Blog

Blog

7 de mai de 2013

O Mistério de Baalbek - Sobrenatural - Full HD

                    

Em Baalbek, uma pequena cidade no meio das montanhas Libanesas no Vale de Beqaa numa região montanhosa e de difícil acesso, e localizada a cerca de 200 quilômetros do litoral, ali naquele lugar totalmente inadequado e até inóspito e sem grandes atrativos funcionais e estruturais, foi construído uma plataforma gigante, que tem um paredão que serve como muro de contenção... Esse paredão tem cerca de 15 metros de altura (nada de mais não é mesmo? Mas continue lendo...). Para construir essa plataforma, e o paredão os responsáveis pela obra utilizaram blocos de pedra gigantes com uma media de 300 até 500 toneladas (não existe um consenso entre as pessoas quanto ao peso exato desses blocos) cada um esculpido no granito sólido (um dos minerais mais duros que existem) e o que é pior! Há mais de 11 Mil anos atrás! Como pode?

O Super muro de Baalbek, e seus super blocos os Trilithons, notem que tem um homem de tamanho médio no fim da foto na parte de baixo

Mas esse inusitado é ainda pior, pois, dentre as centenas de blocos gigantes tem quadro em particular que são simplesmente imensos, os maiores blocos de pedra já talhados na historia, em todo o planeta! Cada um deles tem cerca de 20 metros de comprimento por 3 há 4 metros de altura, [um é maior ainda, a estimativa é de ser até o dobro dos outros] cortados com perfeição; eles se encaixam tão precisamente que não é possível colocar nem mesmo uma folha de sulfite entre os blocos. Esse paredão, que foi necessário para formar um vasto terraço acima dele, é algo muito parecido com as Pirâmides de Gizé pois é - "Igualmente imenso, igualmente sofisticado, igualmente perfeito e igualmente impossível de ser imitado(igualado) hoje em dia; mesmo com todos os avanços tecnológicos que temos a nossa disposição" -

Notem nessa foto o tamanho Super gigante dos Blocos Trilithons,na parte de cima são duas pessoas vejam só como parecem minúsculos diante dos blocos esculpidos no granito sólido

Mas se fomos analisar melhor o assunto vamos perceber que esse Super paredão é ainda mais surpreendente. Pois o maior bloco de pedra que existe no complexo de Gizé tem “apenas” 250 toneladas e fica em um dos templos que circunda a Esfinge. O maior bloco de pedra até agora identificado que existe nas Pirâmides propriamente ditas tem cerca de 70 toneladas, ele é feito de Granito maciço e pode ser visto na câmara do Rei na Pirâmide de “Quéops” (eu coloquei entre parênteses por que na verdade o verdadeiro nome dessa Pirâmide é Alnitak, mas isso é outra historia, vamos falar agora só de Baalbek...)

O Super Bloco de Baalbek, ele é chamado pelos árabes de Hajar el Gouble, ou Pedra do Sul ou ainda de "Pedra da Mulher gravida"

A Grande Pirâmide de Quéops (Alnitak), maior bloco já identificado até hoje tem"apenas" 70 Toneladas, ele é de granito maciço

Mas é um nanico (me refiro ao bloco na câmara do Rei) perto dos Super blocos de Baalbek, pois mesmo os menores nesse paredão tem 300 toneladas em media (ou 500 segundo algumas pessoas) e os maiores ultrapassam as 700 toneladas (os 3 Trilithon) e para ficar ainda mais incrível (se é que isso tudo já não basta-se) tem ainda um outro super bloco ainda maior que ficou “abandonado” na presumível pedreira de onde os outros saíram. Trata-se do maior bloco de pedra já talhado em todo o planeta.


Terraço feito com super blocos de granito solido, cada um uma média de 700 toneladas, até 1.200 toneladas 

