Blog

Blog

14 de abr de 2013

É verdade!... Acredite! Veja!



Considerado um clássico da ufologia mundial, o Caso Travis Walton reproduz as principais características comuns das abduções alienígenas. Por volta das 18:00 horas da tarde, do dia 05 de novembro de 1975, uma caminhonete de cabine dupla do Serviço Florestal voltava da Floresta Nacional Sitgraves, Arizona, (Estados Unidos), levando sete lenhadores: Michael Rogers, Ken Peterson, Travis Walton, Allen Dallis, John Goulete, Duane Smith e Stephen Pierce.




(Foto de 1975)


Todos os  membros do grupo de Rogers passaram por um teste com o polígrafo, administrados por Cy Gilson, funcionário do Departamento de Segurança Pública do Arizona. Seu questionário perguntava se algum dos homens fizera algum mal a Travis (ou sabia de alguém que o tivesse feito), se sabiam onde o corpo de Travis estava enterrado e se disseram a verdade sobre terem visto um OVNI.

Todos os homens negaram ter ferido Travis (ou saberem de alguém que o tivesse feito), negaram saber onde seu corpo estava e insistiram que realmente viram um OVNI. Exceto por Dallis (que não completara seu exame, tornando-o inválido), Gilson concluiu que todos os homens diziam a verdade e os resultados do exame foram conclusivos. O relatório oficial de Gilson dizia que "Os exames com o polígrafo provam que os cinco homens realmente viram um objeto que acreditam ser um OVNI e que Travis Walton não foi ferido nem morto por nenhum desses homens naquela quarta-feira." Se o OVNI fora uma brincadeira, pensava Gilson, "cinco desses homens não tinham nenhum conhecimento do fato."

Nota: Travis Walton estará presente no 1º Forum Mundial de Contatados a realizar-se em Florianópolis/SC nos dias 14 a 16 de junho. Para mais informações, visite o site http://www.contatados.com.br/



 Corredor da Morte - Caminho Sem Volta


Bom a pena de morte ja foi abolida em muitos países, restando hoje apenas 74 países (Estatística), que utilizam dessa condenação. Eu sou totalmente contra essa abolição, e sou a favor dessa pena em alguns crimes como: estupro, pedofilia, homicídio, tortura ou crueldade, e também grandes crimes ambientais.

Atualmente existem dois países dentro do sistema politico democrático, que aplicam efetivamente a pena de morte, Estados Unidos e Japão. Já em países como China, Irã e a maior parte do Oriente Médio, a pena de morte é aplicada frequentemente.

Distingue-se a pena de morte da eutanásia, pela qual se abrevia, sem dor ou sofrimento, a vida de um enfermo incurável. O fato de um policial ou outra pessoa matar um suspeito ou um criminoso, em estado de legítima defesa ou não, não constitui uma aplicação da pena de morte. O mesmo se verifica no caso de mortes causadas por operações militares.

A pena de morte, a condenação, a sentença e a sua execução resultam da aplicação de uma lei conforme com os ritos e as regras de um processo da justiça criminal ou militar.

No Brasil


A última execução determinada pela Justiça Civil no Brasil foi a do escravo Francisco, em Pilar das Alagoas, em 28 de abril de 1876, e a última execução de um homem livre foi, provavelmente, pois não há notícias de outra depois, a de José Pereira de Sousa, condenado pelo júri de Santa Luzia, em Goiás, enforcado na dita vila no dia 30 de outubro de 1861.

Até os últimos anos do império, o júri continuou a condenar à morte, ainda que, a partir desse ano de 1876, o imperador Dom Pedro II comutasse todas as sentenças capitais, tanto de homens livres como de escravos. Todavia, só foi expressamente abolida para crimes comuns após a proclamação da República. A pena de morte continuou a ser cominada para certos crimes militares em tempo de guerra.


Entrando na Fila de Espera


A Pena de Morte pode demorar anos para chegar, durante essa grande espera grande parte dos condenados acaba falecendo antes da hora. Nos Estados Unidos a pena é permitida em 36 de 50 estados, sendo o Texas o que detém os maiores números.

Entre 1973 e 2002, 7.254 sentenças de morte foram realizadas, levando a 820 execuções, 3.557 prisioneiros esperando para serem executados, tendo sido condenados por assassinato, 268 morreram de causas naturais ou suicidaram-se enquanto esperavam pela execução, 176 tiveram a pena comutada para prisão perpétua, e 2.403 foram soltos, novamente julgados e/ou resenteciados pelas cortes.


Métodos

Vários métodos foram utilizados em toda a história, mas apenas cinco deles ainda são mantidos e executados.

Cadeira Elétrica - Tendo sido o principal método de execução durante o Século XX, começou a ser contrariada depois de avarias ocorridas no estado da Flórida, sendo substituída pela Injeção Letal como principal método de execução.



Injeção Letal - É Permitida nos 35 estados americanos, e é o principal método aplicado nos detentos. Rápida e quase indolor evita o drama da temida Cadeira Elétrica.

Câmara de Gás - Foi criada nos EUA, por sugestão do médico toxicologista Albert Southwick, inspirado no uso de gases tóxicos durante a Primeira Guerra Mundial. A ideia original era saturar a cela do condenado com gases tóxicos enquanto este dormia, sem prévio aviso.

O primeiro condenado à morte a ser executado na câmara de gás foi um chinês de nome Gee Jon, no estado norte-americano de Nevada, em 1924.

Na Alemanha nazista na II Guerra Mundial essas câmaras eram muito solicitadas, em campos de extermínio (em Varsóvia) do lado polonês na eliminação sistemática de seus prisioneiros.

Enforcamento - A personalidade internacional mais significativa condenada e recentemente executada desta forma foi o ditador iraquiano Saddam Hussein, em 30 de Dezembro de 2006.
Fuzilamento - Método de execução utilizado preferencialmente em tempos de guerra. Sendo no Brasil a unica forma de Pena de Morte, em casos de Guerra declarada.

Em Utah desde 1850, 40 condenados já foram executados por pena de morte, outros quatro presos dos dez a serem executados também escolheram o fuzilamento antes de 2004, já que neste ano a forma de execução foi eliminada por gerar muitas críticas e publicidade gerada.


Última refeição

A um tempo atras vi um artigo que falava de um ex detento que era o cozinheiro do corredor da morte. Brian Prince nunca soube a opinião de quem as provou.  De 1989 a 2003 ele foi o detento responsável pela preparação da última ceia de 211 homens no corredor da morte mais sangrento dos Estados Unidos, o da penitenciária de Huntsville Unit, no Texas.

Prince após cumprir sua pena, saiu e lançou um livro "Meals To Die" (Refeições de Matar). Prince também inaugurou seu própio restaurante Way Station, na cidade de Crockett. Prince comemora o sucesso de seu estabelecimento que vive lotado.

O Site Dead Man Eating: os pedidos da última refeição dos que esperam a morte na Penitenciária Federal do Texas. Vou citar o nome do condenado e seu pedido.

John Boltz, de 74 anos, condenado pelo assassinato da enteada pediu um prato típico de Kentucky: frango frito com repolho, feijão, batatas e croissant. John foi executado por Injeção Letal.

Rugas Matthew Eric, Rugas teve um pedido de última refeição de uma costela com uma batata "carregado" assado, costeletas de porco frita com bife e duas saladas. Executado em 2009 por Injeção Letal.

Danielle Nathaniel Simpson, Simpson teve um pedido de última refeição de quatro pedaços de frango frito, biscoitos e molho e leite.

Yosvanis Valle, Valle teve um pedido de última refeição de quatro hambúrgueres (almosted queimado), batata frita (quase queimada), arroz mexicano (quase queimado), cebola fresca, piri, tomate, queijo e molho para salada.

Jason Getsy, Getsy teve um pedido de última refeição de um bife de olho de lombo, meio cozido raro com A-1 molho à parte, churrasco asas de galinha e anéis de cebola com ketchup, cogumelos fritos com molho marinara, uma salada de chef com molho ranch, pecan pizza com sorvete de baunilha e dois tipos de refrigerante.

As últimas palavras

Abaixo separei algumas frases ditas por condenados momentos antes a sua execução. As mesma seguem o exemplo da anterior o Nome e depois as palavras.

