Blog

Blog

15 de out de 2013

De tudo um pouco - Você ainda não viu tudo!




Apostasia: Padre Daniel Show Serelepe rumo ao Abismo – Quem é o Bispo com cacife pra deter esse maluco? Cadê o respeito dentro da Missa e dentro da Igreja?


Alguém pare esse louco!

SENHOR, ME QUEIMA 




PADRE DANIEL - PROGRAMA DO GOUCHA   





 http://www.youtube.com

Hitler e o Oculto (Documentário)

O partido nazista se desenvolveu a partir de diversos grupos ocultistas que floresceram nos fins do século XIX como uma reação ao avanço do materialismo e da tecnologia. Tais grupos falavam sobre a vinda de um novo Messias que salvaria a Alemanha, e essa ideia fez com que o jovem Adolf Hitler acreditasse que se tratava de ninguém menos do que ele próprio.
Se você acha que este tema já está batido e desgastado, ou acha que já conhece todos os detalhes da relação entre o nazismo e o ocultismo depois de ter assistido aos documentários A Conspiração Oculta dos Nazistas, As Forças Ocultas do Nazismo e A História Oculta do 3º Reich, acredite, você irá se surpreender.
Os partidos políticos criados após a derrota da Alemanhã na 1ª Guerra Mundial combinavam sentimentos nacionalistas e práticas ocultistas, com o objetivo de formar a imagem de superioridade do povo germânico. A prisão de Hitler no ano de 1923 e sua defesa de um poderoso estado alemão, o tornaram uma espécie de herói nacional, e ele parece ter levado isso muito à sério.
Hitler se apropriou de símbolos religiosos cristãos, tais como a Lança do Destino e o Cálice Sagrado, e os utilizou para seus próprios propósitos. Ele adotou a suástica, um antigo símbolo germânico de força, que não somente fazia parte da Sabedoria das Runas, mas também do Hinduísmo.
O símbolo original hindu está orientado no sentido anti-horário, enquanto o nazista no sentido horário. Os quatro braços da suástica hindu simbolizam os 4 Vedas, ou livros sagrados do Oriente. A suástica é um símbolo de paz e harmonia, tanto entre os nórdicos como entre os hindus, budistas, taoistas e jainistas.
Teria sido Hitler influenciado e motivado pelas ciências ocultas? Através dos anos, historiadores têm debatido as misteriosas conexões entre o ocultismo e o partido nazista. Há inclusive quem acredite que Hitler matou pessoas para manter suas crenças ocultistas em segredo. Esse documentário examina o envolvimento de Adolf Hitler e do partido nazista com ocultistas que podem ter influenciado suas crenças.

Assista abaixo ao documentário completo:
(legendas em português)


Carlos Castañeda e as Lendas da Selva (Documentário)

Ainda na década de 1960, o enigmático Carlos Castañeda quebrou as barreiras da Antropologia Moderna ao estudar de perto os antigos rituais mágicos dos índios norte-americanos. Suas emocionantes aventuras deram origem a uma nova perspectiva espiritual e permitiram que ele declarasse a si mesmo como sendo um autêntico xamã.
Com o resultado destas experiências e sua popularização através de inúmeros livros que parecem mesclar vivências pitorescas com realismo fantástico, nos dias de hoje Castañeda é visto como sendo um dos principais precursores do movimento da Nova Era., tendo inspirado toda uma geração na busca por uma espiritualidade sem fronteiras.

Carlos Castañeda ficou famoso após a publicação do seu livro, A Erva do Diabo, em que entregava os ensinamentos de seu mestre, o índio yaqui Don Juan.
Seu livro o lançou ao sucesso instantâneo, estimulando milhares de pessoas ao redor do mundo a empreenderem viagens ao México em busca da iluminação.
A revista TIME apelidou Castañeda de “Mestre da Nova Era”, mesmo que paralelamente o autor tivesse conseguido um doutorado em Antropologia na Universidade da Califórnia em Los Angeles.
Por outro lado, não foram poucos os seus críticos. Houve um jornalista que afirmou muito tempo depois da publicação de seus primeiros trabalhos que Castañeda havia falsificado seu trabalho de campo, inventando todo o seu conteúdo. Suas aventuras com don Juan não seriam mais que um produto de sua imaginação.
Este documentário produzido pela BBC para a série Tales From the Jungle investiga a controvérsia que foi provocada pela publicação dos livros de Castañeda, assim como se dedica a conhecer as práticas dos índios yaqui da atualidade com a ajuda de David Shorter, que esteve por vários anos trabalhando entre eles no México.
Assista abaixo às 6 pates do documentário completo:
(legendado em português)





A Intensa Atividade 

EXTRATERRESTRE no AMAZONAS

De acordo com a revista UFO, o avistamento pioneiro ocorreu em 1957, quando várias pessoas presenciaram o aparecimento de um brilhante OVNI, no centro de Manaus.

