Blog

Blog

5 de mar de 2013

Viagem pelo espaço






Este impressionante vídeo foi produzindo pelo American Museum of Natural History e mostra numa qualidade surpreendente o tamanho do cosmos e mostra o quão pequenos somos. É como se a Terra fosse um grão de areia. Isso porque apenas uma parte do universo foi mapeada, pois as áreas em preto quando o vídeo se afasta da Via Láctea mostram as partes que ainda não foram mapeadas no Universo.

Os planetas, satélites, estrelas e galáxias estão em escala, de acordo com as análises realizadas até agora. Para uma melhor visualização, é recomendado assistir em HD e em tela cheia, caso você tenha uma boa conexão com a Internet. 









Há 400 anos, Galileu Galilei já havia imaginado a visão da Terra do espaço. Hoje, temos pessoas a bordo da ISS (Estação Espacial Intercional) que vê nosso planeta todos os dias. Esse novo vídeo divulgado pela NASA mostra auroras, raios, a Via Láctea e sobretudo as luzes das cidades vistas a partir da órbita.

Estágio nunca visto na formação de sistemas planetários é revelado

Estudando uma estrela recém-nascida, os astrônomos tiveram um vislumbre detalhado da formação de planetas ao seu redor, revelando uma fase jamais vista da evolução planetária e estelar.

HD 142527
Ilustração do sistema de HD 142527

Grandes gigantes gasosos parecem estar limpando uma lacuna no disco de material ao redor da estrela, e usando a gravidade para criar um canal que liga a parte exterior até a interior do disco, ajudando a estrela a crescer. Simulações teóricas previram tal situação, mas até então jamais havia sido observada.
Uma equipe internacional de astrônomos utilizou o telescópio ALMA, localizado no Deserto do Atacama (Chile), para estudar uma jovem estrela localizada à 450 anos-luz da Terra. Eles notaram dois finos filamentos de gás fluindo através do exterior do disco para seu interior, através de uma larga abertura  criada por jovens planetas.
Longe da Terra, a jovem estrela HD 142527  está chegando ao fim de seu processo de formação. Com cerca de 2 milhões de anos de idade, a estrela possui cerca de 2 vezes a massa do Sol, embora ainda esteja crescendo lentamente. Um disco de poeira e gás orbita a estrela, e a partir desse material, os planetas estão sendo criados.
Os protoplanetas viajam através do disco, absorvendo o material ao seu redor, criando lacunas. HD 142527 apresenta uma lacuna que começa em um ponto equivalente a posição de Saturno no sistema solar e se estende para 14 vezes mais longe. Segundo análises, existem pelo menos dois jovens planetas nesse local.


A gravidade dos planetas atrai o material externo do disco para o interior. Mas enquanto parte do gás e poeira cai na órbita dos jovens gigantes gasosos, uma fração os ultrapassa e viaja para o centro disco, onde é absorvida pela estrela.
Esse processo é importante para a continuação do crescimento da jovem estrela, já que seu disco interno é pequeno demais para sustentar seu crescimento. É preciso matéria que está localizada na parte externa do disco, e a gravidade dos planetas faz o papel de transporte do material de fora para dentro do sistema.
Os dados foram obtidos pelo ALMA durante seu primeiro ano de funcionamento. O conjunto de 66 telescópios ainda está em construção, mas deve ser concluído esse ano, permitindo que os pesquisadores observem melhor o sistema de  HD 142527. 



OVNI filmado em Minas Gerais



E outro avistamento de um suposto OVNI foi filmado, dessa vez em terras brasileiras, mais precisamente na cidade de Três Pontas, em Minas Gerais. As imagens gravadas por um grupo de 4 adolescentes está repercutindo bastante na internet, e tem chamado a atenção de especialistas.
O Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) descartou a hipótese do objeto ser um balão meteorológico, e o Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) nega que tenha lançado algo do tipo no país.
Os ufólogos estão dando uma atenção muito grande para o caso e quase ninguém trata a possibilidade do vídeo ser uma fraude.
“Fiquei impressionado com as imagens e estamos consultando especialistas. Hoje em dia, com a tecnologia, é difícil saber o que é ou não é truque. Pode ser que estejamos diante de filmagens autênticas e caso elas sejam, são uma das mais impressionantes que existem. Já estamos acostumados no ramo da ufologia a deparar com casos e relatos autênticos que não são levados a sério pelas autoridades”, diz o ufólogo Ademar José Gevaerd.
O vídeo está sendo analisado por peritos do Paraná. Segundo eles, a hipótese do objeto ser um avião ou helicóptero está descartada. Também não há indícios de fraude no vídeo.


[G1]

O Universo – Supernovas (2ª Temp. Ep 9)



Cem bilhões de vezes mais brilhantes que o Sol, essas espetaculares explosões estelares são verdadeiras assassinas cósmicas, chegando a ofuscar o brilho de uma galáxia inteira. Uma supernova é o evento mais colossal do universo desde o Big Bang.
Dessa espetacular catástrofe cósmica, emerge a criação. As supernovas são uma das responsáveis pela existência de vida no universo.
Mas se uma supernova acontecesse próximo à Terra, a vida no planeta cessaria.


Vídeo reúne incríveis imagens filmadas por astronautas       


Quem gosta de astronomia e fotografia não tem como não se impressionar com as belas imagens capturaras pelos astronautas da ISS (Estação Espacial Internacional). As imagens foram registradas por astronautas inclusive Don Petit, que há pouco tempo gravou um comercial para o lançamento do jogo Andry Birds Space.

Nada como relaxar com imagens de nosso planeta vistos lá de fora…




O fato mais incrível do universo



Não há palavras para descrever a beleza do universo, desde as incríveis imagens por ele proporcionadas até todas as dúvidas que ele provoca nas mentes mais curiosas. E uma dessas mentes é a do astrofísico Neil DeGrasse Tyson, diretor do Hayden Planetarium no Museu Americano de História Natural.
Ele é um cientista muito respeitado e famoso, além de ter uma compreensão dos cosmos fora de séria. Além disso, Tyson é grande comunicador. O astrofísico participou do quadro “10 Questions” (“10 perguntas”) da revista TIME, onde leitores enviaram perguntas ao convidado. E quando foi perguntado sobre o fato mais incrível do universo, Tyson deu uma resposta simples e muito intrigante.







A incrível viagem de um ônibus espacial



Os Shuttles, famosos ônibus espaciais da NASA marcaram uma era de viagens para fora de nosso planeta, mas há pouco tempo foram aposentados. E para celebrar todo o legado das explorações dos Shuttle, a Agência Espacial produziu um documentário sobre as naves, denominado Ascent: Commemorating Space Shuttle”.


O vídeo acima faz parte do documentário e fala sobre o lançamento, a órbita e a violenta reentrada dos Shutte na atmosfera da Terra, terminando com um mergulho no meio de algum oceano. Além das belas imagens, o que mais chama a atenção é o som, que foi remasterizado e o resultado é incrível. Aproveite a viagem…





O que é telecinésia?




Trata-se de um fenômeno paranormal, onde quem supostamente o possui, é capaz de produzir um efeito físico a qualquer objeto, como movimentá-lo ou derrubá-lo. Esse fenômeno (assim como poltergeists, EQM’s, intuição, premonição, e por aí vai) não são comprovados com absoluto rigor científico, o que faz com se crie muitos debates em todo o mundo à respeito de sua real existência.
Como todos os outros casos paranormais, esse não deixa de ser muito intrigante, mesmo não sendo provado cientificamente. A ideia da telecinésia (ou telecinese) é de que todas as coisas são feitas de energia, desde os átomos, até consequentemente, nós. Assim, podemos controlar objetos por livre vontade, interagindo com a energia das coisas ao nosso redor.
Na década de 1920, uma mulher chamada Nina Kulagina (que supostamente possuía outros poderes paranormais, tema para outro post) dizia que podia usar a telecinesia, tendo descoberto sua habilidade aos 33 anos. Vários cientistas da extinta URSS a estudaram e segundo eles, seus batimentos cardíacos atingiam os 240 bpm , um nível absurdamente alto, explicando a teoria anterior de que é necessário atingir altos níveis de impulsos elétricos, uma espécie de overclock humano. Ela acabou tendo um ataque cardíaco em 1990, possivelmente causado pela enorme exigência física que o fenômeno exigia.







Os 10 fenômenos naturais mais bonitos



Geralmente nunca paramos para apreciar a beleza da natureza nessa vida moderna, principalmente para quem vive em grandes cidades, com seus tantos problemas. Existem muitos fenômenos naturais, uns muito destrutivos, outros quem valem a pena ser vistos. Nesse artigo, citaremos 10 incríveis fenômenos naturais.

10 – Nuvem rolo


Nuvem rolo
Geralmente com vários quilômetros de extensão, a nuvem rolo é um raro e impressionante fenômeno. Como o próprio nome já diz, ela possui esse formato por causa do ar que circula em seu eixo horizontal.
Abaixo um vídeo do fenômeno que ocorreu em Ontario no ano de 2007.



09 – Tromba d’água

Tromba d'água

Bonita e assustadora, a tromba d’água é um tornado que se forma sobre a água e caminha ruma à terra. Apesar de parecer, esse fenômeno não causa muita destruição, pois seus ventos geralmente não ultrapassam os 80 km/h. A formação da espiral de ventos depende do aquecimento da superfície, e o mar aquece bem menos que a terra firme, portanto, o vento não é tão forte.

08 – Turbilhão


Turbilhão

Geralmente lembrados em histórias de ficção com um terrível perigo para os marinheiros, os turbilhões na verdade são tão perigosos assim. As massas de água que rodam em turbilhões normalmente são formadas por marés muito fortes. Esse fenômeno pode ser encontrado em mares do planeta inteiro.

07 – Gêiseres


Gêiseres

Um outro lindo fenômeno é um gêiser. Trata-se uma fonte emissora de fortes jatos de água quente e vapor do subsolo e só ocorrem em áreas de atividade vulcânica, pois os gêiseres necessitam de magma incandescente para se formarem. O calor liberado pelo material aquece a água da chuva ou neve derretida que entra embaixo da terra, então o líquido ganha pressão e é expulso em forma de coluna de água que pode chegar a centenas de metros de altura. Há aproximadamente 1.000 gêiseres no mundo, sendo que 400 deles estão no Parque Nacional de Yellowstone, nos EUA.

06 – Noctiluca Scintillans



Esse estranho nome refere-se aos dinoflagelados unicelulares que possuem o tamanho de 1mm e a principal características dessas protistas é sua capacidade em produzir luminescência. Ela provoca pequenos flashes de luz através de luz do estímulo gerado pela circulação de água, explicando por que ela brilha somente na água.

05 – Pilares de Luz



Pilares de Luz

Em lugares muito frios, os cristais de gelo estão suspensos na atmosfera, e nessas condições, os pilares de luz podem se formam no céu. Geralmente aparecem em volta de fontes de luz natural, como o pôr-do-sol ou a luz do luar, mas luzes artificiais também podem formar o fenômeno. Os cristais de gelo refletem a luz, mas como não podemos enxergá-los, ele nos deixa essa magnífica ilusão.

04- Lagos de lava



Lago de Lava

A lava geralmente é vista somente durante erupções vulcânicas. Contudo, há cinco lugares na Terra onde a lava se encontra na superfície em piscinas. Além de sua beleza, estes lagos de lava são valiosos recursos para os cientistas, que podem recolher amostras de lava que não foram contaminadas pelas violentas erupções vulcânicas. Esses lagos também oferecem acesso direto para o interior do planeta, caso alguém queira dar uns mergulhos nele. Durante a noite, os lagos brilham devido ao imenso calor que irradiam.


03 – Relâmpagos de Catatumbo

Relâmpagos de Catatumbo

Na confluência do Rio Catatumbo com o Lago de Maracaibo, na Venezuela, ocorre um fenômeno único e singular. Durante pelo menos 140 noites por ano, a vários séculos são registradas descargas elétricas que podem iluminar o céu durante até 10 horas. São quase 300 relâmpagos por hora, tornando a noite muito iluminada, bonita, e claro, perigosa. As luzes podem ser vistas de até 200 km de distância e geralmente ocorrem no final da tarde e avançam continuamente pela noite. Uma peculiaridade do fenômeno é que os clarões geralmente não são acompanhados de nenhum som.

02 – Auroras


Aurora

Esses magníficos fenômenos acontecem nas regiões polares da Terra. São vistos no final da tarde ou a noite, a olho nu. São verdadeiros espetáculos luminosos que acontecem por causa do contato dos ventos solares com o campo magnético do planeta, mas o que vale mesmo é apreciar essa beleza.

01- Eclipse solar


Eclipse Solar

E quem lidera a lista é o raro eclipse solar, quem já o viu, sabe bem o por quê. A beleza e fascínio é indescritível de ver a escuridão se aproximar em plena luz do dia e tornar o céu estrelado.  Só acontece quando a Lua se interpõe entre o Sol e Terra, bloqueando a luz solar. Infelizmente, esse fenômeno é tão bonito quanto raro e um eclipse solar ocorrerá no Brasil somente em 2023.

Independentemente da ordem da lista, todos são incríveis espetáculos criados pela natureza e quem tiver oportunidade de vê-los não se arrependerá. E você leitor, qual deles acha o mais bonito? Não deixe de expressar sua opinião!