Blog

Blog

11 de fev de 2013

Holocausto - Execução do Mal



Vídeo mostra como era a logística e o planejamento por trás da máquina de extermínio nazista que matou 6 milhões de pessoas.


Percorrendo os arquivos da Europa Oriental, do Museu do Holocausto em Washington e dos laboratórios de restauração do museu Yad Vashem em Israel, para recontar as histórias de perseguição, roubo e morte. Além do depoimento dos sobreviventes sobre a dura realidade que tiveram que viver.



Estudo o holocausto há anos. No início estava mais interessado nas vítimas. Queria contar sua história e o que acontecera a elas. Com o tempo vi que não poderia contar a história das vítimas sem contar a história dos assassinos. E fiquei fascinado, não pela falta de humanidade dos assassinos mas pela humanidade deles.
Michael Berembaum, Ph.D. American Jewish University


Isso representa um desafio humano para nós. Porque significa que homens e mulheres comuns são capazes de cometer os atos extraordinários terríveis e cruéis. De fazer coisas horríveis.

Bem, ao menos para entender esse mecanismo de formação de 
monstros (e heróis), o psicólogo Philip Zimbardo nos fornece umas pistas.

[Via BBA]