Blog

Blog

14 de abr de 2013

O misterioso aeroporto de Denver


 EX AGENTE DA CIA REVELA SEGRÊDOS SOBRE OS EXTRATERRESTRES













O Misterioso Aeropuerto de Denver


29 de Dezembro de 1987


John Lear (JL) , um capitão de grande Companhia Aérea dos EUA, já voou com mais de 160 aeronaves diferentes, sobre mais de 50 países. Ele possui 17 recordes mundiais em velocidade com um Lear Jet, e é o único piloto comercial a possuir o certificado de piloto cedido pela Administração Federal de Aviação. JL já voou pelo mundo em missões para a CIA e outras agências do governamentais, foi o designer do Lear Jet. JL começou a interessar-se pelo fenômeno UFO, 13 meses após falar com o Pessoal da USAF. Foi testemunha do pouso de uma nave em Bentwaters AFB, próxima a Londres, Inglaterra, e três pequenos ALF's (Alien Life Forms) andaram até o comandante da base:



Nota p/ a imprensa:



O Governo dos EUA continua a usar o seu pessoal treinado e profissional a suprimir a informação que se segue. A sua cooperação ao longo desses 40 anos passados excedeu suas mais selvagens expectativas e nós dizemos a você:



"O Sol não gira em torno da Terra"



"O governo dos EUA vêm tendo negociações com pequeninos extraterrestres cinzas por algo em torno de 20 anos"



A primeira verdade fez com que Giordano Bruno fosse queimado em 1600 d.C. por propor que isso era a realidade. A segunda verdade vêm causando a morte das pessoas do estado e da publicidade que tentam contar o que sabem.



Mas a primeira verdade foi contada. A igreja foi bem sucedida em suprimir essa informação por mais de 200 anos.



Agora, aproximadamente a 400 anos depois que a primeira verdade foi contada, nós nos deparamos com mais um fato chocante. A "horrible truth" (verdade horrível) é mais horrível do que o governo jamais imaginou.



Em sua intenção em defender a democracia, o seu governo vendeu você aos alienígenas. E aqui está como isso aconteceu. Mas antes de começar. Eu gostaria de oferecer uma palavra em defesa aos que nos venderam. Eles tinham as melhores das intenções.



A Alemanha havia recuperado um "disco voador" em 1936. General James H. Doolittle foi mandado à Suíça para investigar um OVNI caído próximo à Spitzbergen.



A "verdade horrível" é conhecida por um número bem limitado de pessoas: Eles eram pequenas e feias criaturas com braços em posição de reza e avançados em bilhões de anos à nossa tecnologia. Do grupo original, primeiro a aprender a "verdade horrível", muitos cometeram suicídio, o mais elevado era o General James V. Forrestal, que pulou para a morte de uma janela do décimo sexto andar de um hospital. Os registros médicos do General Forrestal estão selados até hoje.



O Presidente Truman colocou uma tampa sobre o segredo e apertou os parafusos para que o público geral pensasse que os discos voadores eram uma brincadeira. Ele tinha uma grande surpresa para eles.



Em 1947, Presidente Truman estabeleceu um grupo com os 12 mais altos militares e cientistas. Eles foram conhecidos como MJ-12. O grupo ainda existe hoje, mas os seus membros originais não são mais os mesmos. O último do grupo a morrer foi Gordon Gray, secretário formado do exército, em 1984. Quando um membro estava para deixar o grupo, eles apontavam um novo membro para preencher a posição. Há bastante especulação de que o grupo conhecido como MJ-12 tenha expandido para muitos mais membros.