Blog

Blog

21 de set de 2013

Radarnet - Fique por dentro





A DIFERENÇA ENTRE COVARDIA E CORAGEM–A CORAGEM DE INOVAR–RITUAIS COM ENTEÓGENOS


Assumir-se publicamente, em qualquer área, é sempre uma tarefa de coragem. E doses redobradas dessa coragem são necessárias quando a bandeira que á hasteada ousa inovar, onde todos percorrem caminhos conhecidos e popularmente aceitos, que há muito não passam por qualquer tipo de questionamento ou alteração. Não fossem aqueles que ousam questionar os dogmas aceitos, ainda estaríamos vivendo sob a crença de que a Terra é o centro do Universo. Graças à ousadia de Copérnico, que enfrentou a igreja,  isso mudou. Não fossem aqueles que ousam, ainda estaríamos aplicando o Malleus Malleficarum e queimando as “bruxas” na fogueira. E olhem, que segundo o conteúdo do Martelo das Bruxas, hoje teria fogueira sem fim, afinal havia o preceito de que a mulher era torta, porque Eva surgiu de uma costela torta de Adão. Logo, todas as mulheres não podiam ser retas em sua conduta. Além disso, o pecado original que começou com o ato sexual, obviamente, era culpa da mulher! Logo, segundo o livro, "mas a razão natural está em que a mulher é mais carnal do que o homem, o que se evidencia pelas suas muitas abominações carnais". E olhem que foram 4 séculos disso! Não mataram poucas mulheres sob o argumento de que elas são a porta para o demônio!

Assumir-se publicamente, em qualquer área, é sempre uma tarefa de coragem. E doses redobradas dessa coragem são necessárias quando a bandeira que á hasteada ousa inovar, onde todos percorrem caminhos conhecidos e popularmente aceitos, que há muito não passam por qualquer tipo de questionamento ou alteração. Não fossem aqueles que ousam questionar os dogmas aceitos, ainda estaríamos vivendo sob a crença de que a Terra é o centro do Universo. Graças à ousadia de Copérnico, que enfrentou a igreja,  isso mudou. Não fossem aqueles que ousam, ainda estaríamos aplicando o Malleus Malleficarum e queimando as “bruxas” na fogueira. E olhem, que segundo o conteúdo do Martelo das Bruxas, hoje teria fogueira sem fim, afinal havia o preceito de que a mulher era torta, porque Eva surgiu de uma costela torta de Adão. Logo, todas as mulheres não podiam ser retas em sua conduta. Além disso, o pecado original que começou com o ato sexual, obviamente, era culpa da mulher! Logo, segundo o livro, Quero chegar no ponto de que a verdadeira busca interior pelo encontro com o divino está na busca do DESCONHECIDO e não na busca do conhecido. E para buscarmos o desconhecido é preciso coragem, porque a mente racional limita-se ao que é conhecido e não avança, nem tem condições de avançar em relação ao desconhecido, porque a mente racional só consegue pensar naquilo que conhece. E quantos dogmas do passado eram aceitos apenas porque eram o limite do até então conhecido? E quantos dogmas ainda se fazem presentes hoje, e aceitos, apenas porque se encontram no limite do conhecido, inquestionáveis? A mente racional limita-se a essa zona conhecida, seja ela verdadeira ou falsa, boa ou ruim, absurda ou não, até porque os absurdos são aceitos durante muito tempo, pela falta de consciência e de percepção de sua verdadeira natureza absurda: são considerados razoáveis, bons, são simplesmente aceitos em nossa cegueira.

Como ensina Osho, “A mente não pode buscar o desconhecido, então, a mente é a barreira para o desconhecido. A mente só pode buscar o conhecido de novo, de novo e de novo. A mente é repetitiva. … O conhecido é a mente. O desconhecido é Deus. E Jesus diz: Deus é amor. O amor vem através do desconhecido, com o desconhecido, como parte do desconhecido. Para se mover em direção ao desconhecido é necessário coragem, uma tremenda coragem. Para se apegar ao conhecido não há necessidade de ter qualquer coragem: qualquer covarde pode fazê-lo, os covardes fazem apenas isto. Quando você se torna um cristão, você é um covarde, quando você se torna um maometano, você é um covarde, quando você se torna um hindu, você é um covarde. Quando você se torna um religioso, você é incrivelmente corajoso – você está indo para uma aventura, você está buscando o desconhecido, você está se movendo em direção ao que não tem mapa, ao que não foi medido, ao incomensurável. Existe todo o perigo de que você possa se perder, existe todo o perigo de que você não seja capaz de voltar, existe todo o perigo de que você perca todo o controle, você pode tornar-se louco. Este é o preço que tem de se pagar pela religião real. As pessoas têm medo, então elas se apegam a substitutos falsos, baratos, facilmente disponíveis.”
E inovar faz parte de adentrar ao desconhecido, porque você está trazendo mudança dentro de padrões repetitivos, acomodados. O retorno do uso de enteógenos em rituais sagrados faz parte dessa inovação, dessa coragem, não só de inovar, mas de ir em busca do desconhecido, conhecer Deus! A Irmandade Polimata faz parte desses desbravadores, que utilizam enteógenos na busca do desconhecido, na compreensão de si e do mundo, de ir além do que já existe, tanto em rituais Védicos, quanto em rituais Xamânicos.
Autores como John Allegro, um dos acadêmicos escolhidos para traduzir os Pergaminhos do Mar Morto, que são escritos Católicos muito antigos, descobertos em Qumran próximo ao Mar Morto, em 1947, descobriu que toda a simbologia relacionada aos cultos cristãos está relacionada a um COGUMELO: O AMANITA MUSCARIA, o cogumelo vermelho e branco. É o elemento xamânico por trás de todo o culto cristão. Entre xamãs do norte europeu e da Sibéria, a palavra "xamã" é atrelada ao uso desse cogumelo. Jesus e o Amanita Muscaria estão intimimamente relacionados. As roupas dos Papas e cardinais são embasadas no Amanita, com partes brancas e vermelhas, a arquitetura das igrejas refeltem o Amanita. Até mesmo Papai Noel tem origem no Amanita, eis que o velhinho de branco refere-se a um elfo  xamã, que secava seus cogumelos amanitas em um pinheiro e depois visitava o povo da comunidade, pelas chaminés, levando de presente os cogumelos sagrados. Por isso Papi Noel usa roupas vermelhas e brancas, para representar o cogumelo Amanita. O consumo da carne e corpo de cristo, quando se comunga, refere=se ao consumo do cogumelo Amanita. Os ovos de páscoa têm origem no cogumelo amanita.


 


John Lash, outro estudioso dos textos gnósticos de Nag Hamadi, como resultado de suas pesquisas e estudos, em entrevista conferida à Revista Sexto Sentido, afirma que “Essencialmente, a gnose é xamanismo experimental ilimitado. É um caminho livre de organizações institucionais, ritos, sermões e outros jogos religiosos. O trabalho de R. Gordon Wasson, Albert Hofmann e outros, mostra que os antigos Mistérios envolviam o uso ritual de plantas psicoativas, como o kykeon dos Mistérios Eleusinos. Robert Graves foi uma das primeiras pessoas a demonstrar que o xamanismo europeu era enteogênico, usando plantas de ensinamento sagradas (…) Isso está de acordo com a minha visão da gnose como tendo se desenvolvido a partir de uma forma pré-histórica de xamanismo. As plantas sagradas psicoativas não são drogas. Terence diz: "A mensagem psicodélica é uma mensagem antidrogas". Álcool, tabaco e a medicina prescritiva são drogas que matam e incapacitam milhões de pessoas. Não existe evidência clínica ou médica de que plantas psicoativas, incluindo os cogumelos mágicos, nos causem qualquer tipo de prejuízo, física ou mentalmente. Essas plantas são ilegais porque o uso delas liberta as pessoas dos condicionamentos sociais e faz com que se virem contra o Sistema, a Igreja, o governo etc. As plantas sagradas nos mostram a falsidade do mundo humano.  Eu não sou totalmente contra o uso de drogas para a prática gnóstica. Mas a prática ritual com plantas psicoativas tem sido feita pela espécie humana por milhares de anos. Essa prática não pode ser erradicada sem destruir a própria espécie. Sempre vai continuar, de uma forma ou de outra, mesmo que seja proibida pelas autoridades, que temem perder o controle das pessoas cujas mentes são despertadas pelas plantas.”  John Lash é fundados do site www.metahistory.org/index.php
NO HINDUÍSMO, HAVIA O CONSUMO DO SOMA – AMRITA – O ELIXIR DA IMORTALIDADE
O Soma ou Amrita, o Elixir da Imortalidade, é a Bebida Sagrada que utilizada na antiga Índia, no período pré-védico e védico.  É referida nos Vedas, sendo ingerida por alguns Deuses Hindus.
O Soma védico promovia a imortalidade aos que a bebiam. O soma provia visões místicas e revelações espirituais recebidas através do transe envolvido em seu consumo. Era usado nas iniciações bramânicas.
Entre os humanos, beber o soma possibilitava o renascimento como um Deus, e despertava a clarividência.
Hoje, vivemos o retorno de alguns enteógenos, utilizados há milênios pela humanidade para realizar sua conexão com o divino. Padrinho Sebastião, do culto daimista, ensinou a Alex Polari que o mestre Irineu teve a incumbência de introduzir o culto com a Ayhuasca para “tirar um povo” escolhido para conseguir alcançar o nível de espiritualidade necessário para passar pelas provas desta época de transição, a partir do ano 2000. Há textos espíritas afirmando o mesmo: o retorno de enteógenos para facilitar esta transição. Particularmente, vejo esse retorno não apenas como um facilitador temporário, mas como resultado do retorno a práticas antigas abandonadas que passarão a ser parte constante do novo padrão que se inicia, do novo ciclo que se inicia nesta época e irá permanecer durante centenas de anos. Final de ciclo, representa o final do CÍRCULO, e, como em qualquer círculo, seu final encontra-se com seu ponto de início – o Oroboros. No final, nos reencontramos aonda começamos – e começamos nas práticas xamânicas!


