Blog

Blog

8 de dez de 2012

A câmera perdida


A câmera perdida – uma história inacreditável sobre tartarugas cinegrafistas



Essa é demais. Eu mal pude acreditar quando vi no youtube um video que a princípio não me disse muita coisa, mas que gradualmente se revelou um feito totalmente gump. Isso porque o video caseiro em questão, não foi feito por um ser humano, mas por uma tartaruga marinha!
A história começa com uma família no Caribe.
camerasst A câmera perdida   uma história inacreditável sobre tartarugas cinegrafistasO Sargento da Marinha Real Holandesa Bruin Dick estava explorando um naufrágio ao largo da ilha tropical de Aruba no ano passado, quando sua câmera, um modelo compacto tipo point e shot da Nikon cuidadosamente selada numa caixa estanque para fotografia submarina silenciosamente flutuou para longe.
Isso seria uma ocorrência comum, se a câmera tivesse efetivamente se perdido. No entanto, na sequência de uma odisseia de seis meses,  a câmera fotográfica encontrou o seu caminho de volta para o Sr. Bruin. E o mais surpreendente, ela veio com algumas cenas do oceano gravados com exclusividade por nada menos que uma tartaruga!
A câmera perdida foi aparecer na costa de uma praia na Flórida. Na ocasião, o agente da guarda costeira Paulo Shultz viu a câmera batendo contra as rochas. Ele entrou na água para um olhar mais de perto e recolheu a câmera da Nikon, suficientemente pequena para caber na palma da sua mão.

Paul e a câmera perdida
mergulhadoresss A câmera perdida   uma história inacreditável sobre tartarugas cinegrafistasPaulo estranhou que embora a câmera estivesse como nova, sua caixa estanque de plástico impermeável estava coberto com cracas e pequenos animais marinhos que aderem em qualquer coisa que fique muito tempo na água. Baseado em seus conhecimentos de oceanografia ele estimou que a condição das cracas dava uma ideia de que a câmera teria sido perdida a cerca de seis meses.
Não havia nenhuma indicação de nome ou endereço na embalagem ou no aparelho. Eram poucas as pistas para rastrear seu proprietário. Mas isso não deteve o espírito investigativo de Paul.

Paul levou a câmera para sua casa e ligou-a em um computador. No interior do cartão de memória, ele descobriu algumas fotos de dois homens se preparando para um mergulho:

Havia também fotos de uma família reunida em um sofá, e um video estranho de algo se movendo na água.  Paulo observou atentamente o video, e pareceu-lhe que  a câmera se agitava sob o controle de algo que não era humano.

Decidido a localizar o proprietário, Paul se registrou no site Scubaboard.com usando o nickname Aquahound. Ele fez o upload das fotos para o forum e esperou que algum aficionado por mergulho pudesse ajudar a identificar um dos dois mergulhadores da foto.
Dentro de poucos dias, os colaboradores online identificaram o local das fotos como sendo Aruba, uma ilha holandesa ao largo da costa venezuelana, cerca de 1.100 quilômetros de Key West, onde a câmera foi aparecer na praia.

Outras fotografias mostram a cauda de um avião. Pesquisando pelo numero pintado na fuselagem, foi possível descobrir com certa precisão quando aquela aeronave estava em Aruba, e assim Paul descobriu o dia em que as fotos foram tiradas. Com a ajuda dos internautas ele percebeu que havia uma construção com telhado azul, e  usando o Google Earth, localizaram o ponto exato em que a foto teria sido obtida.
camerass2 A câmera perdida   uma história inacreditável sobre tartarugas cinegrafistasPaul então postou as fotos em sites de viagens como o CruiseCritic.com  e o Aruba.com, e dentro de dois dias, foi contatado por uma mulher de Aruba, que disse que ela reconheceu os filhos em algumas das fotos. Segundo ela, o dono da câmera era colega de seu filho.
Através da intermediação da internauta, Paul entrou em contato com a família, os Bruins, e todas as peças do mistério finalmente se juntaram.

A família ficou feliz de reencontrar sua câmera perdida e todos se espantaram em descobrir que a câmera viajara cerca de 1770km pelo mar até a praia da Flórida.
Veja só a distância que a câmera viajou
Eles viram as fotos e quando Paul mostrou o estranho video, todos ficaram espantados. Começava ali um novo mistério.
cineastaamador A câmera perdida   uma história inacreditável sobre tartarugas cinegrafistasAnalisando o video, Paul percebeu que uma tartaruga marinha se interessou pela câmera, que tentou comer. Após bicar intensamente o objeto, a tartaruga disparou a filmagem. Ela acabou se enroscando na alça comprida de cor amarela que equipava a caixa estanque e simplesmente carregou a câmera consigo pelo mar, registrando peixes, sol, céu, a água límpida do mar caribenho até o fim do espaço em disco.


Neste fotograma podemos ver a nadadeira do "cinegrafista amador"
O vídeo feito pela tartaruga obteve mais de dois milhões de exibições no Youtube.