Blog

Blog

28 de dez de 2012

Bilu, o Alienígena Brasileiro


Em 2010, o Projecto Portal abriu os seus arquivos para o público. Alguns canais brasileiros (SBT, Record, TV Bandeirantes e RedeTV!) entrevistaram Bilu, um suposto extraterrestre que se escondia no matagal do município de Corguinho, no estado de Mato Grosso do Sul, Brasil. Segundo as informações obtidas sobre este contacto de 4º grau, Bilu é humanóide, tem 1,40m de altura, tem uma voz infantil e fina que trás tranquilidade, possui uma espécie de capacete e um reator na sua mão que lhe dá a capacidade de levitar e teletransportar-se através da holografia. Bilu diz ter mais de 4 mil anos (apesar de se conciderar adolescente) e esteve presente em vários acontecimentos históricos da humanidade. Fala qualquer língua terráquea e escolheu o nome Bilu para «romper as fronteiras» entre os humanos e os extraterrestres. O seu objectivo é ajudar a raça humana e compartilhar tecnologia. Bilu sabe de coisas aparentemente «intelegentíssimas»: chegou a dizer que a Terra não é redonda mas sim convexa. A mídia não gostou da situação e atacou a história e os seus participantes na tentativa de expô-lo como farsa. Bem, sem sucesso porque estas provocações desprediçaram uma oportunidade de ter um contacto cara-a-cara com o ser. Em 2011, um grupo independente foi para o local do caso, para investigar as intenções do Projecto Portal e do Bilu, o E.T. Durante uma semana, o grupo teve uma alimentação saudável de acordo com o concelho de Bilu, pois assim o encontro seria mais tenso. Uma tal concha que foi entregue por Bilu a um repórter na primeira entrevista teria de ser agora devolvida. O repórter que tiver coragem de entregar a concha para Bilu irá apresentar as 49 espécies alienígenas existentes. O teste foi bem sucedido, a concha foi entregue e Bilu disse que voltaria e trazia concigo informações sobre a origem do Homem, a existencia de Cristo e Deus.

Até hoje, o Bilu não voltou.
Imagem e vídeos duma das mais importantes história (ou brincadeira) de ufologia brasileira: