Blog

Blog

14 de abr de 2013

Direto da redação - Edição da tarde! (vídeos)



Planeta Terra: Estudo mostra que Amásia será o próximo supercontinente


Utilizando um novo modelo que usa a história geológica da Terra, cientistas estadunidenses concluíram que um novo supercontinente deverá se formar ao redor do círculo polar ártico, a partir da fusão entre os continentes americano e asiático. O estudo é uma alternativa às teorias tradicionais que explicam os ciclos supercontinentais.
De acordo com Ross Mitchell, ligado à Universidade de Yale e principal autor do trabalho, o novo supercontinente – batizado de Amásia – deverá se formar em cerca de 120 milhões de anos, após a o bloco asiático deslizar por baixo da América em um processo conhecido como subducção. Segundo o estudo, publicado recentemente pela revista científica Nature, a América ficaria praticamente na mesma localidade, enquanto o Mar do caribe e o oceano ártico desapareceriam.
Os modelos tradicionais mostram que áreas supercontinentes sucessivas se formam ou no mesmo local, por meio de um processo conhecido como “introversão” ou então em lados opostos do globo, através do processo de “extroversão”. No entanto, a nova pesquisa mostra que a nova formação geológica não cabe em nenhum desses modelos.
No estudo, a equipe de Mitchell apresenta uma posição alternativa para formação Amásia. Nela, o próximo supercontinente ficaria a 90 graus de longitude oeste de distância da Pangeia, último grande supercontinente do passado. Pangéia se localizava onde hoje está a África e se rompeu há 200 milhões de anos.

Posições supercontinentais

A teoria de Mitchell é alicerçada principalmente na análise do alinhamento dos elementos magnéticos em rochas antigas (paleomagnetismo), que revelou onde se localizavam os polos magnéticos do planeta durante períodos específicos da história da Terra. Isso permitiu que os pesquisadores de Yale reunissem informações importantes para calcular as posições de Pangéia e os dois supercontinentes anteriores, Rodínia e Nuna.


Russos irão realizar Viagens Interplanetarias com Nave Espacial Nuclear

Engenheiros russos estão projetando uma nave espacial com um motor de foguete nuclear.
Vôo interplanetário, de acordo com a Agência Espacial Federal Russa (Roscosmos).
Um motor de foguete nuclear abre novas perspectivas para a exploração espacial, insiste o chefe da Roscosmos, Vladimir Popovkin. Como um exemplo do poder do novo motor, dizendo que  a Estação Espacial Internacional (ISS) trabalha com painéis fotovoltaicos cerca de 100 quilowatts de potência. Mas a  ISS está em órbita baixa da Terra, se a mesma tecnologia usada para impulsionar um vôo a Marte exigiria painéis solares com uma área equivalente a dezenas de campos de futebol. O novo projeto visa a criação de um motor de foguete russo sem análogos no mundo, com uma capacidade de 1.000 kilowatts. Propulsão vontade electrorreactiva e pode ser usado tanto em rebocadores espaço como plataformas multifuncionais e naves espaciais interplanetárias, Popovkin disse, conforme registrado pelo RG jornal russo. Uma das opções já considerando combustível peritos russo é usado como  xénon puro aquecido a temperaturas muito elevadas, o que daria um impulso específico de cerca de 20 vezes maior do que os motores químicos. Neste momento, ainda existe uma concepção reator última respectiva nuclear, mas foi decidido que o sistema de refrigeração vai escorrer. Detalhes Popovkin que já testados a eficiência teórica deste método na Terra e que o próximo ano que têm que experimentar com ele na ISS para ver se ele pode ser utilizado também no espaço. Ele se destina a produzir o primeiro protótipo do motor de foguete nuclear, com 250 quilowatts de energia, até 2018. O vôo-ainda-um teste primeiro e inovador, nave não tripulado está prevista para 2018 anos.



As audiências terão lugar no Clube Nacional de Imprensa em Washington, DC, de 29 abril - 3 maio. Eles serão abertos ao público e transmitido on-line em vários idiomas, bem como filmada para um documentário em produção chamada "Embargo Verdade".
Cook, o deputado Utah anterior, disse o Salt Lake Tribune que ele é um "cético de mente aberta" sobre o tema da vida extraterrestre, mas acha que ele é "pouco provável de ser convencido."
"Eu posso comprar em que como uma possibilidade, mas até hoje eu não tenha ouvido ou lido ou visto qualquer coisa que me faz acreditar que alguém encontrou um na Terra", disse ele.

                                     
                                            
                                           
                                          

Marinha dos EUA Implantando HAARP Plataforma Arma Tesla SBX-1 para Combater a Corea do Norte com Terremotos!!

A Marinha dos EUA declara a implantação de uma enorme base - mar de radar banda-X para a Península Coreana o que sugere que a Coreia do Norte poderia ser atingida por um terremoto HAARP fez enorme a qualquer hora forte terremoto, mas muito profundo na Rússia / China / região Norte Coréia Este terremoto muito profundo é causada pela subducção da Placa do Pacífico sob placa da Eurásia (que também faz com que a maior parte da atividade de terremotos ao redor do Japão). Devido à profundidade, qualquer dano num dos países mencionados pode ser excluído. Update: sismos muito profundos como este são normalmente sentida na área de largura (com baixa intensidade). Neste caso, grandes cidades como Vladiwostok estão nesta área. Mas até agora não recebemos nenhum relatório. Se você acha que sentiu por favor nos avise. O terremoto pode ter sido sentido (teoricamente) por cerca de 10 milhões de pessoas como muito fraco a fraco tremendo. Cidades próximas 9km (6mi) N de Zarubino, Rússia 28km (17mi) SW de Slavyanka, Rússia 62 km (39mi) ENE de Aoji-ri, a Coreia do Norte 63 km (39mi) ESE de Hunchun, China 608 km (378mi) NE de Pyongyang, a Coreia do Norte Dados terremoto mais importantes: Magnitude: 6.2 Hora local (conversão somente abaixo da terra) : 2013/04/06 00:00:00 hora GMT / UTC: 2013/04/05 13:00:00 profundidade (hipocentro): 551 km . Profundidade e atualizações de magnitude na lista abaixo Compartilhe sua experiência terremoto (eu senti It) com nossos leitores. Clique no botão "Eu senti que" botão atrás do terremoto correspondente. Sua experiência terremoto é importante não só para a ciência, mas também para as pessoas da área, bem como o nosso mundial os terremotos atingiu subterrâneo profundo Coréia do Norte refletido da stillspeakingout

                                          

                                         

PLEIADIANOS: QUEM SÃO ESTES SERES DE LUZ?

Os pleiadianos são uma civilização amorosa, pacífica e altamente espiritualizada, que cultua a harmonia, a beleza e todas as formas de arte. 
As Plêiades é um aglomerado de estrelas da constelação de Touro, com mais de mil estrelas, das quais sete são visíveis a olho nu e dentre estas se destaca Alcyone o sol central das Plêiades, estrela de 3ª grandeza, localizada a 425 anos-luz da Terra e em torno da qual giram as outras estrelas, cada qual com seu sistema de planetas. Alcyone tem a luminosidade equivalente a 1.400 vezes a do nosso sol, uma estrela de 5ª grandeza.
Os pleiadianos vivem em plena unicidade uns com os outros e são muito ligados a cura, a medicina natural, às forças da natureza e ao xamanismo nativo (foram eles que ensinaram aos chineses a técnica da acupuntura em torno de 4.500 A.C.). 
Gregários por natureza, gostam de estar juntos.
Sua forma de expressão nunca é individual, mas grupal, pois a muito superaram a questão do ego e até mesmo seus instrumentos musicais são projetados para serem operados por várias pessoas simultaneamente.
Amáveis, delicados, muito bem humorados e extremamente criativos, eles vivem praticamente em estado de graça em seu lar planetário - afinal, estão livres dos conflitos criados pelas diferenças de opinião e de vontade, próprias da manifestação do ego. 
Extasiam-se com a beleza da vida, expressam esses sentimentos por meio da arte e criam mais beleza e harmonia, vivendo assim em constante alegria e contemplação.

São muito voltados a educação e adoram se comunicar, se expressar e ensinar.
Em sua sociedade não existem leis para regular a vida em comunidade, as leis que os regem é constituída única e exclusivamente pela suas próprias consciências individuais altamente evoluídas.
Por isso lá não existe policia, prisões, sistema judiciário, político ou religioso e o planeta é administrado apenas por um conselho de sábios, composto por 12 anciões. 
Eles não tem religiões, mas estão permanentemente conectados a Fonte, ao Criador Primordial, cuja vontade estão sempre buscando decifrar e seguir harmoniosamente.
Eles são muito ligados aos cristais e suas cidades são construídas de cristal com suas casas na forma de grandes pontas de cristais sextavadas (como pirâmides de seis lados), que vistas do alto se parecem com favos de uma colméia de abelhas e vistas ao nível do solo se parecem com uma drusa de cristal ou ainda com uma aldeia indígena americana, onde as casas, pelo seu formato, se parecem com grandes tabas indígenas.
Cada ser das Plêiades, seja homem ou mulher, possui em seu interior as polaridades masculinas e femininas em perfeito equilíbrio.
Eles não vivem sós, vivem sempre como casais, cada qual com seu companheiro ou companheira e nunca contatam os humanos individualmente, mas sempre em grupos, identificando-se sempre como uma coletividade (os pleiadianos), jamais ostentando cargos, funções ou posições hierárquicas e só revelando seus nomes pessoais em algumas situações excepcionais.

Quando nos encontramos com eles fora das naves mães, ou seja, nas pequenas naves de serviço, estão normalmente em três, todos vestidos de macacão azul índigo, mas quando nosso encontro com eles ocorre fora das naves estão sempre em dois (ou mais), ambos vestidos de uma túnica branca tipo romana ou grega, sendo que o terceiro sempre fica na nave, que é constituída de pura energia e uma extensão da energia de seu próprio corpo de luz, sendo que ele não a pilota usando instrumentos, mas apenas as energias de suas mãos sobre um painel existente numa espécie de console.
Suas naves não são tecnológicas, são energéticas e por fora parecem pequenas, mas quando entramos nelas percebemos que são enormes e a medida que andamos pelo seu interior elas vão se expandindo e a nossa frente vão se formando sempre novas salas, corredores e portas antes inexistentes.
Há muitas almas originárias das Plêiades encarnadas na Terra - elas constituem a segunda raça extraterrestre mais presente por aqui.
Na verdade eles não são propriamente extraterrestres, mas sim "ultraterrestres", ou seres interdimensionais, pois tem a faculdade de viajar no tempo, no espaço e entre as diferentes dimensões. 

Vêm buscar, na terceira dimensão, a experiência do concreto, algo que o adiantado estado de sua civilização não pode lhes proporcionar, pois na dimensão em que vivem são pura luz, pura energia.
O que o pleiadiano tem de facilidade para criar e implantar suas idéias, tem de dificuldade para administrar uma longa rotina de execução do projeto no dia a dia e levar as coisas até o fim. 
Aqui, na densidade da Terra, é que ele aprende a necessidade de plantar e cuidar para colher; que percebe a relação de causa e conseqüência dos mundos materiais.
Em sua estrela de origem, extremamente sutil, é muito difícil ter essa percepção.
Assim, a matéria densa da 3ª dimensão com seus limites torna-se a matéria prima essencial para que possam moldar e materializar suas idéias e desta forma experenciar e desenvolver integralmente toda a sua capacidade criativa. 
Até para encarnar na Terra, os pleiadianos nunca vêm sozinhos, mas em grupo, e acabam sendo atraídos para o ofício das artes, como a música, a poesia, pintura, escultura, artesanato, etc. e para os trabalhos comunitários ou outros do gênero em que possam empregar seus talentos criativos e terapêuticos.
Eles são seres simples, descomplicados, despojados e buscam sempre na simplicidade e criatividade encontrar a essência e as respostas para todas as coisas. 
São gentis, fazem amigos com facilidade e adoram estar com crianças, sendo os responsáveis pelo projeto de preparação e envio de crianças índigos, cristais, diamantes, etc. ao planeta, a maioria delas espíritos de origem pleiadiana.
Muitos tornam-se bons terapeutas holísticos, psicólogos, professores e administradores de recursos humanos, pois, movidos pelo seu sentimento de fraternidade e solidariedade, gostam de contribuir e de ver os outros crescerem.
É pela harmonia dos sons, das emoções e do amor incondicional que os pleiadianos podem conectar-se conosco por meio dos chacras do plexo solar e principalmente do cardíaco. 
São seres solares que vivem na terceira estrela das Plêiades, chamada por eles de Aracelis (que em latim quer dizer "Altar dos Céus"), numa civilização de 8ª dimensão, que vibra na freqüência do numero 8 e tem este numero e a laminiscata como seus símbolos.
Estão aqui neste momento do nosso espaço-tempo, a convite da Confederação Intergaláctica e representando companheiros que brevemente também deverão estar a serviço em nosso planeta (as crianças  arco-íris). 
É muito interessante para todos eles a possibilidade de servir nesse imenso laboratório que é o nosso planeta Terra.
Todas as civilizações confederadas, de uma forma ou de outra, ostensiva ou não ostensiva, se encontram aqui em diversas missões de ajuda diferentes, cada qual dentro da sua especialidade.
Suas diferenças ambientais e físicas são tão grandes como as diferenças entre os diversos reinos de nosso planeta, como se eu fosse do reino animal, você do reino mineral, e ele do reino vegetal...
As leis naturais básicas existentes para cada um, necessárias para sua sobrevivência e existência, são muito diversas. 
Por isso, precisam de padronizações medianas e adaptações a certas formas e estruturas que a Confederação lhes impõe para que possam se manifestar de forma coerente entre todos nós.
No caso dos pleiadianos eles se apresentam normalmente aos humanos como seres altos, rosto belo de traços bem delineados, cabelos compridos e escorridos loiros/prateados, testa alta e arredondada (como uma espécie de pequena calvície) e olhos azuis brilhantes, como se fossem duas luzes intensas, mas na sua forma original eles tem no lugar dos cabelos penas, ou seja penugens de pássaros na cor dourada e o crânio é levemente alongado para trás e para cima.

Assim os Pleiadianos estão nos trazendo muitas informações a respeito de sua civilização, os pleiadianos realmente se interessam e se comovem com o mundo da sensibilidade e das emoções humanas.
São pacifistas e não possuem qualquer indício de uma força armada porque não necessitam do uso da força para se imporem.
A sua beleza, graça, suavidade e inteligência fazem com que seja muito fácil para eles terem contato com as civilizações e/ou seres mais sensitivos e avançados espiritualmente.
Eles são seres muito íntegros, que tem um desenvolvido senso de liberdade e um profundo respeito pela liberdade, auto-expressão e livre arbítrio dos outros seres. 
Seus ancestrais são seres pássaros, de onde surgiu a figura clássica dos anjos com asas, usadas por nossas religiões; eles são seres solares, mestres geneticistas ou Elohim, que participaram diretamente da criação da humanidade e de todas as formas de vida na Terra.
A muito tempo atrás estes ancestrais migraram de um universo paralelo, que estava em fase de conclusão de seu processo de evolução, para Alcyone, onde ainda vivem diretamente integrados às Hierarquias Celestes, na 18ª dimensão, como membros do Conselho da Galáxia.
A Humanidade possui material genético pleiadiano, por isso eles são considerados nossos irmãos mais velhos.
 
