Blog

Blog

9 de fev de 2013

Nova ordem mundial/net pelo mundo!... Fique sabendo!


 Impasse nos EUA ameaça deixar o governo sem dinheiro - Culpa da FEMA




FEMA ALERTA para o povo americano fica pronto para o pior

Fema - Departamento Federal de Administração de Emergência


Dentro das doutrinas mundanas, há varios concensos diferentes, para um estranho evento que há de acontecer no mundo, que é conhecido como Hercóbulos, Planeta Chupão, Astro Intruso, Planeta Intruso, Marduk, Nibiru, o 12º Planeta, Absinto, o Sugador, o Segundo Sol, Planeta Higienizador, Higienização do planeta, Verticalização do eixo da Terra, Inversão Polar da Terra, Transição Dimensional, Transição Planetária, Planeta Frio, Planeta Vermelho, Arcóbulos, Estrela Baal, etc, etc, etc....

A agência do governo americano, FEMA, resolveu alertar a população sobre o assunto.

Não foi uma emissora de televisão, mais sim, o próprio governo norteamericano produziu um comercial de um minuto, que é veiculado em vários canais de TV, inclusive há pessoas que dizem ter visto o comercial na MTV, disponível na parabólica para todo o Brasil, via cabo em vários países.

O comercial do governo mostra a gravidade do planeta é momentâneamente cancelada, e as pessoas e objetos comessam a flutuar, e uma fortíssima luz inunda o céu. Todas as TVs pegando mal, entram com telejornais mostrando uma forte luz no céu. O relógio marca 6:15. Quando o fenômeno termina, os objetos caem, e a casa fica violentamente revirada, como num assalto. As TVs mostram as cidades, com vários prédios vazios e destruídos, e objetos voando para o céu.

O audio do comercial diz:
E se um desastre acontecer derepente??...
E se a vida na forma como você conhece, tornar-se de cabeça para baixo??...
E se tudo o que lhe é familiar, se tornar quieto??...
Antes que um desatre ponha o mundo da sua família de ponta cabeça,... só depende de você estar pronto.
Pegue um kit
Faça um plano
Esteja informado hoje

Seria um aviso que o bicho vai pegar pra valer, pedido para as pessoas prepararem seus kits de sobrevivência???

A FEMA é uma agência dos EUA, que tem construído uma grande infraestruta, como grandes alojamentos de sobrevivência (dizem que são futuros campos de concentração), o estoque de 5 milhões de caixões de plástico com capacidade para 4 corpos cada, áreas de vários hectares terraplanadas para servir de cemitério, milhares de aviões no deserto prontos para  serem usados para evacuação, treilers prisões equipados com algemas e guilhotinas, e vários ônibus de "Evacuação em Massa" que tem circulado pelas estradas dos EUA. 

Qual e a função da FEMA e o que estaria ela planejando?

Materia retirada do site KAFE KULTURAFEMA (Federal Emergency Management Agency)
Agência Federal para o Tratamento de Emergências, agência do governo americano que fornece auxílio em casos de grandes desastres (maremotos, terremotos, furacões, ataques terroristas, etc)
Porém existem muitos americanos filmando vídeos e colocando na internet suhttp://www.blogger.com/img/blank.gifgerindo que esta agência na verdade são campos de concentração espalhados pelo EUA, equipado com crematórios, câmaras de gás, mais de 5 milhões de caixões de plásticos que cabem 4 corpos adultos, cemitérios de concreto.
Trens prisoes de 3 andares onibus de evacuaçao em massa campos de concentração parecidos com o de Auschwits-Birkinau o que eles planejam com tudo isso 




PRISOES PORTATEIS


E, que dizer da Lei Marcial, que abre portas aos campos de concentração, espalhados por vários estados dos EUA, com linhas de caminho de ferro, arame farpado, postes de alta tensão, cercas electrificadas, torres de vigia, antenas de rádio, estranho armazéns, com gás canalizado, fornos crematórios, fazendo lembrar Auschwits-Birkinau e Bergen-Belsen…

Zonas amarelas, vermelhas, azuis e verdes, o que significam?

E os milhares de túmulos e sepulturas abertas em inúmeros cemitérios americanos?

E os parques infantis?

E as roletas com torniquetes e grades, onde se entra e não sai…


Até parece piada, mas até trens eles estão fazendo como prisões, com certeza para facilitar o transporte para dentro dos campos de concentrações, ja que os mesmos vão ter a linha férrea passando por dentro de cada um. Existem trens assim tambem para transportes de automóveis

fonte : kafe cultura

FEMA irá CORTAR todas as transmissões civis de TV e rádio nos EUA. O que estão planejando?


Se você já se perguntou sobre a capacidade do governo para controlar as ondas civis, você terá a sua resposta em 09 de novembro.

Naquele dia, as autoridades federais estão indo para desligar todas as comunicações de rádio e televisão ao mesmo tempo em 2:00 AM EST para completar o teste primeiro do Sistema Nacional de Alerta de Emergencia (EAS).

Esta não é uma teoria da conspiração selvagem. O próximo teste é publicado na Segurança Pública e Segurança Interna website Bureau.

Só o Presidente tem a autoridade para ativar EAS em nível nacional, e ele delegou essa autoridade ao Director da FEMA. O teste será conduzido em conjunto pelo Departamento de Segurança Interna (DHS), através da FEMA, a Federal Communications Commission (FCC), e do National Oceanic and Atmospheric Administration (NOAA) National Weather Service (NWS).


http://www.theblaze.com/stories/did-you-know-feds-will-temporarily-cut-off-all-tv-and-radio-broadcasts-on-nov-9/

O EAS é um sistema de alerta nacional pública que requer os radiodifusores, os sistemas de televisão a cabo, sistemas de cabos sem fio, via satélite de rádio digital de áudio de serviço (SDARS) prestadores de serviços, e de transmissão direta via satélite (DBS) fornecedores para fornecer a capacidade de comunicação ao Presidente para enfrentar os americanos público durante uma emergência nacional. O sistema também pode ser usado por autoridades estaduais e locais para fornecer informações importantes de emergência, tais como alertas AMBER e informações meteorológicas direcionados para áreas específicas.

O primeiro teste nacional do Sistema de Alerta de Emergência será realizada em 09 de novembro de 2011

http://transition.fcc.gov/pshs/services/eas/

m Junho, a Comissão Federal de Comunicações 9, 2011 reunião Agenda, Segurança Pública e Homeland Security Bureau Chief Jamie Barnett, acompanhado por representantes da FEMA e do Serviço Nacional de  Meteorologia, anunciou que o primeiro teste de âmbito nacional do Sistema de Alerta de Emergência (EAS) terá lugar às 2:00 PM (Eastern Standard Time) em 09 de novembro de 2011.

O objetivo do teste é avaliar a confiabilidade ea eficácia do EAS como um mecanismo público de alerta. Os participantes EAS participam atualmente em estado de nível testes mensais e em nível local testes semanais, mas nenhuma revisão de cima para baixo de todo o sistema já foi realizado.

A Comissão, juntamente com a Agência Federal de Gestão de Emergência, vai usar os resultados deste teste nacional para avaliar a confiabilidade ea eficácia do EAS como um mecanismo de alerta público, e trabalhará em conjunto com as partes interessadas EAS para fazer melhorias para o sistema conforme o caso.

Mais guerra? Tensão aumenta na América Latina: Paraguai ameaça CORTAR energia e Brasil coloca tropas na fronteira

 Se o Paraguai cortar o fornecimento de energia de Itaipú para o Brasil, a Região Sudeste será uma das mais prejudicadas... Imagine uma metrópole como São Paulo às escuras? Com certeza o governo brasileiro não permitirá isso... E então, as coisas vão esquentar na fronteira guarani... Agora, veja uma coisa... Sabendo que após a queda de Lugo, o Paraguai está entregue nas mãos dos globalistas, este conflito já não estariam planejado na agenda da elite? Ou seja, estariam eles provocando um conflito para intervir no continente? Confira: O Brasil concentrou 10 mil homens e armamento pesado na fronteira como  Paraguai, Uruguai e Argentina, numa ação anunciada como de combate à criminalidade, mas que coincide com a posição do novo presidente paraguaio anunciando que vai deixar de ceder a energia gerada na usina bi-nacional de Itaipu, para o Brasil. A usina produz 19% de toda a energia consumida pelos brasileiros. As tropas deslocadas na segunda-feira (10) contam com helicópteros de combate, navios patrulha, aviões de caça e veiculos aéreos não tripulados, além de blindados. Para os rios da bacia do Prata foram enviadas 30 embarcações, inclusive três navios de guerra e um navio hospital. Segundo o Ministro da Defesa, Celso Amorim, trata-se de “uma operação de fronteira que tem por objetivo, sobretudo, a repressão à criminalidade e o general Carlos Bolivar Goellner, comandante militar do sul, a área crítica de patrulhamento será entre as cidades de Foz do Iguaçu, no Paraná, e Corumbá, no Mato Grosso do Sul, “onde ocorre a maior incidência de tráfico de drogas e contrabando” Celso Amorim, após ressaltar ações de cooperação entre os países, disse que “a maior ameaça militar ao Brasil, em tese, é um cenário futuro no qual potencias internacionais em conflito venham a se interessar por recursos brasileiros como água, energia e capacidade de produção de alimentos”. A ameaça paraguaia Após o Brasil e seus vizinhos terem imposto sanções ao Paraguai pela derrubada do seu presidente constitucional, Fernando Lugo, o seu sucessor, Frederico Franco, anunciou a decisão de suspender a venda de energia ao Brasil e à Argentina e remeter mensagem ao Congresso Nacional, em dezembro, estabelecendo que a sua anunciada decisão não poderá ser revogada pelo presidente a ser eleito em abril de 2013. O presidente disse que o Paraguai não vai mais ceder energia ao Brasil, numa referência ao excedente da produção da usina de Itaipu, geradora de 14 mil megawatts. Isto representa 19% do consumo brasileiro de energia e 91% do consumo paraguaio. O Paraguay consome apenas 5% da produção e o excedente é comprado pelo Brasil, mas Frederico Franco diz que “não estamos cedendo, mas dando energia ao Brasil”. FONTE exercito brasileiroBrasil afirma que "paga" pela energia de Itaipu e que Paraguai não a "cede" O embaixador Tovar Nunes, porta-voz da Chancelaria do Brasil, afirmou nesta quinta-feira que seu país "paga" pela energia da represa de Itaipu e que o Paraguai "não a cede", como disse ontem o presidente do país, Federico Franco. "Não existe cessão de energia, ela é comprada. Essa energia, o Brasil não tem de graça", declarou o porta-voz, citado pela Agência Brasil (oficial), em alusão à eletricidade gerada pela represa binacional de Itaipu. As declarações do presidente Franco tiveram uma grande repercussão no Brasil, sobretudo por sua afirmação de que o Paraguai decidiu de forma "clara" que seu país "não continuará cedendo" energia. fonte ultimo segundo SEMPRE GUERRA: Caso chegue ao ponto extremo de se utilizar a opção militar, o Brasil já estaria preparado para este cenário, conforme treinamentos e cooperações com países amigos, vejam alguns treinamentos: Operação Guarani - Estreitar laços de amizade, confiança e cooperação entre os Exércitos do Brasil e da Argentina; esse é um dos objetivos da Operação Guarani 2012. A atividade é um exercício conjunto realizado entre os exércitos dos dois países, que aconteceu entre os dias 23 e 30 de junho, na região de Apóstoles, na Província de Missiones, na República Argentina. Além de aproximar os dois Exércitos, a Operação Guarani também visa a adestrar o trabalho de Estado-Maior Combinado, proporcionar o intercâmbio de experiências na confecção de planos e ordens, desenvolver a interoperabilidade entre elementos dos Exércitos dos dois países na execução de operações combinadas e desenvolver a doutrina de operações combinadas. Da parte do Exército Argentino, participarão o 30º Batalhão de Infantaria de Monte e três Companhias de Caçadores da Brigada de Infantaria de Monte nº XII, e por parte do Exército Brasileiro será empregado um Esquadrão de Cavalaria Mecanizado da 1ª Brigada de Cavalaria Mecanizada. fonte comando militar 

sul

Operação Ágata 5 - A Ágata 5 foi desencadeada pelas Forças Armadas, com, apoio da Polícia Federal, em uma área de 3,9 mil quilômetros de extensão nas imediações de fronteiras no Rio Grande do Sul, em Santa Catarina, no Paraná e no Mato Grosso do Sul. O objetivo é combater crimes na fronteira, como contrabando, descaminho e tráfico de drogas. Também são fiscalizados os estoques de dinamites nas minas onde são extraídas as pedras ametistas. No território gaúcho, há tropas posicionadas na Fronteira Oeste e na Região Sul. Leia mais: http://www.libertar.in/2012/08/guerra-tensao-aumenta-na-america-latina.html#ixzz245v3R8qc