Blog

Blog

14 de jul de 2013

Direto da redação - Edição da tarde!




 PROJETO AVATAR - 2045


O verdadeiro projeto Avatar (2045)

O projeto "2045" foi fundado por Dmitry Itskov em fevereiro de 2011 em parceria com os principais cientistas russos. Os principais objetivos da iniciativa são: a criação de uma nova visão do desenvolvimento humano que atenda a humanidade que enfrenta hoje desafios globais, a realização da possibilidade de uma extensão radical da vida humana por meio da tecnologia cibernética, bem como a formação de uma nova cultura associada com estas tecnologias. A equipe do "2045" está trabalhando para a criação de um centro de pesquisa internacional onde os principais cientistas estarão envolvidos em pesquisa e desenvolvimento nas áreas de robótica antropomórfica, vivendo modelagem de sistemas e cérebro e modelagem de consciência com o objetivo de transferir a consciência individual da pessoa de uma transportadora artificial e alcançar a imortalidade cibernética. Um congresso anual "O Futuro Global 2045" é organizado pela Iniciativa para dar plataforma para discutir a estratégia evolutiva da humanidade com base em tecnologias da imortalidade cibernética, bem como o possível impacto dessas tecnologias na sociedade global, política e economia do futuro.

Perspectivas futuras de "2045" Iniciativa para a sociedade
2015-2020:
O surgimento e uso generalizado de preços acessíveis android "avatares" controlados por um "cérebro-computador" interface. Juntamente com tecnologias relacionadas "avatares" dará às pessoas uma série de novos recursos: capacidade de trabalhar em ambientes perigosos, realizar operações de resgate, as viagens em situações extremas, etc
componentes avatares serão utilizados na medicina para a reabilitação de pacientes total ou parcialmente desativada, dando lhes próteses ou recuperar os sentidos perdidos.

2020-2025
Criação de um sistema de suporte de vida autônoma para o cérebro humano ligado a um robô, 'avatar', irá salvar as pessoas cujo corpo está completamente desgastado ou danificado de forma irreversível. Qualquer paciente com um cérebro intacto será capaz de retornar a uma vida corporal em pleno funcionamento. Essas tecnologias vão ampliar enormemente a possibilidade de híbridos bio-eletrônica, criando assim uma revolução de TI nova e vai fazer todos os tipos de superposições de sistemas electrónicos e biológica possível.

2030-2035
Criação de um modelo computacional do cérebro e da consciência humana com o subseqüente desenvolvimento de meios para transferir a consciência individual para uma transportadora artificial. Este desenvolvimento pode mudar profundamente o mundo, não só vai dar a todos a possibilidade da imortalidade cibernética, mas também irá criar uma inteligência artificial amigável, expandir as capacidades humanas e oferecer oportunidades para as pessoas comuns para restaurar ou modificar seus tempos próprios cerebrais múltiplas. O resultado final nesta fase pode ser uma verdadeira revolução na compreensão da natureza humana que vai mudar completamente as perspectivas humanas e técnicas para a humanidade.

2045
Este é o momento quando a substância independentes mentes receberão novos corpos com capacidades muito superiores às dos seres humanos comuns. Uma nova era para a humanidade vai chegar! Alterações ocorrerão em todas as esferas da atividade humana - a geração de energia, transportes, política, medicina, psicologia, ciências, e assim por diante.

Hoje é difícil imaginar um futuro, quando os órgãos constituídos por nanorobôs se tornará acessível e capaz de assumir qualquer forma. Também é difícil imaginar hologramas do corpo que caracterizam a matéria controlada. Uma coisa é clara no entanto: a humanidade, pela primeira vez em sua história, irá fazer uma transição evolutiva totalmente gerenciado e, eventualmente, tornar-se uma nova espécie. Além disso, condições prévias para uma expansão em grande escala para o espaço será criado também.


Plano anual

- Criação da primeira versão de um robô com aparência humana com um controle remoto e um efeito de telepresença
- Lançamento de um laboratório para pesquisa e desenvolvimento de micro-Neuro-Interfaces
- A conclusão da fase preliminar de concepção do cérebro humano sistema de suporte de vida
- A fase preliminar da engenharia reversa do cérebro humano (Rebrain)
- Criar infra-estrutura para uma fundação de caridade na Rússia e nos Estados Unidos
- Criação de uma rede social online Immortal.me
- Organizar e realizar Futuro Global Congress "2045" -2013, em Nova York
- Organizar e realizar aulas '2045 'mestre, workshops e cursos sobre neurociência, robótica, a teoria da inteligência artificial, etc
- A competição por teses de estudantes no contexto de 'Avatar' projecto nas principais universidades na Rússia
- Criação de um centro de análise para monitoramento e análise de projetos avançados nas áreas de convergência NBIC
- Criação de um ranking internacional de países e projetos, direta ou indiretamente relacionados com o desenvolvimento de tecnologias cibernéticas imortalidade
- Filmando um documentário sobre "2045" a estratégia.

Os elementos-chave do projeto no futuro
•Internacional movimento social
•rede social immortal.me
•fundação de caridade "Futuro Global 2045" (Fundação 2045)
•centro de pesquisa científica "Immortality"
•incubadora de empresas
•Universidade de "Imortalidade"
•prêmio anual de contribuição para a realização do projeto de "Imortalidade".

Não acredita? Confira abaixo o link oficial do programa e um vídeo em inglês onde tudo que foi comentado é narrado:





 Almirante Baraúna "Entrevista Sobre o Caso Ilha Trindade em 1958"


Este caso deu o que falar no mundo todo, se tornando uma das provas mais convincente da presencça destes seres no nosso planeta. Mas de acordo com alguns especialistas do tema, apenas se tratou de uma  fraude criada pelo almirante Baraúna.

Mas qual era o propósito do almirante ao forjar tais imagens com o suposto objeto extraterrestre? Aprendemos que não só naquele tempo, mas como hoje também: depois do advento das tecnologias de aparelhos fotograficos, das filmadoras, como das tecnologias móveis. As fraudes estiveram, assim como estão presente atualmente, que nos diga a internet e os diversos "softwares" de manipulação para dar uma veracidade aos casos que já foram comprovados serem falsos.

Aqui esta uma notícia sobre o que disse a família do almirante, clique no seguinte link "A Verdade Sobre Fotos de OVNIs em Trindade é Revelada".
Leia sobre: O Caso da Ilha da Trindade relaciona-se à suposta aparição de um objeto voador não-identificado que teria sido visto pela tripulação do navio Almirante Saldanha, da Marinha Brasileira, em 16 de janeiro de 1958.
Em 1967, Baraúna escreveu como o avistamento teria se dado:

"Em 16 de janeiro de 1958, o navio-escola de guerra da marinha “Almirante Saldanha” estava atracado em uma enseada na Ilha Trindade, a umas 800 milhas da costa do Espírito Santo. Eram por volta das 11h, céu claro, a tripulação se preparava para retornar ao Rio de Janeiro quando de repente um grupo de pessoas na popa do navio, dentre elas o capitão-aviador aposentado da Força Aérea Brasileira José Viegas, alertou a todos. Instantaneamente, todos que estavam no convés, umas cinquenta pessoas, começaram a ver um estranho objeto prateado e com forma de pires que se moveu do mar na direção da ilha.

O objeto não emitiu nenhum ruído, era luminoso e às vezes se movia rapidamente, depois devagar, para cima e suavemente para baixo e quando acelerava deixava um rastro branco fosforescente que desaparecia rapidamente. Em sua trajetória, o objeto desaparaceu detrás da montanha Pico Desejado e todos esperavam que fosse aparecer do outro lado da montanha, ele reapareceu na mesma direção, parou por alguns segundos e então desapareceu novamente a uma grande velocidade pelo horizonte.

Em um primeiro momento quando o objeto retornou, fui capaz de tirar seis fotos, das quais duas se perderam devido ao pandemônio no convés, e as outras quatro fotos mostram o objeto no horizonte, em uma sequência razoável, aproximando-se da ilha do lado da montanha, e finalmente desaparecendo, indo embora. Eu tirei o filme de minha câmera 20 minutos depois seguindo o pedido do comandante, que queria saber se as fotos eram de boa qualidade. Quase toda a tripulação do navio viu o filme e eram unânimes em seus reportes ao Serviço Secreto da Marinha Brasileira".
Estes eram os tripulantes do navio: Chefe Amilar Vieira Filho, banqueiro, mergulhador e atleta; Vice-chefe: Capitão-Aviador aposentado da Força Aérea Brasileira José Viegas; Mergulhadores: Aluizio e Mauro; Fotógrafo: Almiro Baraúna...

"O grupo acima também era membro do grupo de caça submarina do Icaraí. Entre os cinco membros, apenas Mauro e Aluizio não viram o objeto porque estavam na cozinha do navio e quando correram para vê-lo, este já havia desaparecido. De acordo aos rumores que escutei no convés, o equipamento elétrico do navio parou durante a aparição do objeto; o que posso confirmar é que depois do navio deixar a ilha, o equipamento elétrico parou três vezes e os oficiais não tinham nenhuma firme explicação para o que estava acontecendo.

Toda vez que o navio parava, as luzes esvaneciam lentamente até o ponto em que se apagavam completamente. Quando isso acontecia, os oficiais caminhavam ao convés com seus binóculos, no entanto, o céu já estava cheio de nuvens e não podiam ver nada. Preciso dizer que se o repórter do jornal "Correio da Manhã" não fosse esperto o suficiente para tirar cópias das fotos oferecidas ao então presidente Juscelino Kubitschek, talvez ninguém soubesse sobre esses fatos já que a Marinha havia me “marcado”, perguntando quanto eu queria para não dar nenhuma publicidade às fotos.

Eu gostaria de deixar claro que todos os oficiais com quem tive contato durante todo o tempo do inquérito foram muito amáveis comigo, me senti completamente confortável e não impuseram nenhuma objeção à revelação do caso. Apenas mencionaram que a natureza sensacionalista do caso poderia causar pânico na população e essa era a razão pela qual as Forças Armadas Brasileiras queriam evitar publicidade a casos dessa natureza". Em 30/01/1967, pelo Almiro Baraúna...
Veja dois vídeos de uma entrevista do almirante Baraúna, falando a respeito do seu registro:






Fonte dos vídeos: DocLottaLove

arnaldo jabor desculpas protesto sp

ARNALDO JABOR(O COMENTARISTA QUE NÃO VALE 20 CENTAVOS)

Agora todo mundo apoia a mobilização que tomou as ruas do País. Começo a ficar preocupado. Tudo conspira para que o movimento seja enterrado vivo logo mais, ao alvorecer deste dia 17. Até o Arnaldo Jabor voltou atrás em suas críticas peçonhentas aos “vândalos” e “arruaceiros”. Então tô fora.

Simbolicamente, ao retirar todas as canalhices que disse contra a garotada, Arnaldo Jabor está enfiando um punhal nas costas de quem finge apoiar.

ABAIXO FIZERAM UM VÍDEO COM A VOZ DE ARNALDO JABOR E A MONTAGEM DO RAP DE PROTESTO:

Quando vi as revistas semanais (inclusive a tonitruante Veja) baixarem o tom acintosamente, passando a desdizer tudo que dias antes afirmavam categoricamente, suspirei, mas não me deixei abater. O que fizeram os barões da mídia com todos os editoriais que pediam mais rigor (portanto, mais violência) contra os rebeldes sem causa que ocuparam as avenidas e os noticiários? Quanta cara de pau! Mas ok.

Logo em seguida, Geraldo Alckmin entrou na fila da penitência e, desavergonhadamente, sem pedir desculpas nem nada, informou que a PM não vai mais usar balas de borracha contra o povo de São Paulo. Parou por quê? Por que parou? E, sem perceber o ridículo da sua decisão, também informou que seriam distribuídos coletes de identificação aos jornalistas que se cadastrassem para cobrir o “evento”. Fiquei sem entender: e que abadá o cidadão comum usaria para não levar porrada da polícia? Ato falho, governador!

Comecei a ficar cabreiro. Algo muito grave estava acontecendo. Claro! Esses caras são profissionais. Não à tôa estão no poder há séculos. Devem estar tramando algo bem sórdido, agora que se viram acuados, desmascarados, corajosamente desafiados pelo povo “ordeiro e pacífico”. Lascou. Eu posso falar de cara limpa que sempre enxerguei o tsunami que vinha logo atrás da marolinha da turma do Passe Livre. Antes de a pancadaria comer solta, defendi a importância vital dessa gente que não aceita ser tratada como gado em ônibus e estações do metrô.

Então, peço licença para me retirar. Ao menos, me permito olhar com profunda desconfiança para essa unanimidade que se criou. Se deixo os inimigos marcharem ao meu lado, sabendo o quanto são poderosos, burro sou eu. Querem pegar carona no fusquinha do povão? Ah, vá. Parasitas. Tudo tem limite. Simbolicamente, ao retirar todas as canalhices que disse contra a garotada, Arnaldo Jabor está enfiando um punhal nas costas de quem finge apoiar. Se oportunistas como Jabor não forem barrados no baile da cidadania, farão o que sempre fazem: vão ficar de camarote vendo o povo apanhar na rua, para depois desceram no campo de batalha e lamentar os mortos e feridos. Crocodilagem pura.

Sai pra lá, Jabor e companhia! O povo não é bobo. O povo não é bobo. Conhece esse refrão?

Fonte: Notícias r7


 EUA: Suposto meteoro causa grande estrondo nos céus da Califórnia e Nevada


Uma forte explosão avistada nos céus e ouvida em boa parte de Nevada e na Califórnia, nos Estados Unidos, na manhã deste domingo 22/04, sacudiu casas e provocou uma avalanche de chamadas para as autoridades policiais.
O som e o show de luzes provavelmente foram causados por um meteoro que entrou na atmosfera da Terra, dizem astrônomos."A força da explosão foi suficiente para bater a janela algumas vezes", disse a testemunha Nicole Carls.
Erin Girard-Hudson de Arnold, da Califórnia, disse que o grande estrondo que ocorreu por volta das 8 da manhã fez a sua filha de 2 anos acordar assustada.
Não há danos ou vítimas notificados. Não houve relatos de terremotos.Milhares de pessoas relataram ter visto uma luz brilhante no céu ao mesmo tempo.
Avistamentos ocorreram em uma linha de 600 milhas entre os dois estados, incluindo o Reno, Elko e Las Vegas do Norte, em Nevada, e San Francisco, Sacramento e áreas de Bakersfield, na Califórnia.
Os astrônomos disseram acreditar que a luz misteriosa era uma bola de fogo, que é um meteoro muito brilhante. Levará algum tempo para determinar o caminho da bola de fogo e onde ele se separou, acrescentaram eles.
Tracey Cordaro de North Las Vegas disse que o avistamento "tirou meu fôlego.""Foi incrível", disse ela. "Parecia que ele estava se desintegrando rapidamente, mas ainda era muito grande quando ele desapareceu da minha vista ... (Foi) verde brilhante, visível à luz do sol brilhante."
Fonte: celiosiqueira

Possíveis sondas alienígenas são filmadas por satélite 

Dois objetos estranhos, possivelmente duas sondas alienígenas, foram flagradas próximas a um satélite. Possivelmente as imagens foram feitas pela NASA, e de alguma forma, ainda não sabida, vazaram para a internet. Os objetos aparecem flutuando abaixo do satélite ou talvez da Estação Espacial. Ainda não temos grandes informações sobre o vídeo, mas divulgo para os amigos mesmo assim. Quando tiver mais detalhes, informarei em atualização do post. 

Segue vídeo:






Fonte: Youtube 

 OVNI liberando centenas de luzes multicoloridas é filmado sobre a Flórida 



ATUALIZAÇÃO: Obrigado aos leitores que comentaram e expressaram suas opiniões e obrigado ao nosso coeditor, Morazotti, o qual descobriu um vídeo que pode explicar a filmagem original desta postagem. Ao que tudo indica o objeto em questão trata-se de um avião rádio-controlado liberando algum tipo de fogos de artifício, vejam o vídeo abaixo e comparem...

Em busca da verdade, seja ela qual for... Segue vídeo:

Fonte: Youtube aims2011

MATÉRIA ORIGINAL: 31 de maio de 2013 - Um OVNI, aparentemente um objeto discoide, parece liberar centenas de outros objetos iluminados sob o céu da Flórida. Tony Grubber foi o autor do intrigante vídeo, que mostra uma festa de luzes no céu, a qual se assemelha a fogos de artifício. O autor do vídeo falou sobre o caso:

"O OVNI estava muito baixo sobre a área, sem som, com meios de levitação, em forma de disco, com luzes que são totalmente visíveis e ejetando centenas de luzes. Luzes estranhas e em diferentes cores. Nós vimos essas luzes em uma outra noite em Auburndale, na Flórida, quando estávamos pescando."

O vídeo é muito curioso e interessante, pois mostra que o objeto tem "vontade  própria", faz movimentos inteligentes e muda de trajetória repentinamente, sempre liberando as luzes multicoloridas. Realmente incrível. A opinião dos amigos leitores é sempre bem-vinda. Comentem...

Segue vídeo:







Foi Roubar, E Fodeu-se!

        
Lindamente! Saca só que piração:

Uma mulher  (Nem parece mulher, mas deixa quieto…) foi esfaqueada na tarde deste domingo, 20, na frente do Mercado da Produção, bairro da Levada, em Maceió.
1
Gilvânia Sarmento de Oliveira, 28, a “Zelinha” (Se é homem isso, o apelido seria Gazelinha… Rá!), moradora do bairro do Vergel do Lago, região Sul de Maceió, de acordo com relatos de testemunhas, teria sido flagrada roubando uma barraca.
2
Puto dos cornos, o dono do local e das barracas seguiu a mulher que tentou fugir andando e “deitou ela na lambida” . Ainda não satisfeito, o dono se armou com uma segunda faca (A primeira havia entortado), alcançou e voltou a esfaqueá-la.
3
Bastante fodida e soltando sangue feito uma filha da puta,  “Zelinha” andou por cerca de 500m onde tombou e foi pro inferno. As duas facas – foram encontradas no trajeto da caminhada da “vítima”. Como detalhe as duas facas “entortaram” tamanha foi a raiva que os golpes foram aplicados.
4
Equipes do 1º Batalhão da Polícia Militar (1º BPM) foram ao local mas o temor das testemunhas impediu que elas falassem o nome do “barraqueiro”. Uma equipe da Delegacia de Homicídios (DH) também foi ao local onde fez os levantamentos.
5
Essa, não rouba mais ninguém.
E pra comemorar:




Treatment for acne from hell

Cavocando o Heavy-r.com, deparei-me com este vídeo, um tanto, cabuloso, inusitado, curioso. O que raios, o cidadão utiliza para extirpar acnes e espinhas deste rapaz? Uma furadeira, raio laser, britadeira? Ou seria uma espada jedi em miniatura? Não sei. Por favor, profissionais da área, espaço aberto para comentarem e explicar a todos, que PORRA DE APARELHO É ESTE?



Pegos em flagrante, julgados e executados pela população

Fala, raça de desocupados malditos que ficam aqui caçando sangue. Não tenho muitas informações sobre o vídeo. Sabe-se que os dois rapazes foram pegos em flagrante pela população, que acharam-se responsáveis pelo castigo e os surraram, apredejaram-os, inclusive, capricharam nas pedradas nas pernas e mãos dos dois.
Apreciem:



O que acontece quando você dá uma Shineray para seu filho… 

Talvez você não saiba, mas existe uma fabricante de motocicletas chamada Shineray e é uma bosta
. Talvez você também nao saiba, mas a Shineray possui alguns modelos de baixa cilindradas que podem ser dirigidas por pessoas sem CNH e/ou menores de idade, como um gordinho de 12 anos qualquer.
Caiu nas internet essa semana um vídeo de uma criança que por muito pouco não perdeu a perna, em um acidente que não é explicado muito bem no vídeo. Adivinha o que ele tava pilotando? Uma shineray! Eeeee que beleza, hehe… Veja abaixo o bizarro vídeo:
ps: o vídeo original foi apagado antes que eu pudesse baixar. Esse é um vídeo do vídeo, ou seja, tá uma bosta! Mas foi a unica opção.


“eu vou morrer, né?”
“vai não, zé… mas… nossa sinhora!”

Vou quebrar um recorde mundial e… não, pera


Post light da semana: O indivíduo resolve tentar quebrar o recorde mundial de “quebrança” de lâmpadas na cabeça. Então, ele filma a tentativa de quebrar cinco lampadas de 75 watts na careca. Só podia dar merda, não é mesmo?



Gordo só faz gordice

anta só faz antice

 Mudança na Equação de Franke Drake

Ele nascido em Chicago no ano de 1930, é um astrônomo e astrofísico estado-unidense. Ele é conhecido por ter fundado o SETI (Busca por Extraterrestres) e criado a equação de Drake. E, durante a juventude, ele amava eletrônica e química.



Ele afirma ter considerado a possibilidade de existência de vida em outros planetas com apenas 8 anos de idade, mas não teria discutido tal ideia com ninguém devido às ideologias religiosas da época.
A equação criada por ele:
Agora, veja o que pode ser uma mudança na equeção criada por ele, por Hindemburg Melão Jr.
Em 1961, o Professor Emérito de Astronomia e Astrofísica pela Universidade da Califórnia Dr. Frank Drake apresentou uma equação por meio da qual se pode estimar a quantidade de civilizações extraterrestres cujo nível tecnológico possibilita estabelecer contato conosco. No seriado e no livro Cosmos, de Carl Sagan, a equação se popularizou, além de ter sido divulgada em numerosos outros livros sobre Astronomia, bem como de pseudociência, como “Eram os deuses astronautas?”, em revistas de ufologia etc. Apesar de figurar em algumas publicações de credibilidade duvidosa, a equação é séria, bem fundamentada e muito simples:
  • N = R* . fp . ne . fl . fi . fc . L
Onde:
  • N = número de civilizações extraterrestres em nossa galáxia com as quais poderíamos
  • estabelecer comunicação.
  • R* = taxa de formação de estrelas em nossa galáxia.
  • fp = fração de tais estrelas que possuem planetas em órbita.
  • ne = número médio de planetas que potencialmente permitem o desenvolvimento de vida por
  • estrela que possui planetas.
  • fl = fração de planetas com potencial para vida nos quais vida efetivamente surge.
  • fi = fração de planetas em que a vida surge e evolui até produzir seres inteligentes.
  • fc = fração de civilizações que desenvolvem uma tecnologia capaz de emitir no espaço sinais
  • detectáveis de sua existência.
  • L = expectativa vida média destas civilizações.
Uma proposta de aprimoramento feita por Michael Seeds, em “Exploring the Universe” consiste em considerar o número de estrelas na galáxia agora, N*, e o relacionar com a taxa de formação de estrelas R* por:



Onde Tg é a idade da galáxia. Assumindo, por simplicidade, que R* seja constante, então N* = R* . Tg . Assim se pode reescrever a equação de Drake como segue:
  • N = N* . fp . ne . fl . fi . fc . L . Tg-1
Fatores adicionais que foram descritos para a equação de Drake incluem:

Nr = número de reaparição: O número médio de vezes que uma civilização nova reaparece no mesmo planeta onde uma civilização prévia surgiu uma vez e se extinguiu.

Fm = fator de comunicação: A fração de civilizações comunicativas que se interessam por transmissão inter estelar. De acordo com Alexander Zaitsev, há uma sutil diferença entre fm e fc.
Frank Drake
Humanos, por exemplo, embora estejam em uma fase comunicativa, não é uma civilização comunicativa porque não transmitimos propositalmente e regularmente mensagens interestelares (o projeto SETI, por exemplo, é unilateral, apenas recebe sinais). Por isto, ele sugeriu introduzir o fm ou “METI Factor” (Messaging to Extra-Terrestrial Intelligence) para a equação de Drake. O fator foi definido por Zaitsev como “a fração de civilizações comunicativas com consciência planetária clara” e não-paranóica ou, alternativamente, “a fração de civilizações comunicativas que de fato se ocupam deliberadamente da transmissão inter-estelar”.

Essas mudanças interferem relativamente pouco no resultado final. A quantidade de vezes que uma civilização pode ressurgir (nr) pode tornar o resultado final entre 1,1 a 10 vezes maior do que se este fator não for considerado. O fator fm pode tornar o resultado final 1,1 a 10 vezes menor (fm entre ~0,1 e ~0,9). A mudança que propõe o uso de N* e Tg também não interferem tanto. Porém há uma alteração que implica uma diferença muito maior no resultado final. É sobre isso que trataremos aqui.

Nas imediações no Sol, a separação média entre as estrelas é cerca de 3 anos-luz. Durante uma revolução completa em torno do núcleo galáctico, o Sol se desloca cerca de 170.000 anos-luz. Ao longo de sua existência, o Sol já percorreu cerca de 20 vezes esse trajeto, portanto cerca de 3,5 milhões de anos-luz. Durante essa jornada, o risco de colisão ou de desestabilizadora aproximação com uma ou mais estrelas é muito alto, inclusive risco de que alguns planetas de nosso sistema colidissem com outras estrelas ou com planetas de outras estrelas ou fossem bombardeados por objetos semelhantes à nossa nuvem de Öort de outras estrelas, entre outros efeitos que poderiam extinguir a vida no estágio em que ela se encontrasse, e forçar a recomeçar do zero. Além disso, num sistema com centenas de bilhões de estrelas interagindo gravitacionalmente entre si, não se pode esperar que a órbita do Sol ou de uma estrela qualquer nas regiões periféricas da galáxia sejam órbitas estáveis a longo prazo.


Arte incorporando a equação de Drake
Em vez disso, provavelmente a maioria das estrelas que hoje se encontram nas regiões periféricas já tiveram algumas incursões na região central, em que a densidade de estrelas por unidade de volume é muitíssimo maior, implicando muito mais colisões e aproximações com outras estrelas que desestabilizam as órbitas planetárias, com efeitos devastadores sobre o clima e impedindo a evolução da vida. Se o Sol teve a “sorte” de não enfrentar nenhuma colisão ou aproximação traumática nos últimos 3 ou 4 bilhões de anos, isso deve representar uma situação extremamente atípica, e pouquíssimas outras estrelas teriam mesma “sorte”.

Considerando que algumas estrelas chegam a 1 milésimo de ano-luz de diâmetro, enquanto a média fica entre 1 e 10 milionésimos de ano-luz de diâmetro, e considerando que o disco galáctico tem espessura cerca de 10.000 vezes menor que o diâmetro, deveria haver mais de 90% de probabilidade de colisão de uma estrela, escolhida ao acaso e que orbitasse exclusivamente nas regiões periféricas da galáxia, com alguma outra estrela. Se considerar que esta estrela tem cerca de 99% a 99,999% de probabilidade de alguma vez penetrar nas regiões centrais da galáxia e que lá as probabilidades de colisão podem ser de 99% a 99,999% a cada 100 milhões de anos, então teríamos cerca de 98% de probabilidade de que um evento destes causasse a completa extinção da vida no estágio em que ela se encontrasse, num período de 5 bilhões de anos.

Como se isso não bastasse, se a nuvem de cometas equivalente à nuvem de Öort tiver cerca de 1 ano-luz de diâmetro e 0,1 ano-luz de espessura, a probabilidade de um planeta que gira em torno de uma estrela atravessar a nuvem de cometas de outra estrela é maior que 99,999% nas regiões periféricas e muitíssimo maior nas regiões centrais. A probabilidade de sofrer colisões devastadoras durante essa travessia dependeria da quantidade de cometas por unidade de volume e do tamanho médio destes cometas.


Considerando a altíssima probabilidade de ocorrência desse tipo de travessia, a Terra deve ter passado várias vezes por isso, sem que a vida tenha sido extinta, portanto, embora o evento seja freqüente, os danos causados na maioria dos casos não devem ser suficientes para causar a extinção completa.

O suposto asteróide que eliminou os dinossauros há 65 milhões de anos talvez tenha sido um destes objetos, não há como saber se a colisão foi com um objeto que já fazia parte do Sistema Solar ou se foi proveniente do meio exterior, mas pela cratera é improvável que tenha sido um cometa, cuja seqüela de impacto é diferente da causada por corpos predominantemente rochosos.

Isso significa que se for introduzido na equação um fator relacionado ao risco de colisão ou risco de severa mudança climática causada por perturbação gravitacional decorrente de aproximação a algum objeto massivo, o resultado final da equação pode ser 100 a 100.000 vezes menor. Também seria necessário considerar quanto tempo após uma extinção por desestabilização orbital ou colisão teria que transcorrer até que o planeta voltasse a ser fértil.
Eventos que eliminassem a atmosfera, por exemplo, ou que tornassem a órbita tão excêntrica ou a inclinação axial tão acentuada a ponto de que a amplitude de variação de temperatura fosse intolerável para organismos vivos, ou a inversão do campo magnético fosse tão freqüente a ponto de favorecer freqüentes bombardeios de raios cósmicos, entre outros, podem se prolongar por milhões de anos ou até implicar a esterilização permanente do planeta (“permanente” no sentido de durar mais do que o ciclo de vida a estrela que ele órbita).

A vida tecnologicamente desenvolvida em nossa galáxia, portanto, pode ser muito mais rara do que se supunha até agora, e talvez sejamos os únicos na galáxia inteira. Com sorte, talvez haja pouco mais de 10 civilizações num estágio similar ou superior ao nosso entre as 400 bilhões de estrelas.

Assista:

Carl Sagan Explicando a Equação de Frank Drake. (Cosmos)

Este vídeo é parte da série cosmo, apresentada por ele na década de 80's, de muito sucesso e que você pode conferir no link abaixo:



Fonte do vídeo: Marcos Helder