Manaus - ‘Operação Prato’ (PA), ET de Varginha (MG), o ‘Mistério das Máscaras de Chumbo’ (RJ), ‘Caso Vilas-Boas’ (MG). Muitos são os relatos de supostos contatos extraterrestres no Brasil, e o Amazonas não está fora dessa lista. De acordo com informações divulgadas pela revista UFO, o avistamento pioneiro ocorreu em 1957, quando várias pessoas presenciaram o aparecimento de um brilhante Objeto Voador Não Identificado (OVNI), no centro de Manaus.
Em depoimento breve, por telefone, devido a complicações de saúde, o ufólogo Manoel Gilson Mitozo, 60, afirmou que um caso marcante em Manaus foi o da fazenda Picanço, na década de 1990. Em relato divulgado pela UFO, ele, que autorizou a reprodução do texto presente na publicação, afirmou que a estadia de um ano na localidade não deixou dúvidas a respeito da ação de forças extraterrenas.
De diversas aparições de OVNIs a abduções de ufólogos e do proprietário do local, o engenheiro agrônomo Raimundo Picanço, a fazenda foi objeto de estudo de diversos pesquisadores. “Na tentativa de elucidação dos fatos, pode-se relacionar também o caso de mutilação de uma vaca que, segundo o capataz da propriedade, foi causa por uma onça — mas o estado em que foi encontrada, totalmente desfigurada, invalida a hipótese”, afirmou Mitozo.
No texto, de acordo com o ufólogo, o próprio Picanço descobriu que as aparições de OVNIs já ocorriam há mais de 20 anos. “Segundo Picanço, os moradores vizinhos relatam que, durante uma festa de final de ano, quando todos já se retiravam, alguém olhou para trás e viu algo com o formato de um ‘grande morcego’, que permaneceu voando baixo sobre a casa”, informou.
De volta à conversa por telefone, o ufólogo falou sobre a área de atuação. “É importante dizer que tudo em ufologia é hipótese. Tenho 41 anos de pesquisa na área e presenciei diversos fatos que não me deixam dúvidas quanto à existência de vida fora da Terra, mas não possuo comprovação científica”, disse.
Na visão de Mitozo, também há muitos entraves que põem os estudos ufológicos em xeque. “Um é a Síndrome do Contatado, no qual a pessoa diz que viu um disco voador, depois não tem certeza e precisando, urgentemente, revê-lo, para provar o avistamento, passa a inventar novos fatos”, citou.
“Outro é a diversidade de gente atuando. Muitos fazem aquela ‘ufologia de gabinete’, na qual reúnem fatos de internet e saem até dando palestras. Falta coragem para ir a campo e fazer como fiz, indo sozinho à fazenda Picanço e ficando à mercê do desconhecido”, complementou.

Assista alguns casos:



Ufologia espiritualista


Graduado em Desenvolvimento de Softwares, o funcionário público Fábio Paes de Carvalho, 42, teve seu interesse pela área despertado ainda criança. “Eu tinha 10 anos e dormia no quarto dos meus pais. Em um determinado momento, acordei e vi uma luz forte pela janela. Ao abri-la, avistei três naves com luzes coloridas sobrevoando a casa do meu vizinho”, relembrou, ao descartar a influência de filmes.
“Não por eu ficar impressionado ou coisa assim com filmes de ficção científica, mas é que eu era uma criança longe desse tipo de passatempo. Meu negócio era jogar bola na rua. Posso garantir que sequer tinha referências para fantasiar algo do tipo”.
Fábio, que disse nunca ter se esquecido do episódio, acabou buscando explicações. “Quando cheguei à ufologia, conheci dois caminhos. O mais científico, que busca provas concretas, e o lado experimental pessoal. Foi nesse segundo que me encaixei, pois eu não buscava embasamento para minhas experiências. Eu só queria respostas para mim”, comentou.
Depois do contato inicial, o amazonense relatou outros contatos com seres extraterrestres. “Dirigindo pela estrada, já tive meu carro acompanhado, diversas vezes, por objetos voadores”, disse. “Houve uma vez, durante uma viagem de barco, em que, após a aparição de um objeto de metal planando sobre o rio, todos os tripulantes ficaram paralisados, congelados. Tentei, sem sucesso, fazê-los falar comigo (fui o único a não ser afetado pelo fenômeno), mas não consegui”, emendou.
Um contato ainda mais próximo, posteriormente, pôs Fábio frente a frente com um desses seres. Ao conversar com uma amiga que afirmava sentir fortes dores nas costas, ele flagrou uma criatura que se prendia a coluna vertebral dela. “Era como se somente eu pudesse enxergá-lo. Meu método foi o de concentrar energia, coisa que aprendi no decorrer das experiências extraterrenas, e direcioná-la a ele. Depois disso, o parasita caiu no chão e se desfez em cinzas”, relatou.
Para Fábio, sua própria origem remete a lugares de fora da Terra. Com base em uma teoria que envolve até reencarnação, ele revelou que mantém uma ‘janela aberta’ para o dia em que pode concluir que ‘viajou na maionese’. “Não posso ter uma postura radical, pois isso cega as pessoas. Apesar de eu acreditar nesses seres, de saber de suas intenções divergentes, não descarto a possibilidade de um dia abandonar tudo. É possível”, finalizou.
Posicionamento oficial
Em reportagem publicada pela revista IstoÉ, em 2009, documentos da Aeronáutica sobre a ‘Operação Prato’ revelaram que duas dezenas de oficiais da Força Aérea Brasileira (FAB) foram mobilizados para investigar a presença de OVNIs, em Colares (PA). Foram 1,3 mil folhas de um total estimado em 25 quilos de material, com descrições, croquis e fotos de OVNIs referentes a três lotes de informações da FAB.
Os arquivos também mostram que a Aeronáutica teve um departamento específico de estudos entre 1969 e 1972: o Sistema de Investigação de Objetos Aéreos Não Identificados (Sioani), que funcionava nas instalações do 5º Comando Aéreo Regional (Comar), em São Paulo. O material está disponível no link http://goo.gl/PFNXP0
Outros casos nacionais
Incidente de Varginha - Possível série de aparições de OVNIs (nesse caso, naves espaciais e sondas de origem alienígena ou extraterrestre), uma apreensão de nave e a captura de seres extraterrestres inteligentes (pelo menos um deles ainda vivo) pelas autoridades militares brasileiras em 20 de janeiro de 1996, no município mineiro de Varginha.
Mistério das Máscaras de Chumbo - Nome dado aos acontecimentos que levaram à morte dos técnicos em eletrônica Manoel Pereira da Cruz e Miguel José Viana. Seus corpos foram encontrados em 20 de agosto de 1966. Os corpos portavam máscaras de chumbo utilizadas contra radiação, o que motivou suspeitas sobre o envolvimento de extraterrestres.
Caso Vilas-Boas - Na madrugada de 16 de outubro de 1957, o agricultor Antônio Vilas-Boas arava a terra sozinho com o trator quando disse ter sido surpreendido por uma luz vermelha. Seu relato descrevia uma abdução, com detalhes descritivos da aeronave pela qual foi transportado e dos seres que a tripulavam.

Fonte: d24am.com

 Brasil no alvo de Terroristas?

Enquanto investigamos a procedência dos Atentados na Noruega, uma reportagem me chamou a atenção... Podemos ser os próximos? Acompanhe no Sempre Guerra!


Em manifesto de ódio, terrorista norueguês critica Brasil e sua mistura de raças

A autor do duplo atentado terrorista na Noruega, Anders Behring Breivik, de 32 anos, citou o Brasil em seu manifesto de 1518 páginas publicadas na internet. 

Na página 1153 do documento "A European Declaration of Independence - 2083 (Uma Declaração de Independência Europeia - 2083)", o terrorista afirma que a mistura de raças no país, provocada "pela revolução marxista brasileira” resultou em uma catástrofe, tornando o país sul-americano "disfuncional", de "segundo mundo" e "com baixo nível coesão social". Para ele, esta miscigenação seria a causa da corrupção, baixa produtividade e "conflitos entre diferentes culturas". 

Breivik cita o país em outros trechos. Em um capítulo no qual ensina a montar bombas, ele relembra o episódio do acidente com o Césio 137 em Goiânia, advertindo para se tomar "muito cuidado com substâncias radioativas". A Proclamação da República, em 1889, também é lembrada, por ter sido um "golpe de estado sem sangue". 

O documento é uma verdadeira compilação de ódio contra o islã, o multiculturalismo e a qualquer pensamento de esquerda, ao qual ele se refere frequentemente como "marxismo cultural", além de muitas outras corrente de pensamento. Breivik incentiva outros seguidores a fazerem o mesmo que ele. Em um capítulo, ele tenta provar que a opção armada é a única maneira de "salvar" o continente, já que "cinco décadas de diálogo com marxistas" não surtiram efeito. 

