Blog

Blog

15 de dez de 2012

Mundo animal!...


Atol das Rocas, mais que um paraíso brasileiro, um santuário.

No momento em que o homem encantar-se com o canto dos pássaros, com a beleza de uma flor, com a magnitude de uma floresta, com a imensidão do mar, com o infinito universo, terá ele encontrado o real valor da vida, o caminho que o levará ao verdadeiro sentido de sua existência.

Joel Alves Bezerra



É considerado uma das áreas mais importantes para a reprodução de aves marinhas tropicais do Brasil, abrigando pelo menos 150 milhares de aves, de quase 30 espécies diferentes. 

Atualmente vivem, o ano todo, cinco espécies de aves residentes: duas de atobás, uma de trinta-réis (ave) ou andorinha do mar e duas de viuvinhas, os atobás-de-patas-vermelhas e as fragatas vêm de Fernando de Noronha para pescar. 

Além delas, 25 espécies migratórias fazem de Rocas um porto permanente. 

Passam por ali espécies originárias da Venezuela, da África e até maçaricos provenientes da Sibéria. 

Até o momento, nenhuma espécie potencialmente predadora foi catalogada no Atol das Rocas.

O atol é também o paraíso de muitas espécies aquáticas. 

Por se tratar de uma montanha isolada, próxima de mares profundos e afastados da costa, ele é ideal para peixes de todos os tamanhos, moluscos, algas, crustáceos e tartarugas. 

Quase cem espécies de algas, 44 de moluscos, 34 de esponjas, sete espécies de coral e duas espécies de tartarugas já foram ali identificadas. 

Entre os 24 crustáceos, destacam-se o caranguejo terrestre e o aratu, que somente habitam ilhas oceânicas. 

O primeiro levantamento da fauna de insetos do Atol foi realizado em 2000, quando 12 espécies de insetos foram registrados e 3 espécies de aracnídeos, dentre eles um escorpião com veneno pouco perigoso para humanos.

Em Rocas foram ainda catalogadas quase 150 espécies de peixes diferentes, entre os sargos, garoupas e xaréus. 

Mas apenas duas dessas espécies, o gudião e a donzela (peixe) são exclusivas da região, que abrange o Atol das Rocas e o Arquipélago de Fernando de Noronha, o tubarão-limão, uma espécie rara em Rocas tem motivado estudos de vários cientistas brasileiros e estrangeiros, a espécie passa o início da vida em cardumes, na laguna e nas piscinas do atol.

O Atol das Rocas é protegido pela reserva biológica homônima, esta é a primeira Reserva Biológica Marinha do Brasil.

__________________________________
Fonte de pesquisa: Wikipédia
http://pt.wikipedia.org/wiki/Atol_das_Rocas
__________________________________

Fotos Google

Lindos rios, lindas cavernas... Eslovênia, um show.

O Mestre na arte da vida faz pouca distinção entre o seu trabalho e o seu lazer, entre a sua mente e o seu corpo, entre a sua educação e a sua recreação, entre o seu amor e a sua religião.

Ele dificilmente sabe distinguir um corpo do outro.

Ele simplesmente persegue sua visão de excelência em tudo que faz, deixando para os outros a decisão de saber se está trabalhando ou se divertindo.

Ele acha que está sempre fazendo as duas coisas simultaneamente.

Texto budista




Águas cristalinas, natureza viva, como pode tanta beleza reunida em um único lugar?

As maiores cavernas da Europa estão na Eslovênia, foram declaradas Patrimônio da Humanidade, tamanha a beleza e diversidade.

Dá até pra esquecer um pouco as tristezas dessa vida passeando por um paraíso desses, mesmo que virtualmente.

Formações incríveis e tudo começa apenas com uma gota d'água, o tempo passa e o milagre acontece!

Nessa altura da minha vida daria tudo para estar em um lugar assim, daí acordo, vejo que é só um sonho e caio na minha realidade novamente.

