Blog

Blog

18 de set de 2013

Direto da redação - O seu fim de noite!




Jordan Maxwell: Ninguém gosta da verdade ... David Icke: O mundo cansa e te entretém ...

Jordan Maxwell e David Icke sempre tocaram o dedo NAS FERIDAS. Falam daquilo que pra muitos beira ao absurdo e soa como ridículo. Para os que vivem num mundo encantado, esses dois caras estão fora da casinha. Porém .... Como diz a frase: "Toda verdade passa por três estágios. No primeiro, ela é ridicularizada. No segundo, é rejeitada com violência. No terceiro, é aceita como evidente por si própria. - Arthur Schopenhauer.





 

Ataque à Síria acontecerá mesmo sem aval do Congresso, dizem Estados Unidos - A verdade continua escondida.

Esta imagem está sendo compartilhada por milhares de membros nas redes sociais

 John Kerry, secretário de Estado dos Estados Unidos, afirmou neste domingo (1º) que o país atacará a Síria mesmo sem o aval do Congresso. Em entrevista a CNN, Kerry disse ainda que foi confirmado o uso de gás sarin pela Síria nos ataques a civis do país.
A descoberta foi feita depois de análise de amostras de cabelo e sangue de sírios que deram positivo para o gás. O gás sarin é uma substância tóxica que afeta o sistema nervoso. Seu uso é vetado pela comunidade internacional e o país que usá-lo pode receber severas intervenções internacionais.
Nota:
Amigos, temos falado constantemente disso que você vai ler abaixo.
Falamos das falcatruas dos vilões, das armações, dos ataques de falsas bandeiras, da guerras por interesses..Falamos da vinda da Nova Ordem Mundial, com seu regime fascista e autoritário.

Tudo que é divulgado pela mídia sionista, como a Rede Globo, sobre a Síria é propaganda pró-Israel que visa manipular a informação para que Assad se torne o novo Saddan Hussein, o novo Kadhafi e nós já sabemos o que aconteceu com o Iraque e a Líbia. Foram invadidos, o povo massacrado, os recursos energéticos pilhados e o Banco Central desses países servido de bandeja para a banca judaica.
Foi alertado que os Rothschild querem o Banco Central do Irã e na Síria as corporações petroleiras(Rockefeller) querem o controle sobre o gasoduto sírio. Infelizmente, apenas os blogueiros e sites alternativos de notícias estão informando sobre a verdade dos fatos.
O ataque químico com gás sarín não foi obra de Assad, foi um ataque terrorista perpetrado por mercenários pagos pelo eixo sionista, Israel/EUA/Qatar/Arábia Saudita/França. Em alguns casos usam imagens de mortes no Egito como sendo fato ocorrido na Síria. Qualquer mentira é útil quando se têm interesses financeiros sobre uma nação.
Os mercenários estão estuprando mulheres e crianças, decapitando civís, soldados sírios e destruindo cidades inteiras. Esta é a “democracia” promovida pelo governo israelense e estadunidense.
Como não vão encontrar prova alguma de que o gás foi usado pelo governo sírio, agora querem atacar a Síria sem descobrir os verdadeiros autores(os mercenários).
EUA: “É muito tarde tarde” para que a ONU investigue o suposto ataque químico
“Armas químicas e de destruição em massa” já foi um pretexto usado anteriormente para invadir o Iraque e a Líbia. Nós sabemos que foi tudo uma mentira descarada para permitir que corporações petroleiras pudessem entrar nesses países e roubar o petróleo, o gás, controlar gasodutos, minérios e colocar o Banco Central sob controle da banca judaica.
O mundo é governado por uma estrutura de poder financeira composta pelo CFR, Bilderberg, Comissão Trilateral, Banco Mundial, FMI, ONU e vários outros organismos criminosos que estão sob domínio dos banqueiros.
Não existe mais nações soberanas. Políticos e governos são fácilmente corrompidos, manda quem têm o dinheiro e como sabemos o dinheiro não é democrático.
A 3ª Guerra Mundial já começou e está sendo abafada pela mídia. Se limitam a demonizar Assad para enganar as massas. Apenas sites alternativos e blogueiros estão informando sobre a realidade dentro da síria.
Amigos: Conflitos como este da Síria, com a ataque invasão dos EUA e seus aliados, já estavam programados a muito tempo, nós já falamos sobre isso aqui.

