Blog

Blog

14 de mai de 2013

Direto da redação - O seu fim de noite!





OVNIs ‘voam em nossos céus’, diz major da Força Aérea dos EUA

O Major George Filer III (centro) testemunha no evento ‘Audiência Cidadã de Divulgação’ no Clube Nacional de Imprensa em Washington DC em 3 de maio de 2013 (Shar Adams/The Epoch Times)


WASHINGTON – Um ex-major da Força Aérea dos EUA com 5 mil horas de voo descreveu em detalhes seu encontro com um OVNI (objeto voador não identificado), dizendo a ex-membros do Congresso norte-americano, numa audiência sobre avistamentos de extraterrestres, que ficou interessado por OVNIs desde essa experiência.
“Essas naves espaciais ocasionalmente percorrem nossos céus e minha teoria é  que elas têm vindo aqui há milhares de anos”, disse o Major George Filer III em 3 de maio, último dia da ‘Audiência Cidadã de Divulgação’, um evento de uma semana no Clube Nacional de Imprensa em Washington DC, EUA.
Filer foi uma das 39 testemunhas que deram depoimentos durante a audiência,  incluindo ex-oficiais das forças armadas dos EUA, agências federais, pesquisadores, acadêmicos e cidadãos comuns.
Ex-oficial da inteligência da Força Aérea, Filer era um piloto norte-americano estacionado na Base Sculthorpe RAF na Inglaterra em janeiro de 1962. Ele estava reabastecendo aeronaves de combate a cerca de 30 mil pés sobre o Mar do Norte quando foi notificado pelo Controle de Londres que o radar tinha detectado um OVNI.
Era em torno do pôr do sol e uma noite clara quando ele se dirigiu ao local do objeto, cerca de mil pés sobre uma área perto de Oxford e Stonehenge, disse ele.
Filer disse que podia sentir a adrenalina quando seu avião-tanque KB-50J ultrapassou o que ele chama de linha vermelha de velocidade máxima para chegar lá. Ele disse que a torre de controle em Londres havia limpado a área e contava regressivamente a distância de aproximação.
Numa apresentação escrita na audiência, ele descreveu a experiência como se segue:
“Eles narravam a distância de aproximação, 60 e 40. A cerca de 30 milhas, meu Radar APS-23 detectou o OVNI pairando à frente.”
“Foi um sinal de radar excepcionalmente grande fazendo-me pensar numa grande ponte ou navio. A nave era maior do que qualquer coisa que eu tivesse visto antes no ar. Isso me fez lembrar o retorno de radar da Ponte de Brooklyn de 1,83 km ou o Estuário de Forth Bridge na Escócia (de 2,53 km), ao longo de uma milha de comprimento.”
“O contorno era nítido e sólido em comparação com a imprecisão de uma nuvem de chuva. Achei que a nave fosse feita de aço ou metal sólido. Voávamos a umas 425 mph quando nos aproximamos a cerca de 10 milhas, então, o OVNI aparentemente percebeu que estávamos interceptando”, disse ele.
“Era uma noite escura; só podíamos ver uma série de luzes turvas diretamente à frente, semelhante a um navio de cruzeiro no mar. Agora, apenas 5 milhas nos separavam. De repente, o OVNI pareceu ganhar vida, as luzes brilharam intensamente e ele acelerou como no lançamento de um foguete espacial decolando à noite.”
“Vimos muitas luzes brilhantes e a aceleração fantástica, pois ele subiu quase reto e subitamente se foi. Eu soube que essas naves enormes são chamadas de naves-mãe, porque como um porta-aviões elas transportam naves-disco menores.”
“Perguntamos ao Controle de Londres se eles tinham algum lançamento de foguete na região. O Controle de Londres parecia tão desapontado como nós. O controlador disse, ‘Não há lançamento de foguetes naquela área, obrigado pela intercepção, agora você está liberado para retornar a sua missão.’”


O Major George Filer III quando piloto da Força Aérea dos EUA por volta da época que teve seu primeiro encontro com um OVNI (Cortesia do Major George Filer III)
O avião-tanque KB-50J, o Major George Filer III voava na Inglaterra em 1962 quando lhe foi pedido que investigasse um OVNI avistado perto de Oxford e Stonehenge (Cortesia do Major George Filer III)


O avião-tanque KB-50J, o Major George Filer III voava na Inglaterra em 1962 quando lhe foi pedido que investigasse um OVNI avistado perto de Oxford e Stonehenge (Cortesia do Major George Filer III)


Imagem de uma nave-mãe, desta vez com janelas visivelmente claras, fotografada sobre a Ilha Cumberland Rhode em julho de 1967 (Cortesia do Major George Filer III)


Ex-Ministro de Defesa do Canadá reconhece ao menos 4 espécies de ETs na Terra


Paul Hellyer (ex-Ministro da Defesa do Canadá)
((Vídeo atualizado, com legendas..))




O vídeo acima foi gravado na audiência pública sobre a revelação dos ufólogos (UFOs). Esta audiência aconteceu em Washington, nos Estados Unidos, do dia 29 de abril a 3 de maio de 2013. Um dos convidados foi Paul Hellyer, ex-ministro da Defesa do Canadá. Existem alguns trechos importantes nas declarações feitas por Paul Hellyer, que esteve à frente do ministério da defesa canadense por 23 anos, durante três diferentes governos. O site Ipitanga.com traduziu alguns trechos fundamentais das declarações de Paul Hellyer e disponibilizou em matéria publicada nesta segunda (6).O ex-ministro diz que os “UFOs são tão reais quanto os aviões voando sobre as nossas cabeças”. “Esta foi a minha declaração, o que me deu a chance de ser o primeiro líder de primeiro escalão no mundo a fazer esta declaração de uma maneira clara e inequívoca”, afirma Paul Hellyer. Ele continua dizendo que “reconhece ao menos 4 espécies diferentes convivendo conosco neste momento no mundo”. “Há ETs vivos na terra neste momento, e pelo menos dois deles trabalham com o governo dos Estados Unidos”.

O vídeo continua e Paul Hellyer diz que o seu interesse é fazer uma revelação completa, ou pelo menos de 98% dos fatos conhecidos. “Do mesmo modo que as crianças estão preparadas para em algum dia perceberem que há ilusões que não existem, como a fada-do-dente, os adultos que pagam impostos devem ser considerados preparados para entender esta nova realidade de que vivemos num cosmo cheio de vida, o qual compartilhamos com várias outras espécies”, completa. Para ele, o fato de que outras espécies são mais avançadas do que nós [humanos] pode nos exigir humildade, mas pode ser um passo importante para a nossa sobrevivência. “Temos um sistema econômico terrivelmente tolo no ocidente hoje, e o congresso dos Estados Unidos tem parte da responsabilidade por isso, terei prazer em elaborar mais o assunto caso tenham interesse em ouvir”.





Políticos que participaram das Audiências Públicas sobre Abertura afirmam que a sociedade tem o direito de saber



O ex-senador Mike Gravel, no destaque, acusa a Casa Branca de conivência no segredo quanto aos UFOs
Mike Gravel, ex-senador pelo estado do Alasca, Carolyn Kilpatrick, representante pelo estado de Michigan, o ex-ministro da defesa do Canadá Paul Hellyer e o astronauta da missão Apollo 14 Edgar Mitchell estão entre as notáveis figuras públicas que tiveram participação destacada no recente evento citizen Hearing on Disclosure, ou Audiências Públicas sobre Abertura, realizado entre 29 de abril e 03 de maio em Washington.

Gravel, entre outras coisas, disse: "Não sei se são homenzinhos verdes ou púrpura. O que sei é que ao redor do mundo há milhares e milhares de avistamentos. Alguns podem ser alucinações, mas sob cuidadosa investigação, existem casos reais. Existe alguma coisa que não conhecemos lá fora". O ex-senador, que também foi agente do serviço de contra-inteligência, em seus tempos no Congresso norte-americano insistia para que fosse revelada toda a verdade sobre a Guerra do Vietnã. E hoje faz o mesmo a respeito dos fatos sobre os UFOs.

"Sempre me opus, ao longo de minha carreira, ao complexo industrial-militar e ao fato de termos uma cultura de excessivo segredo, o que é um desserviço para o público", disse Gravel. Ele acrescenta: "A Casa Branca tem mantido a verdade sobre a investigação alienígena sobre nosso planeta afastada da sociedade. Assim, quando a própria Casa Branca diz que não sabe de nada, todo mundo que está abaixo na cadeia de comando fica livre para dizer o mesmo".

  
Partes do evento tradução simultânea em Espanhol
  
Em 42:30 minutos de entrevista é importante que o ex-agente da CIA e, em seguida, Linda Moulton intervenções.























 Vamos Apoiar os Filmes de Terror Nacional.



O Gênero terror não é o ponto forte de nossas produções, devido a vários motivos como custo, efeitos visuais e apoio financeiro. O Vídeo abaixo mostra perfeitamente os caminhos para uma maior credibilidade do gênero em nosso país.



Filme - Mangue Negro Completo.




 Saudade de uma boa música



Em tempos onde "leke leke" (se é que se escreve assim) e "senta senta" ganham cada vez mais espaço na mídia, e um Camaro amarelo consegue ganha o prêmio de melhor música, nada como ouvir, nessa sexta feira, músicas de verdade! Compartilho aqui com vocês algumas músicas da minha "paradas de sucesso"






Histórias de OVNIs Mais Estranhas do Mundo


Esta série intitulada "The World's Strangest UFO Stories" rastreia testemunhas e vítimas que acreditam que já experimentou encontros íntimos da espécie alienígena. Documentário examinando os mais misteriosos contos de discos voadores já registrado.

D.S - Histórias de OVNIs Mais Estranhas do Mundo
Especialistas, céticos e ufólogos tentar separar a realidade da ficção, e especular sobre a possibilidade de alienígenas e humanos co-existentes

Episódio 1:
Roswell: A Verdade

Um exame dos fatos que cercam o suposto acidente de UFO no deserto nos arredores de Roswell, Novo México, em 1947. Os teóricos da conspiração afirmam que o incidente 'Area 51' foi o tema de uma grande escala de acobertamento por parte do governo dos EUA.



Episódio 2:
Contatos Imediatos



Episódio 3:
Conspiração Alienígena




Episódio 4:
Os Extraterrestres Chegaram na Escócia



Ufólogos discutir suas teorias de que naves alienígenas tendem a se reunir sobre certas `pontos quentes" em todo o mundo. Eles também perguntar por que os extraterrestres parecem estranhamente interessados ​​na área e em torno de Bonnybridge perto de Falkirk, na Escócia.

Episódio 5:
Os Aliens Construiram as Pirâmides





Episódio 6:
Chupacabras





Fonte dos vídeos: Mrdocumentarios




 A Guerra de logan dublado (completo)