Blog

Blog

19 de mai de 2013

Direto da redação - O seu fim de noite!



 

 
Mar adoçado com mel
Dia de luz, claro de dia
Misto de mar, terra e céu
Eis o teu nome: Maria.

A essa Maria que passa
Minha oração já compus;
- Maria cheia de Graça?
- Maria cheia de Luz?

Maria Clara, Maria
Maria das Dores, da Conceição
E aquela que eu chamaria
Maria do Coração.

Deus pôs no Céu três Marias 
Na mesma constelação
E na noite de meus dias
Eu compondo minhas poesias
Com mais três, no coração.

Por duas Marias erra
Meu viver está no papel
- A que me perde na terra
- A que me salva no Céu!

Ó Maria que eu agora
Junto na mesma quadrinha
- do Céu a Nossa Senhora
- da terra, a Senhora minha.



O Livro Perdido de Enki – Um Deus Anunnaki, por Zecharia Sitchin



O Livro Perdido de Enki – Um Deus Anunnaki, por Zecharia Sitchin

Certamente este áudio, que chegou até nosso conhecimento através do site 2012profeciasdofimdomundo, irá desencadear uma enorme controversa no blog. Porém, como faz parte da proposta de nosso tema principal, o publicamos aqui para sua apreciação e comentário.

Aparentemente o áudio todo é composto de 16 partes, mas, até agora, somente duas delas estão publicadas no YouTube.






DNA de humanoide achado no Chile é humano



Múmia atraiu curiosidade porque tinha apenas 15 centímetros.



Filme lançado esta semana afasta rumor de que seria um alienígena.



  

Um teste de DNA feito no corpo mumificado de um humanoide de 15 centímetros mostrou que ele se trata de um ser humano, e não de um alienígena, como alguns ufólogos acreditavam ser possível.
O resultado foi apresentado por um documentário lançado na noite de segunda-feira (22) nos Estados Unidos. “Sirius” era um filme aguardado com ansiedade pela comunidade ufóloga, que pode ter ficado decepcionada com as conclusões científicas.
O “humanoide do Atacama” foi encontrado na cidade de La Noria, no norte do Chile, em 2003. Seu tamanho muito pequeno chamou a atenção de ufólogos, que acreditavam que poderia ser de outro planeta.
A curiosidade motivou a produção do filme. Entre outras investigações relacionadas à ufologia, o documentário levou a pequena múmia para análises de DNA em um laboratório da Universidade de Stanford, no estado americano da Califórnia.

“Posso dizer com absoluta certeza que não é um macaco. É um humano – mais próximo aos humanos que aos chimpanzés. Viveu até entre seis e oito anos. Obviamente, respirava, comia, metabolizava. A questão é saber o tamanho que ele tinha quando nasceu”, afirmou Garry Nolan, chefe da equipe responsável pela experiência, citado por reportagem do site “Huffington Post”.
Agora, Nolan pretende se aprofundar nas pesquisas para saber mais sobre a múmia, principalmente para entender por que essa criança era tão pequena. Por enquanto, ele afirmou que o ser tem traços dos indígenas da região e provavelmente viveu no século passado. Mais informações devem ser fornecidas em um artigo científico a ser publicado no futuro. 







O que é isso? Camera de vídeo flagra suposta abdução mal sucedida em rodovia na alemanha. Atualizado - Desvendado o Mistério


Vídeo no youtube, mostra canal de tv PNC Breaking News, noticiando sobre uma suposta "luz misteriosa" que aparece sobre um caminhão em uma estrada, tentando levantá-lo, causando um acidente grave.

Isso teria ocorrido em uma rodovia na Alemanha.

Ao que parece, os "caras lá de cima", tentaram fazer uma abução das grandes, mas sem sucesso.


Vejam a o vídeo: Para legendas clique em legendas, no canto direito.




Estou pesquisando e parece que tudo se trada de uma cena de um próximo filme do THOR..alguém está querendo promover o filme..to pesquisando mais por aqui.


Desvendando o mistério:


Este vídeo é falso. Não há tal coisa como canal PNC Breaking News. PNC é um banco. 
O CGI no vídeo é mais provável Adobe After Effects. O tráfego e acidentes imagens são só filme. O filme com as pessoas falando são atores adicionados com efeitos sonoros para dar depth.The equipamento grande e as pessoas caminhando por aí que estão claramente CGI
Do canal TheREALforeverone no youtube.


Vejam outro que mostra uma frase escrita THOR Odyssey que mostra que o video faz parte de uma cena de um filme.




Ainda bem que a gente escreve "suposta",.."parece"..rs coisas do tipo.

De qualquer forma, desculpem o equivoco, está corrido por aqui, estamos nos preparativos da minha festa de aniversário.


Agradeço a amiga Maria Madalena do facebook, que ajudou nesta tarefa desvendando o mistério.



Já o vídeo abaixo da Fox News, mostra luzes estranhas nos céus de Detroit.





Documentários sobre OVNI´s nazistas e as operações clandestinas pós-Segunda Grande Guerra 

DOCUMENTOS ANTIGOS E RECÉM DESCOBERTOS REVELAM: HÁ UMA ESTREITA LIGAÇÃO ENTRE O FENÔMENO UFO, INICIADO NA CULTURA OCIDENTAL APÓS O FIM DA SEGUNDA GUERRA MUNDIAL, E A CIÊNCIA OCULTISTA NAZISTA.
Dois vídeos com a mesma temática: como os alemães conseguiram chegar ao nível de sofisticação tecnológica, descoberta pelos aliados, após a queda de Berlim, em 1945? Estariam sendo ajudados por extraterrestres? Seria a ciência ocultista do nazismo a “fonte” real de seu desenvolvimento tecnológico assombroso? Por que os americanos e soviéticos levaram centenas, talvez milhares, de cientistas para seus respectivos centros acadêmicos e desenvolvimento tecnológico bélico? O que escondem os governos do mundo e da nação mais poderosa do planeta, os EUA? Assista os seguintes documentários e emita a sua opinião quanto ao assunto: afinal, o ocultismo nazista atraiu OVNI´s? Era a tecnologia por trás do avanço tecnológico-militar que experimento a Alemanha de origem terrena?? Se sim, qual ou quais sua(s) origem(ns). É o que estes dois documentários tentam desvendar. Mesclando reconstituições, análise de arquivos, entrevistas com oficiais (russos e americanos), o fenômeno OVNI e uma suposta conexão nazista emerge, trazendo ainda mais mistério àquele que é um dos pontos históricos mais intrigantes do século passado: a sombria e mal explicada ascensão tecnológica da Alemanha nos dias de Hitler.

Documentário: “Ovni Nazista”
Documentário russo: “O Terceiro Reich: Operação OVNI”.

ARTISTAS ILLUMINATI: PSY- UM LIXO ILLUMINATI EXPOSTO

Esquizofrenia – O transtorno do funcionamento cerebral

        

Bom galera, esse post não deixa de ser bizarro. Nós faz perceber de que como uma minúscula coisa pode afetar toda nossa maneira de viver e de estar. Esse assunto foi dica do leitor Anderson.Portugal.

Só queria lembrar que eu não sou perito no assunto, se tiver algo errado, por favor, podem me corrigir nos comentários Mais uma coisa: É ÓBVIO que o texto não é meu, pesquisei em vários sites que falavam a respeito e fiz  uma mistureba tentando deixar bem claro para o entendimento de vocês.

O que é?


A esquizofrenia foi descrita como doença no final do século XIX, nessa época ela era conhecida como demência precoce, pois seus sintomas se assemelhavam a idosos portadores de demência (Alzheimer). No inicio do século XX o termo passou a se chamar como é conhecida hoje(esquizo=cindida; frenia=mente)
nota: cindida= separar;cortar.
A esquizofrenia acomete cerca de 1% da população mundial, independente da cultura, condição sócio-econômica ou etnia.

Quem possui?


Nos homens, o início é mais precoce do que nas mulheres, geralmente entre os 15 e 25 anos de idade, enquanto as mulheres adoecem mais tardiamente, entre os 25 e 35 anos. Não se sabe ao certo o motivo, mas há a implicação de fatores hormonais e da diferença do desenvolvimento cerebral relacionado ao sexo. Mas esse fato não é uma regra.
A esquizofrenia atinge uma parcela significativa da população em idade produtiva, sendo, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), a terceira doença que mais afeta a qualidade de vida da população entre 15 e 44 anos. A doença já foi a causa mais frequente de internação hospitalar. No Brasil estima-se que haja em torno de 2 milhões de pessoas portadoras de esquizofrenia.

Qual é a causa?


A esquizofrenia tem causa multifatorial. É associada ao conjunto de fatores genéticos e do ambiente que ainda não são muito bem conhecidos. Apesar de já existir o conhecimento da hereditariedade da doença desde o século passado esse fator não parece ser o determinante, pois é muito comum pais que apresentam a doença tenham filhos que não a tenham. Hoje se tem o conhecimento de que a genética é responsável por 50% da chance de adoecer e a outra metade é por fatores ambientais.

Nota2: Um exemplo de como o meio influencia é a maconha. Algumas pessoas, que possuem determinado gene realacionado à doença, tem até 5 vezes mais risco de desenvolve la se usarem maconha aos 15 anos. O ambiente, neste caso, pode fazer a diferença entre a pessoa ficar ou não ficar doente, dependendo do uso da droga.

O modelo que reúne fatores genéticos e ambientais é teórico e, embora reúna muitas evidências científicas, ainda não é a conclusão definitiva sobre a origem da doença.

De acordo com esse modelo uma pessoa só desenvolve a esquizofrenia se houver um ambiente influenciando junto  com a genética, o que tornaria o individuo biologicamente vulnerável ao transtorno. Seria como se um individuo com maior carga genética, por exemplo, adoecesse com insultos ambientais mais brandos enquanto um individuo com menor carga genética para a doença precisasse de um insulto mais forte. É daqui que vem as diferentes formas da doença se manisfestar.

Os fatores ambientais de risco interferem em processos do desenvolvimento e maturação cerebral, ativando genes de susceptibilidade (Disposição especial do organismo para acusar influências exercidas sobre ele ou para adquirir doenças) para a esquizofrenia e causando alterações cerebrais sutis, como a desconexão entre neurônios. Esta é a base para que disfunções cognitivas e sintomas positivos e negativos da esquizofrenia se desenvolvam.

Nota3Disfunções cognitivas são formas de pensar distorcidas da realidade, padronizadas pelos eventos da vida.

Seria como se o cérebro possuísse vários curto-circuitos e tivesse maior dificuldade para trocar informações entre si, gerando erros no processamento e limitações cognitivas e emocionais. Isso explica, em parte, a vulnerabilidade dos pacientes ao estresse e sua dificuldade para lidar com situações que geram maior sobrecarga.

Como evolui?


A evolução ou prognóstico da esquizofrenia é tão variável quanto à própria doença. Existem pacientes que têm apenas uma crise, que retomam suas atividades e que permanecem com sintomas que pouco interferem com sua vida. Há outros que perdem mais com a crise e têm maior dificuldade para retomar seus compromissos e são mais dependentes de supervisão e apoio. E existem aqueles com um curso mais grave, muitas recaídas e menor autonomia.
A ciência ainda não descobriu todas as explicações para essas diferenças. Sabe-se que um maior número de recaídas compromete muito a evolução e as possibilidades de recuperação a longo prazo. Para cada crise, estima-se que o paciente leve de 6 a 12 meses para recuperar o nível anterior de funcionamento. Portanto, a prevenção de recaídas, através de um tratamento regular e abrangente que contemple as esferas bio-psico-sociais do indivíduo e de sua família, é fundamental.

Como tratar:

a) Medicações


Os antipsicóticos, também conhecidos como neurolépticos, são os medicamentos utilizados no tratamento da esquizofrenia. São assim chamados por possuírem efeito calmante (neuro=nervo; lepsis=apreensão) e por combaterem sintomas como delírios, alucinações, comportamento desorganizado e agitado. Eles atuam sobre um neurotransmissor (substância química responsável pela transmissão dos estímulos entre os neurônios) chamado dopamina, cujo excesso provoca os sintomas positivos e desorganizados da esquizofrenia. Bloqueando canais receptores de dopamina nos neurônios, eles evitam que o excesso da substância atinja as células nervosas, reequilibrando o sistema de neurotransmissão. Esse efeito é essencial para a duração do efeito antipsicótico por longo prazo. O efeito terapêutico pode demorar de 4 a 8 semanas, embora alguma melhora do comportamento já possa ser percebida nos primeiros dias de tratamento. É fundamental que nesse período a medicação seja administrada de forma regular. O tratamento de manutenção não é menos importante, pois é capaz de evitar futuras recaídas e precisa ser mantido mesmo que a crise aguda tenha sido contornada. É comum o abandono do tratamento nessa fase, por acreditar estar curado, o que deixa a pessoa vulnerável a uma nova crise.

b) Reabilitação


Os sintomas negativos e cognitivos, obstáculos para que muitos possam viver uma vida produtiva e independente, mudaram pouco com os medicamentos atuais. O tratamento psicossocial, também conhecido como reabilitação psicossocial, procura melhorar esses sintomas e resgatar a autonomia, a individualidade e a capacidade de socialização e relacionamento dessas pessoas, através de oficinas terapêuticas que misturam arte, leitura, trabalhos manuais, música, dança, teatro, atividades físicas, reflexões e debates sobre a doença. O programa deve ser individualizado, levando-se em conta o potencial e as limitações de cada um.

c) A internação


A internação continua sendo hoje necessária em alguns casos, mas a grande maioria não precisa dela para seu tratamento. Internações prolongadas, como as que eram praticadas antigamente, em que o paciente ficava por meses ou anos internado, mostraram ser prejudiciais a longo prazo para a doença e seus portadores. A falta de estímulos para uma vida produtiva, a rotina manicomial, o distanciamento da família, a escassez de relações afetivas, enfim, o isolamento da sociedade e do mundo, tornavam os pacientes mais retraídos e apáticos, permitindo que os sintomas negativos da esquizofrenia se cornificassem. O retorno ao lar ficava mais difícil à medida que o tempo de internação se prolongava. Muitos pacientes relutavam em deixar os hospitais com medo da realidade distante que encontrariam lá fora. A hospitalização é necessária quando se esgotam os recursos ambulatoriais para tratamento e quando o paciente oferece risco à sua vida ou à sua integridade. A internação visa garantir o início do tratamento, abrandar os sintomas mais agudos e as alterações de comportamento que estão colocando-o em risco. A duração da internação deve ser a menor necessária para que as suas motivações sejam controladas. A família deve estar presente a todo o momento para evitar que esse período signifique uma ruptura nas suas relações, já que, na maioria dos casos, a internação é cercada de conflitos de ambas as partes.

Comentários pessoal: 

Muitos e muitos e muitos filmes de terror dão a entender que o “mocinho” é esquizofrênico. Raro, porém, são quando eles citam o termo, mas dão todas as características de um doente com tal enfermidade. Pelo o que eu reparei isso ocorre mais em filmes de demônio, não sei se isso é reflexo de uma sociedade (desde os tempos mais antigos) na qual a igreja fala/falava que pessoas com esse problema teriam que buscar à Deus, pois ela estava com demônio no corpo. Bom, é uma teoria a se seguir, pois eu mesma não acredito que um filme não seja baseado num pensamento universal ou até mesmo de um determinado local.

