Blog

Blog

17 de ago de 2013

Direto da redação - O seu fim de noite!




Lúcio Flávio


O bandido que queria ser padre



Ele nasceu em uma família de classe média, e com muitos bens. Seu pai foi amigo do então presidente da República Juscelino Kubitschek. Bonitão, podia ter sido ator, e certamente faria sucesso nas telas, principalmente com a mulherada. Seu QI foi avaliado em mais de 130, ou seja, era inteligente acima da média dos mortais. Ainda pequeno, dizia para a mãe que ao crescer queria ser padre, talvez político, mas sua preferência era a igreja. Provavelmente, em algum momento da vida se viu em um altar, orientado os fies em uma bela homilia, vestindo uma batina branca. O sonho não se realizou, e o rapaz que tinha tudo para ser um exemplo, se tornou um dos bandidos mais perigosos do Rio de Janeiro.


Seu nome era Lúcio Flávio Vilar Lyrio. Na década de 70, Lúcio Flávio, como se tornou conhecido, foi o precursor dos assaltos a banco e fugas espetaculares, trinta e duas ao todo. Da sua quadrilha, faziam parte seu irmão, Nijini, e seu cunhado, Fernando C.O. Respondeu a mais de quinhentos inquéritos policiais. Sua vida de crimes foi registrada em livro por José Louzeiro, "Lúcio Flávio, o passageiro da agonia" (Ed. Civilização Brasileira, 1976), e depois um premiado filme, (quatro Kikitos de Ouro), estrelado por Reginaldo Farias e Lady Francisco, e dirigido por Hector Babenco.
Durante sua vida criminosa, Lúcio Flávio foi perseguido por um policial que também ficou famoso: Mariel Mariscot de Mattos, ou Mariel Mariscot, como ficou conhecido. A trajetória de Mariel foi oposta a de Lúcio Flávio. Com três anos sua família pobre foi tentar a vida na Bahia, e lá seu pai faleceu precocemente. Sua mãe conheceu um sargento do exército, e com ele casou, retornando ao Rio de Janeiro e indo morar no subúrbio de Bangu. Depois de deixar a Brigada Paraquedista, onde serviu, o jovem Mariel tornou-se salva-vidas, sendo campeão de natação. Logo depois, entrou para a Polícia Civil. O menino pobre que tinha quase tudo para não dar certo na vida, encontrou o caminho do sucesso. O destemido Mariel, tinha um sonho: morar em Copacabana, e deixar o subúrbio de vez. E conseguiu. Nas horas vagas, mesmo lotado na delegacia de Bangú, Mariel ajudava na 13ª DP, e ficou conhecido como o Ringo de Copacabana (Ringo, era um personagem de filmes de faroeste, de muito sucesso na época). Sua fama cresceu, quando portando duas pistolas 45, matou um assaltante. Namorou atrizes, e socialites.
Quando foi preso em Minas Gerais, Lúcio Flávio, acusou Mariel de ser seu sócio forçado. Parte do roubo era destinado a ele. Ao ser entrevistado, Lúcio Flávio proferiu uma frase que se tornaria famosa: "Bandido é bandido, polícia é polícia. São como água e azeite. Não podem se misturar." Mariel morreu metralhado no centro do Rio de Janeiro em 1981. Tinha 40 anos. Lúcio Flávio morreu esfaqueado na prisão. Tinha 31 anos.








 Evidências - Seria Jesus um Plágio?


O programa “Evidências” da TVNovo Tempo, o vídeo debate a alegação de críticos e escritores entre outros, quando relatam as teorias sobre Jesus nos mitos e uma mescla de fatos acontecidos na história. Baseando-se em registros de tempos antigos.

O programa retrata bem as famosas conspirações dos nossos dias:
O vídeo é bem explicativo e de uma forma inteligente, por quem  entende e sabe como explessar os fatos: quando o assunto é histórico e polêmico, num tema que mexe e remexe a nossa história de um jeito que, como é citado fica até difícil de montarmos este “quebra-cabeça” da nossa história tão confusa para nós.”
Sinopse:
Você já ouviu falar de teoria da Conspiração?
Provavelmente sim, senão, pelo menos já viu algumas de suas propagandas em documentários, revistas, e, principalmente, a Internet os teóricos da conspiração amam assustar o povo com ideias factoides de uma ameaça iminente que os governos querem esconder, mas que todos deveriam saber para salvar suas vidas.
Alguns no entanto teriam descoberto a trama e agora correm para alertar a humanidade.


Assista:


Fonte do vídeo: Evidencias NT

 Platão - O Mito da Caverna

Este é "O Mito da Caverna ou Alegoria da Caverna", foi escrito pelo filósofo Platão e está contido em “A República”, no livro VII. Na alegoria narra-se o diálogo de Sócrates com Glauco e Adimato. É um dos textos mais lidos no mundo filosófico.



O Mito da Caverna
Platão utilizou a linguagem mítica para mostrar o quanto os cidadãos estavam presos a certas crendices e superstições. Para lembrar, apresento uma forma reelaborada do mito. A história narra a vida de alguns homens que nasceram e cresceram dentro de uma caverna e ficavam voltados para o fundo dela.
Ali contemplavam uma réstia de luz que refletia sombras no fundo da parede. Esse era o seu mundo. Certo dia, um dos habitantes resolveu voltar-se para o lado de fora da caverna e logo ficou cego devido à claridade da luz. E, aos poucos, vislumbrou outro mundo com natureza, cores, “imagens” diferentes do que estava acostumado a “ver”. Voltou para a caverna para narrar o fato aos seus amigos, mas eles não acreditaram nele e revoltados com a “mentira” o mataram.

Com essa alegoria, Platão divide o mundo em duas realidades: a sensível, que se percebe pelos sentidos, e a inteligível (o mundo das ideias). O primeiro é o mundo da imperfeição e o segundo encontraria toda a verdade possível para o homem. Assim o ser humano deveria procurar o mundo da verdade para que consiga atingir o bem maior para sua vida. Em nossos dias, muitas são as cavernas em que nos envolvemos e pensamos ser a realidade absoluta.

Quando aplicada em sala de aula, tal alegoria resulta em boas reflexões. A tendência é a elaboração de reflexões aplicadas a diversas situações do cotidiano, em que o mundo sensível (a caverna) é comparado às situações como o uso de drogas, manipulação dos meios de comunicação e do sistema capitalista, desrespeito aos direitos humanos, à política, etc. Ao materializar e contextualizar o entendimento desse mito é possível debater sobre o resgate de valores como família, amizade, direitos humanos, solidariedade e honestidade, que podem aparecer como reflexões do mundo ideal.

É perfeitamente possível relacionar a filosofia platônica, sobretudo o mito da caverna, com nossa realidade atual. A partir desta leitura, é possível fazer uma reflexão extremamente proveitosa e resgatar valores de extrema importância para a Filosofia. Além disso, ajuda na formulação do senso crítico e é um ótimo exercício de interpretação de texto. A relevância e atualidade do mito não surpreende: muitas informações denunciam a alienação humana, criam realidades paralelas e alheias. Mas até quando alguns escolherão o fundo da caverna? Será que é uma pré-disposição ao engano ou puro comodismo? O Mito da Caverna é um convite permanente à reflexão - Liberte-se da Matrix Reptiliana.

Assista:


Fonte dos vídeos: RodrigoFreire


Numerologia ocultista na execução com injeção letal do 3º réu hispânico este ano no Texas - Coincidência?



Foto de arquivo mostra a frente da penitenciária de Hunstville, onde Jesse Hernández foi executado. Foto: EFE

Foto de arquivo mostra a frente da penitenciária de Hunstville, onde Jesse Hernández 
foi executado

Foto: EFE


O Estado do Texas executou nesta quarta-feira com uma injeção letal o réu Jesse Hernández, o terceiro hispânico neste ano, condenado à pena de morte pelo assassinato de um bebê em Dallas, em 2001. "Digam a meu filho que o amo muito", disse Hernández antes de ser executado. "Deus abençoe a todos. Continuem caminhando com Deus, 'Go Cowboys' (em referência ao time de futebol americano de Dallas)", acrescentou o condenado, que agradeceu a sua família e amigos.


