Blog

Blog

11 de abr de 2013

Direto da redação - O seu fim de noite!



 A Origem do Planeta Terra (Teoria)



planetas alienigenas 01Documentário fantástico relatando a origem do nosso planeta azul e de toda vida que nele existe. Depois deste documentário fico me perguntando: A "vida" seria realmente o resultado de uma série de catástrofes e ocorrências aleatórias? Isso é meio perturbador, mas acreditar em algo celestial também não esclarece todas as nossas dúvidas.



Fonte: YouTube

Suzane Richthofen, que matou os pais, vira ‘pastora evangélica’ e choca o país

Notícias Gospel Suzane Richthofen, que matou os pais, vira 'pastora evangélica' e choca o país | Noticia Evangélica Gospel
A reportagem do Fantástico sobre Elize Matsunaga dentro do presídio, revelou que uma das presas que chocou o país Suzane Richthofen por matar seus pais, chocou mais uma vez ao se tornar pastora evangélica. Tal notícia novamente gerou polêmica e virou tema de debate nas redes sociais.
O Fantástico mostrou neste domingo a rotina das presas que chocaram o país com seus crimes: Elize Matsunaga, que matou e esquartejou o marido, o diretor-executivo da Yoki, Marcos Matsunanga, recentemente; Suzane Richthofen, que assassinou seus pais e Anna Carolina Jatobá, que foi condenada pelo assassinato da enteada, Isabella Nardoni. Elas convivem com outras mais de 140 mulheres que cometeram crimes repudiados até dentro das cadeias.
Mostrando a rotina das presas que trabalham em uma fábrica na Penitenciária Santa Maria Eufrásia Pelletier, em Tremembé (SP), a reportagem revelou que Suzane é atualmente pastora evangélica. A revelação gerou polêmica e debates na internet, por meio de sites de perguntas e redes sociais, questionando a sinceridade da criminosa ou se isso seria mais um de “seus planos” para reduzir sua pena ou ganhar dinheiro.
“Suzane Richthofen tornou-se evangélica , PASTORA evangélica . Uma nova vida ou um jeito de reduzir a pena ?” pergunta internauta Jaque no Yahoo! Respostas. “Ela tirou a vida de quem lhe deu, Existem filhos de Deus e filhos do diabo, essa aí com certeza é …”, acrescentou. Muitos tiveram dificuldade de acreditar ou aceitar. “Desta eu não sabia……..Infelizmente fica difícil acredita na conversão dela, pois ela se mostrou dissimulada, mas Deus sabe de tudo até o que se passa no coração dela e não cabe a mim jugar”, respondeu a usuária Jaqueline Life House.
Alguns estão certos de que isso é uma maneira de reduzir a pena. “Claro que é uma maneira de reduzir a pena, ela nunca sentiu remorso do que fez, ela é fria e insensível; a intenção dela é a liberdade, apenas isso”, disse Maah. Mas apesar da dúvida, internautas urgem para não julgar. “Não se deve julgar né Jaque…coração dos outros é terra que ninguém anda. Quem sabe se ela realmente não se arrependeu, e mesmo que não possa voltar atrás, tentar uma vida nova daqui pra frente né…”, respondeu Cris.
O internauta Lexos apoiou: “Não existe como sondar op coração de um ser humano. Somente Deus pode fazer isso. Se ela o faz de coração, terá uma chance, se não o faz, não terá. Mas eu realmente não sei a intenção dela. Caim, também era um filho de Deus. Mas enfim, detentos se tronarem evangélicos afim de obter status de bom comportamento é algo bem comum no Brasil.”
No Facebook, o debate também foi incendiado, com a maioria desacreditando da história e afirmando ser isso um plano “B” para obter “dízimos dos fiéis”. “Primeiro a herança dos pais, agora a HERANÇA DOS FIÉIS”, escreveu Diego Augusto. Suzane Richthofen foi condenada por matar os pais, Manfred Albert Freiherr von Richthofen e Marísia von Richthofen. Ela teria matado seus pais a “golpes de pau” juntamente com Daniel, seu namorado na época, e o irmão de Daniel. O motivo teria sido a não aceitação do namoro pelos pais, além de um suposto interesse na herança que seria deixada pelos pais. Suzane foi condenada a 39 anos de prisão.