Segue abaixo, na íntegra, em itálico, o trecho em que o terrorista menciona e critica o "modelo brasileiro" de sociedade: 

"Os conservadores devem aproveitar seu poderio político e militar através de uma combinação entre luta armada e democrática nos próximos 70 anos, e implementar as políticas a seguir. A alternativa é o contínuo abastardamento desse modelo, muito similar ao modelo brasileiro. Onde foi estabelecida (graças à revolução marxista brasileira) uma mistura europeia/asiática/africana.

Essa política provou ser catastrófica para o Brasil e outros países que institucionalizaram e facilitaram uma mistura de raças entre asiáticos/europeus /africanos. O Brasil se firmou firmemente como um país de segundo mundo com um nível extremamente pobre de coesão social.

Os resultados são evidentes e manifestados em um alto grau de corrupção, falta de produtividade e um eterno conflito entre várias ‘culturas’ competindo, enquanto a miríade de ‘sub-tribos’ criadas (preto, mulato, mestiço, branco) paralisa qualquer esperança de sequer alcançar o mesmo nível de produtividade e igualdade de, por exemplo, Escandinávia, Alemanha, Coreia do Sul e Japão.

Vendo a falta de coesão social do Brasil, e a produtividade média do brasileiro médio, é evidente que uma aproximação similar na Europa seria devastadora e retardante nacionalmente, sem mencionar que seria um grave crime (genocídio) em contribuir de qualquer maneira para a aniquilação, desconstrução e genocídio dos povos indígenas que são nórdicos por definição".

Fonte: Opera Mundi

Já colocamos aqui no Blog, ameaças de Grupos Terroristas aqui no Brasil, na Reportagem Al Qaeda no Brasil. Pretexto para invasão? do dia 16 de Abril deste ano.

Sempre Guerra: O que me parece é que esta carta/manifesto seja algum tipo de aviso do que está por vir, um novo tipo de terrorismo provocado por novos grupos. Eu já alertei aqui no Blog, sobre eventuais preparativos de grupos terroristas do Oriente Médio, agora temos essa ameaça, ainda desconhecida por muitos.

Já lí em outros blogs, uma eventual ligação da MOSSAD israelense com os atentados na Noruega, devido o apoio do país ao estado palestino e outras brigas no Comércio Internacional entre Israel e Noruega. Lembro que o Brasil também apóia esta idéia do Estado Palestino e tem boas relações com o Irã e outros países renegados pelo Ocidente.

Para agravar, seremos palco de Grandes eventos como a Copa do Mundo e Olimpíadas, o que ganha um maior destaque internacional... É claro que os terroristas pensam nisto!

Gostaria de citar a Revista Veja, conforme a reportagem eu citei no post acima:

"As cartilhas terroristas recomendam aos militantes que desfiram atentados em ocasiões em que suas ações ganhem visibilidade. O temor de policiais federais e procuradores ouvidos por VEJA é que eles vejam essas oportunidades na Copa de 2014 e na Olimpíadas de 2016".

Espero estar errado, mas isto não me cheira bem... Espero que seja apenas mais uma teoria da conspiração.


Mundo volta a condição de Pré-Guerra de 1939!

...E as peças no xadrez mundial são movidas... Segue mais um importante Capítulo Vivo da nossa História!


OTAN está aumentando significativamente sua presença militar na bacia do Mar Negro. Segundo o chefe do Comando Europeu das Forças Armadas dos EUA, almirante James Stavridis, o Corpo de Fuzileiros Navais dos EUA vão expandir suas atividades na região do Mar Negro.

Segundo a versão oficial do Stavridis, a quem, aliás, ao mesmo tempo ocupa o cargo de Comandante Supremo Aliado CSA (OER em inglês) da OTAN na Europa, o aumento do número de Fuzileiros dos EUA se deve à necessidade de formação das forças aliadas para a sua implantação em massa no Afeganistão.

Segundo Stavridis, em 2011, os EUA tem planejado vários tipos de interação com os 14 países desta região, que incluem a preparação dos exércitos dos países parceiros para a implantação no Afeganistão e formação dos seus funcionários militares.

No entanto, ele não especificou quais os países que ele tinha em mente. Mesmo se estivéssemos incluído a Moldávia na lista dos países da região do Mar Negro, não haveria 14 estados. Rússia, Ucrânia, Romênia, Bulgária, Turquia e Geórgia têm pleno acesso ao Mar Negro.