Desenho em escala que mostra o tamanho super gigante do paredão de Baalbek

Aqui a paredão de Baalbek e seus super blocos os 3 Trilithon

Mesmo nas maiores pedreiras modernas os blocos cortados com esse tamanho não permanecem assim por muito tempo, pois os meios disponíveis atualmente para mover um colosso dessa natureza é muito complicado, difícil e caro... o Maximo que uma das maiores gruas (Guindastes fixos que ficam plantados no chão) dessas pedreiras consegue levantar é 200 toneladas, mas mesmo assim é exigir muito do aparelho, o certo mesmo é não forçar e só levantar com ela blocos de 100 toneladas. Muito recentemente tem sido inventado gruas super gigantes que conseguem suportar 2.000, 3.000 toneladas, mas elas só são usadas em grandes construções modernas (Prédios, Shopping Centers, Pontes, etc...) nas pedreiras elas são desnecessárias pois... O que adianta talhar um super bloco de mil toneladas se o transporte dele da pedreira até a obra é um verdadeiro pesadelo? Melhor talhar blocos de menor peso (como 100 toneladas em media ) que podem ser carregados por caminhões, algo muito mais pratico e barato. Essas super gruas que suportam pesos de mais de mil toneladas são gigantes. Possuem até 150 metros de altura e são feitas do mais duro aço ou fibras de carbono, poderosos motores movem as imensas roldanas que enrola ou desenrola cabos de aço de dezenas de toneladas que levantam esses pesos titânicos. Isso tudo deixa claro como é difícil levantar pesos semelhantes aos super blocos de Baalbek, e ai fica a pergunta    - "Os antigos tinham todos esses recursos a mais de 3 mil anos atrás? Se tinham então por que se perdeu?" -



O bloco principal, chamada pelos árabes de Hajar el Gouble, ou Pedra do Sul ou ainda “A pedra da mulher grávida"
nas maiores Existe ainda os métodos de deslocação de prédios e casas inventados há poucas décadas atrás (esses prédios e casas são colocados em caminhões gigantes e especialmente preparados e seguem por terra até o destino) mas esses métodos são moderníssimos e exigem meses e meses de planejamento. E depois na execução dos deslocamentos o nível de dificuldade é enorme e no caso de Baalbek impossível pois o local e bem montanhoso e escarpado, seria necessário fazer grandes modificações no terreno e construir uma sólida e larga estrada que deveria atravessar os muitos morros no caminho entre a pedreira e a obra (cerca de um quilometro e meio, isso claro segundo as medições a partir do lugar que “Presume-se” ser a pedreira de onde saíram os blocos titânicos). Morros esses que teriam que ser removidos do caminho de tal estrada, método que certamente não foi usado no passado pois os montes continuam lá ... e mais! Esse método de deslocação exige o emprego de tratores, caminhões, guindastes, cabos de aço, vigas de aço, britadeiras potentes, etc... Será que os antigos há mais de 3 mil anos tinham todos esses recursos?

Região de Baalbek, montanhoso e de difícil acesso

Cortar e esculpir blocos de granito puro é uma arte também bem recente e mesmo assim exige muita sofisticação e aparelhos muito modernos com serras de ponta de diamante e motores poderosos para fazer essas serras se moverem para de fato conseguirem cortar e trabalhar esse muito duro mineral (granito). Deixa-los então perfeitamente talhados e lisos como os de Baalbek para um encaixe perfeito é ainda mais difícil e complicado. Mas há mais de 3 mil anos atrás pessoas  usando de métodos desconhecidos e ainda mais sofisticados que os atualmente conhecidos; esculpiram e moveram blocos de pedra tão grandes como os Trilithon (700 Toneladas no mínimo) e os encaixaram há dezenas de metros do chão naquele paredão com muita perícia e precisão.

O Terreno a volta do paredão é montanhoso e acidentado (como já dito) na região não existem vestígios de estradas, rampas ou outras obras de terra que poderiam, nem que fosse remotamente, sugerir que esses megalíticos foram arrastados ou empurrados até o local da obra no alto do monte. A pedreira de onde se especula que foram extraídos os super blocos fica num nível mais baixo do que o paredão (como pode-se ver nas fotos) e lá na “Pedreira” (coloquei em parênteses por que não se pode dizer com muita certeza que realmente aquilo ali é uma pedreira, será que não é um piso destruído e desconfigurado? Uma continuação da construção original? Até onde eu sei essa possibilidade não pode ser descartada...).

Tem um bloco ainda maior igualmente esculpido no granito puro. Incrível mesmo não é? Tal super construção logicamente causou especulações das mais diversas ordens, tanto no passado como mais recentemente. No passado as pessoas, assim como hoje em dia, não sabiam quem haviam sido os originais construtores de tal obra monumental; e especularam mil e uma estórias para tentar explicar a existência de tal obra. São contos sobre Gigantes, deuses Babilônicos e personagens da Bíblia Judaica (primeiro testamento), cada cultura da região puxou a “Sardinha” para o seu lado e se apossaram da grande obra para justificar as suas crenças. Mas o que há de mais concreto sobre o assunto?


Baalbek, Super Blocos esculpidos com perfeição a mais de 3 mil anos