Blog

Blog

26 de jul de 2013

Boa noite Brasil - Fique sabendo!


 Guerra, Conspiração e estranhas Coincidências

O que realmente está acontecendo?

Neste momento, vivemos Guerras na África e no Oriente Médio, crises de diversas fontes e formas em todos os lugares do mundo. Fatos negativos que nunca ocorreram antes, hoje ocorre com maior intensidade. Valores não existem mais e para muitos, chegamos ao extremo do caos.

Em momentos de crises, não é raro nos perguntarmos: O que está acontecendo? Onde fomos parar? Por Que isto? E outras diversas perguntas inexplicáveis que no fundo de nossas almas, na verdade, sabemos as respostas de tudo.

No post que coloquei aqui no ano passado, em 18 de Agosto de 2010, investiguei sobre a música do 30 Seconds To Mars - This is War - que em sua letra já trazia mensagens subliminares:
Clipe "This is War" quer dizer algo?

A música do 30 Seconds To Mars, denominada This Is War ainda não estreiou mas trás uma série de boatos sobre ela.
Pelos Trailers desse clipe que veremos abaixo, deixa a entender que se trata  sobre a Guerra do Iraque. Porém, para quem ouviu a música completa pode perceber que há som de sirenes, pessoas gritando e explosões, e isto não lembra necessáriamente Iraque.
O Clipe era para ter estreiado em Abril, o produtor do clipe disse que o clipe só vai ao ar no "momento exato" o que levanta questionamentos de vários especialistas em guerra.
A letra lembra palavras motivacionais que são ditas ao exército antes de uma hipotética batalha. Frases como "Nós vamos lutar até a morte, Até a extremidade da Terra, É um mundo novo e valente do último até o primeiro" e "Eu acredito na luz, Levante suas mãos para o céu, A luta acabou, a guerra está ganha".
Curioso não? É apenas uma coincidência ou um fator pró-guerra para a mídia ocidental?
Pois bem, depois de quase um ano, o clip saiu... Vejam agora na íntegra

Vejam o final do clip, um OVNI em formato de Triângulo que é de deixar indignado qualquer um que acredita na conspiração illuminati.

Zeitgeist II Addendum


(palavra Alemã que significa “Espírito do Tempo)

Parte (1/12)

Parte (2/12)
Parte (3/12)
Parte (4/12)
Parte (5/12)
Parte (6/12)
Parte (7/12)
Parte (8/12)
Parte (9/12)
Parte (10/12)
Parte (11/12)
Parte (12/12)



[BOATO] Uma mala com dispositivo nuclear foi colocada perto de Camp Bondsteel - Kosovo


Temos recebido, a partir de uma fonte muito confiável, a informação de que uma mala com dispositivo nuclear foi colocado perto do campo militar de Bondsteel, base dos EUA no Kosovo. A fonte, que atende pelo nome de Alexander, diz que a base deve ser evacuado por quatro horas em 04 de abril para averiguações.

Ouvimos também a partir de diferentes fontes na China que a China está pronta para enviar um exército de 200 milhões ao Paquistão e no Oriente Médio a menos que membros do Federal Reserve Board,  no controle do governo dos Estados Unidos, retirem suas forças.







Um relatório apocalíptico preparado pelo ministro da Defesa russo Anatoly Serdyukov para Presidente e Comandante em Chefe das Forças Armadas, Medvedev, alerta hoje (30/03) que os acordos militares estratégicas assinado esta semana entre China e Paquistão é sinal de que o "fim de jogo" entre o Oriente e o Ocidente sobre os recursos energéticos vitais do Médio Oriente "Já começou".

Segundo o ministro Serdyukov, o aspecto mais importante deste novo acordo estratégico é o permitido por Paquistão para as forças militares chinesas começarem o "uso imediato" da estrada de Karakoram, que permitirá que as forças terrestres maciças chinesas tenha acesso direto à Oriente Médio e em confronto direto com o Ocidente.




A "grande estratégia" da China por trás deste novo movimento, o relatório do ministro Serdyukov continua, é unir forças terrestres com as forças do ar que estão pré-colocados na Turquia, país membro da Otan. Ambos tem realizados exercícios conjuntos de defesa aérea já no ano passado, para grande alarme dos Estados Unidos e União Européia.

Ainda mais preocupante para o Ocidente, é a rota aérea utilizada pelos chineses para reabastecer seus aviões de guerra, sendo preparado para uma guerra no Oriente Médio, que incluem Paquistão, Irã e Turquia.