A interação com a parte russa é, obviamente, não planejada. Talvez, Stavridis tinha em mente os países da Cooperação Econômica do Mar Negro, que incluem a Armênia, Azerbaijão, Grécia, Sérvia e Albânia? Neste caso, temos apenas 11 potenciais parceiros da América na região. Além disso, a Armênia e a Sérvia estão relutantes em enviar suas tropas para a guerra no Afeganistão.

Stavridis pode ter incluído a Polônia na lista dos países da região do Mar Negro. De acordo com sua confissão, juntamente com dois batalhões da Geórgia, seus subordinados têm preparado um par de brigadas polacas. Dado o velho sonho da elite polonesa ser alongamento "de um mar a outro", não é claramente contrário de estar entre os países da região do Mar Negro. No entanto, isso não dá uma resposta plausível sobre os planos de Washington na região.

Ainda mais perguntas surgem a respeito da preparação para a operação no Afeganistão. Primeiro, os militares georgianos são preparados para operações não contra os talibãs no Afeganistão, mas em casa, embora os terrenos dos dois países diferem muito.

Em segundo lugar, de acordo com Stavridis, as partes já iniciaram exercícios conjuntos. No decurso do exercício de forças da Marinha dos EUA, praticavam a utilização de veículos aéreos não tripulados que correu a bordo dos navios e outras manobras. Um papel importante foi protagonizado por navios de guerra que claramente simularam ataques no litoral. Também parece um pouco estranho, porque mesmo que eles queiram, eles não seriam capazes de enviar a frota para o Afeganistão.

Ao mesmo tempo, os Royal Marines da marinha real britânica estão realizando treinamentos estranhos com os seus homólogos da Ucrânia, perto da principal base da frota russa do Mar Negro.

Os treinamentos são realizados na Crimeia Velha, na base da Marinha do Mar Negro, centro de treinamento do Corpo de tropas de defesa costeira da Marinha ucraniana. Segundo a lenda das manobras, que eles representam "workshops para compartilhar experiências na execução de missões de manutenção da paz".

Quais são os reais objetivos prosseguidos pelos países da OTAN na região? Um capitão da 1 ª categoria, 1 º Vice-Presidente da Academia de Problemas Geopolíticos respondeu a esta pergunta para Pravda.ru: "Os norte-americanos, além da preparação dos países satélites para a participação nas operações punitivas contra o Afeganistão, estão prepararando uma ação de combate na região do Mar Negro.

Desta vez, ele deixará de ser um conflito local, como a guerra de 2008 (Guerra Rússia x Geórgia), mas uma guerra em grande escala. Basta recordar a afirmação feita pelo chefe da Academia de Ciências Militares Gareev em 26 de março, onde ele tocou em cima deste tema.

Além disso, esta mesma conclusão pode ser tirada dos dados disponíveis na construção de grupos da OTAN na bacia do Mar Negro e na fronteira ocidental da Rússia. Os EUA estão começando a implantar novas bases militares na Polônia e atualizar os já existentes para receber um número muito maior de tropas.

O fortalecimento militar da OTAN até às fronteiras da Rússia, indica claramente que a preparação para a agressão está em pleno andamento. Temos de prestar atenção a soldados dos EUA dizendo que a preparação para um ataque contra um adversário militar é possível em todos os aspectos conduzido ao mais alto nível profissional.

O fato de que os britânicos, com a aprovação dos nossos irmãos ucranianos, estão aperfeiçoando as habilidades de guerra na Crimeia próximo a Sevastopol, também fala em volumes.

Na verdade, se traçarmos um paralelo histórico, o mundo está em um estado de 1939, ou seja, antes do início de uma guerra global, cujo precursor é a agressão dos EUA e seus satélites contra o Iraque e o Afeganistão e, desta vez contra a Líbia. A única questão é quando esse "Mar Negro Líbia" acontece.

Não é que os americanos e seus satélites europeus são os maus, só que a prosperidade de sua economia depende do controle das matérias primas do mundo material. Em uma crise, eles não têm outra escolha. Com relação ao início do conflito com a Rússia, há razões mais do que suficiente para isso.

Por exemplo, o cenário da Geórgia pode ser jogado para fora outra vez, ou o cenário da Líbia pode ser tentado também. O Ocidente é muito sensível a grupos terroristas que operam no Norte do Cáucaso. Um olhar sobre a imprensa ocidental é suficiente para entender como esses eventos são cobertos. Depois de mais um ataque bem-sucedido realizado contra os militantes, a OTAN pode apresentar uma voz em defesa dos "revolucionários e guerrilheiros", e ainda continuará a operar sob o cenário planejado.

Sergey Balmasov
Pravda.Ru