O Caso de Abdução do Sr. Plínio Bragatto

O caso de abdução de Plínio Bragato, um senhor de 74 anos, em 09 de dezembro de 1996, foi abduzido por alienígenas altos, de pele acinzentada, olhos grandes, nariz e boca compridos. A testemunha desapareceu em Governador Valadares (MG).

Sr. Plínio Bragatto
E reapareceu 21 horas depois em Montes Claros (MG).

De acordo com ele: os marcianos (...Descrição dos Marcianos que estiveram com ele...) têm mais de 2 m de altura, são acinzentados, possuem olhos e boca grandes, nariz e orelhas compridas e têm cabelo nascendo apenas da metade da cabeça para trás. E só falam em espanhol.

Esta foi a descrição que fez o marceneiro Plínio Bragatto, 75 anos, dos seres que alega terem-no seqüestrado em 1.996. Bragatto é morador de Governador Valadares (MG), no Vale do Rio Doce, e seu caso tornou-se o principal assunto na cidade, tendo repercussão na Imprensa Nacional - www.ufo.com.br.

Relato de Plínio:

Eu estava sentado no morro e o disco apareceu aqui. Ele ocupou toda a estrada. A primeira pessoa desceu e me convidou pra eu ir até Marte. Eu fui”, disse ele.

O retrato falado do seres que levaram o Sr. Plinio feito pela Policia
É isso mesmo, Plínio Bragatto jura que foi abduzido. “Dentro da nave é um salão só. É tudo azul e tem um cheiro de flor de laranja lá dentro”. O marceneiro disse que seres do outro planeta queriam estudar o corpo humano. “Eles tinham um aparelho com pontas de vidro e eles encostavam em todas as juntas do meu corpo e davam choquinho.

Os ETs seriam gradalhões, com cerca de dois metros de altura, com unhas enormes. Seriam quatro ao todo e a polícia chegou investigar o caso. Fez até um retrato-falado dos extraterrestres a partir do depoimento do marceneiro.

O caso foi registrado a cerca de 500 quilômetros de Governador Valadares. Bragatto teria sido deixado pelos ETs em Montes Claros. “A base da suposta nave espacial que o teria abduzido deixou marcas no solo”, disse o delegado Catela Leite.

Plínio:

Fiquei oito horas com eles”, disse Bragatto. Verdade ou não, a história, que aconteceu há 12 anos, ganhou um monumento no alto do morro. “A nave era três vezes o tamanho dessa aí”, disse o marceneiro, que espera poder repetir a façanha. “Eu volto se eles aparecerem, mas queria levar alguém junto” -  http://www.cubbrasil.net

Acesse o link para saber mais:


O artigo feito pela UFO sobre o caso em imagens: primeira “Mineiro é levado para Marte, segunda “Mineiro afirma ter ido a marte com Aliens - possível cidade Marciana, como ela seria?” e terceira “Marte dá boas vindas a contatado”.

