Blog

Blog

26 de mai de 2013

Direto da redação - O seu fim de noite!




 


Mar adoçado com mel
Dia de luz, claro de dia
Misto de mar, terra e céu
Eis o teu nome: Maria.

A essa Maria que passa
Minha oração já compus;
- Maria cheia de Graça?
- Maria cheia de Luz?

Maria Clara, Maria
Maria das Dores, da Conceição
E aquela que eu chamaria
Maria do Coração.
Deus pôs no Céu três Marias

Na mesma constelação
E na noite de meus dias
Eu compondo minhas poesias
Com mais três, no coração.

Por duas Marias erra
Meu viver está no papel
- A que me perde na terra
- A que me salva no Céu!

Ó Maria que eu agora
Junto na mesma quadrinha
- do Céu a Nossa Senhora
- da terra, a Senhora minha.





 A Realidade é uma Matrix - Mecânica Quântica

" Não existe o que chamamos de 'matéria', toda matéria surge e existe apenas em virtude de uma força que leva as partículas de um átomo a vibrar e manter equilibrado esse diminuto sistema solar que é o átomo. Temos de aceitar a existência de uma mente consciente e inteligente por trás dessa força. Essa Mente é a matrix de toda a 'matéria' ”. - Max Planck (1858 - 1947)

" Se você tiver uma consciência do tamanho de uma bola de golfe, quando você ler um livro, terá o entendimento do tamanho de uma bola de golfe, quando você prestar atenção em algo, terá compreensão do tamanho de uma bola de golfe e quando acordar de manha, você terá um despertar do tamanho de uma bola de golfe. Mas se você pudesse expandir sua consciência(E você pode), então você leria um livro com mais entendimento, prestaria atenção com mais compreensão e acordaria mais desperto e consciente. Existe um oceano de pura consciência dentro de cada um de nós, e fica bem na fonte e base da mente, é a fonte do pensamento, e também é a fonte de toda 'matéria' " - David Lynch


Estamos atualmente aprendendo pouco a pouco que a realidade física é um tipo de 'ilusão' coletiva. A Física Quântica veio para nos explicar de forma cientifica e lógica como isso funciona. Basta saber que todo universo é composto por átomos, e os átomos não são sólidos. Os elétrons orbitam em volta do núcleo, mas eles nunca se encostam, assim como você nunca encostou em nada na sua vida, pois os elétrons que orbitam o átomo se repelem, logo o que você sente é nada mais que impulsos elétricos que trafegam em nosso sistema nervoso em direção ao cérebro, que decodifica esses impulsos. Todo esse mundo físico de 3 dimensões(Altura, larguraprofundidade, são 4 se você contar o tempo, não confundir Dimensão com Densidade) é percebido por nossos 5 sentidos, visão, audição, olfato, tato e paladar. A física quântica mostrou que o Tempo e o Espaço são ilusões da percepção desses nossos 5 sentidos. Sendo assim, podemos afirmar que TUDO que ocupa espaço é parte de um código. Nossos corpos são um conglomerado de um conjunto de códigos. Esse conglomerado ou esse conjunto de códigos está contido numa "chave biológica" chamado DNA, o nosso Código Genético.

Como já mencionei em outro post, e falarei mais sobre isso no futuro, dos 64 códons de nosso DNA, apenas 20 estão "desbloqueados", mas isso não quer dizer que não podemos desbloqueá-los. Dependendo de nossos pensamentos, as vibrações geradas podem ativar esses Códons e assim podemos ativar habilidades das quais nos suprimiram. (Pesquise NEXUS)


Cena do filme 'Matrix'


Voltando ao assunto, a "matéria" parece um bom lugar pra começar a estudar o mundo, pois a solidez do mundo parece inquestionável, assim como seu corpo e seu computador parecem ser coisas fixas que você pode ver e tocar, mas o que vem sendo discutido desde os tempos de Einstein com o nascimento da física moderna, os físicos vem nos mostrando que essa solidez é uma miragem.

 O físico nuclear Ernst Rutheford realizou uma experiência em Manchester que revelou a forma interior do Átomo. Os cientistas ficaram surpresos quando descobriram que o átomo é praticamente um espaço vazio. E daí surgiu uma pergunta intrigante para a "razão" da ciência ortodoxa: "Como é possível um átomo vazio formar o mundo sólido que nos rodeia ?"  .
[Veja aqui o Modelo Atômico de Rutheford]
[Veja também o Modelo Atômico de Bohr ]


Toda 'matéria física', ou seja tudo a nossa volta é resultado de uma vibração, uma frequência, isso significa que se você alterar a frequência, a estrutura de matéria também vai mudar. Nós vivemos em um Universo holografico, e em um holograma cada pequena parte é um reflexo do TODO, por exemplo, o átomo e o Sistema Solar, e podemos ainda ir mais além, pois uma galáxia se comporta da mesma maneira. Quanto mais perto do núcleo de uma galáxia, mais Radiação/Luz existe.
Sabemos que no centro de uma galáxia existe um enorme Buraco Negro. Isso nos faz concordar com a teoria de Nassin Haramein, onde no núcleo de cada átomo há uma "mini Buraco Negro". Se lembrarmos que no núcleo do átomo há o Próton e o Nêutron "lutando" para se equilibrarem, percebemos que a Singularidade é o equilíbrio entre as polaridades, ou seja, matéria e antimatéria, vibração e a não vibração ou caos e harmonia.

Toda matéria no universo é "expelida" e "controlada" pelas Singularidades ou Buracos Negros. Desde o nível atômico até o de uma galáxia (ou além), tudo que está "fora" ou em volta de um Buraco Negro, é VIBRAÇÃO. O único lugar que a vibração encontra a não vibração é dentro de uma Singularidade ou Buraco Negro. O espaço que pensamos ser o "vazio" é na verdade um elemento básico para a estrutura perceptível da existência. Ele é maleável e pode ser moldado pela INTENÇÃO. Isso significa que a realidade é então formada pela nossa Consciência. A consciência é a única que cria e modela a realidade individual e coletivamente. Pensamento é vibração, assim como as nossas emoções, é a consciência se manifestando num "caos" criado para gerar experiências. O universo então é um reflexo de nossa consciência coletiva que cria sem cessar, respeitando a fractalidade dos estados vibratórios. Você acha difícil "enxergar" dessa forma? Então pare já de usar apenas o hemisfério esquerdo do cérebro e pensar apenas tangivelmente. Use os dois hemisférios e equilibre suas "crenças". A  sozinha é uma forma de crença imutável e rígida, onde nenhuma nova informação entra. Você se encarcera e inconscientemente não se permite aprender.

Muito se fala da entrada de nosso Sistema Solar no "Cinturão de Fótons" detectado pelos astrônomos desde as décadas de 60 e 70. A extensão desse tal Cinturão é 25 mil vezes maior que a nossa própria galáxia. A medida que nos aproximamos desse Cinturão, a Ressonância de Schumann aumenta de acordo com a Matemática de Fibonacci (1, 1, 2, 3, 5, 8, 13). Se é assim, então em 2012 essa frequência estará nos 13hz. A Cimatica demonstrou que quanto maior a freqüência, mais complexo se torna a matéria. Ou seja, a fisicalidade ou o meio é definido por um padrão que acompanha uma freqüência/energia. Nós estamos passando exatamente por essa experiência. O movimento dos corpos celestes nos dá a chave para entender as mudanças vibratórias que mudam os padrões de existência dentro desse gigantesco holograma vibratório chamado Universo.

Mas devemos estar sempre preparados para enfrentar essas mudanças, e isso me assusta pois mundo está sempre com medo e sempre em disputa uns contra os outros. Enquanto estivermos nesse estado mental, vibraremos na freqüência do Medo, uma freqüência baixa e densa, e esse é o propósito de todo o sistema. A estrutura da sociedade atual é feita pra criar um estado de medo constante, para termos estresse, para nos deixar preocupados quanto ao amanha, nos fazer sentir culpados pelo ontem, e esquecer o AGORA. A psicologia moderna hoje ja sabe(para aqueles que não vivem em caixas) que as únicas emoções que nós sentimos é AMOR ou MEDO, todo resto é derivado desses dois, como a nossa raiva que nada mais é do que um ato de medo, uma sensação de impotência perante uma situação que não se tem 'controle', ou pelo menos a ilusão de controle(que MUITOS vivem hoje). É bom deixar claro que nossas emoções afetam diretamente a estrutura de nosso DNA, que por sua vez afeta diretamente a fisicalidade no mundo ou meio em que estamos assim como a nossa percepção da 'realidade'. Temos que compreender que se você modificar o campo(nossas emoções alteram seu campo eletromagnético, o que os médiuns chamam de 'aura') em que o átomo está, você modifica o átomo, e nós somos feitos desses átomos, portanto quando nós temos pensamentos, e por consequencia sentimentos(ou vice-versa), nós estamos modificando o campo que conecta os átomos que nos compõe, portanto estamos literalmente nos modificando e modificando o ambiente em que vivemos de acordo com nós mesmos.
Fica nítido então, perceber que alguém está manipulando nossa percepção dessa fisicalidade para nos aprisionar num perpetuo estado vibratório. Não querem que entendamos além desse estado, pois assim, recuperamos nossa liberdade. Todos nós devemos tomar muito cuidado com o que pensamos, acreditamos e sentimos, porque a realidade é um holograma controlado pela vibração de sua consciência você está literalmente ajudando a criar o futuro com a sua corrente de pensamentos. Desde o nível sub-átomico a realidade se comporta de acordo com a expectativa do observador(que somos nós), porque o observador é a consciência em sua forma mais pura, e como foi falado antes, é a consciência que molda o universo TODO.

Informação é a chave dessa 'matrix', essa realidade 'ilusoria', a informação cria Fractais(Pesquise Cimatica), se a informação(vibração, frequência) aumenta, o numero de fractais aumentara. Se você pesquisar sobre Fractais e Teoria do Caos, e olhar em termos de sociedade compreenderá a filosofia dos 'Ocultistas' chamada 'ordo ab chao' (ordem vinda do caos), no sentido de que quando o sistema começa a ficar altamente desestabilizado, acontecem re-pradronizações 'aleatórias'(para a fisica atual, mas eu não acredito que nada seja aleatório) que se re-organizarão em maior complexidade. Por isso é necessario para nós TODOS compreender melhor a nossa natureza, a natureza da nossa existencia, do nosso corpo e da nossa essência (que é pura consciência em ultima instância), no momento que você compreender sua natureza, compreenderá muito melhor o porque do mundo ser estruturado da maneira que é. As pessoas não enxergam o que está em baixo de seus narizes porque elas olham pro mundo e aceitam o que elas vêem como realidade, mas elas estão erradas, essa Densidade em que nós vivemos é apenas uma pequena fração de uma frequência de Infinitos campos de frequências, é basicamente como uma TV ou um rádio, quando você muda de canal, o canal que você estava para de ser visto, mas isso não significa que ele deixou de existir, somente você deixou de perceber determinado canal, e o mesmo se aplica para o nosso corpo.
Finalizando... Consciência é a linguagem programadora do universo, e nós somos condutores dessa consciência, é isso que nós somos e isso que nós fazemos, ela emana de dentro de nós, é o ato da consciência que cria tudo que nós percebemos, não conseguiriamos nem sequer imaginar um universo sem nós, porque o ato de observar é o mesmo que criar algo para nós vermos. A compreensão intelectual sobre o assunto não é tão importante quanto a experiencia do mesmo, porque é isso que cria TUDO. Não existe o que nós chamamos de morte, o que existe é a consciência transcendendo as frequências no que chamam de salto quântico na física atual, você perderia seu 'Avatar' mas continuaria existindo como consciência, isso é a negatividade retrocedendo e você entrando em um campo consciência mas você continuaria projetando seu histórico de informações da maneira que você conhecia o universo antes do 'salto'.

"A morte é quando a consciência pára de causar o colapso das possibilidades quânticas em eventos reais da experiência" - Amit Goswami.

Obs: O conceito da física quântica sempre trabalhou com duas premissas: Partícula e Onda. Atualmente sabe-se que na realidade nunca houve partícula, pois o que se postulava que era partícula, é na verdade uma rotação/giro da Onda que gera uma inércia, e essa rotação "junta" a Onda que então se apresenta como "Matéria". Resumindo, tudo é ONDA e a realidade é uma ilusão!


Para melhor compreensão do assunto sugiro o documentário "Quem somos nós?", que reúne varios cientistas e físicos, que explicam de uma maneira simplificada o que o texto acima trata.



Parte 1

Parte 2

Parte 3

Parte 4


Parte 5


Parte 6


Parte 7


Parte 8
Parte 9


Parte 10


Parte 11


Parte 12

 Saiba quem são os 10 primeiros milionários brasileiros do Youtube

Eles não trabalham com estúdios gigantescos, orçamentos ricos ou mesmo crachás. Fazem quase tudo a partir de uma estrutura muito simples de gravação, câmeras acessíveis, boas ideias e, sobretudo, carisma em excesso. 

E com essa receita eles conseguem uma audiência que poucas TVs abertas têm. Conheça quem são esses youtubers “milionários” do Brasil e o que eles sentiram (arrepios, lágrimas, convulsões ou apenas sensação de dever cumprido) quando conseguiram atingir a marca.