Abaixo segue alguns vídeo que achei interessante:

Esse primeiro é um episodio de Policia 24 h. No vídeo o cara diz que vai se matar.  A conversa dele com o outro clara é bem interessante .

Esse segundo mostra uma mulher tendo um surto enquanto aguarda a chegada dos bombeiros. O fato aconteceu em Porto Velho. O mais surpreendente é ver nos comentários do vídeo pessoas falando que a mulher precisa de um padre e uma igreja.

O último vídeo mostra pacientes no ano de 1940 -corrigido- (se eu não me engano, perdoem-me se eu estiver enganada). O vídeo é assustadoramente assustador, sério.  Assista e verá:

Esse vídeo que está mais completo e tem até a segunda parte:

PARTE 1

PARTE 2

Por último quero deixar umas imagens ANTIGAS. O fato ocorreu em 2005 e as informações que eu tenho são que a jovem (24 anos) cometeu suicídio saltando do quarto andar dentro de um shopping na Indonésia. Ela já havia tentando se matar mais duas outras vezes.

Estado Paranormal: Somos seis demônios [Série do Biography Channel] 

Investigadores paranormais vão a casa de mulher onde sua filha fez sessão espírita e atraiu para si uma entidade demoníaca com cabeça de bode. Precisam recorrer à ajuda espiritual e um padre para fazer um exorcismo, após descobrirem estar lidando com uma legião de demônios(citados como demonio Baal, Belzebu, liliti. Em português, parte 2 de 5..

Obs: me parece que foi estuprada pelo demonio ou algum tipo de relação sexual com o anjo caído aos 5:20
PARTE 1


PARTE 2


PARTE 3

E o feitiço vira contra o feiticeiro…(TENHAM EXTREMO CUIDADO, VÍDEO COM CENAS FORTES E VIOLÊNCIA!)

E aí,  meus amados leitores. Como prometido, trago-lhes mais sangue informação, sangue realidade, E DEEPWEBIANDO. A fonte não dizia muita coisa, mas dizia o suficiente. 

O felizardo (vítima) era, nada mais, nada menos do que um dos comandantes dos Los Zetas (pra quem nunca ouviu falar [acho muito difícil], trata-se de um dos maiores cartéis de drogas do México, se não, o maior), conhecido como El Bebe, e teria sido pego por membros do Cartel Del Golfo (como o próprio nome já diz, outro cartel de drogas. Dhããããã). Pois bem, como disse o título (em outras palavras), dessa vez, o torturador foi o torturado. E a galera fez o trabalho direitinho com ele: Lhe deram cacetadas, choques, lhe cortaram uma orelha e, praticamente, o fizeram degustar a mesma. E como Grand Finale, o agraciaram arrancando aquele depósito de merda que  ele carregava acima do pescoço, também intitulado de cabeça por alguns.






 Realidade visível - Universo Onda - Ovnis


A maioria das pessoas nem faz idéia de como funciona o olho humano. Sendo assim, não conseguem compreender como enxergam o que estão supostamente enxergando. Então vamos primeiro entender como é que o olho humano "VÊ" o que definimos de realidade.








Pra quem sempre diz: "Só acredito naquilo que vejo", pode ficar bem surpreso se soubesse o quanto nossos olhos são limitados.



O olho humano "vê" uma pequenina faixa do Espéctro de frequência da luz. Apenas entre 400 a 700 nanômetros. Cada frequência dessa faixa de radiação da qual chamamos de luz, identificamos o que chamamos de cores (cores do arco íris).



O olho então é um orgão que "capta"  uma parte das ondas eletromagnéticas do espéctro de frequência da Luz. O espectro eletromagnético é o intervalo completo da radiação eletromagnética, que contém desde as ondas de rádio, as microondas, o infravermelho, a luz visível, os raios ultravioleta, os raios X, até aos radiação gama.

Certo! Estamos entendidos que de fato, o que diz a física quântica, todo o universo não passa de uma grande "SOPA de Frequências". Então o que vemos não passa de uma "ONDA Eletromagnética" em um determinado estado. Por tanto, se você não VÊ algo, não quer dizer que não exista, mas simplesmente que você NÃO é capaz de detectar tal coisa/onda/frequência. Os olhos são de fato, uma ferramenta do nosso Traje humano, cuja o qual, como qualquer ferramenta, possui suas limitações.

Compreendendo esse fato, fica mais fácil entender que realmente, a Realidade é uma ilusão!

Agora que já entendemos o que "VEMOS", quero ilustrar com casos que ocorreram e nunca foram resolvidos numa "ótica" mais abrangente.

O Caso Campeche:




Conclusão do casoimagens veiculadas, que os aparentes globos registrados pelo infravermelho nada mais eram que os imensos queimadores do complexo petrolífero de Cantarrel, localizado perto da Baía de Campeche. A câmera captou o forte calor proveniente das plataformas de perfuração, difíceis de enxergar a olho nu na altitude em que os pilotos se encontravam. O movimento aparente dos ufos era devido a uma ilusão de óptica criada pelo fato da aeronave estar em movimento, bem como as nuvens.

Caso do Chile:




O famoso caso dos Ovnis sobre o Brasil em 1986






Veja que o Brigadeiro da aeronáutica afirma o evento, mas não tem explicação para o mesmo: 


Link em alta qualidade: http://www.youtube.com/watch?v=jWwRW9BCU2A&feature=related

Temos o famoso caso chamado de "Operação Prato", também no Brasil:

Temos o caso dos famosos "Foo Fighters" (bolas de luz) avistadas nas 2 guerras mundiais:





Veja esse vídeo feito pelo STS-80 da NASA:



 Faixa de Buracos - Rastro de Veiculo ET no solo de Nazca no Peru - Band of Holes




Mas vamos falar nesse artigo sobre o que foi apelidado de “Band of Holes” [Faixa de Buracos], são milhares e milhares de buracos feitos na encosta de um monte num vale perto da cidade de Pisco, no Peru chamado Cajamarquilla.



Faixa de Buracos no Peru

Esses buracos é como se fosse uma impressão de veiculo, tipo uma máquina, trator, ou robô que passou por ali há muito tempo atrás. Não há exatamente uma datação especifica que conte a idade dessas impressões, mas certamente tem milhares de anos.


São tão antigos quanto as Linhas de Nazca. Todos os buracos são exatamente do mesmo tamanho, com a mesma profundidade, variando pouco. É realmente como se fosse impressões feitas por esteiras de um trator, ou veiculo parecido que passou por ali.



Assim com as esteiras de um trator fazem marcas no solo, a "faixa de buracos" do vale Cajamarquilla parecem ser marcas de um veiculo muito grande e pesado, similar há um trator

Mas os incas possuíam Tratores há milhares de anos atrás? Está é uma prova sem paralelos que coloca os pseudocéticos numa situação realmente muito difícil. 


O tal veiculo que passou por ali devia ser enorme, e muito pesado. No mínimo o tamanho de uma casa de classe média. Andou pelo solo pedregoso e desértico por 1,450 quilômetros [um quilometro e 450 metros] o diâmetro da faixa é de 20 metros e ele fez cerca de 6 mil e 900 orifícios no solo de pedra.