Os pleiadianos nada tem a ver com os nibiruanos (que são apenas seres da 4ª dimensão), embora estes últimos se digam pleiadianos.  
Os grupamentos de pleiadianos encarnados mais conhecidos da recente história da humanidade são os Essênios, os Maias, os Cátaros (que viveram no sul da França) e atualmente os Índigos que começaram a chegar no pós-guerra para quebrar o sistema vigente e na década de 60 foram os responsáveis pelo Movimento Hippie, onde se procurava valorizar mais a liberdade, a natureza, a paz e o amor.
Na condição de pleiadianos que se destacaram individualmente em sua passagem pelo planeta temos São Francisco de Assis (contemporâneo dos cátaros e fiel seguidor da filosofia deles), Sri Aurobindo, Krishnamurti, Madre Thereza de Calcutá, a atriz Shirley Maclaine e muitos outros.
NOTA: As informações acima são frutos da experiência pessoal de Ibiatan Upadian, que na condição de pleiadiano foi levado por uma nave pleiadiana a visitar as Plêiades em 1999.
Fonte:http://ensinamentos-das-pleiades.blogspot.com.br/2012/04/pleiadianos-quem-sao-estes-seres-de-luz.html?utm_source=BP_recent
Texto original adaptado e reeditado por Ibiatan Upadian por inspiração dos Pleiadianos.



Quem são os greys?



Greys
Esta é a raça mais comum identificada pela Ufologia. São muitos os avistamentos, histórias e teorias referentes a eles, feitas de visionários da Nova Era a diferentes cientistas. Os Greys, como são apresentados pela comunidade científica, são muito comumente descritos por suas vítimas de abduções. São considerados demônios ou raça de energia negativa, com motivos e propósitos desconhecidos em relação à Terra. Eles parecem estar abduzindo, estudando e testando vários indivíduos. São freqüentemente relacionados com muitas outras raças, como os Reptilianos e com diferentes teorias de conspiração – uma mistura de visões científicas e Nova Era. Uma das teorias afirma que uma ou mais de suas espaçonaves se chocaram e foram capturadas pelo governo dos EUA. O governo americano então fez um acordo secreto permitindo que eles façam abduções de humanos em troca de tecnologia.
A teoria da conspiração finaliza, afirmando que os Greys não mantiveram a sua parte no acordo. Estas são as descrições dos diversos tipos de Greys: (são todos humanóides, com cabeça, tronco, dois braços, duas pernas e dois pés) :
1: Os Greys mais freqüentemente vistos têm em torno de 0,60 cm a 1,20m de altura, muito magros, olhar delicado, de baixo peso, olhos negros extremamente penetrantes e inclinados sem pupilas, vestígios de boca e nariz, cabeça muito grande, com queixo pontiagudo. A cor da pele varia do cinza escuro ao cinza claro; do pálido ao branco e pode também ser bronzeado. Não há pelos em seu corpo.

2: Outros também comumente vistos são semelhantes aos descritos anteriormente, exceto nos seus 15,24 cm de altura, e parecem dar as ordens. Uma variação deste mesmo tipo descrito são os olhos negros arredondados como grandes botões negros.

3: Mais um tipo de Greys: são como pequenos robôs, atarracados e pequenos, com um liso e redondo capacete, com negros e profundos olhos, com o contorno da boca arredondado, tronco quadrado mostrando círculos concêntricos, cheiram como cabeça de fósforo queimada, e a pele tem a coloração cinza cogumelo. Este Greys agem como guardas de segurança. Outras variações são descritas como Reptilianos com garras parecidas com os insetos louva-a-deus. Há também relatos de crias de cruzamento que não tem de formas exatamente como humanos ou como Greys.

Uma descrição de greys


“Eu observei as criaturas ao se aproximarem de mim. Eu desconhecia seus propósitos. Eu me debatia mas não conseguia mover meus braços e pernas. Eu justamente estava lá deitado como um bode para ser sacrificado no altar. E quando as criaturas se aproximaram eu me amedrontei. Eram criaturas pequenas quase do tamanho dos pigmeus africanos. Eles tinham grandes cabeças e braços e pernas muito finas. Eu observei, senhor, como um artista e pintor, que esses seres eram totalmente desconjuntados na visão de um artista. Seus membros eram muito longos para seus corpos e seus pescoços eram muito finos e suas cabeças quase do tamanho de melancias.