1) Felipe Neto


  • 1,717,237 de assinantes
  • Crescimento por dia em assinantes: 9,445 mil
  • Rendimentos: de 5.3 mil a 51 mil dólares por mês

O primeiro milhão…“veio em agosto de 2012, já o segundo em janeiro de 2013. Em ambos os casos, a comemoração foi repleta de gritos abraços no escritório da Parafernalha, mas seguida de muita concentração e foco para que os mais de 3.2 milhões de inscritos continuem curtindo e compartilhando cada novo vídeo publicado. 

Sabemos que rankings e recordes são marcas importantes, mas nos preocupamos mais com o que fazemos e como fazemos do que necessariamente nossa posição em um rankeamento. Criamos conteúdo para o público e enquanto ele estiver do nosso lado, estaremos mais do que felizes, seja com 1 milhão, 10 milhões ou apenas 50 inscritos“, Felipe Neto.


2) Canal Parafernalha


  • 1,560,445 de assinantes

  • Crescimento por dia em assinantes: 12807 mil

  • Rendimento estimado (via SocialBlade): de 11 mil a 102 mil dólares por mês

3) Programa Galo Frito


  • 1,353,352 de assinantes

  • Crescimento por dia em assinantes: 11.821 mil

  • Rendimento estimado (via SocialBlade): de 15 mil a 147 mil dólares por mês

O primeiro milhão…é como quando você toma todas e acorda no outro dia com uma mocréia na sua cama. Inesquecível.“, diz Mederi, um dos autores do canal.


4) Porta dos Fundos


  • 1,125,242 de assinantes

  • Crescimento por dia em assinantes: 14.770 mil

  • Rendimento estimado (via SocialBlade): de 27,9 mil a 261 mil dólares por mês


5) Venom Extreme


  • 1,099,341 de assinantes

  • Crescimento por dia em assinantes: 7.088 mil

  • Rendimento estimado (via SocialBlade): de 11 mil a 105 mil dólares por mês
  
O primeiro milhão…de inscritos que valem mais do que dinheiro SQN =P O canal teve um crescimento gigantesco e com apenas um ano e nove meses conseguimos atingir essa marca épica. Muito obrigado galera pelo apoio e companhia que têm dado, por isso esse momento bacana é de todos nós.“, Eduardo Faria, o VenomExtreme.


6) Oficial Mundo Canibal



  • 1,101,287 de assinantes
  • Crescimento por dia em assinantes: 8.367 mil
  • Rendimento estimado (via SocialBlade): de 6,7 mil a 63 mil dólares por mês

O primeiro milhão… “…quando começamos o site, a internet ainda era discada, não havia espaço para animação adulta brasileira na TV e o humor politicamente incorreto era algo inconcebível em qualquer veículo de massa. Pelo menos o “nosso” humor. Fazíamos animações e vídeos para, primeiro, nos divertir. E divertir nossos amigos. E não é que deu certo? Veio o Avaiana de Pau, Partoba… e veio o Youtube, que multiplicou em milhões as possibilidades. Demoramos para entrar, afinal tínhamos nosso próprio site e achávamos que se replicássemos o conteúdo no YouTube, perderíamos acessos. 


Mas canais piratas e vídeos sem autorização com nosso material chegavam a centenas de milhares de acessos. Resolvemos entrar, ainda que tardiamente: nosso canal não tem nem dois anos! E comemoramos agora 1 milhão de assinantes! Eu, Rodrigo Piologo e Ricardo Piologo. Vivemos um tempo muito bacana, de livre criação e livre disseminação de ideias. Para o bem ou para o mal, isso é inédito na história da humanidade. Todos os sonhos do mundo. Reunidos. Um bilhão de possibilidades. Para o bem ou para o mal“, diz Rogério Vilela.


7) mas poxa vida



  • 1,039,407 assinantes
  • Crescimento por dia em assinantes: 2.239 mil
  • Rendimento estimado (via SocialBlade): de 3,4 mil a 33 mil dólares por mês
O primeiro milhão…vem com o peso de um montão de trabalho, conquistando um por um. Mas não passa de um número bem grande. Ensinou que a corrida é pelo trabalho, e não pelo número (:“, comenta PC Siqueira.



8) randons plays



  • 1,029,183 assinantes
  • Crescimento por dia em assinantes: 5.780 mil
  • Rendimento estimado (via SocialBlade): de 6,9 mil a 66 mil dólares por mês
O primeiro milhão…infelizmente não foi de comer e nem veio em barrar de ouro =/ (Brincadeiras a parte vlw galera). Obviamente, eu não fazia ideia que eu chegaria a esse número no momento que criei o canal, muito menos esperava ir tão longe, grata surpresa eu imagino“, diz Bruno Monark


9) 5incominutos



  • 1,009,608 assinantes
  • Crescimento por dia em assinantes: 6.985 mil
  • Rendimento estimado (via SocialBlade): de 5,7 mil a 54 mil dólares por mês
O primeiro milhão…DE REAIS! Mentira (que pena).  O primeiro milhão de inscritos de muitos , assim eu espero. Meio clichê, mas é o que eu desejo. Eu tô muito feliz e orgulhosa de ter chegado a 1 milhão de inscritos, pois além de poucos canais no Brasil com essa quantidade de fiéis (amém, irmãos?), o que eu fiquei mais feliz é pelo meu canal ser o primeiro onde uma mulher tem esse número grandão aí. Queria agradecer muito a todas as pessoas que se inscreveram e que acompanham meus vídeos, sem elas isso jamais seria possível“, Kéfera Buchmann.  
10) Desce a Letra



  • 1,003,596 assinantes
  • Crescimento por dia em assinantes: 4.575 mil
  • Rendimento estimado (via SocialBlade): de 3,6 mil a 36 mil dólares por mês
O primeiro milhão…é só o começo! A cena youtuber vem crescendo a cada dia e é uma honra poder fazer parte desse grupo, mas ninguém se mantém em destaque sem esforço. Vamos continuar trabalhando!“, Cauê Moura
Checa aí  acima o vídeo do Cauê comemorando seu primeiro milhão...

Reconstruindo a Babilônia


 Wolfgang Priklopil ( O Caso Natascha Kampusch )



Captor de austríaca era violento, diz ex-colega

Wolfgang Priklopil, o seqüestrador da jovem Natascha Kampusch, encontrada na quarta-feira (23/08/2006) perto de Viena depois de oito anos em cativeiro, era um homem considerado como "estranho, tacanho e violento", segundo declarações de um antigo companheiro de trabalho do captor.

Segundo as declarações da fonte [que pediu anonimato], Priklopil era extremamente tacanho, costumava vestir roupas muito velhas e baratas e que se gabava de matar gatos a tiros e depois pendurá-los em árvore".

O ex-colega afirmou que Priklopil era uma pessoa muito estranha e no trabalho, às vezes comentavam que ele deveria ser internado.

Um dia Wolfgang comentou ao ex-colega que tinha se metido no meio de uma briga entre dois grupos de torcedores de futebol e que tinha se divertido quebrando a cara de um jovem estendido no chão.

Em março de 1998, Priklopil seqüestrou Natascha Kampusch, na época com 10 anos, e a manteve presa até esta quarta-feira em um cativeiro sob a garagem de sua casa.

Segundo o ex-colega, ele nunca teve uma namorada e sempre falava muito mal das mulheres.

A polícia não comentou se a menina sofreu abusos sexuais durante o tempo em que foi mantida como refém.

Herança

O suspeito, que se suicidou jogando-se na linha de um trem ao norte de Viena, trabalhou durante três anos, no fim dos anos 80, em uma empresa de telecomunicações que instalava linhas de telefone analógicas em todo o país, antes de ser demitido em 1991.

A fonte consultada contou ainda que Priklopil era extremamente tacanho, e que, por exemplo, nas viagens de trabalho, em vez de consumir as refeições que eram pagas pela empresa, enchia o porta-malas do seu carro com comidas em conserva.

Segundo a fonte, Priklopil trabalhava por expresso desejo de seu pai [já morto], que só lhe pagaria uma milionária herança se ele trabalhasse por pelo menos três anos em um emprego estável.

A herança pode explicar como este homem viveu durante tantos anos sem trabalhar em uma grande casa nos arredores de Viena e com um automóvel de luxo da marca BWM, apreendido ontem pela polícia austríaca.


Wolfgang Priklopil suicidou-se pulando na frente de um trem depois que Natascha, 18 anos, conseguiu escapar, em 23 de agosto de 2006. Ele havia sequestrado a jovem quando ela ia para a escola em 1998, e a manteve trancada em um cubículo debaixo de sua garagem.

"Kampusch chegou com seus tutores ao Instituto de Medicina Legal em Viena ", disse Helmut Greiner, um porta-voz da polícia criminal de Viena.
"Ela ficou alguns minutos sozinha ao lado do caixão para se despedir". A mãe (do sequestrador) estava lá para o funeral".

A polícia disse ter isolado o cemitério durante o funeral para evitar mais do frenesi da mídia que o caso já provocou.

Wolfgang Priklopil foi enterrado em um cemitério ao sul de Viena, mas a localização exata permanece em segredo.
Natascha Kampusch decidiu despedir-se dos restos mortais do homem que a manteve em uma pequena cela por oito anos, antes que a mãe dele o enterrasse sob um falso nome , informou a polícia austríaca.

Amigo do sequestrador conheceu Natascha mas não desconfiou do crime.

Um amigo de Wolfgang Priklopil, o austríaco que sequestrou Natascha Kampusch, deu ontem uma conferência de imprensa para contar que conheceu a jovem este Verão. Contudo, nunca suspeitou tratar-se da menina sequestrada há oito anos.

Estavam os dois à minha espera. Ele apresentou-me a jovem, mas não referiu o seu nome. Apertamos as mãos. Ela disse-me 'Bom Dia'. Pareceu-me simpática e feliz", afirmou, acrescentando ter ficado na dúvida se seria sua namorada ou apenas amiga.

Ernst Holzapfel conhecia o raptor há 20 anos, tiveram negócios juntos, e esteve várias vezes na sua casa nos arredores de Viena, ajudando em obras, mas nunca se apercebeu de nada estranho. Foi a ele a quem Wolfgang Priklopil telefonou antes de se suicidar. "Estava muito alterado. Pediu-me para o ir buscar. Disse que tinha sido apanhado a conduzir com álcool, mas que tinha fugido e estava com medo de ficar sem carta." Só descobriu o que sucedera quando a polícia o abordou pedindo-lhe que reconhecesse Priklopil a partir de uma fotografia. "Foi horrível", recorda.

''Sempre pensei que quando trabalhamos durante anos com uma pessoa a ficamos a conhecer bem... Mas durante todo o tempo, nunca suspeitei de nada", acrescentou.

O testemunho do amigo de Wolfgang Priklopil vem confirmar a tese de que Natascha saiu de casa várias vezes ao longo destes oito anos.

Ontem, a polícia retomou os interrogatórios a Natascha, depois de quatro dias de pausa para a preservar e não a sobrecarregar de perguntas. De acordo com um porta- -voz da polícia judiciária austríaca, o objectivo foi perceber como ocorreu o sequestro e o que se passou naquele dia. A jovem continua a afirmar que Priklopil actuou sozinho, mas há uma testemunha que garante ter visto duas pessoas quando ela foi raptada, no caminho para a escola, em 1998. ( Supostamente esta segunda pessoa seria a prória mãe de Natascha ) !

As buscas na casa continuam e ontem foram recolhidos da cave vídeos e livros que, segundo a polícia, são "inocentes" e não têm conteúdos sexuais. Mas as perguntas sobre como viveu a jovem durante os últimos oito anos continuam quase todas por responder.

As investigações confirmaram que a cave foi construída cinco anos antes de a menina ter sido sequestrada. O que levanta dúvidas sobre se antes dela terão havido outros sequestrados a habitar o espaço. A polícia revistou também o jardim em busca de qualquer tipo de provas enterradas. De acordo com a informação divulgada, terão também sido encontrados vestígios na cama de Priklopil que levantam a suspeita de que uma segunda pessoa terá ali dormido.

Natascha, que está protegida num local não divulgado, continua a recusar contactos com a família - com que apenas falou por telefone - e com os media.
O pai afirmou ontem uma rádio que o sequestrador terá contado à jovem que a família se tinha recusado a pagar o resgate. "Ele queria que lhe desses 940 mil euros e tu recusaste", disse Natascha ao pai, numa conversa telefónica.


( PS: esta nóticia é antiga de 31 de Agosto de 2006
)

Austríaca seqüestrada durante 8 anos escreve carta à imprensa



Cinco dias após fugir de seu seqüestrador, que a manteve em cativeiro por mais de oito anos em um porão nos arredores de Viena (Áustria), Natascha Kampusch, 18, escreveu nesta uma carta dirigida à imprensa e à opinião pública.

O sequestrador, Wolfgang Priklopil, 44, raptou Natascha em 2 de março de 1998 e cometeu suicídio na última quarta-feira (23/08/2006), poucas horas após a fuga de sua vítima.

A carta diz:

"Estimados jornalistas, repórteres, estimada opinião pública! Estou consciente do poderoso impacto que os eventos dos últimos dias provocaram.

Posso facilmente imaginar como estarão comovidos e alarmados com o fato de que algo desse tipo possa ser possível.

Além disso, estou consciente de que demonstram curiosidade sobre mim e que certamente querem saber mais detalhes sobre as condições em que vivi.

Quero lhes assegurar antecipadamente de que não responderei a nenhuma pergunta sobre intimidades ou detalhes pessoais.

Não irei tolerar qualquer tipo de tentativa de atravessar essa fronteira. Aquele que tentar, pode ir se preparando. Cresci como uma jovem menina com interesses na educação e também com necessidades humanas.

O ambiente: o recinto onde vivia estava adequadamente equipado. Era meu e não era destinado a ser mostrado ao público.

A vida diária: Era regulada. Na maioria das vezes havia um café da manhã em conjunto, já que ele quase nunca trabalhava. Eu fazia as tarefas do lar, lia, assistia televisão. Nós conversávamos e eu cozinhava. Foi assim durante anos, sempre com o temor de me deixar sozinha.

Sobre a relação: ele não era meu amo e senhor. Eu era igualmente forte. Ele me mimava e ao mesmo tempo me humilhava. Mas não mandava em mim, e sabia disso. Ele organizou o seqüestro sozinho, tudo já estava preparado. Arrumamos juntos o quarto em que fiquei, que media mais de 1,60 metro de altura. Obviamente, não chorei após fugir.

Não havia motivos para me sentir infeliz. Do meu ponto de vista, sua morte não era necessária. O mundo não teria afundado se o tivessem castigado. Era parte da minha vida. Por isso, de certo modo, me sinto afligida por sua morte.

Naturalmente, minha juventude foi diferente da de muitos outros, mas em princípio não tenho a sensação de que tenha me faltado nada. Fui poupada de uma série de coisas. Não comecei a fumar, nem a beber, e não tive maus amigos.

Mensagem à imprensa: a única coisa que quero da imprensa é que me deixe em paz e que pare de inventar calúnias e faltar com o respeito para com a minha pessoa.

Atualmente me sinto bem onde estou. Mas decidi entrar em contato com minha família apenas por telefone. Eu decidirei por conta própria o momento de falar aos jornalistas.

Sobre minha fuga: quando tive que limpar e passar o aspirador no automóvel, ele se afastou enquanto o aparelho fazia barulho. Essa foi minha oportunidade --simplesmente deixei o aspirador ligado.

Nunca o chamei de 'amo e senhor', embora ele assim o quisesse. Apesar de achar que ele queria [ser chamado assim], não acho que tenha levado isso realmente a sério.

Tenho um advogado de confiança que resolve todos os meus problemas jurídicos. Tenho boa relação com a advogada especializada em juventude, [Monika] Pinterits, que é de minha confiança, com o doutor Friedrich [Max, chefe da clínica universitária para neuropsiquiatria de menores do Hospital Clínico de Viena] e com o doutor Berger [da clínica de psiquiatria de menores].

A equipe do senhor [Johann] Frühstück [chefe das investigações] me tratou muito bem. Envio a eles minhas carinhosas saudações, embora tenham sido um pouco curiosos. Creio que isso faz parte da profissão.

Questões íntimas: todos querem sempre fazer perguntas íntimas, que não dizem respeito a ninguém. Talvez alguma vez as revele a uma terapeuta ou a outra pessoa, se sentir necessidade de fazê-lo, mas talvez não a sinta nunca. A intimidade pertence somente a mim.

Ao senhor H. [amigo de Priklopil, que o transportou em seu veículo pouco antes de o seqüestrador cometer suicídio]: não se sinta culpado. Você não podia fazer nada, Wolfgang [Priklopil] foi o único responsável por decidir se atirar na linha do trem.

Um sentimento de empatia me une à mãe de Wolfgang. Posso imaginar sua situação atual e seus sentimentos. Nós duas pensamos nele. Mas também quero agradecer a todas as pessoas que tanto me acompanham em meu destino.

Por favor, concedam-me um descanso nos próximos dias. O doutor Friedrich explicará tudo com esta nota. Muitas pessoas se ocupam comigo. Peço tempo até que eu mesma possa contar o que ocorreu.