Fernando Rocha

Fotos Google

Rio Reka

Parque Regional das Cavernas de Skocjan
Caverna Skocjan
Caverna de Postojna
Proteus

A água, néctar da vida e a sabedoria dos animais

Se planejarmos para um ano, devemos cultivar cereais, se para uma década, devemos plantar árvores, porém, se planejarmos para uma vida inteira, devemos treinar e educar o “homem”.

Desconheço o autor dessa frase.


Os animais são espertos e muito inteligentes, são dotados de um instinto incrível de sobrevivência.

Tem gente que não acredita, diz que bicho não pensa... tolos, têm muito que aprender com eles, mas o fato de ser "humano" os faz crer que são superiores.

O vídeo mostra que o camelo ao contrário do que muitos pensam, não acumulam água em suas corcovas, e sim gordura, bebem uma grande quantidade de água e que podem até beber água salgada, ao contrário de nós, que podemos morrer se fizermos isso.

Mostra o amor incondicional pelos filhotes e modos surpreendentes de armazenamento de água, a água da vida.

Fernando Rocha
_________________

Amor Incondicional

É tão divino que o humano tem dificuldade até na compreensão desta expressão, é o caminhar na vida levando compaixão, compreensão, perdão, tolerância, desapego.

Dar valor ao que realmente tem valor, é não ficar preso a palavras, gestos, fatos, eventos, situações emocionais; é relevar com compaixão as mágoas, as injustiças, as decepções vividas no nosso cotidiano.

É compreender que tudo isto é muito pequeno comparado com a grandeza da alma, com a grandeza da vida.

Ingrid Dalila Engel

Fotos Google

Besouro da Namíbia
Deserto de Namaqualand

Avô salva neto atacado por cobra de cinco metros com as próprias mãos!

Eu acredito que nada do que é importante se perde verdadeiramente.

Apenas nos iludimos julgando sermos donos das coisas, dos instantes e dos outros.

Comigo caminham todos os mortos que amei, todos os amigos que se afastaram, todos os dias felizes que se apagaram.

Não perdi nada!

Apenas a ilusão de que tudo podia ser meu para sempre.

Letty BeLo
______________________________________

Tô aprendendo...

Que duas pessoas discutindo, não quer dizer que se odeiam.
Que duas pessoas felizes, não quer dizer que se amam.
Que o mundo dá voltas e a vida é uma seqüência de desafios.

Que algumas feridas saram, outras não.
Que quem vive do passado é museu.

Que com a pessoa certa, uma vida é pouco tempo.
Que com a pessoa errada, um minuto é muito.
Que mesmo acompanhado ainda posso estar só.

Que caráter vem do berço, não se compra.
Que Amor não se exige, se dá.
Que meus amigos eventualmente vão me machucar, são humanos.

Que um ato pode mudar toda uma vida.
Que nem toda uma vida pode mudar alguns dos nossos atos.

Que o importante pra mim, não é pra outros e isso não é defeito.

Que a decência é uma prática diária.
Que humilhar é a pior das covardias.

Que a capacidade de amar, é nata.
Não depende de terceiros.

Que a beleza está na alma.
E que ainda tenho muita coisa pra aprender!

Desconheço o autor do texto.



Essa história é real e aconteceu em Cosmorama, interior de São Paulo, no sítio do Seu Joaquim.

Quando viu o neto todo enrolado pela sucuri, não pensou duas vezes, o sangue falou mais alto que o medo e não deu outra, partiu pra cima da cobra e salvou o garoto, o que parecia impossível.

O ser humano é dotado desse instinto, nem todos têm essa coragem, muito menos a força necessária para enfrentar um animal desses, mas tem alguma coisa escondida dentro da gente que aflora quando menos esperamos, e isso acontece em várias situações.

Quando achamos que já está tudo perdido, que acabou, vem aquela força lá do fundo, aquela voz na nossa consciência dizendo que ainda podemos fazer alguma coisa, que não é o fim, e a escolha para seguir em frente ou desistir é sempre nossa.

Fernando Rocha

Fotos Google



Água, a essência da vida

Ser vivo precisa de água

Cadê a água que estava aqui?
O esgoto tomou conta.

Cadê o esgoto?
O homem bebeu.

Cadê o homem?
Enriqueceu.