Às 18h18 (hora local, 21h18 de Brasília), dez minutos depois de receber a injeção, Hernández foi declarado morto pelas autoridades estaduais que cumpriram a sentença depois de a Corte Suprema dos EUA rejeitar uma apelação de última hora. Das seis execuções que o Departamento de Justiça Criminal do Texas tinha previstas para os primeiros três meses de 2012, três eram de réus de origem hispânica.



O primeiro a ser executado foi Rodrigo Hernández, de 38 anos e nascido em Zavala, Texas, e cuja sentença foi cumprida em 26 de janeiro por assassinato, em 1994.



Esta lista pode aumentar caso os juízes de distrito fixem data de execução a outros réus.


Condenados a Pena de Morte no Texas

Na maioria das cidades, a morte não tem hora para chegar. Mas para uma média de 16 pessoas por ano, esta data é marcada prematuramente. São datas, nas quais, alguém será executado por injeção letal na pequena cidade de Huntsville. O documentário entrevista três presidiários que estão no corredor da morte e cujas datas de execução se aproximam. O documentário também acompanha a história de seus familiares e amigos, pessoas que lidam com a morte em primeira mão. O documentário não fala de culpa ou inocência, mas como a pena de morte é conduzida pelo estado do Texas, abordando homens e mulheres que por opção ou circunstância se tornaram peças no ato de executar outro ser humano. O programa também retrata como os moradores de Huntsville se sentem em relação a viver em uma cidade que é o marco zero da pena de morte nos Estados Unidos.




Nota: Algumas coincidências na notícia a serem notadas. O réu em questão Rodrigo Hernández, foi condenado a morte 11 anos depois do crime. 

A data da execução: 28/03/2012 ou 2+8+0+3+2+0+1+2=18 ou 1+8=9

Horário da execução: as 18:18 do horário local. (18h:18 ou 1+8=9 e 1+8=9 ou 9+9=18
por fim 1+8=9.

O réu tinha 38 anos, ou 3+8= 11

Engraçado como os números 11 e 9 aparecerem tanto, logo eles que são os mais cultuados pelos ocultistas, mera coincidência né?


A Imundície..os abortos e o trono de Moloch

moloque
O retorno do infanticídio, do aborto e da eutanásia, e a perseguição anticristã: o velho paganismo retorna à sociedade, com a sede de sangue inocente típica de seus velhos e falsos deuses.

O altar do deus cananita Moloch possuía a estátua de um bezerro de bronze com uma fornalha em seu ventre onde, em honra à divindade, as mães depositavam seus próprios filhos. Para amenizar o horror dessas mães, os sacerdotes cuidavam para  que as trombetas fossem tocadas bem alto afim de que não se ouvisse o choro infernal das crianças sacrificadas.
Este tipo de prática religiosa era também comum entre fenícios, amonitas e até entre os primeiros romanos, mas o cristianismo os fez aparentemente desaparecer. Por séculos, a prática do infanticídio permaneceu vista como expressão do próprio mal. O paganismo dos cátaros, a despeito de uma fé cega no transcendente, trouxe de volta o pesadelo do aborto e do suicídio como solução para a salvação em Cristo, em uma tentativa de transfigurar a fé cristã em seu oposto.
Hoje vemos por todo lado a defesa do aborto e do infanticídio (o “aborto pós-natal”), como método contraceptivo ou como meio de seleção artificial do seres humanos mediante a constatação de deformidade ou enfermidade incurável. Com isso, buscam escolher quem deve nascer a partir de critérios de valoração baseados em um sofrimento indesejável, como se houvesse sofrimentos desejáveis.
O paganismo é algo que subjaz na ideia do aborto, tal como o sacrifício de bebês era inerente ao culto a Moloch. A diferença da fé dos primeiros pagãos para com a dos últimos está no objeto adorado. E no caso presente, temos a chamada comunidade médica ou científica, mas podemos ampliar o rol de sacerdotes até alcançarmos os intelectuais do controle populacional, do planejamento familiar, etc. O derramamento de sangue inocente continua sendo a solução para aplacar sofrimentos humanos, tal como no paganismo primitivo. O trono de Moloch, portanto, permanece vivo como a chama de uma fornalha que é alimentada com sangue, com carne viva.
O mesmo cristianismo que substituiu as práticas a Moloch, tal como a tantos deuses pagãos na Antiguidade, é aquele que agora é atacado globalmente, justamente pelos filhos daquele que necessita de alimento, adoração e sacrifícios, e que aguarda nos altares secretos, montados em clínicas de aborto por toda a parte. É a revanche do paganismo cuja crueldade não foi capaz de vencer a misericórdia do novo mundo cristão que se tornou real.
Vingadas as suas perdas, pretendem eles estabelecerem um reino pagão, assemelhado ao que as Nações Unidas chamam de comunidade internacional, para o qual luta ardentemente uma tal United Religions Initiative, visando a emancipação de velhas crenças hoje periféricas, e que elevará o culto a Moloch finalmente ao status de religiosidade legítima.
Cristian Derosa é jornalista

Culto a Moloch: Sacrifícios e Abortos Criança, Bohemian Grove, rituais satânicos.

  

Acione o CC para o português

Nota: Eu quero dizer a você meu caro leitor, que desde eu entendi o que é a graça de Deus o Verdadeiro Pai de Amor, eu simplesmente me enojei daquela estória no antigo testamento, de que era preciso sacrificar animais para remissão de pecados. Deus o pai de Amor jamais se agradou dessa nojeira sanguinária, isso foi inventado por deuses pagãos, essa cambada de ETs como ENLIL (JEOVA) que vivia querendo o ouro a prata, o sangue de bodes e ovelhas e etc etc..além da adoração forçada das pessoas através do medo.


Quando se descobre a verdade sobre a nobre missão de Jesus/Yeshua, se tem noção do tamanho do engano que o mundo se encontrava e se encontra, ele mesmo foi que disse aos Judeus que eram filhos de Deus (O Jeovah): 

João 8:39 Responderam-lhe: Nosso pai é Abraão. Disse-lhes Jesus: Se sois filhos de Abraão, fazei as obras de Abraão.
João 8:40 Mas agora procurais matar-me, a mim que vos falei a verdade que de Deus ouvi; isso Abraão não fez.
João 8:41 Vós fazeis as obras de vosso pai. Replicaram-lhe eles: Nós não somos nascidos de prostituição; temos um Pai, que é Deus.(Jeovah)
João 8:42 Respondeu-lhes Jesus: Se Deus (O Verdadeiro Pai de Amor)  fosse o vosso Pai, vós me amaríeis, porque eu saí e vim de Deus; pois não vim de mim mesmo, mas ele me enviou.
João 8:43 Por que não compreendeis a minha linguagem? é porque não podeis ouvir a minha palavra.
João 8:44 Vós tendes por pai o Diabo, e quereis satisfazer os desejos de vosso pai; ele é homicida desde o princípio, e nunca se firmou na verdade, porque nele não há verdade; quando ele profere mentira, fala do que lhe é próprio; porque é mentiroso, e pai da mentira.


É hora de despertar para a verdade, Jeovah é deus pagão, não é pai de Jesus/Yeshua, verbo revelado, luz da verdade, que já existia antes de tudo.
Jeovah, esse Diabo Alienígena falso deus, com toda sua corja (soldados aliens, e outros híbridos) vive a milênios escravizando, cegando, roubando, matando e destruindo a humanidade, sempre foi assim, ou porque que você acha que a bíblia afirma que "o mundo jaz no malígno?"
Vem ai a libertação de todo esse engano, vem aí O FIEL E VERDADEIRO, aquele que vai dar cabo do Diabo e suas ostes, com Satanás o Dragão (Alien Draconiano) e suas bestas, e todos os demais que não se firmaram na verdade, nem guardaram o testemunho de fé de Jesus.

Depoimentos da guerra civil brasileira - Vídeos denunciam o massacre de Pinheirinho


No dia 22 de janeiro, a Polícia Militar de São Paulo (PMSP) e a Guarda Civil Metropolitana (GCM) da cidade de São José dos Campos, no estado de São Paulo, invadiram a ocupação conhecida como Pinheirinho para cumprir uma ordem de reintegração de posse expedida pela justiça estadual. A violenta desocupação da comunidade ficou conhecida como “Massacre do Pinheirinho” após demonstração de violência e brutalidade por parte das forças policiais na expulsão e intimidação dos moradores despejados em meio a uma imensa confusão judicial.

Mulheres com crianças no colo deixam suas casas com o fogo das barricadas atrás. Foto de RDTEIXEIRA para o blog Vírus Planetário, sob licença CC

O terreno do Pinheirinho, ocupado há 8 anos e onde vivem mais de 1500 famílias, ou algo entre 6 e 9 mil pessoas, pertence à massa falida do especulador libanês 
Naji Nahas e de sua empresa, Selecta. Nahas, que já chegou a ser preso pela Polícia Federal por crimes financeiros, passou a proprietário do terreno no início dos anos 80 embora não exista informação sobre como foi feito o processo de aquisição após o assassinato nunca solucionado dos antigos donos, em 1969.

O governo de São Paulo havia exigido a reintegração de posse em meados de janeiro e várias 
idas e vindas na justiça transformaram o caso numa grande confusão com o governo federal disposto acomprar e regularizar o terreno, mas com a prefeitura e o governo de São Paulo se recusando a cumprir o acordo.

Porém a ordem para a reintegração de posse do terreno foi 
suspensa quando o governo estadual e federal entraram em acordo para abrir uma janela de negociação de 15 dias para que a prefeitura local pudesse decidir se iria em frente com a reintegração ou transformava o terreno de mais de um milhão de metros quadrados em área de interesse social, passando então a titularidade para os moradores, em geral trabalhadores pobres e suas famílias.


Tropa de choque em posição de ataque. Foto do perfil @PinheirinhoSJC. Uso livre

acordo, porém, foi descumprido e, sem nenhum aviso, a PM chegou ao local com um efetivo perto de 2 mil policiais fortemente armados, além de um número ignorado de Guardas Civis para desocupar o terreno. Como era de se esperar, houve resistência.



Mortos e Feridos

Não há confirmação oficial sobre o número de mortos ou de feridos. Por um lado a Polícia Militar e a Secretaria de Comunicação da Prefeitura de São José dos Campos informa que são poucos os feridos e não há nenhum morto, mas as diversas imagens comprovam que ao menos o número de feridos é elevado. A Agência de Notícias das Favelas apontou em 7 o número de mortos, ao passo que a OAB da cidade fala em vários mortos, inclusive crianças., e moradores chegaram a aventar entre 3 e 4 mortos ao longo do dia 22 de janeiro.


http://pt.globalvoicesonline.org/2012/01/24/brasil-pinheirinho-massacre/ 


Lembremos, para sempre, Pinheirinho. Num país em que a desmemória é tanto uma política oficial de Estado como uma espécie de requisito para o exercício capenga e precário da cidadania, reiterar uma e outra vez o que aconteceu já é um primeiro passo. No dia 22 de janeiro de 2012, domingo, como naquele 22 de janeiro que, na Rússia, ficou conhecido como Domingo Sangrento, em São José dos Campos, São Paulo, aconteceu isto. 

http://revistaforum.com.br/idelberavelar/2012/01/27/o-massacre-de-pinheirinho-e-o-futuro-da-luta/


Ricardo Boechat, repórter honrado da tv Bandeirantes expõe sua opinião a respeito do assassinato orquestrado pelo governador de São Paulo (Geraldo Alckmin) ocorrido em Pinheirinho São José dos Campos-SP. Demonstra cooperação do Estado, Juízes e outras entidades do poder público 


O Governador do estado de São Paulo, o Prefeito de São José dos campos, O Tribunal de Justiça de São Paulo, Toda a força policial, tanto da PM paulistana presente, quanto da Guarda Municipal, a direção inteira do hospital municipal de são josé, a mídia, em particular a Rede Globo, que escancaradamente foi o veículo oficial do Governo Paulista, TODO O CORPO JURÍDICO ENVOLVIDO NA REINTEGRAÇÃO DE POSSE, incluindo o ministro César Peluso, o Ministro Gilberto Carvalho,o ministro Eduardo Cardozo, todos, TODOS agindo a mando de Naji Nahas. 

A lista de assassinos de Pinheirinho não tem fim. Parem de procurar apenas UM culpado! REVOLTE-SE. Exija a justiça que nos é negada todo dia! Pelo fim do domínio dos banqueiros. Juntos nós podemos.

VEJA ESTE VÍDEO




Nas próximas eleições, todos devem se lembrar disto, não se deve votar em quem não respeita a dignidade de seu povo.

A Missão Anglo-Saxon: a Terceira Guerra Mundial e A herança do Novo Mundo


Gente, peço que leiam esse texto do extinto Projeto Camelot - o video foi tirado do ar.
Não sei se alguém tem ele gravado em algum lugar. Mas percebam a coisa toda.
Isso foi em 2000. Muita "coincidência".

"Surpreendentemente, a nossa fonte não era pessimista. Ele ressaltou, como nós e muitos outros pesquisadores e comentaristas, que a consciência está despertando rapidamente por todo o planeta e que esses eventos planejados não são inevitáveis. Se alguma vez houve uma razão para trabalhar em conjunto para aumentar a conscientização sobre a ameaça real para todos nós, é isso"

Contam os historiadores que a "Missão Anglo-Saxônica" refere-se à difusão do cristianismo no século 8.Mas mais de mil anos depois, agora há um outro significado, muito mais sinistro para a frase.

Recentemente, recebemos 11 páginas de informações de um informante que estava fisicamente presente em uma reunião de maçons Senior na cidade de Londres, em 2005. O que foi discutido é arrepiante para o osso.

Eu (Bill) fez uma entrevista em áudio com a nossa fonte, um inglês cuja identidade verificamos com todos os detalhes conhecidos e confirmados. Este homem, como muitos que temos falado com, não é mais capaz de viver com a sua consciência ou para manter esta informação em segredo.

Minha idéia original era lançar uma transcrição da entrevista, como já fizemos no passado. Mas o material que cobre é tão crítica - e, para mim, as peças que faltam ele prestados eram tão importantes - que eu tenho tomado a iniciativa de apresentar as informações em vídeo. A transcrição de áudio com a nossa fonte, que não está no vídeo, está disponível aqui .

O que os nossos relatórios de fonte é esta:


http://projectavalon.net/red_bullet.gif Há uma Terceira Guerra Mundial planejada, que será nuclear e biológica. A nossa fonte acredita que este está em vias de ser iniciada dentro dos próximos 18-24 meses.
Está previsto para começar uma greve por Israel contra o Irã. Irã ou a China serão provocados a uma resposta nuclear. Após uma breve troca nuclear, haverá um cessar-fogo. O mundo vai ser jogado em medo e caos - tudo cuidadosamente projetados.

O estado de extrema tensão será usado para justificar pesados ​​controles sociais e militares em todas as nações ocidentais de primeiro mundo. Os planos já estão no lugar para isso.

Durante o cessar-fogo nuclear, está planejado para ser um lançamento secreto de armas biológicas. Estas serão inicialmente direcionadas contra os chineses. Como a nossa fonte assustadoramente nos disse: "A China vai pegar um resfriado". A guerra biológica vai se espalhar ainda mais, para o oeste. Infra-estrutura será criticamente enfraquecida.
Este destina-se a ser apenas o começo. Após isso, uma troca nuclear completa seria desencadeada: a guerra "real", com ampla destruição e perda de vidas. Nossa fonte nos diz que a redução da população prevista por esses meios combinados é de 50%. Ele ouviu este número declarado na reunião.

Este cenário horrível foi planejado durante gerações. As duas primeiras guerras mundiais eram parte do set-up para este apocalipse final - como é a centralização de recursos financeiros que foi precipitada com o colapso igualmente bem-financeiro previsto de outubro de 2008.

Como se tudo isso não fosse suficiente, a nossa fonte especula tudo isso é contra o cenário de uma vinda "evento geofísico" - o mesmo tipo de evento como foi experimentada por nossos antepassados
​​aproximadamente 11.500 anos atrás. Se esse evento ocorrer - não necessariamente esperado em 2012, mas em algum momento da próxima década - seria destruir a civilização como a conhecemos, superando até mesmo os efeitos de uma guerra nuclear.

Fiz a pergunta para a nossa fonte: Se há uma catástrofe esperado, então por que iniciar uma Terceira Guerra Mundial Sua resposta, pela primeira vez para mim, fazia sentido terrível?.

O verdadeiro objetivo, explicou, é a criação do mundo pós-catastrófico. Para garantir que este "Novo Mundo" [note o termo] é o um dos controladores querem, estruturas de controle totalitários precisam estar em vigor quando a catástrofe ocorrer - com uma desculpa de que a população vai aceitar e exigi-los. A lei marcial na direita, países cuidadosamente escolhidos antes da catástrofe ocorrer permitirá que as pessoas "certas" para sobreviver e prosperar no mundo pós-catastrófico, e no início do próximo ciclo de 11.500. O que pode ter sido cuidadosamente planejado em uma escala secreta global, para as últimas gerações, é nada menos do que hão de herdar a Terra.

Quem são as pessoas "certas"? O caucasianos branco. Isto pode ser porque o nome deste projecto é a Missão Anglo-saxão Daí a justificativa para o genocídio planejado do povo chinês -. Assim que o Novo Mundo é herdado por "nós", e não "eles".

Nossa fonte não foi informada sobre o destino planejado dos países do mundo, segundo e terceiro, como os da América do Sul, África e Ásia. Mas ele supõe que estes seriam autorizados a cuidar de si mesmas e provavelmente não sobrevive bem - ou talvez não em todos. Os governos totalitários militares dos ocidentais, brancas, as pessoas são ajustados para ser os herdeiros.

Este é um plano tão mal, tão racista, tão diabólico, tão grande, que quase desafia a crença. Mas tudo se alinha com o que muitos comentaristas, pesquisadores e insiders de denúncias foram a identificação de alguns anos. Para mim, pessoalmente, é a imagem mais nítida ainda de por que o mundo é do jeito que é, e por que os segredos são tão ferozmente protegidos: pode ser tudo sobre a supremacia racial.O Quarto Reich está vivo e bem.

Surpreendentemente, a nossa fonte não era pessimista. Ele ressaltou, como nós e muitos outros pesquisadores e comentaristas, que a consciência está despertando rapidamente por todo o planeta e que esses eventos planejados não são inevitáveis. Se alguma vez houve uma razão para trabalhar em conjunto para aumentar a conscientização sobre a ameaça real para todos nós, é isso.

Veja este vídeo, ouvir atentamente a forte mensagem de esperança e encorajamento, e espalhá-lo por toda parte. Pretendemos criar legendas em várias línguas - incluindo chinês. Defendemos a magnificência potencial de uma humanidade unida, que não conhece fronteiras raciais ou distinções.Seja ou não a catástrofe ocorre - e muitos, incluindo nós mesmos, afirmam que ele não vai - devemos co-criar o nosso próprio futuro, reivindicar o nosso poder, e fazer tudo o que pudermos para alertar as pessoas para os perigos que nos rodeiam ... para que possamos ser mais fortes juntos, para o bem de nossos descendentes e para o patrimônio de todos os seres vivos do Planeta Terra.

http://projectavalon.net/








ALGUÉM estava no lugar certo, na hora certa, com uma câmera. Foi relatado que o presidente Obama foi furioso que foi travado na câmera e foi publicado e tentou bloqueá-lo.

