Leis são modificadas às pressas para que o conclave para eleger o novo pontífice aconteça bem antes do previsto. Meteoros rasgam o céu de várias partes do mundo, inclusive do Brasil. Um deles cai na Rússia causando grande estrago e ferindo mais de mil pessoas. Cientistas anunciam a chegada de uma supertempestade solar que poderá danificar um em cada dez satélites e provocar sérios problemas na comunicação e nas redes elétricas. Poderão ocorrer apagões em todo o mundo. A supertempestade será avisada com apenas meia hora de antecedência. E para completar o cenário, esta semana cem mil golfinhos foram flagrados migrando da região próxima de San Diego, Califórnia. É comum vê-los em grupos de até 200 indivíduos. Mas nunca se registrou uma migração tão grande. Ainda não se sabe para onde estariam indo. Sabendo que eles são dotados de sensibilidade ímpar, fica a pergunta: o que eles sabem que nós ainda não percebemos? O que estariam avisando? De quê estariam fugindo? É intrigante recordar do Tsunami de 2004 na Tailândia, que causou a morte de 285 mil pessoas. Pouco antes do cataclismo, os elefantes da região, se comportaram de maneira muito estranha, saindo em disparada, fugiram para as colinas, onde ficaram seguros. Há tempo que autoridades americanas aguardam um grande terremoto que atingiria a Califórnia. Seria isso que os golfinhos estariam prevendo?

Muitos enxergam nesses eventos sinais que indicam a proximidade do fim dos tempos. Porém, prefiro crer que eles sejam o que Paulo chamou de “gemidos da criação”, “dores de parto” de uma criação prenha, prestes a dar à luz a nova terra profetizada nas Escrituras (Rm.8:22). 
Golfinhos migrando da california (17-02-2013)

Não há com o que se preocupar em se tratando do futuro da criação. Deus a está conduzindo com Suas habilidosas mãos. Ele mesmo será o obstetra que fará o parto do novo céu e da nova terra, cuja gestação já dura quase dois mil anos, desde que o espírito de Cristo se rendeu na cruz e o seu corpo foi semeado na terra. Em Cristo, terra e céu contraíram núpcias e aguardam ansiosamente a chegada do fruto desta união (Ef.1:10).

Não sabemos ainda quanto tempo falta. Mas pela intensidade das contrações e os intervalos cada vez menores entre elas, pode-se dizer que o parto está mais próximo do que nunca.

O retorno glorioso de Jesus a este planeta coincidirá com o momento do parto.

A qualquer momento a bolsa se romperá. Os filhos de Deus se revelarão (Rm.8:19). A glória do Senhor será vista em toda a terra.

Não há como precisar quando se dará isso. Talvez daqui alguns milhares de anos, ou quem sabe um par de dias. De qualquer forma, para os que deixam esta existência, o momento é imediato. Somos removidos da dimensão espaço-temporal, e remetidos como que num túnel do tempo, direto para o mais esperado dia da história, o Dia do Senhor.

Engana-se quem imagina que tal evento será o fim do mundo. Cristo não virá para destruir o cosmos, mas para restaurá-lo (At.3:31). Quem serão destruídos são os que destroem a terra (Ap.11:18).

Para os que ainda insistem em ficar aterrorizados, deixo um dos meus salmos prediletos:


“Deus é o nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente na angústia. Portanto não temeremos, ainda que a terra se mude, e ainda que os montes se transportem para o meio dos mares. Ainda que as águas rujam e se perturbem, ainda que os montes se abalem pela sua braveza. Há um rio cujas correntes alegram a cidade de Deus, o santuário das moradas do Altíssimo. Deus está no meio dela; não se abalará. Deus a ajudará, já ao romper da manhã.” Salmos 46:1-5

As trevas não prevalecerão! Estamos a caminho do romper da manhã! O caminho estabelecido por Deus para que o percorramos é como a luz da aurora, que vai brilhando cada vez mais até ser dia perfeito (Pv.4:18).

Genesis Revisitado - Zecharia Sitchin

Documentário sobre o livro Genesis Revisitado, de Zecharia Sitchin.

Pesquisador prova que Genética Humana possui DNA Alienígena.

Assista o vídeo e tire suas próprias conclusões.