Cadê a riqueza?
Sumiu porque o dono morreu.

Sílvio Jair Pospichil




Nosso planeta tem cerca de dois terços só de água.

Pela lógica, parece haver água sobrando para a população, não é? Parece um absurdo falar em crise da água?

Vamos aos fatos: 97% da água do planeta é água do mar, imprópria para ser bebida ou aproveitada em processos industriais; 1,75% é gelo; 1,24% está em rios subterrâneos, escondidos no interior do planeta.

Para o consumo de mais de seis bilhões de pessoas está disponível apenas 0,007% do total de água da Terra.

Some-se a isto o despejo de lixo e esgoto sanitário nos rios, ou ainda as indústrias que jogam água quente nos rios - o que é fatal para os peixes.

A pouca água que existe fica ainda mais comprometida.

Isto exige a construção de estações de tratamento de esgoto e dessalinização, por exemplo.

E exige conscientização para que se evite o desperdício e a poluição, principalmente nas grandes cidades.

Com o objetivo de chamar a atenção para a questão da escassez da água e, consequentemente, buscar soluções para o problema, a Organização das Nações Unidas (ONU) instituiu em 1992 o Dia Mundial da Água: 22 de março.

Por conta disso, a ONU também elaborou um documento intitulado "Declaração Universal dos Direitos da Água", que trata desse líquido como a seiva do nosso planeta.
_______________________ 

Aqui você conhecer essa declaração:

http://www.ibge.gov.br/ibgeteen/datas/agua/declaracao.html
_______________________

Fonte de pesquiza:

IBGE

http://www.ibge.gov.br/ibgeteen/datas/agua/home.html
_______________________

Fotos Google




Corre que o leão é bravo!

O Leão e o Rato

Certo dia, estava um Leão a dormir a sesta, quando um ratinho começou a correr por cima dele.

O Leão acordou, pôs-lhe a pata em cima, abriu a bocarra e preparou-se para engoli-lo.

- Perdoa-me! - gritou o ratinho - Perdoa-me desta vez e eu nunca o esquecerei, quem sabe se um dia não precisarás de mim?

O Leão ficou tão divertido com esta ideia que levantou a pata e o deixou partir.

Dias depois o Leão caiu numa armadilha.

Como os caçadores o queriam oferecer vivo ao Rei, amarraram-no a uma árvore e partiram à procura de um meio para o transportarem.

Nisto, apareceu o ratinho e vendo a triste situação em que o Leão se encontrava, roeu as cordas que o prendiam.

E foi assim que um ratinho pequenino salvou o Rei dos Animais.

Moral da história: Não devemos subestimar os outros.

Jean de La Fontaine


Admiro a coragem dos animais, não aceitam o cativeiro, o cabresto, são seres livres, não nasceram para serem escravizados, são selvagens e vão morrer selvagens.

São capturados pelos humanos, pois contra a força não há argumentos, a utilização de tranquilizantes e armas de fogo não dão a mínima chance para que eles possam se defender.

São enjaulados e os transformam em vacas de presépio até que, quando surge uma oportunidade, eles mostram a sua força e coragem, qualidades que nunca vão perder, pois, mesmo sem dignidade não têm medo de lutar até a morte se necessário for.

Ao contrário de nós, homens, que somos dominados e humilhados e nem precisam usar armamentos para nos manter em cativeiro, bastam as palavras dos poderosos para nos amedrontar, aterrorizar.

Calamo-nos pelo pior dos sentimentos, o medo.

Temos medo até de pensar em mudar alguma coisa ou situação que nos aflige a alma, nos calamos diante de tudo e de todos, enfiamos o rabo entre as pernas e agimos como covardes.

Somos roubados na cara dura todos os dias, tiram nossos direitos, destroem nossas vidas e permanecemos calados esperando que Deus tenha piedade da gente e faça a nossa parte.

O homem, a maior fera e o mais covarde dos animais!

Fernando Rocha

Fotos Google


E um belo dia...


Moral da história:

"Não devemos subestimar os outros."


Quando não aprendemos por bem a vida vem e ensina do jeitinho dela, e isso é fato!