O nome do livro que Obama está segurando é chamado: "The Post-American World ou em portugues, "O mundo pós americano", e foi escrito por um companheiro muçulmano (Fareed Zakaria) 
O Mundo "Depois de" América, ou depois dos americanos.

Existe uma agenda meus amigos, tudo planejadinho a muito tempo, e tem gente achando que coisas acontecem porque é " a vontade de Deus", coincidência, ou cumprimento de profecias e etc.

 Cai por terra a versão do Governo Bush sobre 09/11!


Cientista encontra explosivos Nano Thermite em destroços do WORLD TRADE CENTER!

‘A ganância do ser humano não tem limites…’

Neste link vai encontrar o que comprova o que esta sendo noticiado pela comunidade científica: http://www.benthamscience.com/open/tocpj/articles/V002/7TOCPJ.htm?TOCPJ%2F2009%2F00000002%2F00000001%2F7TOCPJ.SGM

Uma equipe de oito pesquisadores liderados pelo professor Niels Harrit da Universidade de Copenhaguem (Dinamarca), comprovaram a existência de explosivos altamente tecnológicos em amostra dos escombros das torres gêmeas e do prédio 7.

Essa pesquisa vem a confirmar um trabalho semelhante previamente executado pelo professor Steven Jones nos Estados Unidos. Outras matérias que que vem de encontro a esse achado são as do time de Arquitetos para o 911.

 Assista os vídeos abaixo:




E por três meses fotos infravermelha de satélites mostraram bolsões de alto calor nas três torres. Larry Silverstein comprou o leasing do WTC entre 2000 e 2001. dois meses antes do “ataque” ele assegurou os prédios em dois bilhões de dólares contra ataque terrorista, algo como todos sabemos um tanto incomum. O ataque 911 serviu para:

1. Criar ódio contra os arabes e fomentar as guerras americanas na saga pelo óleo e a hegemonia Israelense no Oriente Medio. Tambem chamado False-Flag.

2. Desaparecer com 1,5 trilhões de dolares a fundo perdido das contas do Pentágono (Rumsfeld declarou um dia antes).

3. Documentos provas contra a Enron que desapareceu n aqueda do predio 7.

4. Auto-pagar os empreiteiros, talvez via Larry Silverstein e a fortuna que ele arrecado de seguro. Existem evidências que agentes do Mossad (serviço israelense) foram capturados no dia, alguns comemorando a queda do topo de uma van, e outros carregando explosivos. Todos foram libertados pelo FBI. (essa informação precisa ser confirmada)...


Uma equipe de oito pesquisadores liderados pelo professor Niels Harrit Universidade de Copenhague (Dinamarca), comprovaram a existência de explosivos de alta tecnologia em uma amostra dos escombros das torres gêmeas e do edifício 7. Esta pesquisa é confirmar um trabalho semelhante previamente realizada pelo professor Steven Jones nos Estados Unidos. Outras substâncias que vem de encontro a esta conclusão é o time de Arquitetos para o 911. Com esta descoberta explica a queda livre dos edifícios em processo de demolição. Os aviões não poderiam derrubar as torres gêmeas devido a temperatura do combustível não é suficiente para derreter o aço. O impacto não pode ter afetado a estrutura no nível afirmado pelo governo dos EUA, uma vez que o edifício foi projetado para suportar aviões daquele tamanho. Ferro fundido na base do edifício estava vivo por várias semanas. E durante três meses fotos infravermelha de satélites mostraram bolsões de alto calor em três torres. Larry Silverstein comprou a locação do WTC, entre 2000 e 2001. dois meses antes do "ataque" ele assegurou os edifícios em dois bilião dólares contra ataques terroristas, como todos sabemos algo um pouco incomum. O ataque serviu para 911:

1. Criar ódio contra árabes e promover guerras da América para o óleo da saga e israelenses hegemonia no Oriente Médio. Também chamado de falsa bandeira.


2. Desaparecer com 1500 bilião dólares de contas de fundos perdidos do Pentágono (Rumsfeld disse que no dia anterior).