Marcas no solo pedregoso se entendem por um 

quilometro e 450 metros


Pessoas andam em meio aos orifícios misteriosos no solo do Peru

Sua origem remonta aos tempos antigos e permanecem um mistério muito similar com os suas vizinhas, as Linhas de Nazca e a cidade de Machu Picchu. Mesmo a população local [descendentes dos incas] não sabem quem fez a 'Faixa' e por que. Eles mesmos não sabiam que era uma “Faixa”, só ficaram sabendo quando aviões fotografaram do Céu.


A “Faixa”, vista do chão

Esse mesmo povo não sabe dizer quem fez as Linhas de Nazca, só sabem que é um lugar “sagrado”, onde os deuses um dia pisaram. É muito obvio que se trata de marcas feitas por um veiculo. Agora que veiculo era esse e de quem era... só podemos especular que se trata de visitas de extraterrestres.

Pois tanto as Linhas de Nazca como a “Faixa de Buracos” estão ali desde antes dos Incas surgirem (já que seus descendentes não sabem dizer quem as fez). Então faz mais de 3 mil anos... Quer ver a Faixa de Buracos pelo Google Earth? Não sabe o que é isso? [Clique Aqui]

Aqui estão as especificações exatas, ache você mesmo no Google Earth as marcas do veiculo extraterrestre no solo da cordilheira dos Andes:

[Dica: Pesquise inicialmente no Goolge Earth por "Pisco, Peru"]





Galeria de Fotos - A Faixa de Buracos

Notem, os buracos são exatamente iguais e basicamente com a mesma profundidade e largura, feito então por algum tipo de pneu ou esteira tipo de trator, por veiculo desconhecido


Usando o Google Earth podemos ver a faixa a partir do espaço, clique na imagem para ampliá-la


Nessa sem o destaque com cor [Obs.clique nas imagens para vê-las ampliadas]

O local exato onde a faixa fica no mapa, use o Google Earth e veja por si mesmo


Ruínas de uma cidade próxima, certamente uma cidade inca que por causa das Linhas de Nazca e da "Faixa" se estabeleceram ali, afinal era um lugar onde os deuses estiveram


Aqui ruínas de Machu Picchu, com o pode ver são bem similares




Visão mais ampla de onde a faixa de encontra, note que tem plantações próxima


A Faixa feita por veiculo dos "deuses"



Mais de 1 Quilômetro e 450 metros


E eis os responsáveis pelas marcas! Esses Ets... nem para dar uma ajudinha aqui em baixo! Poderiam, sei lá, deixar aqui uma maquina de fazer ouro... 

 Globo Repórter - Alienígenas: Quando o Tema Era Tratado Com Seriedade

Estes programas foram exibidos na Globo pelo então, programa Globo Repórter na década de setenta, também virou assunto na de noveta. Indo ao ar pela emissora de mesmo nome: destacando o fenômeno dos "objetos voadores não identificados".

Programa Globo Repórter

Para relembrar, quando as emissoras de "TVs" ainda contava com a verdade das notícias; que as englobavam com conteúdo de extrema qualidade para a época. O tema eram os fenômenos que envolviam as pessoas que se diziam abduzidas, contatadas e outras que também viam  "discos voadores" que hoje podemos chamamos de OVNIs.

Pena que hoje! Quando alguma coisa é registrada, logo surgem os apresentadores engaçadinos que não perdem tempo, dando o parecer que são treinados para caçoarem e tiram uma choacota (zombado) dos que tiveram a oportunidade de presenciar um avistamentos, envolvendo tais objetos não identificados nos nossos céus.

Globo Repórter - Contatos Imediatos

Primeiro de dois programas Globo Repórter totalmente dedicados aos discos voadores, exibido em 10/09/1993 pela TV Globo.

Neste segundo bloco temos as participações e depoimentos de Lourival Macedo, Ademar J. Gevaerd, Claudeir Covo, Antonio Zucarelli, Rose Rago, Leni Ferreira, Marco Antonio Petit e Mike Rogers. Dentre várias ocorrências clássicas da ufologia é destacada a abdução de Travis Walton(Snowflake, Arizona, EUA) e entrevista com Budd Hopkins, autor do livro Intruders. Reportagem de Domingos Meirelles, Hermano Henning e apresentação de Celso Freitas.





Segundo de dois programas Globo Repórter totalmente dedicados aos discos voadores, exibido em 17/09/1993 pela TV Globo. Neste primeiro bloco temos as participações e depoimentos de Gilda Moura, Luciano Stancka e Budd Hopkins, com destaque para o caso Hermínio e Bianca (Karran). Reportagem de Domingos Meirelles, Hermano Henning e apresentação de Celso Freitas.





Neste terceiro e último bloco o repórter Hermano Henning entrevista Richard Hoagland sobre a Esfinge de Marte, formação rochosa fotografada em 1976 pela sonda Viking na planície de Cydonia.




Globo Repórter

A Ameaça do Espaço (1976)

Áudio do programa Globo Repórter, exibido pela Rede Globo em 1976, apresentando casos de pessoas que tiveram contato com os discos voadores e seus tripulantes, como o motorista Benedito Miranda (Itaperuna, RJ, 1971); o peão de fazenda Inácio de Souza (Crixás, GO, 1967); o soldado José Antonio da Silva (Bebedouro,MG,1969) e uma menina curada do mal de chagas após um contato. O programa apresenta ainda matéria sôbre supostos restos de um OVNI visto na Argentina e a tipologia dos ufonautas organizada por Jader Pereira. Apresentação de Sérgio Chapelin.

Veja ou melhor escute o áudio na voz de Sérgio Chapelin:



Fonte dos vídeos: Nelsonpinta



 Deus, O universo e todo o resto

Documentário com três das maiores mentes científicas da nossa geração se encontram para uma pequena conversa. Como seria ouvir Stephen Hawking, Carl Sagan, e Arthur C. Clarke falar sobre suas respectivas especialidades dentro da ciência?

Deus, O Universo e Todo o Resto

Pois em 1988, em algum lugar na Inglaterra, esses homens se reuniram para uma pequena discussão.

O programa foi apresentado por Magnus Magnusson, Hawking, Sagan (via videoconferência direto da Universidade de Cornell, NY) e Arthur C. Clarke se juntam para discutir coisas como a grande teoria unificadora, o big-bang, tempo imaginário, conjunto de Mandelbrot, buracos negros, inteligência extraterrestre, Marte, Deus e outros temas.
Vale ressaltar que por ser de 1988, o tempo e a tecnologia deixaram essa entrevista duas décadas no passado. Mas vale o registro histórico e a nostalgia de ver eles falarem ainda sobre o lançamento do Hubble, e que temos um vagueador em Marte.

Em 1988 Carl Sagan (via satélite), Arthur C. Clarke e Stephen Hawking conversando por quase uma hora, com título de God, the Universe and Everything Else (Deus, o Universo e Todo o Resto). Esta conversa aconteceu na Inglaterra, onde se discutiu sobre a teoria do Big Bang, Deus, a nossa existência, bem como a possibilidade de vida extraterrestre - fonte texto aqui.

Quem são eles?

Carl Sagan: Foi um cientista, astrônomo, astrofísico, cosmólogo, escritor e divulgador científico norte-americano. Sagan é autor de mais de 600 publicações científicas, e também autor de mais de 20 livros de ciência e ficção científica.

Arthur C. Clarke: Foi um escritor e inventor britânico, autor de obras de divulgação científica e de ficção científica como o conto The Sentinel, que que deu origem ao filme 2001: Uma Odisséia no Espaço e o premiado Encontro com Rama.

Stephen Hawking: É um físico teórico e cosmólogo britânico e um dos mais consagrados cientistas da atualidade.
Assista e ative a legenda para o portugûes:






Fonte do vídeo: JoseGabr1el




NAMORADA DE ALUGUEL - Dublado