Eles possuíam esquisitos olhos arregalados. Eles não tinham narizes como nós temos mas somente pequenos orifícios nos dois lados superiores entre os olhos. Suas bocas não possuíam lábios somente um fino risco como feito por uma navalha. E enquanto eu olhava as criaturas, senhor, eu fiquei assustado com alguma coisa perto de minha cabeça. E quando olhei para cima havia outra criatura ligeiramente maior que as outras que encontravam-se perto de minha cabeça me observando. Eu olhava seus hipnotizantes olhos que me enfeitiçavam. Então os observei pois a mesma queria que eu vidrasse seus olhos. Eu vi pelas suas membranas seus verdadeiros olhos por trás da parte escura da membrana de seu arregalado olho. Seus olhos eram arredondados com horizontais pupilas como as de um gato. E a coisa não balançava a cabeça. Mas respirava ao notar que suas narinas inalavam e exalavam. Mas se alguém me disser que eu cheiro que nem essas criaturas, senhor, sou capaz de socá-lo.”


Fonte:http://ufologiagmu.wordpress.com 

                                                                      

                                         

Você não acredita em Extraterrestres? Veja este Vídeo Fantástico!

Você não acredita em Extraterrestres? 
Vídeo Impressionante, com vários avistamentos de UFOS e relatos do Auto escalão do Governo dos USA,  Vale muito ver até o final do vídeo, UFOS ONLINE, traz a você mais um vídeo espetacular!

                                           

Área 51 Submarina?

Você conhece a Área 51, mas você já ouviu falar na Área 51 Submarina? Se existe a área 51 submarina, lá tem OSNIs (Objeto Submarino Não Identificados), que podem ser objetos submarinos criados pela Marinha Americana. Se existe a Área 51 Submarina, ela está localizada em Bahamas, na Língua do Oceano. É um lugar ideal para testar armas secretas e equipamentos submarinos. É tão secreto debaixo do mar, que nem os satélites conseguem identificar o que há lá por baixo. E será que é uma coincidência os avistamentos de OSNIs e OVNIs? Naquela região, são frequentes os avistamentos! E a suposta Área 51 Submarina esta  localizada muito próxima do Triangulo das Bermudas. Muitos conhecem também como Área 51 da Marinha.
Uma história bem interessante e talvez conhecida por muitos, aconteceu no ano de 1980. Um homem que trabalhava naquela região, diz que ele e seus companheiros de trabalho estavam em alto mar quando o radar começa a avisá-los que há terra a uns 5km. Isso era impossível, estavam em alto mar, sem nenhum tipo de terra à vista. Ao mesmo tempo, a bússola começou a girar loucamente. Mas isso pode ter sido ocorrido por um problema no radar, feito por um submarino ultra secreto em teste, ou um próprio sistema desenvolvido para confundir radares, construído por eles mesmos. Na área 51 submarina, existem várias placas parecidas como as da 51, indicando algo como Perigo, se afaste.
Existem um cabo dentro do mar que vai da Sede Secreta até um lugar misterioso, porém não se sabe onde acaba o cabo, se sabe apenas onde si inicia. Muitos creem que o cabo não é de nenhum submarino, dizem que parece com um cabo de comunicação.
Em 1958, dizem que o Presidente do Estados Unidos Dwight Eisenhower teve uma reunião com seres de outro planeta. Um ano depois desse suposto contato, foi construída a sede ultra secreta que é a área 51 submarina. 

Muitos dizem que dentro da sede está localizado um portal que transporta para outros planetas.
Acredita-se que a área 51 submarina esta próxima da Atlântida. Pesquisadores dizem que Atlântida será achada próxima de Bahamas.
Mas em Bahamas já encontraram algo que poderia fazer parte de Atlântida?
Sim, vários mergulhadores descerem nas profundezas do mar e encontraram vários tipos de pedra que poderiam fazer parte da misteriosa Atlântida. Em 2003, foram encontrados os supostos restos de uma civilização. Essas pedras são grandes, possuem cortes e ângulos retos. A idade dessas pedras são de 6.000 a.C.
Mas porque essas coincidências: Portal, supostas pedras de Atlântida, lugar deserto e muito monitorado, o cabo que liga da sede secreta até sumir, e os aparecimentos de OVNIs e OSNI. Tudo isso próximo do Triângulo das Bermudas e da Sede Ultra Secreta Americana. Coincidência ou não? Será que o Governo Americano não está trabalhando com seres inteligentes?