Suzane Von Richthofen no Fantástico


Fantástico Rede Globo – Suzane Von Richthofen

Suzane Von Richthofen – Reportagem


Fonte: The Christian Post

Você já ouviu falar na sinistra Bíblia do Diabo?

Você já ouviu falar na sinistra Bíblia do Diabo?

Muitas vezes a ficção é muito mais bizarra do que a realidade, e um bom exemplo disso é a história sobre a sinistra “Bíblia do Diabo”. Reza a lenda que no século XIII, na região que hoje corresponde à República Tcheca, um monge foi condenado à morte por cometer uma grave infração contra as regras do mosteiro no qual vivia. Mais precisamente, o sacerdote seria emparedado vivo em um quarto.
Para escapar da condenação, o monge decidiu fazer um trato com seus superiores, propondo que o seu crime fosse perdoado em troca de que ele produzisse uma cópia da bíblia — e de diversos outros escritos — à mão em apenas uma noite. Tal façanha seria muito, muito difícil de conseguir nos dias de hoje, com toda a tecnologia disponível, então, imagine só no século XIII, quando tudo era feito à luz de velas e com o uso de tinta, penas e pergaminhos!

Pacto impensável






Os superiores concordaram, pois, se o monge não cumprisse com o acordado — o que era óbvio —, ele seria sentenciado. Porém, se produzisse o material prometido em tão pouco tempo, isso seria um milagre que, por sua vez, atrairia milhares de peregrinos (e muito dinheiro) para o mosteiro. No entanto, o monge logo percebeu que jamais conseguiria terminar a tarefa à qual se havia proposto, decidindo fazer o impensável: um pacto com o diabo.
Pelos seus serviços, o príncipe das trevas não só pediu a alma do monge em troca do livro, senão que exigiu  que um assustador e enorme retrato seu fosse incluído na obra. No dia seguinte, conforme prometido, o livro estava pronto. O sacerdote foi perdoado e o volume ficou conhecido como “Codex Gigas” — de “Livro Gigante” — ou A Bíblia do Diabo.

Trabalho de um homem só





O códice possui mais de 90 cm de altura por mais de 50 de largura, além de medir mais de 20 cm de espessura e de pesar perto de 75 quilos. Trata-se do maior manuscrito medieval de que se tem notícia, e suas páginas são feitas de pele de vitelo e de asno. A bíblia, além do famoso retrato do maligno, também contém o novo e o velho testamento, assim como um calendário, textos médicos e uma antiga enciclopédia. No entanto, várias páginas desapareceram.
Há que acredite que os textos faltando continham informações sinistras demais para serem lidas, e por isso foram removidos. Além disso, durante os seus vários séculos de existência, o Codex Gigas mudou de mãos várias vezes, e até sobreviveu — com alguns danos irreparáveis — a um incêndio, o que também poderia explicar o desaparecimento de algumas se suas páginas.

Lenda






Segundo os especialistas, o livro realmente parece ter sido escrito por uma única pessoa, mas em vez de ser produzido em apenas uma noite, o habilidoso escriba deve ter levado mais de 20 anos para concluir o trabalho. Além disso, uma pequena dedicatória — “Hermanus Inclusus” ou “Herman, o recluso” ou ainda “Herman, o enclausurado” —, ao final do manuscrito também dá algumas pistas sobre a suposta condenação do monge.
Assim, o mais provável é que o sacerdote realmente tenha sido condenado (ou se condenado) à clausura — e não a ser emparedado — por toda a vida, para se dedicar integralmente à produção do códice. Hoje a Bíblia do Diabo se encontra preservada na Biblioteca Nacional da Suécia, em Estocolmo, e você pode vasculhar as páginas desse incrível manuscrito medieval a partir deste link.
ASSISTA O DOCUMENTÁRIO EM VÍDEO ABAIXO:


Buracos rios 02

           OVNIs (OSNIs) - Bases                       Alienígenas Submarinas

Todo o mundo já ouviu falar da área 51 em Nevada.
No entanto, a mais de mil e quinhentos quilômetros de distância se encontra uma instalação submarina ainda mais secreta.
Chama-se AUTEC e está localizada nas Bahamas. 
Ainda que alguns sustentem que é uma base militar para testes submarinos, o mistério ao redor desta base e sua proximidade ao Triângulo das Bermudas é razão suficiente para que os Caçadores de Óvnis comecem sua investigação.