Blog

Blog

10 de mai de 2013

Direto da redação - Fique por dentro!




H.A.A.R.P - High Frequency Active Auroral Research Program


É um aparato militar estadunidense localizado em Gakona, Alaska. Supostamente um centro de pesquisas, construído primariamente para estudos da Ionosfera e o controle climático, emitindo ondas de Alta Freqüência (HF). Originalmente financiado por grandes indústrias petrolíferas as mesmas perderam o controle sobre o projeto quando o exército americano tomou o projeto pra si quando descobriu que poderiam utilizar suas capacidade "secundarias". Ironicamente o criador do projeto, Bernard Eastlund, era um dos principais críticos sobre o uso do programa com propósitos militares. Os críticos afirmam que o HAARP pode alterar o clima de várias formas, desde empurrar nuvens carregadas aquecendo a ionosfera, até causar terremotos, tsunamis, acordar vulcões adormecidos, destruir jatos, interceptar mísseis, desativar satélites, interceptar sinais de rádio de uma maneira quase invisível, se não fosse pelos "desenho" que as ondas lançadas na ionosfera criam. Os mesmos "desenhos" que foram vistos antes das tsunamis no Haiti, nos terremotos que ocorreram no Peru, Chile e China e mais recentemente avistados no Japão minutos antes dos tremores. 


imagem
Terremotos e tsunamis causadas pelo HAARP, diferentemente dos acontecimentos naturais não criam um aviso prévio de tremores na crosta terrestre, eles simplesmente acontecem. Exatamente como aconteceu no Haiti, Peru, Chile, China e  Japão. Mas não termina por aí. O potencial do HAARP vai além. Muitos cientistas sugerem que ainda é possivel que as ondas de alta freqüência que as máquinas emitem podem alterar o comportamento humano, deixando os habitantes de certas regiões suscetível a ficarem mais estressados, ou mais calmos. Alguns cientistas que tiveram a oportunidade de estudar o projeto   mais afundo afirmam que é possível até influenciar alguns tipos de pensamentos usando mensagens de som subliminar em alta freqüência. Pode até soar como loucura, mas a física quântica já nos provou que tudo que existe no nosso universo é resultado de uma freqüência, nosso universo é moldado por incontáveis freqüências e é isso que o HAARP faz, ele altera alguns tipos de freqüência. A coisa começa a ficar mais assustadora quando se percebe que um projeto dessa magnitude é secreto e que ninguém além do exercito estadunidense tem a autonomia para entrar ou conhecer o tal aparato militar. E que os cientistas que trabalham atualmente lá, negam a possibilidade do projeto como uma arma, eles negam mesmo, dissimuladamente, coisas que podem ser comprovadas em um laboratório de colégio. Atualmente Rússia e China também estão começando a investir no que a comunidade científica chama de a Arma do Futuro. Com uma capacidade de destruição sem precedentes. Conheça mais sobre esta ameaça assistindo aos vídeos abaixo e cheguem as suas próprias conclusões. 
Segue:

HAARP- Arma climática de produzir Terremotos-Furacões, com Jesse Ventura - Parte1 de 4

 Haarp? Terremoto Chile - Luzes no céu antes do terremoto.

HAARP EXPOSTO! nuvens onda HAARP sobre os céus do Japão - NÃO É UM DESASTRE NATURAL


SALFATE: Conspiración HAARP Terremoto Haití (1/2)



David Icke - O Caminho Para Liberdade


Nesta serie David Icke fala sobre as sociedades secretas ao longo da história humana, e como elas influenciaram e influenciam nossa sociedade até os tempos de hoje.
Explica também como funciona o sistema de chakras, de maneira bem simplificada, e o seu ponto de vista em relação a manipulação energetica que acontece no nosso planeta.
São palestras meio grandes, mas é bem explicada e é muito util para as pessoas que realmente querem entender porque de muitas coisas.
Temos um caminho muito longo pela frente e toda informação é importante, acreditando ou não. manter a mente aberta é um ato de sabedoria.

Parte 1/3 - Legendado


Parte 2/3 - Legendado


Parte 3/3 - Legendado

 Os Chakras


Como vimos AQUI, nós somos vibração. Tudo é vibração, e tudo é impermanente, pois tudo está o tempo todo em movimento. Nossa mente também está movimento, e movimento precisa de harmonia para criar eficiência. Harmonia é ritmo. Assim, afinamos nossa mente como afinamos um instrumento musical, até que ela funcione em harmonia e emita um "som afinado". Perguntem a um audiófilo como deve ser a colocação das caixas de som de um home theater. Os graves ficam melhor se estiverem embaixo, sem concorrência sonora, enquanto os médios e agudos são melhor percebidos se atingirem diretamente o ouvido (direcionados pra linha do ouvido, nem mais alto, nem mais baixo). O conjunto final é harmonioso, completo, pois o TODO (que é a sala) vai estar imerso nas mais diversas faixas sonoras, sem que uma elimine a outra (diversas frequências ocupando o mesmo lugar no espaço, que é mesmo princípio pelo qual temos sobreposto ao nosso corpo físico o corpo Etérico e o Astral).
Assim, aquele que sabe controlar a vibração pode transformar as coisas ao seu redor, ou quem sabe até criar. Toda oração é invocação ou chamado. Toda palavra/som, primeiramente influi no corpo de quem o emite, e só depois alcança seu objetivo externo. É por isso que tudo que desejamos (e pela palavra cristalizamos) para o próximo, a nós mesmos estamos desejando. De toda palavra inútil teremos que prestar conta. Nossa palavra é nossa lei.


Os mantras são palavras ou sons especiais, que se criam por meio do ritmo e da nota-chave de cada pessoa. O nosso íntimo (Atman), de acordo com nossos pensamentos e aspirações puras, pode nos dar a verdadeira pronúncia das palavras "sagradas". O poder magnético da palavra humana é conhecido pelos estudiosos do oculto. Por isso, dar nome a uma pessoa é definir sua vibração magnética exterior, é entregar seu destino a uma ou mais potências ocultas (dar nome a um filho, então, é um ato de extrema responsabilidade, pois é como dar um "selo energético" para toda aquela encarnação da pessoa).



Estudo sober o Perispírito



Chakras e Nádis - Chakra é a denominação sânscrita dada aos centros de força existentes nos corpos espirituais do homem; também são chamados lótus ou rodas. Quando eles estão inativos assemelham-se a rodas; quando despertam, eles tomam a aparência de uma flor (lótus) aberta, irradiante, colorida pela freqüência da energia das pétalas.
Muita gente acha que os chakras são apenas sete, como nos diagramas, mas praticamente cada poro do corpo é correspondente a um chakra no corpo etérico (também chamado de "duplo etérico"). Esses chakras são interligados por uma vastíssima rede de canais, chamados nadis, que por sua vez estão ligados às glândulas endócrinas e orgãos do corpo físico

No Mundaka Upanishad define-se o chakra como o local onde os nádis (que são como veias energeticas do seu corpo astral) se encontram como os raios no cubo de uma roda de carruagem". Os centros são formados pelo encontro destas linhas de força (nádis), do mesmo modo que os plexos, no corpo físico, são formados pelo encontro de nervos.



Nossa mente trabalha com as mais diversas faixas vibratórias (freqüências), até porque nosso corpo foi criado para captar e processar todas essas energias. Esses receptores são os chakras, que só são visíveis por sensitivos (pois ficam no corpo etérico). Eles captam as energias que nos circundam no etérico, astral e mental e, como um transformador, a "convertem" pra um padrão que o corpo possa assimilar.

Os chakras "decodificam" cada um uma certa freqüência de energia (e cada uma delas é necessária ao bom funcionamento do corpo), e o que os clarividentes vêem são cores, numa escala análoga a das notas musicais. Então, por exemplo, o chakra que trabalha com as energias mais densas (Muladhara) fica na parte inferior do corpo, e vibra na cor que podemos perceber como vermelho.

Vejamos todos os chakras principais, da freqüência mais alta até a mais baixa:






Cor - Posição - Nome sânscrito - Relacionado a...

Violeta - Coronário - Sahashara - Fonte, "Eu Compreendo"
Índigo - Frontal - Ajña ou Agnya - Comando, Intenção, "Eu Vejo", 
Azul celeste - Laríngeo - Vishuda - "Purificado", "Eu falo"
Verde - Cardíaco - Anahata - "Inviolável", "Eu Amo"
Amarelo - Plexo solar - Manipura ou Nabh - Ação, "Poder", "Eu Faço"
Laranja - Umbilical - Swadsthana - "Morada do Prazer", "Eu Sinto"
Vermelho - Base da coluna - Muladhara - Raiz/Base, "Eu Sou"




Explicação do  prof. Wagner Borges sobre o "Corpo Astral":
No corpo físico há órgãos especializados para cada sentido: os olhos, para ver; os ouvidos, para ouvir; e assim por diante. No campo astral, entretanto, não é esse o caso. As partículas do corpo astral estão fluindo e girando constantemente, como as da água fervente: em conseqüência, não há partículas especiais que permaneçam continuamente em qualquer dos Chakras. Pelo contrário, todas as partículas do corpo astral passam através de cada um dos Chakras. Cada Chakra tem a função de despertar um certo poder de resposta nas partículas que fluem nele; um dos Chakras faz isso com o poder da visão, outro com a audição, e assim por diante. Conseqüentemente, nenhum dos sentidos astrais está, estritamente falando, localizado ou confinado a qualquer parte do corpo astral. É, antes, o conjunto das partículas do corpo astral que possui o poder de resposta. Um homem que desenvolveu visão astral usa portanto qualquer parte da matéria de seu corpo astral para ver, e assim pode ver igualmente os objetos que estão à frente, atrás, acima, abaixo e de ambos lados. O mesmo se dá com todos os outros sentidos. Em outras palavras: os sentidos astrais estão ativos em todas as partes do corpo. Não é fácil descrever o substituto da linguagem por meio do qual as idéias são astralmente comunicadas. O som, no sentido comum da palavra, não é possível no mundo astral - não é possível, aliás, mesmo na parte mais alta do mundo físico. Não seria correto dizer que a linguagem do mundo astral é a transferência de pensamento: o máximo que se poderia dizer é que se trata da transferência de pensamento formulada de maneira particular. No mundo mental, um pensamento é  instantaneamente transmitido à mente de outro sem qualquer forma de palavras; portanto, nesse mundo, a linguagem não é o que importa, absolutamente. Mas a comunicação astral fica, por assim dizer, a meio caminho entre a transferência de pensamento do mundo mental e a fala concreta do mundo físico, ainda é necessário formular em palavras o pensamento. Para esse intercâmbio é necessário, portanto, que as duas partes tenham uma linguagem em comum.


Abaixo o vídeo "Os Chakras Iluminados", de Anodea Judith, legendado em português:

Parte 1



Parte 2


Parte 3


Sexualidade Humana - Instintos Sexuais 

                        





Os instintos sexuais humanos é geralmente ignorado, pouco estudado, e deixado de lado. Esse assunto é um “tabu”, por que as pessoas num geral tem crenças religiosas profundas sobre o assunto, a religião se mete completamente na questão, ditando o que seja “certo” e “errado”. Essa questão foi uma preocupação enorme, central, básica para todos os lideres religiosos, [e ainda o é], que então elaboraram uma tonelada de leis e conceitos para “tentar” controlar e frear essa necessidade fisiológica básica do ser humano. O Sexo não é “sujo”, nem “pecaminoso”, apenas tem de ser apreciado com moderação. Mas numa época onde não havia anticoncepcionais, nem camisinha, nem testes de DNA, dá para entender o por que de tanta PSICOSE dos lideres religiosos nessa área.

Nesse documentário do canal por assinatura o Discovery Channel, a ciência desvenda parte dos “mistérios” envolvendo a natureza dos instintos sexuais humanos, o que explica muita coisa, que os dois gêneros vivem questionando, um sobre o outro. Entenda então seus próprios impulsos, fique ciente deles, e se for o caso, pare de segui-los cegamente, já que instintos puramente animais não fazem sentido dentro do gênero humano, que é racional e consciente sobre si mesmo. Muitos dos aspectos instintivos são altamente prejudiciais se seguidos dentro do gênero humano, como é o caso do ciúmes, da excessiva negação feminina ao simples prazer, pelo prazer. Da excessiva necessidade de sexo dos homens, etc...


Você, se ver e entender, todo o documentário vai concluir que está sendo feito de idiota, como um joguete, pelos impulsos sexuais que são meramente animal. Como ser humano racional e ciente de si mesmo, deveria saber identificar esses impulsos e decidir, conscientemente se deve segui-los ou não, se são lógicos ou não. As mulheres, por exemplo, seguem o instinto de serem seletivas, de se “preservarem”, numa época que existe ANTICONCEPCIONAIS, de todos os tipos, desde camisinha, até, injeções, pílulas, implantes como o DIU [dispositivo intrauterino], etc... tem lógica então elas deixarem de transar com um homem, só por que esse não é o “macho ideal”? E daí se ele não é o macho ideal? Não vai ter filhos com ele de qualquer modo, então qual o problema?

Do mesmo jeito entre os homens tem o instinto de que a fêmea é “dele”, que nenhum outro macho pode tocá-la. Por que? Simplesmente por uma questão de “garantir que os filhos que ela gerar seja dele, e não de outros machos”, mas se existe os anticoncepcionais, por que da neurose?... Entende? NÃO TEM LÓGICA! Seguir os instintos cegamente é PURA INSANIDADE! Não concorda? Veja o DOC inteiro e decida se tenho razão ou não...

Por que das fotos? Por que a Gente GOSTA! E MUITO!