General Americano confessa em 2007 que eles invadiriam 7 países em 5 anos.

EUA planejava desestabilizar 7 países em 5 anos

Nessa entrevista de 02 de Março de 2007, o General Wesley Clark, aposentado de 4 estrelas do Exército dos EUA e Comandante Supremo Aliado da OTAN durante a Guerra do Kosovo, relata um encontro com militares do Pentágono e a conversa que se estabeleceu a respeito da guerra no Médio Oriente.http://celiosiqueira.blogspot.com.br/2011/10/general-americano-confessa-em-2007-que.html

Já causaram o terror no Iraque, Líbia, Egito, Afeganistão, agora vão a Síria, depois Irã, (O alvo maior), Venezuela, e sabe lá Deus que outros países serão atacados.

 

Veja abaixo a entrevista do Cineasta Aaron Russo

 

Aaron Russo foi candidato ao governo de nevada com 30% dos votos do partido republicano, mais tarde mudou para os democratas, foi diretor de cinema em Hollywood e fez vários documentários denunciando o NAFTA (Mad in Hell) e outros. Ele descortina aqui o que ouviu de Nicholas Rockefeller 11 meses antes do atentado de 11 de setembro. Aaron morreu de câncer de bexiga. Sua entrevista tem 70 min de verdades aterrorizantes. Ele era amigo de Nick Rockefeller.
Na entrevista, ele também confirma o plano de invasão dos países do oriente médio.


Estamos acompanhando tudo, e vendo que o que postamos a tempos atrás está se confirmando.



Americana grava vídeo de desabafo sobre o anúncio de Obama querer atacar a Síria


Por isso que a gente tem tanto trabalho em legendar, pra que vc olhe o óculos dela caindo, A propósito, ligue a bomba da sua cabeça que esta desligada, se é difícil escrever um comentário bom, quem dirá, ter entendido a gravidade do video né. Pri Silva 

Os EUA precisam para de querer ser a polícia do mundo, e bem sabemos porque agem assim.

Vamos aguardar, mas que é muito difícil que um grande conflito não aconteça, isso é, e todos sentirão os reflexos, todos os lugares do mundo vão sofrer os danos dessa barbárie.

Foi tão bom e verdadeiro esse desabafo, com tanta indignação, que precisei por no blog estava só no mural do  nosso grupo no face, mas para alcançar mais pessoas, posto aqui também.

Deus abençoe esta americana e a tantos outros pela coragem de dizer as verdades que a mídia esconde.




ATAQUE DE FALSA BANDEIRA PODERÁ SER DESCULPA PARA ATACAR O IRÃ. SERÁ?

Evento terrorista falso será desculpa para atacar o Irã.

EUA enviarão 100 mil soldados para a região!

Terceira Guerra a caminho: ataque aumentará a popularidade de Obama e o ajudará a reeleger-se em novembro.
Os eventos dos últimos dias revelam que os EUA e Israel planejam conduzir um evento terrorista de bandeira falsa para que se jogue a culpa no Irã. O evento provavelmente ocorrerá nos próximos seis meses e irá resultar em um ataque ao Irã até antes das eleições presidenciais de novembro.


Assista a esta compilação expondo a possibilidade de um ataque.

Inteligência dos EUA e de Israel advertem contra um ataque terrorista doméstico.
Representantes dos governos dos Estados Unidos e de Israel divulgaram um aviso sobre a “onda de ameaças” iraniana contra alvos israelenses de baixa proteção em solo americano.

O aviso é feito vários dias após de o chefe de inteligência de Obama, James Clapper, ter dito que o Irã poderá atacar dentro dos Estados Unidos.

“Nós estamos prevendo que a ameaça contra nossas localidades ao redor do mundo irão aumentar… tanto contra nossas localidades altamente protegidas quanto contra as de baixa proteção”
, dizia uma carta enviada pelo diretor de segurança do Consulado Geral Israelense para os estados da costa nordeste dos EUA.

Locais altamente protegidos são instalações governamentais como embaixadas, enquanto locais de baixa proteção são sinagogas, escolas e centros comunitários judeus.

Yoram Cohen, diretor do serviço de segurança israelense Shin Bet, disse recentemente que a Guarda Revolucionária do Irã atacará Israel e alvos judeus no exterior em resposta ao assassinato de um cientista nuclear iraniano.

Em janeiro, foi divulgado que o Mossad estaria por trás do assassinato do cientista nuclear iraniano Mustafá Ahamdi-Roshan.

“A frustrada conspiração para assassinato de um representante do governo saudita na cidade de Washington há dois meses é um dado relevante”, disse um representante anônimo do governo à ABC News, “o qual mostra pelo menos que parte do governo iraniano estava ciente do evento e que não estava preocupada com um efeito colateral inevitável aos cidadãos americanos caso a conspiração de assassinato em solo americano tivesse sido executada.”

Cohen ligou a suposta ameaça à desacreditada conspiração para assassinar o embaixador saudita em outubro. Um documento da justiça sobre o caso revelou que o FBI e que a Agência de Combate às Drogas planejaram a conspiração como uma operação de incriminação e que usaram o vendedor de carros usados fracassado e alcoólatra, Mansour Arbabsiar, como um bode expiatório. Arbabsiar, que é do Irã, achava que estava participando de uma negociação de drogas.

A despeito da natureza falaciosa da conspiração, agentes de inteligência a usaram para reavivar o fantasma do terrorismo iraniano o que provavelmente resultará numa operação de bandeira falsa que será usada como pretexto para invadir o Irã.

“Nas últimas semanas, tem havido uma escalada nas ameaças contra Israel e contra alvos judeus ao redor do mundo”, dizia um documento de inteligência citado pela ABC News. Este documento adverte que manifestações contra Israel “poderiam potencialmente tornar-se violentas contra sinagogas, restaurantes, contra a Embaixada Israelense e contra outras localidades israelenses.”

O boletim israelense também serve de desculpa para que a Agência de Segurança dos Transportes introduza as revistas pessoais intrusivas e exija que viajantes sejam submetidos à inspeção dos perigosos escâneres de raios-x dos aeroportos nos Estados Unidos.

“De acordo com a nossa avaliação, existe a possibilidade de que passaportes falsificados  serão usados para que pessoas se passem como cidadãos israelenses por barreiras de segurança em Israel e ao redor do mundo. Autoridades de segurança israelenses podem considerar a cidadania israelense como um (critério) para procederem de forma mais leniente nos pontos de checagem de segurança para garantir a segurança de localidades como aeroportos, etc.”, explica o boletim.

O último aviso chegou duas semanas antes de o jornal turco Zaman publicar um artigo dizendo que uma célula da Unidade Quds da Guarda Revolucionária do Irã planejou atacar a embaixada americana em Ancara, além de outros alvos na Turquia.
O relógio se move rapidamente em direção à guerra

Os últimos desenvolvimentos seguem-se a um número de eventos acontecidos nas últimas semanas que indicam que ocorrerá um ataque coordenado entre Israel e os Estados Unidos contra o Irã.

Opção Erva: A História da Marijuana

Óleo, alimentos, papel, tecidos, plástico, medicamentos, e de quebra, efeitos psicoativos.
Estas são apenas algumas das inúmeras funções daquela que se tornou a planta mais polêmica do mundo:

A maconha

Para alguns, uma droga que representa uma séria ameaça aos adolescentes, vista como o ponto de partida para o uso de drogas mais perigosas. Para outros, uma benção da natureza, capaz de aliviar o stress da vida cotidiana de uma forma mais amena e segura que outras drogas, como álcool ou sedativos.



A cannabis, ou massa, barro, chá, ganja, é a droga ilícita mais utilizada em todo o planeta, além de ser uma das plantas mais rentáveis eúteis, tendo uma ampla gama de funcionalidades em diversos setores. Mas como tudo nesse mundo, nada é perfeito e com a maconha não seria diferente, tendo inimigos por todos os lados.



A ignorância e a falta de conhecimento são fatores predominantes nessa guerra travada contra a planta, pois na grande maioria dos casos, percebemos que as pessoas não conhecem sobre o que estão falando. A destruição dos neurônios é sem dúvida o maior dos equívocos que insistem em continuar nas mentes dos leigos no assunto, acreditando que fumar a erva "queima os neurônios" e isso é um verdadeiro pesadelo. 

Imagine se os usuários de maconha perdessem seus neurônios pelo seu hábito de ficar chapado. Teríamos então uma legião de retardados e lerdos ao redor do mundo, pois temos muitos exemplos de maconheiros e sabemos que eles não são assim, como Brad Pitt, um ator talentoso e de renome no mundo artístico, Bob Marley, uma figura icônica no contexto da música, ou o governador do Estado do Texas, protagonista de vários filmes, Arnold Schwarzenegger. Todos eles são pessoas muito bem sucedidas e esclarecidas, assim como muitas outras comuns, médicos, advogados, psicólogos e todo e qualquer setor, estão em todos os lados, mesmo que ocultos.


Criou-se um estereótipo completamente distorcido sobre o tão mal falado maconheiro, o qual foi conhecido em outras épocas como revolucionário, pensador, mais humano. John Lennon foi um bom exemplo desse período e marcou a vida de muita gente com suas músicas de igualdade e paz. Mesmo após toda a repressão e à forte "lavagem cerebral" feita pelo governo em cima da erva, ainda existem aqueles que lutam em sua defesa. Muitas pessoas precisam dela, negá-las esse direito é uma verdadeira injustiça. Enquanto isso o álcool rola solto, destruindo muito mais famílias do que a maconha, que é proibida e reprimida não só pela polícia e pelo governo, mas pela própria sociedade. Uma planta tão valiosa, com tantas utilidades, ser perseguida de forma tão banal não faz o menor sentido.



É por isso que mais uma vez o Mente Aguçada terá a honra de abrir as portas para esse tema ainda em debate, com o documentário Opção Erva: A História da Marijuana, onde você ficará por dentro do quanto esta planta é valiosa para toda a sociedade e quais são os bens de abolir a proibição, dando fim a uma  guerra que já dura muitas décadas.


Assista ao documentário completo:




Viagem Fantástica Pelo Corpo Humano










Se você dividir 1 metro em mil, terá 1 milímetro.


Se você dividir 1 milímetro em mil, terá 1 micrômetro.
Se você dividir 1 micrômetro em mil, terá 1 nanômetro.

Imagine trilhões de robôs nessa escala de tamanho, operando 24h por dia, 7 dias por semana, varrendo seu corpo em busca de anormalidades e curando doenças, antes mesmo delas se tornarem doenças.


Não acredita?


Como tudo no Mente Aguçada, esse é mais um tema polêmico que está chegando para impactar a indústria farmacêutica e principalmente, revolucionar o mundo da medicina. Os cientistas dizem que será o maior acontecimento da história, superando a revolução industrial. A nanotecnologia é basicamente a pesquisa e produção na escala nano.
Os nanorobôs são tão pequenos que podem trabalhar com a escala nanométrica, podendo ir a diversos locais do corpo inacessíveis por nós.  Essa tecnologia tem data marcada e está cada vez mais próxima.




   Em 2020 a NASA fará a primeira missão tripulada por seres humanos a Marte. Será a missão mais longa da história. Os astronautas ficarão três anos no espaço, sendo 9 meses apenas daqui até Marte. Em 2020 os planetas estarão alinhados, o que torna a missão viável, se essa chance for perdida só teremos outra em 15 anos. Já haviam sido enviadas sondas e robôs, mas nunca homens. Isso porque no espaço os astronautas ficam muito vulneráveis as radiações solares, causando câncer nos tripulantes. Outro motivo é que devido a baixa gravidade, os músculos tendem a atrofiar-se e os ossos a enfraquecerem, chegando até a quebrar, causando muita dor. Os nanorobôs entrarão no corpo através de uma pílula ou com injeções direto nas vias sanguíneas.




São tão pequenos que num comprimido caberiam trilhões. Eles infiltrariam-se nas células em busca de anormalidades, tratando-as imediatamente. 



Nanorobô atacando agentes prejudiciais ao corpo humano.
Sabe o que isso significa? A total erradicação de todas as doenças, como câncer, AIDS, até uma simples gripe. Seja lá qual for o problema, ele será resolvido.

Parece um pouco difícil de se acreditar, mas sim, o homem já está desenvolvendo essa tecnologia. 


 

A própria Drª Kathie Olsen, cientista-chefe da NASA, desafiou os descrentes:
"Sim, essa nanotecnologia em medicina parece coisa de ficção científica, coisa que você vê no cinema. Mas, sabe, me procure daqui a 5 ou 10 anos."


Esse documentário fala sobre essa nanotecnologia e suas possíveis utilizações futuras. Viagem Fantástica Pelo Corpo Humano: Em Busca da Cura mostra a nanomedicina numa escala que você nunca viu.

Desperte sua curiosidade assistindo os vídeos:





  




Admirável Mundo Novo

Enquanto estamos aqui sentados, lendo todas essas palavras no monitor de nossos computadores, a ciência está fazendo avanços que mudarão as nossas vidas. É por isso que os mais renomados cientistas do planeta se uniram para escolher o que consideram ser as mais importantes descobertas desse admirável mundo novo.


Muita gente sequer imagina quantas coisas estão acontecendo neste exato momento ao longo do globo terrestre. A ciência é uma força com poderes sem limites, que está em constante expansão, ampliando cada vez mais seus horizontes com novas descobertas, que nos proporcionam uma vida melhor e muito mais duradoura. Ela tem a capacidade de mudar não somente a nós como ao nosso mundo, deixando até mesmo as leis da natureza a nosso favor. Através dela descobrimos quase tudo que sabemos hoje e moldamos o lugar onde vivemos a ponto de causar um impacto profundo na maneira como enxergamos as coisas.


Essas descobertas feitas pela ciência influenciaram toda uma geração e continuarão a influenciar por toda a eternidade. Ela possibilitou que muitos voltassem a enxergar, andar e até viver, fazendo suas estudos valerem a pena ao utilizarem seus conhecimentos na grande maioria das vezes para o nosso bem. Alguns mal sabem quantas coisas maravilhosas estão a acontecer todos os dias, em vários partes do mundo.

O Mente Aguçada marca seu aniversário de um ano com a série Admirável Mundo Novo, um grande sucesso, que conta com grandes cientistas, mostrando as descobertas mais incríveis da atualidade.

Só para termos uma ideia, esta série é apresentada pelo cientista mais famoso do mundo, o renomado Stephen Hawking, um dos mestres da ciência moderna. Também participam deste programa grandes nomes conhecidos por aqui, como:


Stephen Hawking
São simplesmente pessoas comprometidas com o conhecimento, com a ciência. Nesta série você terá a oportunidade de ver um carro que anda sozinho, com uma eficiência muito maior do que a nossa, uma cadeira de rodas controlada pela força do pensamento, um robô que aprende como uma criança e um traje que lhe dá a força de 3 homens. Verá como anda o desenvolvimento na área da saúde, máquinas que nos mantém vivos, como o coração artificial, até modificações genéticas. 

Veremos como está a tecnologia, como conseguimos descobrir absolutamente tudo sobre uma pessoa, o impressionante trabalho das impressoras 3D e uma cidade do futuro. Teremos a chance de ver como andam as pesquisas para criar carne in vitro, as novas fontes de energia que estamos desenvolvendo para abastecer o mundo durante milhões de anos, entre muitas outras descobertas fascinantes.

O Mente Aguçada o convida a participar desta viagem ao admirável mundo novo e explorar tudo o que está a um passo de se tornar realidade. Esta é sem dúvida uma grande oportunidade de enxergar o mundo com novos olhos e acreditar que sim, as mudanças estão realmente acontecendo.



Assista as maravilhas do mundo














Sinopse:


O professor Stephen Hawking apresenta uma análise global das descobertas científicas que estão transformando as nossas vidas no século XXI. Com a ajuda de alguns dos maiores nomes do mundo científico – incluindo David Attenborough, Richard Dawkins, Aarathi Prasad, Robert Winston e Maggie Aderin-Pocock – esta série em cinco episódios revela como a ciência está em busca dos próximos avanços da humanidade.

Episódio 1 (Máquinas)

Nessa primeira parte a equipe mostra avanços na tecnologia e engenharia que estão criando uma nova geração de máquinas. Mark Evans conecta seu cérebro a um computador, para testar um novo tipo de invento. Kathy Sykes percorre as ruas de São Francisco enquanto experimenta o futuro dos transportes, o carro sem motorista. Na Itália, Jim Alei-Khalili fica frente a frente com o incrível robô chamado iCub, que aprende como uma criança. Joy Reidenberg revela o extraordinário exoesqueleto que pode fazer os paraplégicos andarem e pode dar a um homem a força de três. Nas Ilhas Canárias, Maggie Aderin-Pocock visita um dos maiores telescópios mundiais, que procura por novos planetas que um dia poderemos colonizar, nos rincões mais distantes do Universo.

Episódio 2 (Saúde)

Os especialistas examinam como os cientistas estão lutando por nossa sobrevivência, combatendo as doenças que mais matam no mundo. A bióloga Aarathi Prasad junta-se a caçadores de vírus nas selvas africanas, Robert Winston vê, em primeira mão, como os cirurgiões do futuro poderiam ser robôs, e Richard Dawkins investiga o meio pelo qual os distúrbios cerebrais podem um dia ser tratados com o uso da luz do laser e de neurônios modificados geneticamente. A anatomista Joy Reidenberg descobre duas soluções possíveis para a malária e -- o mais extraordinário de tudo -- Aarathi Prasad conhece uma mulher cuja vida foi salva por um novo tratamento revolucionário contra o câncer, no qual todo paciente recebe um coquetel personalizado de drogas.

Episódio 3 (Tecnologia)

Nessa 3º parte do documentário os especialistas exploram como a tecnologia do século XXI está moldando nosso futuro ao mudar o modo como vivemos, nosso modo de se comunicar e nossa percepção do Universo. A física Kathy Sykes investiga como os nossos celulares podem dar aos especialistas acesso aos nossos hábitos e atos: um admirável mundo novo no qual é difícil manter segredo, mas onde os planejadores urbanos podem construir cidades em torno de nossas necessidades. O designer Max Lamb testemunha o surgimento de uma nova era na produção onde lasers imprimem objetos em 3D, e Stephen Hawking traça a ascensão de um antigo empresário da internet que está transformando a exploração espacial. A cientista ambiental Tara Shine visita uma cidade experimental no deserto onde as pessoas podem se deslocar em carros sem motorista, e Kathy Sykes desce 2 km rumo às profundezas da Terra para investigar como os cientistas estão usando a tecnologia para estudar as partículas mais misteriosas do Universo.

Episódio 4 (Meio Ambiente)

A ciência vira super-herói na luta para salvar o planeta e preservar a raça humana. Na Califórnia, o físico Jim Al-Khalili observa como o poder do maior laser do mundo pode criar combustível para atender a todas as nossas necessidades, enquanto em Longleat, Sir David Attenborough ajuda a coletar DNA de uma elefanta para a Arca Congelada -- um projeto para salvar todas as espécies do mundo da extinção. Mark Evans descobre um cientista na Holanda que desenvolve carne de porco em uma placa de Petri, um meio de alimentar o mundo e liberar a terra dos animais de pasto. Jim Al-Khalili também conhece um cientista na Louisiana que acha que descobriu um micróbio que pode ajudar a limpar vazamentos de petróleo, e Maggie Aderin Pocock vislumbra a face do Sol no laboratório solar da NASA, onde eles estão aprendendo a prever tempestades solares. Do banco de DNA do Museu de História Natural aos igarapés da Louisiana, o programa celebra as iniciativas extraordinárias dos cientistas para preservar o nosso futuro.

Episódio 5 (Biologia)

Os especialistas revelam as incríveis descobertas que estão transformando a resistência e a força do corpo humano. Mark Evans junta-se a bioprospectores na Amércia Central explorando as reservas intactas dos oceanos em busca de remédios, Aarathi Prasad conhece idosas que podem ter o segredo de uma vida longa e saudável, e Robert Winston investiga como nosso comportamento pode influenciar os genes das futuras gerações de maneiras inimagináveis. Roberta Bondar, astronauta e neurologista, explora a nova ciência da regeneração cardíaca -- cientistas, em Dallas, descobriram que ratos recém-nascidos conseguem regenerar o próprio coração, será que isso funcionaria no ser humano? Por fim, Richard Dawkins e Aarathi Prasad celebram os feitos da biologia sintética e o trabalho de um homem que descobriu como fazer a bactéria E. Coli produzir diesel. Do litoral do Pacífico às nevascas do Canadá, o programa investiga como os cientistas estão usando os segredos de nossas células para mudar a vida.