Natascha Kampusch"



Natascha Kampusch



Natascha Kampusch (Viena, 17 de fevereiro de 1988) é uma garota austríaca que foi seqüestrada quando tinha dez anos de idade em 1998, permanecendo sob custódia de seu raptor por mais de oito anos, até sua fuga em 23 de agosto de 2006. O caso foi descrito como um dos mais dramáticos da história criminal da Áustria.
Natascha deixou sua residência no distrito vienense de Donaustadt dia 2 de março de 1998 para ir à escola, mas não voltou para casa. Inicialmente foi levantada a hipótese que o desaparecimento fosse fruto de discussões da criança com sua mãe, Brigitte Sirny. Todavia, testemunhas declararam ter visto Natascha subir num microônibus de cor branca. Intensas buscas foram levadas a cabo em seguida, não obtendo êxito.
Em 2001, um político da região da Estíria, Martin Wabl, acusou a família da menina de cumplicidade no caso. A polícia federal austríaca, entretanto, não encontrou nenhuma prova para tal afirmação.
Em agosto de 2006, Natascha aproveitou-se de um momento de distração de seu seqüestrador para escapar; na fuga, pediu ajuda a uma mulher, que avisou as autoridades. A garota foi identificada por uma cicatriz no corpo, bem como por seu passaporte, deixado no porão do cativeiro, onde ficou, durante todos os anos, em poder do criminoso.
Assim que o raptor, de 44 anos de idade, Wolfgang Priklopil, soube que a polícia o estava buscando, matou-se, saltando na linha de um trem de subúrbio em Viena.
Após a fuga, Natascha recebeu acompanhamento
Psicológico, demonstrando fortes sinais de simpatia e afeto
por seu seqüestrador, o que foi diagnosticado como síndrome de Estocolmo.


Diário

A jovem disse que Priklopil "não era meu dono, apesar de ele querer ser - eu era tão forte quanto ele". Ela disse que "a morte dele não era necessária". "Ele era parte de minha vida, por isso estou de luto, de certa forma". Kampusch está em um local seguro, onde conta com apoio psicológico. A polícia diz que ela não pediu para rever os pais após o breve reencontro que eles tiveram.
Natascha escreveu um diário contando todos os seus momentos no cativeiro subterrâneo, revelou o site do jornal inglês "The Times".
Rupert Leutgeb, porta-voz da família, confirmou que Natascha guardou centenas de páginas com o registro de seu tempo presa no subterrâneo. Ele acrescentou que nenhum detalhe será revelado até que ela decida o que fazer com o diário.


Televisão

Ainda se adaptando à vida em liberdade depois de ter passado mais de oito anos em cativeiro até fugir em 2006, Natascha Kampusch começou no dia 2 de junho de 2008 uma nova carreira como entrevistadora na tevê austríaca. "Natascha Kampusch Conversa..." é a mais recente atração do canal fechado Puls4. O primeiro convidado do novo programa foi o campeão mundial de Fórmula 1 Niki Lauda. O programa é mensal.




Welcome to Priklopil's House



Natascha Kampusch - Das interview



Natascha Kampusch subtitled #1 of latest interview



Natascha Kampusch New TV programme on plus4



Existem vários videos no youtube sobre este caso.

O Índice da Maldade - Seitas do Mal 1 / 6


O Índice da Maldade - Seitas do Mal 2 / 6




O Índice da Maldade - Seitas do Mal 3 / 6




O Índice da Maldade - Seitas do Mal 4 / 6




O Índice da Maldade - Seitas do Mal 5 / 6




O Índice da Maldade - Seitas do Mal 6 / 6






O índice da maldade - Canibais, Vampiros e assassinos que se alimentam de carne humana 1 - 9




O índice da maldade - Canibais, Vampiros e assassinos que se alimentam de carne humana 2 - 9




Assista a este vídeo em uma nova janelao indíce da maldade - Canibais, Vampiros e assassinos que se alimentam de carne humana 3 - 9



O índice da maldade - Canibais, Vampiros e assassinos que se alimentam de carne humana 4 - 9



O índice da maldade - Canibais, Vampiros e assassinos que se alimentam de carne humana 5 - 9





O índice da maldade - Canibais, Vampiros e assassinos que se alimentam de carne humana 6 - 9




O índice da maldade - Canibais, Vampiros e assassinos que se alimentam de carne humana 7 - 9




O índice da maldade - Canibais, Vampiros e assassinos que se alimentam de carne humana 8 - 9




O índice da maldade - Canibais, Vampiros e assassinos que se alimentam de carne humana 9 - 9






O Índice da maldade -Mentirosos, trapaçeiros assassinos manipuladores -parte 1




O Índice da maldade -Mentirosos, trapaçeiros assassinos manipuladores -parte 2




O Índice da maldade -Mentirosos, trapaçeiros assassinos manipuladores -parte 3




O Índice da maldade -Mentirosos, trapaçeiros assassinos manipuladores -parte 4




O Índice da maldade -Mentirosos, trapaçeiros assassinos manipuladores -parte 5




O Índice da maldade -Mentirosos, trapaçeiros assassinos manipuladores -parte 6