Assista:


Fonte do vídeo: Igor Caetano
- See more at: http://tantettaus.blogspot.com.br/2013/09/o-caso-de-abducao-do-sr-plinio-bragatto.html#sthash.z184kDLB.dpuf

A Mãe de todas as Guerras


O  Irã e a Síria  funcionam como os detonadores no Médio Oriente.  Eurásia, África, Europa Oriental, são teatros de um  conflito encadeado  pelos mercados intercapitalistas, na busca de recursos  petrolíferos e energéticos  estratégicos do planeta. São guerras, ou sub-guerras, com duas motivações centrais: o negócio dos bancos e capitalistas de risco (que competem para os mercados globais), e a sobrevivência das futuras super potências da "nova ordem", disputando o controle do planeta.  Num cenário de crise global capitalista, a resolução em duas áreas de conflito, é  a auto-estrada para a III Guerra Mundial. 

Os resultados estão atrasados, mas as causas  determinantes são os interesses estratégicos que  não desaparecem. Diferentes teatros de conflito militar emergem e sucedem-se em escala e por etapas (mas sem se tocarem entre eles) no Norte da África, Eurásia e  Médio Oriente e têm sucesso 
A chamada "Primavera Árabe", a Líbia, as operações terroristas dos EUA e das potências na Síria, o confronto Irão - Israel, são peças-chave do mesmo processo que pode produzir um efeito dominó, não só na região, mas globalmente.


Alguns conflitos, como o Irão-Israel, o Cáucaso, a crise dos mísseis russo-americanos, o confronto entre as duas Coreias estão debilitados a nível militar apenas temporariamente. Enquanto aguardam o resultado, os poderes em jogo  procuram diferentes "saídas" com as negociações de paz ou acordos diplomáticos, para evitar confrontos militares ostensivos e adversos aos seus interesses. 
A chave estratégica que   transforma essas conflitos num SÓ, é o Irão e o  conflito entre o mundo islâmico com Israel por um lado e por outro, o processo de "revoltas democráticas" árabes  que dividem e confrontam as grandes potências islâmicas entre si e "balcanizam" o mundo islâmico.  Temos assim uma frente "ocidental" (Arábia Saudita e Turquia), e uma frente "islâmica" (Irão, Síria, Afeganistão e Paquistão) que conformam o rastilho aceso e capaz de qualquer resultado futuro  na Eurásia,  Médio Oriente e África. 
O elemento-chave que define e sustenta a contradição fundamental (que vai precipitar o fim) é o petróleo e os recursos estratégicos, como a água e a biodiversidade, fundamentais e essenciais para o funcionamento global do sistema capitalista, cujas reservas estão esgotadas, mas ainda há alternativas.
As questões estratégicas e o desenlace do conflito que definem e dão prioridade às linhas mestras da ordem capitalista internacional, têm claramente três protagonistas centrais:

A) Os EUA,  a União Europeia são o "eixo ocidental" (bloco dominante capitalista estendendo os seus tentáculos para aproveitar os recursos energéticos, rotas e mercados da Eurásia, África e Médio Oriente ).

 
B) a Rússia, a China são o "eixo asiático" (Bloco do capitalismo emergente disputa uma (por enquanto) guerra comercial por áreas de influência com o eixo EUA-UE, que geram atrito e conflitos militares localizados e à escala global, como com a Geórgia no Cáucaso).

 
C) o Irão e o "eixo islâmico" (bloco de países que possuem mais de 80% das reservas mundiais de petróleo e recursos estratégicos em disputa).

 
Esses três blocos centrais vão definir (como resultado e, quando a crise económica mundial é re-alimentada com a crise energética global) o cenário inter capitalista  estratégico para a terceira guerra mundial e irão accionar as diferentes áreas-chave do conflito, que agora se estendem pela Eurásia, África e Oriente Médio.

 A Mãe de Todas as Guerras

Todos os conflitos  desenvolvidos no planeta  hoje (sejam políticos, militares ou sociais) comungam da mesma fonte onde a guerra  intercapitalista existe para o controle dos principais recursos estratégicos, para a sobrevivência futura das potências capitalistas.
 As directrizes da "nova ordem mundial", construídas na base do  controle de mercados e recursos estratégicos, é essencialmente uma ordem criada para as multinacionais, bancos, companhias de petróleo e de armamento capitalistas em função do "negócio". 
No grande tabuleiro da geopolítica  militar a "ordem mundial", com efeito, a geração da próxima guerra intercapitalista (como emergindo de vários teatros de conflito armado escalonados) o rastilho tem três elementos interativos: 
 

A) A necessidade de EUA e potências aliadas (eixo EUA-UE) de gerar, por meio de um conflito militar, um novo centro de desenvolvimento produtivo (economia de guerra) com o emprego massivo de trabalho, para superar a crise financeira que entra em colapso recessivo nas economias do sistema global. 

B) Garantir o controle militar sobre os recursos petrolíferos e estratégicos do planeta perecíveis que irão garantir a sua sobrevivência como potência hegemónica. 

C) impedir que os inimigos fundamentalistas de Israel e das potências hegemónicas sejam capazes de lançar armas  nucleares  num apocalipse,  na sua metrópole imperial. 
No extremo oposto desta guerra intercapitalista, está o eixo Moscovo-Pequim e Teerão, desafiando a hegemonia euro-americana. Traçam acordos militares e consolidam um bloco estratégico militar e económico comum na Ásia, em desafio aberto à NATO. 
Nesse jogo, o "Grande Jogo", Moscovo e Pequim movem as suas próprias peças no teatro de guerra intercapitalista por áreas de influência que ocorrem (em diferentes níveis operacionais) da Eurásia e do antigo espaço soviético para o Médio Oriente.Estas áreas de conflito, sintetizadas em uma única força, resumem  e vinculam de todos os conflitos latentes ou activados  na Ásia, África,  Médio Oriente e Europa Oriental. 

É o conflito central e o fio condutor para a mãe de todas as guerras.

Fonte: http://es.sott.net/article/22812-Medio-Oriente-es-la-puerta-de-entrada-a-la-Terceira-Guerra-Mundial





 A verdadeira história de Jesus 


Você pode enganar uma pessoa por muito tempo; algumas pessoas por algum tempo;
mas não consegue enganar todas as pessoas o tempo todo."
Abraham Lincoln

Um pequeno teste. De quem eu estou falando?

Ele nasceu de uma virgem, pela imaculada conceição, através da intervenção do espírito santo. Isto foi o cumprimento de uma antiga profecia. Quando ele nasceu o tirano regente queria matá-lo. Seus pais tiveram que fugir para um lugar seguro. Todas os meninos, com menos de dois anos de idade, eram assassinados pelo governante, enquanto ele procurava matar a criança. Anjos e pastores estavam no seu nascimento e a ele foi dado presentes de ouro, olíbano e mirra. Ele foi venerado como o salvador dos homens e levou uma vida honesta e humilde. Ele executou milagres que incluíram curar doentes, dar visão aos cegos, expulsão de demônios e ressurreição de mortos. Ele foi colocado para morrer na cruz entre dois ladrões. Ele desceu ao inferno e ressuscitou dos mortos para ascender de volta para o céu.

Soa exatamente como Jesus, não é? Mas, não é. Isto é como eles descreviam o deus salvador oriental conhecido como Virishna 1.200 anos antes do alegado nascimento de Jesus. Se você quer um deus salvador, que morreu para que nossos pecados pudessem ser perdoados, faça sua escolha no mundo antigo, porque existe uma torrente deles, todos se originando com a raça ariana, ou ariano-réptil, que proveio do Oriente Próximo e das Montanhas Cáucaso. Aqui estão somente alguns dos heróis "Filhos de Deus", que representam o papel principal nas estórias que espelham aquelas atribuídas à Jesus e quase todos eram venerados bem antes que Jesus existisse:

Retirado do livro O Maior Segredo de David Icke.



Nós estamos a um passo de uma incrível mudança global que influenciarão a Terra nos próximos meses e anos, podemos optar por abrir as portas das prisões mentais, emocionais e espirituais que nos mantêm nesse sistema de escravidão ou continuar ignorantes e com crenças enraizadas num fundamento que foi idealizado para formar essa prisão.

Quando assisti esse vídeo pela primeira vez, em janeiro de 2010, fiquei sem chão, minhas crenças foram profundamente abaladas e cheguei a pensar: "Caramba, era melhor não ter assistido isso"...