"Eu sinto muito, eu não queria ter morto sua família. Eu não quiz matar a sua família e aquelas pessoas. Peço desculpas pela maneira como falo o meu inglês. Eu é que arruinei a minha própria vida"

Yosvanis Valle, presa executada recentemente no corredor da morte no Texas

"Carlos era meu amigo. Eu não o matei. O que está acontecendo é uma grande injustiça. isto não resolve nada. Isto não traz Carlos de volta."

Reginald Blanton, executado no mês passado em Texas, pela morte de Carlos Garza

"Hoka hey, está um bom dia para morrer. Muito obrigado. Eu amo todos vocês. Adeus."

Clarence Ray Allen, condenado por três assassinatos em 1982 e executado em Califórnia em 2006, aos 76 anos.

"Tudo bem, diretor, vamos dar-lhes o que eles querem"

Melvin White, executado em Texas em 2005, por assédio e assassinato de uma menina de 9 anos

Alguns Serial Killer no Corredor

Bom a maioria dos Serial Killers vai parar no corredor da morte vamos citar alguns casos, métodos utilizados, e também frases ditas por eles.

John Wayne Gacy - O Palhaço Assassino ficou no corredor durante 14 Anos e ganhou fama de grande Artista, desenhando pinturas altamente avaliadas, participando até mesmo de exposições. Gacy foi executado em 1994, por injeção letal. Suas ultimas palavras foram:

"Kiss my Ass!" (Beijem Minha Bunda!)

Ted Bundy - Um dos assassinos mais inteligentes. Bundy foi seu própio Advogado de Defesa no Tribunal, tendo matado mais de 30 Mulheres. Theodore Robert Bundy foi eletrocutado as 07:06 A.M e morreu ás 07:16 A.M.. Chorou durante toda aquela noite e em sua ultima refeição ele comeu filé, ovos, purê de batatas e café.

Enquanto lá fora a multidão insandecida hostilizava Bundy com gritos do tipo “Frite Bundy, Frite!” e “Barbecue Ted!”. Suas ultimas palavras foram para sua mãe, ele pediu desculpas por ter inflingido a ela esta dor.


Bundy Após o Choque
Andrei Chikatilo - O Açougueiro de Rostov apavorou a União Soviética matando mais de 60. Chikatilo foi executado em 1994 com um tiro de pistola na nuca.

Albert Fish - O Bicho Papão aterrorizou a America. Canibal e matador de crianças Fish foi condenado a Cadeira Elétrica, sendo executado em 1936.

Foram necessárias duas descargas elétricas para matá-lo, pois as 29 agulhas alojadas em seu corpo ao longo de toda a vida causaram um curto circuito na cadeira elétrica. Sua última frase foi sobre sua eletrocussão:

A emoção suprema, a única que nunca experimentei.

Aileen Wuornos - A Fêmea Alfa é uma das minhas Serial Killer favoritas. Aileen foi condenada por 6 Assassinatos, ela também enviou uma carta ao tribunal exigindo a pena de morte imediatamente. Ela foi executada em 2002 por Injeção Letal.

"Eu realmente odeio a raça humana, e voltaria a matar novamente"

Presos e suas Refeições






Entrevista com Aileen Wuornos 1 dia Antes de sua execução

FONTES - Wikipédia,  Dead Man Eating.


 Snuff Movie - Mutilada e Estuprada


Bom acho que de todos os videos bizarros que ja vi esse se coloca entre os mais escrotos. Tortura, estupro e humilhação, não tem nem como imaginar a dor que essa mulher passou é simplesmente agonizante ouvir os gritos de dor.

Não tenho muitas informações sobre o vídeo, a unica coisa que podemos identificar é que são asiáticos. O Id voltou mais bizarro do que nunca (Pra marcar o retorno do blog).

 História Requentada - Romance Zombie


Olá Psicopatas estou aqui pra divulgar um excelente material, e também um vlog que vale a pena ser acompanhado.

O Wesley Aguiar deixa ai sua opinião e visão de um futuro onde Zumbis também tem o direito de amar. Creio eu que George Romero não esperava por essa facada no BUXO, resumindo assistam o vídeo! O Amor é mais forte que a Morte.