Blog

Blog

9 de abr de 2013

Direto da redação - O seu fim de noite!



KYMATICA, The Film


Kymatica, é um filme muito interessante que oferece insights sobre a psique humana e aborda questões de espiritualidade, estados alterados de consciência e muito mais! Apresentando entrevistas com Bruce Lipton e Palmgren Henrik...

Começa com o narrador a traçar um paralelo entre seres humanos e a Terra para nos ajudar a compreender que a Terra também é um ser vivo consciente e que, na realidade, nós somos a Terra!

Um documentário impressionante que expande a consciência individual para níveis superiores de consciência cósmica!
















 Os Soldados de Hitler - Waffen-SS


Eles ficaram em silêncio por mais de 60 anos, mas finalmente resolveram falar. Nesta série de documentários, os últimos soldados de Hitler ainda vivos contam histórias do nazismo. E revelam em detalhes o lado mais sombrio do maior conflito militar de todos os tempos.

As Waffen-SS tem sua fundação derivada da chamada Schutzstaffel (SS) no início do Partido Nazista como forma de proteção a Adolf Hitler em um período conturbado politicamente (as décadas de 20 e 30 do século XX). Hitler exigia que sua tropa de elite fosse composta por cidadãos com comprovada origem germânica, uma condição física e mental excepcional e que cumprissem as normas da ideologia nazista. Para isso colocou à frente da tropa especial Heinrich Himmler, que em alguns anos, mais exatamente em 1933, conseguiu aliciar nada menos do que 52.000 homens para o seu exército.

Com a ascensão da organização, Himmler conseguiu anexar aos seus domínios o Ordnungspolizei (a polícia regular), e o Sicherheitspolizei (a polícia de segurança). O Sicherheitspolizei foi dividido mais adiante no Kriminalpolizei ou Kripo (a polícia Criminal) e o Geheime Staatspolizei ou Gestapo (a polícia secreta), todas subordinadas ao escritório de Segurança Geral do Reich.

Crimes e Atrocidades Cometidos Pela Waffen-SS

Depois da guerra, a Schutzstaffel foi regulada como uma organização criminosa pelo governo alemão, pela inegável evidência da responsabilidade por inúmeros massacres e outros crimes de guerra e crimes contra a humanidade.

Formações como a Dirlewanger, Brigada Kaminski e muitas outras unidades estiveram envolvidas na limpeza étnica e/ou assassinato político de milhares de civis por toda a Europa. Episódios como o Affair Houtman ou assassinatos perpetrados por Heinrich Boere são exemplos da sistemática brutalidade com a qual a SS tratava os civis nos países conquistados pela Alemanha Nazista. Os mais infames e sangrentos incidentes foram compilados abaixo numa lista:

Massacre de Wormhoudt pela 1ª Divisão SS Leibstandarte SS Adolf Hitler, 1940, Bélgica
Massacre de Le Paradis pela 3ª Divisão SS Totenkopf, 1940, França
Massacre de Oradour-sur-Glane pela 2ª Divisão SS Das Reich, 1944, França
Massacre de Ochota pela SS Brigada Kaminski, 1944, Polônia
Massacre de Wola pela 36ª Divisão Waffen Grenadier da SS, 1944 Polônia
Massacre de Huta Pieniacka pela 14ª Divisião de Granadeiros da SS, Polônia
Massacre de Tulle pela SS Das Reich, 1944, França
Massacre de Marzabotto pela 16ª Divisão de Granadeiros da SS Reichsführer-SS, 1944, Itália
Massacre de Malmedy pela Kampfgruppe Peiper da 1ª SS Panzer, 1944, Bélgica
Massacre de Ardeatine por dois oficiais da SS, 1944, Itália
Massacre de Distomo pela 4ª Divisão SS Polizei, 1944, Grécia
Massacre de Sant'Anna di Stazzema pela 16ª Divisão de Granadeiros SS Reichsführer-SS, 1944, Itália
Massacre da Abadia de Ardenne pela 12ª Divisão Panzer SS Hitlerjugend, 1944, França



 Os Soldados de Hitler - Waffen-SS





FALANDO COM OS MORTOS