Esse sentimento passou...Como passará pra você...Se decidir assistir
Pelo menos eu sou do tipo que prefere uma verdade feia à uma mentira bonita.
Permita-se examinar seus sistemas de crença, porque as minhas me limitavam e agora não limitam mais.






A Ciência da Mágoa

Eu já escrevi muitas vezes sobre o poder do coração sobre todas as coisas nesta dimensão e que as chamadas "doenças" não existem. 

O que temos são apenas sintomas - uma conversa metafórica entre a cérebro e coração - mas que ninguém quer "ouvir" ou dar atenção.

É uma pena que mesmo dando todo tipo de prova científica as pessoas ainda insistem em levar a vida da pior maneira não ouvindo a voz de dentro do peito. Preferem tomar uns comprimidos ou instalar bombas ou disparadores eletrônicos que os mantenham plugados a vida que não desejam...

Deixo aqui um excelente documentário sobre o poder cardíaco e como ele reage a nossas emoções. Essa pequena amostra de informação tem como objetivo fazer com que mais e mais pessoas despertem para essa sugestão: 

TODOS adoecem, pois um sintoma é um alarme nos mostrando que algo está muito errado no modo como estamos vivendo. O que também não existe CURA!!! A cura prometida é um engodo, pois não se pode apagar os sinais de comunicação entre seus pensamentos e seu organismo, a não ser através de medicamentos ou remoção do órgão. E caso isso ocorra, o "sinal" irá para outro lugar!

Toda intervenção - toda droga que tomarmos - cobrará um preço alto, seja no nosso bolso, seja na nossa maneira de ver aquilo que não queremos enxergar!! 


Portanto, mude sua percepção das coisas, mude sua experiência, seja flexível  Somente com a mudança poderemos manter o EQUILÍBRIO em nossa saúde como um sistema complexo, mas muito perfeito. Todos podemos aprender e gerenciar nossas emoções para levar uma existência plena e gratificante.




 Dois mundos


O medo paralisa, nos mantêm estagnados, impedindo mudanças, provoca reações não só na mente como no corpo. Quando sentimos medo, um substância conhecida como adrenalina se espalha pelo corpo, os batimentos cardíacos aumentam fazendo o sangue circular mais rápido, deixando o corpo preparado para uma fuga ou um  movimento agressivo. Se houver situação de impotência diante de uma situação, misturamos a todas essas sensações a vontade incontrolável de chorar, de fugir, de sumir, de se esconder.

Com exceção da auto preservação, onde o medo é fator de sobrevivência, na maior parte seus efeitos são destrutivos.  O medo da doença, pobreza, violência, solidão, das contas no fim do mês, o medo da morte, o medo de Deus, o medo de ser você...

Seres que dominam nosso planeta utilizaram essa ferramenta para nos controlar, pois conhecem nossa natureza melhor do que nós conhecemos. Eles sabem o que somos, nossa origem, nosso excelente potencial de criação e utilizam essa ferramenta assim como alguns pais utilizam “o homem do saco”  para controlar seus filhos. O pai pensa que está agindo da melhor maneira, “eles” agem de acordo com sua natureza, seus conhecimentos, não por amor, mas fazem aquilo que sabem para sobreviver, na visão deles somos inferiores, controláveis e úteis.

Pode parecer estranho, mas vejo perfeição no jogo da vida, no jogo do Cosmos, assim é, porque se faz necessário por enquanto. Para pensar que não existe perfeição no que nos parece muito imperfeito, teríamos que utilizar aquela palavrinha chata: “SE”.
Se não houvesse controle, se não houvesse mentira, se não houvesse manipulação, se se se...

Só há um problema, a palavra “SE” não existe, pois o passado já passou e não pode ser alterado e o futuro é um leque de possibilidades. Não podemos nos apegar a algo que não aconteceu mas poderia ter acontecido, isso não existe, sabemos que o que existe realmente é o agora, o presente, você está lendo esse texto agora, o que será feito dessas palavras dentro do seu coração e mente é um leque de possibilidades.

Não se esforce na tentativa de imaginar o que poderia ser do mundo SE tudo tivesse acontecido diferente e nem na tentativa frustrada de muda-lo. Se esforce em mudar o seu mundo, em equilibrar seu corpo e sua mente.

O mundo não mudará para você, é você quem pode mudar para ser acolhido brevemente num mundo melhor, depois de passar por esse planeta escola, se seu lugar é aqui, aqui você ficará no “novo mundo” que surgirá e se não, sua essência encontrará o destino. Enquanto isso, trabalhe seus medos, não adianta fugir de notícias ruins, pois elas não são ruins, são só informações, o que muitos pensam ser frieza, eu chamo de neutralidade. Veja informação e não tragédia, veja mudança e não apatia. Esse mundo é uma escola, então aproveite para que essa seja sua última existência num mundo 3D. Você não precisa e não quer mais ser controlado. 

Somos divinos e ao mesmo tempo diabólicos, vivemos num mundo polarizado e por que?

Não é o equilíbrio que buscamos? Como aprender sobre equilíbrio se não conhecemos polaridades? É preciso experimentar ou melhor experienciar.

Aprendemos , colocamos em prática e então: sabemos. Não é preciso dizer a uma flor que ela é uma flor ou a um gato que ele é um gato, mas o ser humano precisa de alguém para lhe dizer que é especial, que é divino, criativo, criador, imortal, pois nós não enxergamos isso sozinhos, aceitamos o que nos falaram e apenas depois de algumas conquistas é que hoje percebemos que somos muito mais do que nos ensinaram

“Eles” nos omitiram isso, que sacanagem! Será mesmo?
Vamos partir do princípio de que tudo é perfeito como está, mesmo não concordando com isso.
Quantos você conhece que aceitam novas descobertas (as nossas) com facilidade?
Quantos você conhece que até aceitam, mas não querem saber mais, preferem ficar como estão?
Quantos te denominam louco? Para essa questão, eu sei a resposta...

A história da raça humana se desenvolveu como se desenvolveu, porque assim permitimos. Os céticos, materialistas, manipuladores de ontem podem ser os despertos de hoje. Algumas pessoas continuarão na Terra 3D, alguns irão para a Terra 5D, outras voltarão para seus orbes de origem, pois muitos são exilados de outros planetas que passaram pelo mesmo processo que a Terra em breve passará, o importante é compreender que somos seres imortais em evolução, partículas divinas experienciando e desenvolvendo o esquilíbrio num mundo de polaridades. 

Abade: É possível cobrir a Terra inteira de tecido para que fique suave em qualquer lugar que pisarmos?

Monge : Não.
Abade: Então o que fazemos?
Monge : Colocamos sandálias de tecido.


Nem todos percebem ou chegaram no tempo de perceber a realidade das experiências que vivemos, preocupação provem do medo, preocupar-se com o filho, o marido, os amigos, os parentes é não respeitar o tempo de cada um deles. Muitas mães, pais, avos, amigos perderão a oportunidade de ir além por se preocupar com seus entes queridos, por isso aprender lidar com a solidão, o isolamento hoje é necessário. É mais um preparo, caso contrário, nós que expandimos um pouquinho nossas consciências, seríamos uns vizinhos dos outros e alguns de nós, estamos separados por oceanos. Separação necessária?

Por que não? Se todos fossemos vizinhos, talvez nossa relação não seria como é, nossos egos atrapalhariam, não é sempre o ego que atrapalha relações? No dia a dia e a cada post amigo, trabalhamos nosso ego um pouquinho mais, até que um dia ele não seja um problema em nossas relações.



Confeccione para você uma sandália bem macia onde mesmo um campo cheio de pedrinhas não lhe aborreça ao andar. Essa sandália se confecciona no dia a dia, podemos produzir experiência positivas se encararmos essa caminhada focados no equilíbrio de nossa mente e corpo.

Assumir a responsabilidade por nossas experiências sem culpar fatores externos ou alheios é onde se dá origem nossa liberdade, ser escravo, é ser refém do condicionamento, da imposição, das situações, da opinião alheia, é permitir ser afetado ou controlado por fatores externos. Coletivamente criamos a situação em que estamos e estamos numa posição privilegiada de logo criarmos uma situação melhor, mas isso se dá primeiro individualmente, somos autores de nossas experiências e ter consciência disso é o primeiro passo à liberdade.

Outro passo é o desapego. O isolamento, ser um peixe fora d’ água é outra parte do processo.
Nem todos percebem ou chegaram no tempo de perceber a realidade das experiências que vivemos, preocupação provem do medo, preocupar-se com o filho, o marido, os amigos, os parentes é não respeitar o tempo de cada um deles. Muitas mães, pais, avos, amigos perderão a oportunidade de ir além por se preocupar com seus entes queridos, por isso aprender lidar com a solidão, o isolamento hoje é necessário. É mais um preparo, caso contrário, nós que expandimos um pouquinho nossas consciências, seríamos uns vizinhos dos outros e alguns de nós, estamos separados por oceanos. Separação necessária?

