Blog

Blog

24 de fev de 2013

Natasha Demkina - A Garota com Visão Raio-X - (vídeo)



Segundo o jornal Pravda, Natasha Demkina, de 16 anos, residente em Saransk, na Rússia, está impressionando a classe médica com sua capacidade ímpar de visualizar os órgãos internos de outras pessoas. A menina foi testada em várias ocasiões chegando ao ponto de se opor a diagnósticos médicos sem equívocos.
Natasha Demkina tem muitas explicações há fazer. Com 17 anos e moradora de Saransk, ela parece uma típica adolescente. Mas não é. Natasha alega possuir um poder incomum. Ele diz que pode olhar dentro do corpo das pessoas, ver o organismo delas trabalhando e o lugar onde estão acontecendo coisas erradas.
Natasha diz que ela soube que tinha estes poderes com 10 anos. “eu estava em casa com minha mãe e de repente eu tive um visão. Eu podia ver dentro do corpo da minha mãe e comecei a contar para ela sobre os órgãos que eu podia ver. Agora, eu tenho que mudar de minha visão normal para o que eu chamo de visão médica. Por uma fração de segundos eu vejo uma pintura colorida dentro das pessoas e então eu começo a analisa-la”, ela diz.

As palavras de Natasha se espalharam em todo canto de Saransk e por toda a Rússia, pessoas começaram e bater em sua porta, na maioria aquelas pessoas desacreditadas pelos médicos.

Em janeiro, o jornal The Sun trouxe Natasha para a Inglaterra, levando a uma onda de histórias sobre a “garota com olhos de raio X”. Durante sua visita, ela foi ao ITV´s This Morning e impressionou Fern Britton por localizar um machucado em seu tornozelo. 

Enquanto a mídia alegremente cortejava Natasha, a atitude dos céticos irritou-a. No inicio do ano ela aceitou fazer parte de um teste científico para provar de uma vez para todos se ela tem realmente os poderes que alega possuir. “Eu apenas desejo que a pessoas tenham conhecimento que este fenômeno existe”, ela diz.


Exames realizados por céticos

Natasha se tornou a mais recente preocupação médica da Inglaterra e não é surpresa encontrar médicos fazendo fila para examiná-la. Mas para todo um pequeno numero da comunidade médica, ela é um absurdo tão grande que nem merece discussão. Outros suspeitam que não seja mais que um truque.

Em Londres, Natasha filmou um experimento para um documentário que a Discovery Channel irá exibir em sua programação. O experimento foi planejado por cientistas pertencentes ao Comittee for the Scientific Investigation of Claim of the Paranormal (CSICOP), uma organização de profissionais céticos que anteriormente haviam testado o famoso Uri Geller, mas sem muito sucesso.

Para a primeira parte do teste, Natasha foi convidada a tentar diagnosticar a condição de pessoas que tinham descrito dores especificas para os cientistas. No final do período de analise, muitos estavam impressionados, verificando que Natasha tinha localizando exatamente a dor deles.

Na segunda parte do teste, Natasha tinha de sentar em frente a 7 pessoas que tinham uma lista de problemas médicos abrangendo uma coxa artificial e um com um implante de metal na cabeça após a retirada de um tumor. Os cientistas decidiram que se Natasha pudesse corretamente identificar quem tinha quais operações em 5 deles, ela passaria no teste.

Após 4 horas, Natasha tinha feito o julgamento final dela e convocado os cientistas para anunciar os resultados. Embora ela tenha identificado 4 pacientes corretamente, ela não diagnosticou 3, incluindo um que tinha um apêndice faltando. Ela tinha falhado, declararam os cientistas. Natasha agora diz que ela estava infeliz com o modo como o teste foi executado. “A atmosfera do teste era de inimizado. As condições que eu estava sendo observada era em alguns casos duvidosas. Porque é que se eu acertasse 5 dos 7 eu passava, mas se eu acerto 4, eu sou uma fracasso total?

Mas os cientistas que produziram o experimento disseram que um fracasso é um fracasso. Então, qual é a explicação deles dos casos que ela acertou?

"No melhor, ela faz muito isto muito e tem uma grande capacidade de olhar as pessoas e fazer um diagnóstico bastante acurado. Mas, no pior, há alguma coisa mais", disse Richard Wiseman, um mágico profissional voltado a psicologia e investigador paranormal da Universidade de Hertfordshire.

Prof. Wiseman, que ajudou a fazer o teste, dia que embora eles não tenham prova de que Natasha trapaceou, muitas mensagens de texto estavam sendo enviadas entre ela e a companheira dela durante o teste, algo que os cientistas tinha expressamente proibido.

“Não estou convencido que não havia outra coisa ocorrendo”, disse Prof. Wiseman. “Muitos daqueles que vão ver Natasha acreditam na sua habilidade de diagnosticar doenças... assim como as pessoas que acreditam naquelas máquinas da sorte, onde se coloca uma moeda e um boneco de médium faz ao acaso previsões” disse Prof. Wiseman.

“Quando eu vi ela fazer seu exame, eu não pude acreditar na discrepância entre o que eu estava ouvindo e como estavam impressionados os indivíduos.”

“Eu achei que as pessoas que vinham de longe para falar com ela ficavam constrangidos, mas passava o tempo, e elas diziam que ficaram impressionadas. Antes de casa analise, eu perguntava para as pessoas qual era o principal problema médico e Natasha nunca acertou completamente as respostas, ele disse.

Prof. Wiseman acredita que as pessoas ouvem os comentários de Natasha e focalizam naqueles aspectos que elas acreditam. Apesar de tudo, se Natasha é acreditada ou não pelos cientistas, se ela tornar-se mais famosa pelos poderes alegados, ela poderia fazer muito dinheiro. Enquanto vivia em Saranka, ela inicialmente cobrava 3E pela consulta, depois subiu a taxa para 8E. Numa cidade onde a média salarial é 15E por semana, o dinheiro poderia rapidamente tornar-se útil.

No começo do ano, Natasha explicou que a taxa tinha como intenção ajudar um colégio médico em Moscou. Ela iniciou no inicio do mês, embora o estado tenha pago suas taxas. Sua família se mudou para Moscou. “Se eles estão nisto por dinheiro, eu acho que é sobre o potencial de ganhar que fez ela se mudar. Se você pensa no numero de pessoas doentes no mundo que não sabem o que há de errado com elas, é um enormidade, um enorme mercado e poderia se tornar um grande negócio”, diz o Prof. Wiseman.

Seja o que Natasha se tornar no futuro, ela esta decidida que não será motivada por fama e fortuna.

“Eu não penso sobre o quão lucrativo poderia ser. Eu apenas quero que as pessoas me aceitem. O sonho é, se eu preservar meu poder, usá-lo, mas nas bases adequadas do conhecimento médico.



Em relação ao documentário da Discovery, como sempre, eles dão um jeitinho de manipular as coisas, fazendo que ao final a coisa toda pareça um embuste. Porém, ela continua aí, vendo tudo que eles afirmam que ela não vê e falando de coisas que já foram contadas e explicadas por Lobsang Rampa, o monge tibetano que revelou muito da cultura tibetana e de suas ciências secretas milenares. O tempo vai ajudar a revelar quem está realmente sendo sincero.
Fonte: The Guardian
Fonte do 'video: