Blog

Blog

5 de set de 2013

Direto da redação - O seu fim de noite!



A Doutrina do Choque


Cá estou, com um interessante documentário sobre o método de Choque usada nos anos 40 em doentes mentais, então prolongada de maneira metafórica para manter toda a população sob manipulação, claro, sob a elite mundial.
É um documentário de Naomi Klein, que mostra que não só o Nazisno e o Comunismo foram criados pela elite, mas também o capitalismo, fora orquestrado para construir uma realidade que nos leva à utopia de uma nova ordem mundial, claro, almejada pela pequena e exclusiva elite.
Métodos covardes, que oprimem toda a população ainda nos dias de hoje.


Acidente no Estilo “Premonição”!


Alguém se lembra do filme “Premonição 2, onde a trama toda acontece em uma rodovia e bem adiante no filme estão tentando tirar uma moça do carro quando o bombeiro tenta tirar a porta do carro,  o airbag infla, fazendo com que a cabeça da moça seja violentamente projetada pra trás ao mesmo tempo em que um cano (preso na parte do encosto do banco) trespassa sua cabeça? (Estou falando da morte de Kat Jennings!). Bom… para os saudosistas, aqui está um vídeo com todas as mortes em Premonição 2, e incluso, está o acidente acima que acabei de mencionar:



Touradas: O homem contra a fera.

Nasceu da honra, da  coragem e do prazer (…) de MATAR


O vídeo abaixo é chocante, e pode mexer com você. É do tipo de vídeo que me faz arrepiar de raiva, de decepção. Nunca, nunca entenderei o verdadeiro sentido dessa imbecil e cruel ação. Me dá raiva, muita raiva… uma megaputaqueparível vontade de acabar com isso tudo, num estalar de dedos! Mas, não tenho poder para isso… Goku, nos ajude! (Isso foi totalmente figurativo).




 Saiba o que é o Codex Alimentarius






O Codex Alimentarius é um Programa Conjunto da Organização das Nações Unidas para a Agricultura e a Alimentação - FAO e da Organização Mundial da Saúde - OMS. Trata-se de um fórum internacional de normalização sobre alimentos - sejam estes processados, semiprocessados ou crus - criado em 1962, e suas normas têm como finalidade "proteger a saúde da população", assegurando práticas equitativas no comércio e manuseio regional e internacional de alimentos. Sua influência se estende a todos os continentes e seu impacto na saúde dos consumidores e nas práticas do comércio de alimentos em todo o planeta será incalculável.


As normas Codex abrangem ainda aspectos de higiene e propriedades nutricionais dos alimentos, código de prática e normas de aditivos alimentares, pesticidas e resíduos de medicamentos veterinários, substâncias contaminantes, rotulagem, classificação, métodos de amostragem e análise de riscos.



Olhado assim, na versão oficial, parece uma coisa boa, certo? Bem, não exatamente... e, na verdade o Codex é olhado com total "desconfiança" (para usar uma palavra elegante) por todos os que denunciam que essa regulação tão "abrangente" virá a ser uma fonte poderosa de controle sobre as grandes populações e de apreciável lucro para as grandes corporações, especialmente as dos ramos químico e farmacêutico.

Traduzido em miúdos, o Codex vai trazer severas restrições à nossa já precária LIBERDADE de escolha em termos de alimentação e prevenção/tratamento de doenças. Sem falar que considerações mais complexas podem ser feitas sobre o impacto dessas medidas no controle populational do planeta e na concentração de riquezas...


Os opositores do Codex fizeram uma síntese do que representará essa complexa rede de regulamentações, que, quando implementadas, serão MANDATÓRIAS para todos os países membros, cerca de 170 - o que inclui o Brasil:



- Suplementos nutricionais, como vitaminas, por exemplo, não poderão mais ser vendidos para uso profilático ou curativo de doenças; potências de qualquer suplemento liberado, estarão limitadas a dosagens extremamente baixas, sub-dosagens, na verdade, e somente as empresas farmacêuticas terão autorização para produzir e vender esses produtos (preferencialmente na sua forma sintética) em potências mais altas - no caso da vitamina C, por exemplo, qualquer coisa acima de 200mg será considerada "alta", e será necessária uma receita médica para se poder comprá-la.



- Alimentos comuns, como o alho ou o hortelã, por exemplo, poderão ser classificados como drogas, que somente as empresas farmacêuticas poderão regulamentar e vender. Qualquer alimento ou bebida com qualquer possível efeito terapêutico poderá ser considerado uma droga.

- Alimentos geneticamente modificados não precisarão ser identificados como tal, e não saberemos a origem do que estamos comendo; a criação de animais geneticamente modificados também já consta dessa mesma pauta, ou seja, vai ser difícil saber que bicho se está comendo.



- Aditivos alimentares, a maioria sintéticos, como o aspartame, por exemplo, serão aprovados para consumo sem que se tenha conhecimento dos efeitos a longo prazo de cada um nem das interações entre eles a curto e longo prazos.



- Todos os animais destinados ao consumo humano, deverão receber hormônios e antibióticos como medida profilática; sabe aquele "gado orgânico", criado solto em pastagens e tratado só com homeopatia?... nunca mais!



- Todos os alimentos de origem vegetal deverão ser irradiados antes de serem liberados para consumo: frutas, verduras, legumes, nozes... nada mais chegará à nossa mesa como a natureza fez - tem gente brincando de Deus, mas desta vez não para criar, e sim para "DEScriar".



- Os produtos "orgânicos" estarão completamente descaracterizados, pois terão seu padrão de pureza reduzido a níveis passíveis de atender às necessidades de produção em grande escala; alguns aditivos químicos e várias formas de processamento serão permitidos; tampouco haverá obrigatoriedade por parte do produtor de informar que produtos usou e em que quantidades - rótulos não serão obrigatórios na era pós-Codex.



- Para a agricultura convencional, os níveis residuais aceitáveis de pesticidas e herbicidas estarão liberados em níveis que ultrapassam em muito os atuais limites de segurança! Em outras palavras, estarão envenenando nossa comida.



Em síntese: os objetivos do Codex incluem (1) globalização das normas, (2) abolição da agricultura/criação orgânica, (3) introdução de alimentos geneticamente modificados, (4) remoção da necessidade de rótulos explicativos de qualquer espécie, (5) restrição de todos os remédios naturais, que serão classificados como drogas.


O Codex, na verdade, já começou a "acontecer" por aqui - alguém já reparou que não se consegue comprar nada numa farmácia de manipulação sem ter uma receita médica? Nem uma inocente vitamina C... Em compensação pode-se comprar praticamente qualquer coisa SEM receita médica numa farmácia regular, que vende produtos industrializados, mesmo se forem antibióticos, anti-inflamatórios... - e até aquela mesma vitamina C que nos negaram há pouco na outra farmácia...



Indicar aquele chazinho para um amigo? Ou quem sabe informar ao vizinho que farelo de aveia ajuda a reduzir o colesterol? Sugerir que mamão solta e banana prende?... Nem pensar! Poderá ser considerado "prática ilegal da medicina"! Não se poderá dizer que produtos naturais curam doenças porque não são medicamentos e, na era pós-Codex, só medicamentos APROVADOS pelas novas regras poderão ser referidos para tratar doenças... e assim mesmo, só por um médico!



Exagero? Quem sabe? - já teve gente presa na França por vender 500mg de vitamina C... é que lá essa potência já é considerada "remédio", e não pode ser vendida sem receita médica.
Medicina alernativa, tibetana, ayurveda, homeopatia, essencias florais... só se a turma do Codex disser que pode. Se esse "programa" entrar em vigor (daqui a pouco mais de 1 ano) da forma como vem sendo "curtido" há mais de 45 anos, e alertado mundo afora, teremos perdido nossa liberdade de optar por uma medicina e nutrição naturais, poderemos vir a precisar de receita médica até para ir à feira...


 O Governo Brasileiro e o Codex Alimentarius


"O Codex Alimentarius é um fórum internacional estabelecido pela Organização das Nações Unidas, por meio da FAO (Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação) e da OMS (Organização Mundial de Saúde). Criado em 1963, o Codex estabelece normas sanitárias que facilitam o comércio de alimentos e protegem a saúde dos consumidores. Atualmente, é composto por mais de 170 Estados-membros, além de contar com mais de 150 observadores de organizações não-governamentais. As decisões do Codex são aprovadas, majoritariamente, por consenso, com base em critérios técnicos fornecidos por especialistas da FAO e da OMS.
O Brasil participa ativamente das reuniões do Codex Alimentarius, por defender a aplicação de princípios técnicos para o comércio internacional de alimentos. Critérios não pautados por normas e procedimentos estabelecidos pelo Codex podem converter-se em barreiras não tarifárias aplicadas ao comércio internacional de alimentos, sob o pretexto de proteger a segurança alimentar dos consumidores de países importadores. Nesse sentido, é necessário garantir a presença de técnicos brasileiros nos diversos Comitês do Codex, para que, juntamente com os representantes de outros Estados, elaborem normas internacionais de segurança alimentar legítimas." --- www.mre.gov.br/index.php?option=com_content&task=view&id=2063&Itemid=59 



Palestra feita na Associação Nacional de Profissionais de Nutrição (NANP) em 2005.
A palestrante é a psiquiatra Dra. Rima Laibow.


Parte 1



Parte 2

Parte 3


Parte 4

Parte 5


Codex Alimentarius - Substâncias


Codex Alimentarius e a irradiação de alimentos


ALEX COLLIER - MENSAGENS DOS SERES DE ANDRÓMEDA


ALEX COLLIER - Conferência 'Earth Transformation' Maio 2008



Tradução parcial de: ALEX COLLIER - Conferência 'Earth Transformation' Maio 2008:

Alex Collier tem tido, durante 40 anos, uma relação com seres humanos da constelação da Andrómeda. Segundo Alex, estes seres são da 5ª dimensão e estão tecnologicamente e espiritualmente 10 mil e 50 mil anos mais avançados que nós, respectivamente. Contudo ainda têm os seus próprios problemas com a sua própria sociedade, ainda estão a evoluir e ainda estão a tentar  descobrir qual é o caminho… Alex frisa que todos estamos a evoluir, mas ninguém é melhor que o outro.

Alex tem mantido uma relação principalmente com dois seres: um senhor de pele pálida (devido à sua idade), Vissaeus - palavra equivalente à sua frequência, ao seu símbolo, já que eles não usam propriamente nomes como nós. Vissaeus tem cerca de 1.5 m de altura, é muito idoso - cerca de 4300 anos (dos nossos anos). Por outro lado Morenae tem 2300 anos de idade (dos nossos anos), é muito jovem, muito forte, tem cerca de 2.15m de altura, pesa cerca de 180 kg e aprendeu a falar (a maioria é telepática). É descontraído e tem senso de humor.



Alex Collier in 'www.earthtransformation.com'

Os Andromedianos têm uma pele azulada e têm 3 sexos: andrógino, feminino e masculino. Vivem numa comunidade espiritual e a sua longevidade vai de 1800 a 2300 anos, apesar de alguns viverem mais. As suas crianças vão à escola por cerca de 150 a 180 anos (dos nossos anos) e durante esse tempo aprendem todas as artes e ciências. Tudo o que na altura está disponível para aprender é-lhes ensinado, por isso quando crescem são efectivamente mais inteligentes que os seus pais. E isto é chamada a ‘LEI DA CONSISTÊNCIA’. Eles nunca considerariam deteriorar as suas crianças para que fossem manipuladas ou controladas, pois isso seria sabotar a própria raça.

Os seres de Andrómeda vieram cá primeiramente, porque algo estava a acontecer no futuro, há um desequilíbrio muito negativo que ocorre no seu futuro. E ao seguirem a fonte desse desequilíbrio, descobriram-na no nosso sistema solar. Alex salienta que não sabe se agora esse futuro ainda é provável, mas que actualmente estamos a receber todo o tipo de ajuda de muitas e diferentes raças de seres.
Na perspectiva dos Andromedianos, todos nós aqui na Terra somos considerados, geneticamente, ‘Realeza’ pois cada um de nós possui uma combinação de ADN de 22 diferentes raças de extraterrestres.


Segundo os Andromedianos, que têm mestres da 9ª densidade, na 11ª densidade há uma raça de seres conhecidos como os ‘Paal Tal’, também conhecidos como ‘Os Fundadores’ que criaram os buracos de minhoca (wormholes) e outras coisas do nosso universo, são aqueles que criaram o nosso HOLOGRAMA. Aparentemente, a evolução espiritual do nosso universo estacionou. Segundo os Andromedianos, este grupo – os 'Paal Tal,' deixaram a ‘eternidade’ e regressaram ao conceito do tempo, estando presentes em muitas civilizações, aproximadamente 21 civilizações da 3ª densidade, as quais estão a atravessar o mesmo processo que nós estamos a atravessar. Então temos aqui seres espiritualmente muito evoluídos, que vieram ao ‘tempo’, escolhendo esquecer quem eles eram, e aparecendo dentro das formas físicas de ‘realeza’. Nestas formas físicas, temos a herança de muitas raças como a memória racial. Isto é profundo, tendo em conta que muitas destas raças vêm de ambientes, habitats e ecossistemas completamente diferentes. Então não há absolutamente nenhum limite para o que somos e podemos fazer. A questão não é mais se estamos sozinhos no universo (Are we alone?), mas sim o que é que nós queremos?... Em que direcção queremos criar? Criamo-lo juntos ou continuamos individualistas? É neste ponto que a humanidade está. Vamos ter ajuda exterior, mas eles não vão fazer o trabalho por nós, pois dessa forma não poderíamos transitar da 3ª densidade para as seguintes. E isto significa literalmente que provavelmente nem todos vão conseguir transitar. Mas não é nenhum drama, pois somos seres espirituais e podemos sempre voltar a tentar de novo (voltando a reencarnar na 3ª densidade). Mas na realidade todos temos o potencial para transitar…



Este Documentário é baseado no livro "Gênesis Revisitado" de Zecharia Sitchin, um livro que nos leva as provas exatas de que os Extraterretres sempre estiveram em contato com os Seres humanos, sendo nos dias de hoje como nos tempos antigos.


Esta imagem foi obtida do vídeo
Até a nossa ciência moderna, já começa a reconhecer tais evidências deixadas pelos homens do passado, junto com os seus avançados conhecimentos que remota as eras antigas.
Tudo isto aconteceu há quase 6 mil anos atrás, e esta descritos em diversos achados gravados em barras de argila, naquele tempo sabiam da existência de diversos planetas como (Urano, Netuno, Plutão) orbitando ao redor do sol, já que os outros poderiam e podem serem visto a "olho nu" por nós.



Parte da "capa do livro" de Sitchin
Após terminar de ver o vídeo: Não precisa ficar com um pé atrás ou uma pulga atrás da orelha, faça a leitura deste livro fascinante para você compreender tudo com enormes detalhes - entenderá tudo nas entrelinhas.

Descobrirá que não se trata de meras ilusões criadas pela mente humana, forjando algo para a diversão de muitos. Tudo isso pode ser sugestivo nos dando uma visão de imaginação! mas não é, fica claro que tudo é muito indicativo! Como forma de informação, tenha a oportunidade de assistir a este excelente registro.

As Provas da presença dos Extraterrestres entre nós:

Porque a civilização suméria que remota milênios, foram tão capazes de terem os conhecimentos astronômicos que tinha? até conheciam os dados exatos de um 12º planeta no sistema solar.
    • Se eles não usavam telescópio (vai saber?), como adquiriram o conhecimeto e o modo de observação das estrelas tão precisas naquele tempo.
    • Eles nos deixaram as prova de que os seres humanos foram criados genéticamente, por seres "vindo de fora do sistema solar" usando um conhecimento genético avançado para os dias modernos.
    • Os diversos achado arqueológicos também nos deixam dicas importantes, para elaborarmos as questões aos nossos modos.

Não há dúvidas, para imaginar a verdade de que foram eles: os Anunnaki...

Assista o vídeo (legendado):




Fonte do vídeo: Mitodaverdade




Civilizações Perdidas - Egito: Em Busca da...