Por que não? Se todos fossemos vizinhos, talvez nossa relação não seria como é, nossos egos atrapalhariam, não é sempre o ego que atrapalha relações? No dia a dia e a cada post amigo, trabalhamos nosso ego um pouquinho mais, até que um dia ele não seja um problema em nossas relações.




Façamos o que for possível no auxilio, mas sem interferir agressivamente e sem perder essa grande oportunidade. Cada um estará onde deve estar, por isso é importante vigiar seus pensamentos, aprender a cancelar o negativo e criar positivos, pois no dia D, eles é que farão a diferença, não existe um “se acontecer”, mas "quando acontecer", pois esse dia chegará e quando o momento chegar seus pensamentos devem ser claros e direcionados para o que você quer criar, realizar, estar, se estiverem fixos nos outros, será onde você vai estar e esse processo é individual, não é possível transferir experiências, é preciso viver.  Compreender e respeitar o tempo do outro é amar. 


Já aprendemos muito até aqui e o que vamos realizar dependerá só do que assimilamos em nossos corações. Nós seremos nossos algozes ou salvadores. A escolha é sua e definirá o gran finale e em que mundo você ficará.  

Michael Jackson antes de sua morte, nos deixou um curto mas preciso recado. 




COMETA ISON SE APROXIMA E NASA PERDE CONTATO COM SUPOSTO COMETA QUE PODE SER NIBIRU, SERÁ?

COMETA ISON PODE NÃO SER UM COMETA E SIM NIBIRU AMBOS TEM ASAS!



 É só eu que vejo ou Isto se parece com uma pirâmide voadora? 

Talvez o Nibiru? Você decide?

Isso é realmente interessante, NASA não pode ser confiável com estes especialistas dos EUA. Por que eles estão escondendo a verdade? 
Mais mentiras de The Darkside. Porque tanto estado de alerta nos USA para dia 1 de outubro? 


Cometa ISON & EUA: 
O que o Governo dos EUA sabe sobre o dia 01 de Outubro 2013 e sua Preparação para este Dia!

Nasa Perde Contato com Sonda Deep Impact que o Monitorava?


Muito estranho, Nasa perde o contato com a Sonda Deep Impact que monitorava o Cometa ISON, sera que não querem que a gente veja algo que acompanha o cometa?


É a enorme preparação governo dos Estados Unidos por algum tipo de um evento de emergência de enormes proporções por um primeiro de outubro prazo devido à chegada do cometa ISON? Os fatos compilados abaixo de sobrevivência final vai deixar você saber o que o governo dos EUA sabe que nós não sabemos.

De Sobrevivência Ultimate.:

O impacto da chegada "cometa" de ISON pode ser visto mais cedo do que você pensa. Se você examinar os prazos do governo dos EUA para os preparativos da FEMA e DHS mandatos, você vai ver que tudo parece girar em torno de um importante 01 de outubro de 2013, o prazo! 
Se você não acredita em mim, veja por si mesmo.
Aqui está uma lista de prazos compilados por Peter Kling, que também aparece no vídeo da entrevista abaixo chamado "How to Survive Armageddon '. Isso é coisa amedrontadora!

MAIS EM:


Professor James McCain diz que a NASA está mentindo sobre o cometa ISON e ele adverte do perigo. 
No já distante do vídeo no YouTube, ele nos diz que devemos esperar um cometa ISON relativamente em um futuro próximo. Em particular, McCain diz-nos se aproxima um objeto que representa um "sistema solar mini." Todas as anomalias climáticas que vemos na Terra, é uma conseqüência da aproximação do objeto. Astrônomos profissionais estão monitorando os militares que objeto e se preparar para a sua chegada. 
O público em geral não é relatado. O professor também recomenda que todos se qualificar. Ter as fontes de água potável, alimentos, combustível para veículos e estar longe das grandes cidades.
Mais em:


Atualização vídeo:



Tem um gigante la em cima, faz tempo que ele chegou por ali


VEJAM OS VÍDEOS

É ou não é um Segundo Sol?
Do you believe?




Captou?